Perfil Estudante Digital V1

216 visualizações

Publicada em

Apresentação electrónica "Estudante digital"

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
216
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Perfil Estudante Digital V1

  1. 1. João Paulo Curto Maria Filomena Grazina Milena Jorge Mónica Cardoso
  2. 2. Estudante Digital - 2 - A tecnologia está a mudar os comportamentos e os hábitos desta nova geração.
  3. 3. - 3 - Nascem e crescem rodeados de tecnologia! Falamos de Nativos Digitais (Marc Prensky) Os nativos digitais nascem num novo contexto social e cultural, marcado por uma rápida evolução da era tecnológica e da sua panóplia de ferramentas. http://www.marcprensky.com/
  4. 4. Mas afinal, que mudanças são essas?
  5. 5. - 5 - Para os nativos digitais, as ferramentas tecnológicas, são como “extensões” do seu cérebro. Pensam e processam a informação de forma diferente dos seus antecessores (os médicos avançam para uma mudança física nos cérebros). Mudança física no cérebro
  6. 6. - 6 - As extensões servem para:
  7. 7. - 7 - Substituíram as cartas pelo telemóvel, email, chats, sms. A linguagem é simplificada, abreviada e com “emoticons”. Substituíram os diários pelos blogues e estão inseridos em redes de informação. Conhecem-se e combinam encontros através da internet. Especificando as mudanças(I)
  8. 8. - 8 - Especificando as mudanças(II) Sempre pela internet. Trocam música, vídeos, sites e compram ou vendem as mais variadas coisas. Sempre em formato digital: música, vídeos, imagens, jogos. Adoram criar sites, jogos, avatares com mundos específicos, tudo online.
  9. 9. - 9 - Especificando as mudanças(III) Procuram a maior quantidade possível de informação não filtrada e variada (produtos, pessoas, conexões) Os contactos online substituem, em grande parte, os contactos reais, alheando-se dos aspectos físicos. Utilizam as ferramentas variadas que estão ao seu dispor para construírem a sua aprendizagem.
  10. 10. - 10 - Especificando as mudanças(IV) Preferem jogos mais complexos, demorados e com múltiplos jogadores. Utilizam a programação nas suas variadas extensões, desde o telemóvel até aos motores de pesquisa.
  11. 11. Estará a escola preparada para estas mudanças?
  12. 12. - 12 - É necessário restruturar… A escola está virada para o passado… É necessário RENOVAR! Mas como?
  13. 13. - 13 - Como mudar este paradigma? • Reconhecer as necessidades específicas destes estudantes. • Integrar na aprendizagem as ferramentas tecnológicas que eles utilizam no seu dia a dia. • Redesenhar um novo ambiente de aprendizagem.
  14. 14. - 14 - • Actividades que recorram a diversos recursos tecnológicos; • Possibilidade de efectuarem aprendizagens auto-direccionadas; • Ambientes interactivos; • Actividades ligadas a um ensino mais prático. Mudar este paradigma, através do (I): 1 – Reconhecimento das necessidades específicas destes estudantes:
  15. 15. - 15 - Mudar este paradigma, através da(II): 2 – Integração de ferramentas tecnológicas, no sistema educativo, que sejam utilizadas no dia a dia dos nativos digitais. e-Portefólio Os Imigrantes digitais tem que saber integrar as novas ferramentas tecnológicas:
  16. 16. - 16 - Mudar este paradigma, através (III): 3 – Redesenhar um novo ambiente de aprendizagem: • Identificar competências necessárias para o futuro e não para o passado. • Necessidade de redefinir as fronteiras da escola como resultado de um novo ambiente de aprendizagem.
  17. 17. E os professores (Imigrantes digitais), saberão trabalhar com esta nova geração?
  18. 18. - 18 - Desafios… um novo estilo pedagógico! Os Imigrantes Digitais, estão à janela do mundo digital! É necessário vencer as resistências e enfrentar esta nova realidade! • compreender a chegada desta nova geração; • aprender a conquistar os seus alunos; • encontrar formas de tirar partido das habilidades dos nativos digitais. Os professores têm que:
  19. 19. - 19 - O Imigrante digital, que não conseguir usar o potencial desta nova geração, arrisca-se a ser bloqueado, por estes! A mudança é, assim, irreversível! Os Nativos Digitais são uma realidade… Os Nativos Digitais são uma realidade, estão nas nossas escolas e são os nossos alunos  !
  20. 20. - 20 - Bibliografia • Prensky, M. (2004) The Emerging Online Life of the Digital Native: What they do differently because of technology and how they do it. 1-14. • Prensky, M. (2001) Digital natives, digital immigrants. In On The Horizon (Vol9, nº 5). NCB University Press. • http://www.marcprensky.com/ • http://blogdaformacao.wordpress.com/2006/11/09/imigrantes-digitais (acedido em 09/03/2009)
  21. 21. João Paulo Curto Maria Filomena Grazina Milena Jorge Mónica Cardoso

×