O Papel da escola na sociedade da informação

5.930 visualizações

Publicada em

Apresentação antiga, porém atual... faz parte da memória do EducaRede Brasil.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

O Papel da escola na sociedade da informação

  1. 2. LINHA DO TEMPO MEIOS DE COMUNICAÇÃO
  2. 3. Registro de informações em... pedras, tábuas, papiros E através de imagens e símbolos. ANTIGUIDADE ANTIGUIDADE
  3. 4. Servos na agricultura e movimento em mercado medieval Feudos como centro da organização social - poder da nobreza e do clero... IDADE MÉDIA IDADE MÉDIA
  4. 5. Escribas trabalhando Calendário e livros Diminuição da presença da cultura escrita e predomínio da cultura oral, uma vez que a leitura e escrita eram extremamente controladas e elitizadas IDADE MÉDIA IDADE MÉDIA
  5. 6. Criação das universidades, estímulo às descobertas e às novas idéias Novas técnicas para os artistas As grandes navegações e conquistas de novas terras RENASCIMENTO RENASCIMENTO SÉCULO XV
  6. 7. Valorização da cultura escrita e início de produção de livros para grande público. Gutemberg - 1455: Impressão com tipos móveis - indispensável para o processo de unificação da linguagem, dos costumes, dos valores, dos idiomas; RENASCIMENTO RENASCIMENTO SÉCULO XV
  7. 8. Vida nas cidades... - Exôdo rural - mão-de-obra excedente nas cidades: - dificuldades de alojamento, alimentação, saneamento e adaptação à rígida disciplina e jornada de trabalho das fábricas. 1ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL 1ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL SÉCULO XVIII
  8. 9. Desenvolvimento técnico... Transição da economia agrária para a industrial facilitada pelas ferrovias. Desenvolvimento técnico de sistemas de comunicação nacional e internacional: os telégrafos, o primeiro jornal diário na Inglaterra e o romance folhetinesco. - Organização da primeira enciclopédia - 1ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL 1ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL SÉCULO XVIII
  9. 10. Cena escolar 2ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL SÉCULO XIX 2ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Cidades iluminadas pela energia elétrica Novas técnicas como a máquina de escrever e o telefone Registro de imagens através da fotografia Meios de comunicação de massa como o rádio e o cinema Surgimento da indústria cultural
  10. 12. O cinema chega ao Brasil - 1896 Irmãos Lumière Anúncio no Jornal do Commercio
  11. 13. A REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA A REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA Telefone Mercado Editorial Rádio Cinema Televisão Vídeo cassete SÉCULO XX Fotografia
  12. 14. Computadores 50 anos de evolução
  13. 15. ECOSSISTEMACOMUNICATIVO ECOSSISTEMA COMUNICATIVO SÉCULO XXI O mundo de hoje requer do jovem (e de todos nós) a capacidade de se comunicar com um número cada vez maior de pessoas, de processar dados e informações em maior quantidade e com maior velocidade.
  14. 16. A volta do velho professor   Em pleno século XX, um grande professor do século passado voltou à Terra e, chegando à sua cidade, ficou abismado com o que viu: as casas altíssimas, as ruas pretas, passando umas sobre as outras, com uma infinidade de máquinas andando em alta velocidade; o povo falava muitas palavras que o professor não conhecia (poluição, avião, rádio, metrô, televisão...); os cabelos de umas pessoas pareciam com os do tempo das cavernas... e as roupas deixavam o professor ruborizado. Muito surpreso e preocupado com a mudança, o professor visitou a cidade inteira e cada vez compreendia menos o que estava acontecendo. Na igreja, levou susto com o padre que não mais rezava em latim, com o órgão mudo e um grupo de cabeludos tocando uma música estranha. Visitando algumas famílias, espantou-se com o ritual depois do jantar: todos se reuniam durante horas para adorar um aparelho que mostrava imagens e emitia sons. O professor ficou impressionado com a capacidade de concentração de todos: ninguém falava uma palavra diante do aparelho. Cada vez mais desanimado, foi visitar a escola – e, finalmente, sentiu um grande alívio, reencontrando a paz. Ali, tudo continuava da mesma forma como ele havia deixado: as carteiras uma atrás da outra, o professor falando, falando... e os alunos escutando... escutando... escutando...
  15. 17. Afinal, para que serve a escola?
  16. 18. A escola faz tudo o que pode?
  17. 19. A escola pode fazer tudo sozinha?
  18. 20. O que se espera do professor?
  19. 21. Barbero (especialista em educação pela UNESCO) diz que os professores precisam ficar atentos ao grande hiato que está se formando entre eles e os alunos porque continuam transmitindo os conhecimentos linearmente, separando emissor do receptor.   Pierre Lévy (o filosofo da cibercultura) diz que a principal função do professor não pode ser mais a difusão de conhecimentos, que agora é feita de forma mais eficaz pelos novos meios de informação e comunicação.
  20. 22. Obrigada! Mila Gonçalves [email_address] http://delicious.com/miladatgon www.educa-net.blogspot.com

×