SlideShare uma empresa Scribd logo

Scrum trainning

Miguel Vilaca
Miguel Vilaca
Miguel VilacaLeverage Consulting

Curso preparatório para certificação

Scrum trainning

1 de 115
Baixar para ler offline
Curso Preparatório para Certificação
Professional SCRUM Master
1
Curso Preparatório para Certificação SCRUM
Introdução
• Objetivos do Curso
• Detalhes sobre certificações Professional Scrum Master
• Manifesto Ágil
• Introdução ao Scrum
• Conceitos
• Papéis
• Artefatos
• Cerimônias
• Estimativas ágeis
• Release Planning
• Artefatos auxiliares
• Ferramentas para Scrum
• Scrum e PMBOK
2
Gestão Ágil de Projetos - Scrum
Introdução
Além da teoria:
• O dia-a-dia de projetos Scrum
• Dicas para implantação
• Troca de Experiências
• Nova forma de encarar projetos
• A questão cultural nas empresas
Scrum na
prática!
3
Certificação Professional Scrum Master
• A certificação Professional Scrum
Master está disponível no Scrum.org para
todos os que possuem um certo nível de
conhecimento - não apenas para aqueles
que fizeram o curso.
• A única exigência para aprovação é
realizar a avaliação online no Scrum.org.
A avaliação é feita somente em Inglês.
4
Níveis de Certificações Scrum
• Há dois níveis de certificação:
As certificações Professional Scrum
Master I (Fundamental) e II
(Intermediário) indicam o quão bem os
indivíduos compreendem os papéis,
regras, artefatos e limites de tempo que
compõem o Scrum framework.
5
• Professional Scrum Master I (Fundamental) mede
conhecimento básico de Scrum e seus papéis, regras,
artefatos e limites de tempo.
• Investimento: US$100
• Limite de Tempo: 60 minutos
• Pontuação Mínima: 85%
• Formato: Múltipla Escolha
• Material de Estudo: Guia do Scrum
• Simulação: Scrum Open Assessment
• Registre-se aqui para realizar a avaliação PSM I
6
Anúncio

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)Manoel Pimentel Medeiros
 
Iterasys Test Show 2010 - Estratégia Baseada no Scrum
Iterasys Test Show 2010 -  Estratégia Baseada no ScrumIterasys Test Show 2010 -  Estratégia Baseada no Scrum
Iterasys Test Show 2010 - Estratégia Baseada no ScrumJosé Correia
 
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumApostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumMindMasterBrasil
 
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTechGestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech.add
 
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean .add
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPDesenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPlucianocoelho
 
Desenvolvimento Ágil de Software
Desenvolvimento Ágil de SoftwareDesenvolvimento Ágil de Software
Desenvolvimento Ágil de SoftwareFrancke Peixoto
 
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterGuia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterPaulo Lomanto
 
Gerência de projetos de software
Gerência de projetos de softwareGerência de projetos de software
Gerência de projetos de softwareNiva Silva
 
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...Thiago Compan
 
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael RochaRafael Rocha
 
Treinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumTreinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumEduardo Bregaida
 

Mais procurados (20)

Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
 
Estrategias Ágeis para testes sob pressão
Estrategias Ágeis para testes sob pressãoEstrategias Ágeis para testes sob pressão
Estrategias Ágeis para testes sob pressão
 
Gestão Agil de tudo - Retrospectivas
Gestão Agil de tudo - RetrospectivasGestão Agil de tudo - Retrospectivas
Gestão Agil de tudo - Retrospectivas
 
Iterasys Test Show 2010 - Estratégia Baseada no Scrum
Iterasys Test Show 2010 -  Estratégia Baseada no ScrumIterasys Test Show 2010 -  Estratégia Baseada no Scrum
Iterasys Test Show 2010 - Estratégia Baseada no Scrum
 
O que é SCRUM
O que é SCRUMO que é SCRUM
O que é SCRUM
 
Scrum na Prática
Scrum na PráticaScrum na Prática
Scrum na Prática
 
Gestao Ágil do Backlog - Taskboards
Gestao Ágil do Backlog - TaskboardsGestao Ágil do Backlog - Taskboards
Gestao Ágil do Backlog - Taskboards
 
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumApostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
 
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTechGestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
 
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPDesenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
 
Desenvolvimento Ágil de Software
Desenvolvimento Ágil de SoftwareDesenvolvimento Ágil de Software
Desenvolvimento Ágil de Software
 
Mini Curso Testes Ageis
Mini Curso Testes AgeisMini Curso Testes Ageis
Mini Curso Testes Ageis
 
Gestao Ágil de Projeto - Reunião Diária
Gestao Ágil de Projeto - Reunião DiáriaGestao Ágil de Projeto - Reunião Diária
Gestao Ágil de Projeto - Reunião Diária
 
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterGuia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
 
Gerência de projetos de software
Gerência de projetos de softwareGerência de projetos de software
Gerência de projetos de software
 
Papeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
Papeis Ágeis - uma proposta operacional ScrumPapeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
Papeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
 
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
 
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
 
Treinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumTreinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrum
 

Semelhante a Scrum trainning

Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.Rafael de Oliveira
 
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumIntrodução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumInove
 
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014Vanilton Pinheiro
 
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetosCenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetosJoão Clineu - CTFL, CSM, CSD
 
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !Ari Amaral
 
Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2Eduardo Bregaida
 
A Carreira de um Scrum Master
A Carreira de um Scrum MasterA Carreira de um Scrum Master
A Carreira de um Scrum MasterVitor Massari
 
Workshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horasWorkshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horasWise Systems
 
Gestão ágil de projetos e a certificação PMI-ACP(r)
Gestão ágil de projetos e a certificação PMI-ACP(r)Gestão ágil de projetos e a certificação PMI-ACP(r)
Gestão ágil de projetos e a certificação PMI-ACP(r)Euax Gestão de Projetos
 
Curso "Scrum na Real" - Parte 4
Curso "Scrum na Real" - Parte 4Curso "Scrum na Real" - Parte 4
Curso "Scrum na Real" - Parte 4leobower
 
Times Scrum: Caindo na Real - Palestra 10o. Rio Agile
Times Scrum: Caindo na Real - Palestra 10o. Rio Agile Times Scrum: Caindo na Real - Palestra 10o. Rio Agile
Times Scrum: Caindo na Real - Palestra 10o. Rio Agile José A. Rodrigues Nt.
 
O Product Owner e o Scrum
O Product Owner e o ScrumO Product Owner e o Scrum
O Product Owner e o ScrumVitor Massari
 

Semelhante a Scrum trainning (20)

Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
 
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumIntrodução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
 
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetosCenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
 
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
 
Scrum Overview
Scrum OverviewScrum Overview
Scrum Overview
 
Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2
 
A Carreira de um Scrum Master
A Carreira de um Scrum MasterA Carreira de um Scrum Master
A Carreira de um Scrum Master
 
Workshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horasWorkshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horas
 
Treinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / ScrumTreinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / Scrum
 
Gestão ágil de projetos e a certificação PMI-ACP(r)
Gestão ágil de projetos e a certificação PMI-ACP(r)Gestão ágil de projetos e a certificação PMI-ACP(r)
Gestão ágil de projetos e a certificação PMI-ACP(r)
 
Curso "Scrum na Real" - Parte 4
Curso "Scrum na Real" - Parte 4Curso "Scrum na Real" - Parte 4
Curso "Scrum na Real" - Parte 4
 
Times Scrum: Caindo na Real - Palestra 10o. Rio Agile
Times Scrum: Caindo na Real - Palestra 10o. Rio Agile Times Scrum: Caindo na Real - Palestra 10o. Rio Agile
Times Scrum: Caindo na Real - Palestra 10o. Rio Agile
 
Scrum workshop
Scrum   workshopScrum   workshop
Scrum workshop
 
Palestra scrum
Palestra scrumPalestra scrum
Palestra scrum
 
Metodologias ageis
Metodologias ageisMetodologias ageis
Metodologias ageis
 
Scrum - conceitos iniciais
Scrum - conceitos iniciaisScrum - conceitos iniciais
Scrum - conceitos iniciais
 
Scrum - Hands On
Scrum - Hands OnScrum - Hands On
Scrum - Hands On
 
O Product Owner e o Scrum
O Product Owner e o ScrumO Product Owner e o Scrum
O Product Owner e o Scrum
 

Mais de Miguel Vilaca

TOGAF Certification
TOGAF Certification TOGAF Certification
TOGAF Certification Miguel Vilaca
 
Best2bee Business Model
Best2bee Business ModelBest2bee Business Model
Best2bee Business ModelMiguel Vilaca
 
Simulado java se 7 programmer
Simulado java se 7 programmerSimulado java se 7 programmer
Simulado java se 7 programmerMiguel Vilaca
 
Curso jpa java persistence API
Curso jpa java persistence APICurso jpa java persistence API
Curso jpa java persistence APIMiguel Vilaca
 
CronApp Roadshow Chatbot & ROI - Maio 2018
CronApp Roadshow Chatbot & ROI - Maio 2018CronApp Roadshow Chatbot & ROI - Maio 2018
CronApp Roadshow Chatbot & ROI - Maio 2018Miguel Vilaca
 

Mais de Miguel Vilaca (8)

TOGAF Certification
TOGAF Certification TOGAF Certification
TOGAF Certification
 
Best2bee Business Model
Best2bee Business ModelBest2bee Business Model
Best2bee Business Model
 
Padrões de projeto
Padrões de projetoPadrões de projeto
Padrões de projeto
 
Curso jsf
Curso jsfCurso jsf
Curso jsf
 
Curso tomcat
Curso tomcatCurso tomcat
Curso tomcat
 
Simulado java se 7 programmer
Simulado java se 7 programmerSimulado java se 7 programmer
Simulado java se 7 programmer
 
Curso jpa java persistence API
Curso jpa java persistence APICurso jpa java persistence API
Curso jpa java persistence API
 
CronApp Roadshow Chatbot & ROI - Maio 2018
CronApp Roadshow Chatbot & ROI - Maio 2018CronApp Roadshow Chatbot & ROI - Maio 2018
CronApp Roadshow Chatbot & ROI - Maio 2018
 

Scrum trainning

  • 1. Curso Preparatório para Certificação Professional SCRUM Master 1
  • 2. Curso Preparatório para Certificação SCRUM Introdução • Objetivos do Curso • Detalhes sobre certificações Professional Scrum Master • Manifesto Ágil • Introdução ao Scrum • Conceitos • Papéis • Artefatos • Cerimônias • Estimativas ágeis • Release Planning • Artefatos auxiliares • Ferramentas para Scrum • Scrum e PMBOK 2
  • 3. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Introdução Além da teoria: • O dia-a-dia de projetos Scrum • Dicas para implantação • Troca de Experiências • Nova forma de encarar projetos • A questão cultural nas empresas Scrum na prática! 3
  • 4. Certificação Professional Scrum Master • A certificação Professional Scrum Master está disponível no Scrum.org para todos os que possuem um certo nível de conhecimento - não apenas para aqueles que fizeram o curso. • A única exigência para aprovação é realizar a avaliação online no Scrum.org. A avaliação é feita somente em Inglês. 4
  • 5. Níveis de Certificações Scrum • Há dois níveis de certificação: As certificações Professional Scrum Master I (Fundamental) e II (Intermediário) indicam o quão bem os indivíduos compreendem os papéis, regras, artefatos e limites de tempo que compõem o Scrum framework. 5
  • 6. • Professional Scrum Master I (Fundamental) mede conhecimento básico de Scrum e seus papéis, regras, artefatos e limites de tempo. • Investimento: US$100 • Limite de Tempo: 60 minutos • Pontuação Mínima: 85% • Formato: Múltipla Escolha • Material de Estudo: Guia do Scrum • Simulação: Scrum Open Assessment • Registre-se aqui para realizar a avaliação PSM I 6
  • 7. • Professional Scrum Master II (Intermediate) mede conhecimento intermediário de Scrum e seus papéis, regras, artefatos e limites de tempo. • Investimento: US$500 • Limite de Tempo: 120 minutos • Pontuação Mínima: 85% • Formato: Múltipla Escolha e dissertação • Material de Estudo: Guia do Scrum • Simulação: Scrum Open Assessment • Registre-se aqui para realizar a avaliação PSM II 7
  • 8. Instruções • Para fazer a avaliação (exame), sugere-se seguir os seguintes passos: • 1) Revisar o Scrum Guide em Inglês ou seu equivalente Guia do Scrum em Português. • 2) Registrar-se para a avaliação desejada usando um dos links acima e pagar a taxa indicada, usando seu cartão de crédito. Você vai receber um e-mail com uma senha, dentro de um ou dois dias. • 3) Reserve 60 minutos de tempo. • 4) Use a senha que lhe foi passada para a acessar o site indicado no e-mail e começar a avaliação 8
  • 9. 9 Gestão Ágil de Projetos - Scrum Algumas empresas que utilizam Scrum: Fonte: Scrum-Brasil
  • 10. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Apresentações • Quem sou • Da onde venho • O que faço • Se uso Scrum atualmente 10
  • 11. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Se conhecendo • Nossos times de sucesso: • Se organizarem em grupos de até 4 integrantes • Definir um nome para o time • Escrever 3 pontos que vocês tem interesse sobre Scrum 10 MINS 11
  • 12. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Origem do Scrum • 1989 - Takeuchi e Nonaka • Equipes pequenas e multidisciplinares • Fabricação de Autos e produtos de consumo • The New Product Development Game • 1991 – Jeff Sutherland • Documentação e implementação na Eaton • 1995 - Ken Schwaber • Formalização e implantação no desenvolvimento de SW • 2001 – Manifesto Ágil 12
  • 13. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Manifesto Ágil 13 Indivíduos e interações Software funcional Colaboração com o cliente Resposta à mudanças Sobre Sobre Sobre Sobre Processos e ferramentas Documentação abrangente Negociação de contratos Seguir um plano
  • 14. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O que é ser Ágil para você? 14
  • 15. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Como você gerencia Riscos? Situação 01: • Você está desempregado há 10 meses… • Mas possui uma entrevista marcada para o emprego perfeito em uma cidade a 400 km de sua casa (+/- 5h de carro) • A entrevista é as 17 horas de sexta-feira Perguntas: • O que você faz para chegar no horário na entrevista? • No que você precisa pensar? 15
  • 16. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Como você gerencia Riscos? Situação 02: • Um grande amigo acabou de ser promovido e deseja comemorar! • Para isso, marcou um happy hour a partir das 18:30, a 2 km de onde você trabalha (+/- 15 minutos de carro) • Você, como melhor amigo, não pode faltar! Perguntas: • O que você faz para chegar no horário do evento? • No que você precisa pensar? • O plano traçado foi diferente do anterior? • Por que? 16
  • 17. Gestão Ágil de Projetos - Scrum A certeza é maior em situações mais simples People Fonte: Ralph Stacey, Universidade de Herfordshire Scrum Waterfall Simples Sem dúvidas nas regras e na construção Complicado Quase todas as Regras e suas construções são conhecidas Complexo Conhecimento médio das Regras e de sua construção… Caos Conhecimento baixo das Regras e de sua construção… 17
  • 18. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O que é Scrum? • Framework para desenvolvimento Ágil de projetos • Leve • Simples de entender • Extremamente difícil de dominar, pois exige equilíbrio entre flexibilidade e disciplina. • Possui • Papéis • Eventos • Artefatos • Regras 18
  • 19. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O que é Scrum? • Baseado em processo incremental e iterativo • Processo empírico de gerenciamento e controle • Muito mais atitude do que processos em si • Escalável em projetos grandes e largos 19
  • 20. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O que não é visto, mas importa e muito: • Papéis • Eventos • Artefatos • Regras • Cultura • Time Multidisciplinar • Auto-Organização • Comprometimento • Envolvimento do Cliente • Colaboração • Respeito • Entregas iterativas 20
  • 21. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Pilares do Scrum •Transparência • Andamento do projeto visível para todos •Inspeção • A cada evento existe uma oportunidade para analisar e inspecionar o resultado •Adaptação • Realizar ajustes necessários o mais rápido possível 21
  • 22. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Definição de Done • Em seus times: • Como seria a definição de Pronto da sua equipe? • Quais aspectos seriam levados em consideração? • Existiria algum documento associado a ele? 15 MINS 22
  • 23. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Definição de Done • Sua definição de Done considerou os itens abaixo? Por que não? • Teste de Performance • Teste Unitário • Teste de Regressão • Teste de aceitação do usuário • Revisão do código fonte 23
  • 24. Gestão Ágil de Projetos - Scrum • Scrum é baseado no Desenvolvimento iterativo e incremental: Evolução Contínua Requisitos Plan & Design Desenv & Testes Feedback & Integraçao Nova Iteração Incremento & Versão Iteração Anterior Próxima Iteração… 24
  • 25. Gestão Ágil de Projetos - Scrum • Baseado no Desenvolvimento iterativo e incremental Lembram dos Pilares: Transparência, Inspeção e Adaptação? A cada iteração, seu time deve ficar melhor, pior ou igual? 25
  • 26. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Incremental vs Seqüencial Fonte: RUP • Quais são as principais diferenças entre ambos? • Qual dos dois entrega resultado mais rapidamente? • Qual dos dois possui maior risco? Por que? 26
  • 27. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Processos Preditivos vs Empíricos Preditivo Empírico Empírico (adjetivo): 1) Derivado de ou guiado pela experiência ou pelo experimento. O que isso significa em projetos? Será que o Pilar da transparência é importante aqui? 27 Plan Do! P D P D P D P D P D
  • 28. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Isso acontece? Tem certeza? • 35% dos requerimentos mudam ao longo do projeto • 65% das funcionalidades não são ou são raramente utilizadas 28 Fonte: Advanced Development Methods, Inc.
  • 29. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Isso acontece? Tem certeza? 29
  • 30. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Processo Scrum – Visão Macro 30
  • 31. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Processo Scrum – Visão Macro 31
  • 32. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O Time Scrum • Product Owner • Gerencia o backlog • Garante entrega de Valor • Equipe de Desenvolvimento • Se auto-organiza • Entrega produto “Done” • Scrum Master • Gerencia e estimula o Processo do Scrum • Remove impedimentos 32
  • 33. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O Scrum Master – Principais Objetivos 33 • Garantir que o processo Scrum seja praticado na empresa de forma correta • Remover impedimentos • Garantir que o Scrum seja entendido por todos os envolvidos no processo • Treinar e dar Coaching p/ equipes
  • 34. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O Scrum Master – Principais Objetivos 34 • Em relação ao PO • Ajuda a encontrar técnicas no gerenciamento do Backlog • Facilita os eventos Scrum • Ensina a criação de itens de backlog concisos e claros • Compreende o planejamento do produto • Garante que o PO está preparado para cada Sprint
  • 35. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O Scrum Master – Principais Objetivos 35 • Em relação a Equipe de Desenvolvimento • Remove e se antecipa aos impedimentos • Estimula a auto-organização da equipe • Estimula a equipe a ser auto-suficiente (interdisciplinar) • Garante que a equipe tenha os skills necessários para o projeto
  • 36. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O Scrum Master – Principais Objetivos 36 • Em relação a Organização • Propaga o Scrum • Faz o time scrum ser entendido • Mantêm o time motivado e feliz • Trabalha pelo bom relacionamento do time • Identifica formas de aumentar a produtividade de todos
  • 37. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O Scrum Master 37 • Para refletirmos: • Um SM precisa ter perfil de liderança? • Ele precisa ter certos poderes e autonomias? • Vocês acreditam que o SM é um papel Gerencial ou Operacional? • O que um bom SM não deve fazer?
  • 38. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O Scrum Master – Desafios nas Empresas 38 • Em relação a Organização • Resistência a novos processos Scrum • Garantir o comprometimento do time • Disseminar a auto-organização • Mudar a cultura da empresa e transformá-la em uma comunidade • Excesso de burocratização…
  • 39. Gestão Ágil de Projetos - Scrum A Equipe de Desenvolvimento – Principais Objetivos 39 Transformar PBI’s em incremento de produto pronto! •Auto-Organizados •Multidisciplinares •Comprometimento com a meta! •Tamanho: 6 +/- 3 ou 7 +/- 2 •Comunicativos •Resolvem seus conflitos
  • 40. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Equipe de Desenvolvimento 40 Em outras palavras: Auto-organizados: capazes de dividir as tarefas entre si de forma que no final da sprint todo o trabalho necessário esteja pronto. Multidisciplinares: a equipe deve estar pronta para executar o que for necessário para ter o trabalho pronto. Resolvem conflitos: a equipe é transparente entre si, conversando sobre pontos + ou – de cada ação.
  • 41. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Equipe de Desenvolvimento 41 Comprometimento de todos com a meta:
  • 42. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Equipe de Desenvolvimento 42 Acontece no dia-a-dia: E se nem todos estiverem comprometidos? Baixa produtividade? Time busca as Razões e coloca os pingos nos “i”s internamente.
  • 43. Gestão Ágil de Projetos - Scrum A Equipe de Desenvolvimento – Desafios 43 • Responder primeiramente para um time e não para uma pessoa • Se comunicarem e se entenderem • Estar aberto a constante evolução técnica • Conhecer sua velocidade • Sempre focados na meta • Ser o mais transparente e sincero possível • Colaborarem entre si
  • 44. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O Product Owner – Principais Objetivos 1) Colher o backlog do produto (funcionalidades) • Cliente / mercado 2) Ordenar o product backlog • Priorização por ROI, Valor Agregado, Necessidade… 3) Planejar as releases 4) Detalhar e explicar o Product Backlog de maneira clara para o time Fazer o que for preciso para que o time entregue o máximo de valor por Sprint! 44
  • 45. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Um Product Owner é como um Gerente de Produtos comum, só que mais: • Colaborativo com o Time e com seu cliente • Mudança de escopo que agregue valor ? Sem problemas. • Estimula e incentiva o time • Faz entregas com freqüência • Otimiza a produtividade do time • Como? • Somente entrega itens de alto valor agregado • Dispensa itens de valor negativo 45
  • 46. 46 O Product Owner – Detalhe Importante: • Possui a última palavra sobre o que será feito em relação ao produto!
  • 47. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Product Owner – Desafios nas Empresas 47 • Falta de Poder sobre o produto • O que será feito • Quando será disponibilizado • Questão hierárquica: PO & N clientes (diretores!) • Ninguém tem permissão para mudar a prioridade acordada entre o PO e a Equipe de Desenvolvimento. • O que é ser Proxy PO?
  • 48. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Product Owner – Desafios nas Empresas 48 • O que acontece quando mais de uma pessoa é responsável pelo futuro do mesmo produto? • A tomada de decisão é fácil? • Quais interesses são levados em consideração? • Existe um alinhamento estratégico entre as direções mencionadas?
  • 49. 49 Time Scrum - Resumo
  • 50. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Product Backlog 50 É um inventário priorizado e ordenado de “desejos” em relação ao produto •Devem ser transparentes! • Acesso e Entendimento •O trabalho a ser feito é estimado •Gerenciado somente pelo Product Owner •Desenvolvido pelo Time!
  • 51. Gestão Ágil de Projetos - Scrum O Product Backlog pode conter: 51 • Novas funcionalidades • Casos de Uso • User Stories • Bugs • Defeitos • Desejos dos clientes • Requerimentos não funcionais
  • 52. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Exemplo de Product Backlog 52
  • 53. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Gerando Product Backlog Items 53 Em seu time: •Levante os PBIs (Product Backlog Items) necessários para a construção de um produto de livre escolha. •Escreva cada PBI em um Post-it 15 MINS
  • 54. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Fornecendo valor de Negócio ao PBI 54 Podem ser levados em consideração, por exemplo, os itens abaixo: •Valor percebido para o Consumidor •Diferencial para uma prospecção •Risco para a companhia •Exigência de órgão regulatório •Comprometimento com o mercado •Redução de custos •Aumento da Receita (ROI) •Melhoria de processos internos •E etc. No mercado que atuam, quais poderiam ser aplicados? Quais seriam os mais importantes? E por que? 5 MINS
  • 55. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Fornecendo valor de Negócio ao PBI: 55 Para praticarmos: •Imaginem que vocês possuem 500 bolas de ping pong. •Distribua as mesmas para cada PBI, de acordo com seu valor de negócio •A quantidade não pode se repetir •Cole na parede os post-its em ordem decrescente de valor de negócio (de cima para baixo) •Escreva o valor de negócio no canto direito inferior de cada cartão 15 MINS
  • 56. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Casos de Uso X User Stories 56 • Casos de uso: • São formais • Mais difíceis de entender • Possuem maior rastreabilidade • User Stories : • Simples • Fácil entendimento • Incentivam conversa E agora, qual dos dois usar?
  • 57. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Exemplos de User Stories 57 Como um usuário do site, eu gostaria de pesquisar os produtos por preço e categoria, para encontrar meu produto mais rapidamente Como um usuário, eu gostaria de poder mudar o parâmetro de ordenação, bem como sua ordem: crescente ou decrescente Como um usuário, eu gostaria de ver os produtos ordenados por preço, por padrão • Verificar se o usuário está logado antes de realizar a pesquisa • A pesquisa não deve demorar mais do que 2s
  • 58. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Decompondo User Stories 58 Quando decompor ?
  • 59. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Como identificar boas User Stories ? 59 Independent : Histórias devem ser independentes uma das outras. Negotiable : Histórias não são contratos, mas lembretes para discussões. Valuable : Histórias devem agregar valor para o cliente. Estimatable : Os desenvolvedores devem ser capazes de estimar o tamanhos das histórias. Small : histórias grandes dificultam as estimativas. Bem como histórias muito pequenas. Quebre ou agrupe dependendo do caso. Testable : Histórias devem ser possíveis de serem testadas.
  • 60. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 3Cs (Cards, Conversation, Confirmation) 60 Cards ( Requisito/User Story do Product Backlog ) "Um administrador pode cadastrar um jogo para que os apostadores possam fazer seus palpites de resultado“. Conversation ( Interação do Time Scrum no Sprint Planning ) “- O administrador pode cadastrar o jogo quando quiser ? E se ele cadastrar muito em cima ?” “- Ah, eu acho que ele tem que cadastrar com no mínimo 48h de antecedência” Confirmation (Regras de negócio / Critérios de Aceitação) - Um administrador não poderá cadastrar um jogo com menos de 48h de antecedência. - Um administrador não poderá cadastrar dois jogos envolvendo os mesmos times no mesmo horário.
  • 61. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 61 15 MINS Criando User Stories Em seus times, detalhe os PBI’s em requerimentos no formato de User Stories para o produto criado no exercício anterior Como <perfil>, eu quero <o que> para que <motivo> • Lembrem-se da estrutura a ser seguida • Não se esqueçam dos critérios de aceitação! • Quais vocês começarão primeiro?
  • 62. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Qual deve ser o nível de Detalhamento do Product Backlog? 62 Extremamente detalhado Detalhado Visão / Desejo
  • 63. Gestão Ágil de Projetos - Scrum Qual deve ser o nível de Detalhamento do Product Backlog? 63 Boa prática: O PO deve estar 2 sprints à frente do time: • Enquanto o Time trabalha na sprint atual (01), o PO está granularizando os requerimentos da próxima sprint (02) • E se sobrar tempo, detalhará a outra Sprint (03) em requerimentos mais generalistas (menos granularizados) Quais são os benefícios disso?
  • 64. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 64 Estimando esforço com Planning Poker Objetivo: Criar estimativas relativas (Story Points) Pegue 8 cartões em branco e escreva os seguintes números em cada um: 2 3 8 13 40 1 5 05 MINS 100
  • 65. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 65 Planning Poker Na Prática! Estime em Story Points: 1) Sua casa 2) Teatro Municipal 3) Cristo Redentor 4) Empire State Building 5) Torre Eiffel 15 MINS
  • 66. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 66 Planning Poker Durante o jogo, evitar: 1. “Cantar” a carta escolhida 2. Mostrar a carta antecipadamente 3. Tendenciar valores Motivos 1. Desestimula a interação do grupo 2. Gera coerção nas estimativas
  • 67. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 67 Planning Poker Regras do Jogo 1. Cada membro de equipe de desenvolvimento deve possuir suas cartas 2. PO lê a user story da vez e a mesma é discutida brevemente 3. Cada membro da equipe escolhe sua carta de estimativa 4. Assim que escolher, todos mostram sua escolhas simultaneamente 5. As variações de estimativa são discutidas (principalmente as mais divergentes) 6. Uma nova rodada de estimativa deve ser realizada até as estimativas obterem um consenso Mas e se algum integrante persistir em uma estimativa mais alta em relação ao restante do time???
  • 68. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 68 Planning Poker Benefícios: 1.Amadurecimento dos integrantes 2.Divisão de conhecimento 3.Estimula a troca de informações entre o time 4.Obtenção de detalhes ocultos 5.Força a participação de todos os membros da equipe de desenvolvimento
  • 69. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 69 Estimando prazo com Story Points PBI Id PBI Story Points 1 User Story 1 5 2 User Story 2 1 3 User Story 3 3 4 User Story 4 8 . . . N User Story N 13 TOTAL 500 1. Estimar os PBIs com Planning Poker 2. Somar as estimativas 3. Obter a velocidade do time 4. Dividir a soma das estimativas pela velocidade do time para obter a quantidade de Sprints estimadas para conclusão do Product Backlog. Ex: Se o time possui uma média de conclusão de 50 story points por Sprint, a estimativa de conclusão das PBIs ao lado é de 10 Sprints (500/50) E se o time for iniciante e não souber qual sua velocidade ? Como estimar ?
  • 70. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 70 Fazendo ajustes nas estimativas Entrosamento x Conhecimento Técnico x Conhecimento do Negócio Estimativa * ( 1 + Fator )
  • 71. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 71 Eventos Scrum 1. Release 2. Sprint 3. Planejamento da Sprint 4. Reuniões Diárias 5. Revisão da Sprint 6. Retrospectiva da Sprint
  • 72. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 72 Release – Visão Geral • É como você entrega valor para o seu cliente • Formada por um conjunto de Sprints • Sempre deve possuir um Objetivo ou Propósito: 1. Mais valor ao Cliente 2. Oportunidade no Mercado 3. Atender Regulamentações 4. Novas Funcionalidades 5. Manutenção / Correção Quais são os melhores?
  • 73. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 73 Release - Estratégias 1. Date-Driven • “Precisamos entregar funcionalidades de valor até dia 31/12 sem falta, para competirmos com a concorrência”. • Tempo é a restrição. • Escopo/funcionalidade de valor são flexíveis. 2. Feature-Driven • “Nosso novo modelo só pode ser lançado quando estiver pronta a funcionalidade de fazer download de jogos”. • Escopo/funcionalidade de valor são as restrições. • Tempo é flexível.
  • 74. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 74 Release - Estratégias
  • 75. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 75 Release Planning
  • 76. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 76 Releases – Recapitulando: 1. Identifique o objetivo da release (release goal) 2. Priorize os Requerimentos (PBI) 3. Estime os PBIs 4. Faça os ajustes nas estimativas 5. Monte um Baseline por Sprint 6. Avalie a viabilidade do plano 7. Comece a Release
  • 77. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 77 Sprints • É dentro das sprints que o time transforma PBI`s em partes de produto “Done” (Potencial incremento de produto). • Geralmente com duração de 1 a 4 semanas. • Duração estabelecida levando em consideração: • Tempo adequado para entrega de valor. • Tempo adequado para obtenção de feedback. • Tempo adequado para atingir a definição de “Done”. • Prazo de tolerância a riscos. • Que o time deve procurar trabalhar em ritmos sustentáveis. • Devem sempre entregar valor ao produto.
  • 78. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 78 Sprints Encarar cada sprint como a grande final do campeonato! Se a meta de cada sprint for batida, o projeto será entregue com sucesso e no prazo!
  • 79. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 79 Importante: Durante a Sprint: • A equipe permanece com a mesma quantidade de integrantes • As metas de qualidade não diminuem • O Escopo pode ser detalhado e renegociado entre o PO e a Equipe de desenvolvimento, porém: O Objetivo da Sprint não pode ser alterado! Para pensarmos: Podemos adicionar / remover PBI ‘s em uma sprint em Execução? Se sim, quando e por que?
  • 80. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 80 Cancelamento de Sprints Pode? Sim… Quem pode? Apenas o PO* Ocorre com freqüência? Não Recomendado? NÃO! Pontos Positivos: •Evita que a equipe trabalhe em algo que não terá valor Pontos Negativos: •Desmotiva a equipe •Sensação de fracasso… O que pode fazer a sprint ser cancelada?
  • 81. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 81 Sprints – Eventos Encapsulados 1. Sprint Planning 2. Daily Scrum 3. Sprint Review 4. Sprint Retrospective
  • 82. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 82 Sprint Planning Time decide quais PBI’s conseguirão ser transformados em produto “Done” dentro da Sprint •Transformação de Product Backlog em Sprint Backlog •Seu Timebox varia de acordo com o tamanho da Sprint:
  • 83. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 83 Sprint Planning Parte 1: 1. PO apresenta cada funcionalidade (PBI) segundo sua priorização, de forma clara e detalhada 2. Equipe de Desenvolvimento entende cada Item e verifica quantos itens conseguirão ser trabalhados na Sprint 3. Time Scrum define a meta da sprint (sprint goal!) PO explica o por que! Obrigatórios na Parte 1: PO e Equipe de Desenvolvimento
  • 84. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 84 Sprint Planning Parte 2: 1.Time verifica como irá transformar os PBIs selecionados em parte de produto “Done”. 2.Criação do Sprint Backlog, documento gerado e gerenciado somente pelo time de desenvolvimento. Obrigatórios na Parte 2: Equipe de Desenvolvimento, porém PO também é importante!
  • 85. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 85 Quadro Kanban 1.Coloque as tarefas de cima para baixo na ordem de importância 2.Em cada tarefa, coloque o número do PBI para manter a rastreabilidade 3.Adicione aos cartões seus executores a medida que as tarefas forem sendo realizadas 4.Movimente por entre as colunas sempre que possível!
  • 86. 86 Sprint Planning - Quadro Resumo Capacidade Projetada do Time Product Backlog Analisar, avaliar e selecionar os PBI para a Sprint Criar o Sprint Goal e se comprometer com o trabalho Decompor para tarefas e estimá-las Trabalho provisionado em tarefas Comprometimento com o mesmo Último desempenho do time Último Incremento PO TEAM
  • 87. 87 Perguntas: 1.Um membro da equipe de desenvolvimento pode se comprometer sozinho com um item durante o planning? 2.O Scrum Master deve participar ? 3.O PO pode tendenciar dimensionamentos? Sprint Planning
  • 88. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 88 Sprint Planning Dicas: 1.Implementar um intervalo de descanso (almoço) entre cada parte da reunião 2.Realizar Planning sempre no começo da semana (segunda / terça) 3.Cobrar a participação ativa de todo o time durante a reunião. Afinal, o comprometimento com a meta é do time! 4.Faça a equipe detalhar em conjunto cada PBI, discutindo o esforço de cada tarefa 5.As tarefas devem ser escritas com as palavras do próprio time 6.Aproveite e já armazene cada estimativa dada! (TS, Excel…)
  • 89. Gestão Ágil de Projetos - Scrum 89 Durante a Sprint • O PO não pode interferir na ordem de execução das tarefas da equipe de desenvolvimento • Equipe de desenvolvimento deve ter e manter atualizado um plano de como alcançar a meta da sprint • Status das tarefas devem ser atualizados diariamente (Kanban ou TS) • Caso a equipe perceba que estimou errado os PBIs da sprint, o PO deve ser avisado o quanto antes
  • 90. 90 Daily Scrum / Reuniões Diárias Objetivo: sincronizar as tarefas e montar plano para as próximas 24h • Timebox de 15 minutos • Todos de pé! • Mesma data e horário (Por que?) Devem responder a 3 perguntas: 1. O que eu fiz desde a última daily? 2. O que será feito até a próxima? 3. Existem impedimentos?
  • 91. 91 Daily Scrum • Mais uma oportunidade de inspeção do progresso • Bom momento para mover as tarefas no Kanban • Estimula a comunicação • Identifica e prevê impedimentos • Elimina outras reuniões
  • 92. 92 Daily Scrum • Integrantes: apenas a equipe de desenvolvimento • PO pode participar como ouvinte ? • Pontos positivos e negativos disso • E o SM ? TEAM O Replanejamento do trabalho restante para o cumprimento da meta geralmente é realizado após a Daily A qualquer momento este plano deve estar claro para o PO ou SM
  • 93. 93 Daily Scrum • Fazer diante do quadro Kanban • O time deve reportar para ele mesmo • Todos do time de desenvolvimento devem participar • Todos devem ficar até o final e ajudando! • Sem celular, por favor. • Para estimular o planejamento do trabalho restante, pergunte sobre o sentimento para o alcance da meta. Dicas
  • 94. 94 Objetivo: Apresentação e Inspeção do incremento gerado Revisão da Sprint Time • Apresenta o que foi feito e como • Responde a pergunta sobre o incremento • Quais problemas ocorreram e como foram corrigidos PO • Avalia e identifica o que está realmente Done • Analisa se a meta foi alcançada
  • 95. 95 Participam: Revisão da Sprint • PO • Equipe de desenvolvimento • Interessados sobre o produto (SM, stakeholders e etc.) • Executado no final da sprint, antes da retrospectiva • Time Box: • 4 h -> Sprint de 4 semanas • 2 h -> Sprint de 2 semanas
  • 96. 96 Importante: Revisão da Sprint • É uma reunião de ação e não uma mera apresentação • PO deve analisar cada PBI entregue • Saída: backlog do projeto revisado Benefícios: •Permite a comunicação do time •Equipe de desenvolvimento obtém skills de apresentação e; •Estimula a execução das tarefas da melhor forma possível, caso contrário…
  • 97. 97 Oportunidade para: Revisão da Sprint • Adicionar ao Backlog itens não terminados ou não aceitos (Undone work) • Atualizar Backlog com itens finalizados • Reordenar o Backlog caso necessário • Avaliar com o SM uma nova configuração do time • Parar o projeto! Não permitir outra sprint • Solicitar mais uma equipe no projeto
  • 98. 98 Dicas: Revisão da Sprint • Incentive cada desenvolvedor a apresentar o que ele mesmo desenvolveu • Arquitetura também importa! Ninguém quer produto descartável. • Estimule o PO a dar a opinião a cada item apresentado • Envolva o cliente na reunião. Ele deve se sentir parte do time • Permita o PO trabalhar algumas horas entre a Revisão e a próxima Planning.
  • 99. 99 Débito Técnico: • Defeitos • Falta de testes de aceitação • Código Duplicado • Regra de negócio em lugares errados • Falta de testes unitários • Impossibilidade de voltar para a versão anterior • Algoritmos de difícil manutenção Originados de trabalhos que impedem entrega de produto “DONE” Podem ser:
  • 100. 100 Evitando Undone Work usando Extremme Programming (XP)
  • 101. 101 Garantindo qualidade com Test-Driven Development
  • 102. 102 Envolvendo PO com Acceptance Test-Driven Development
  • 103. 103 Retrospectiva da Sprint O que fizemos de bom? O que fizemos de ruim? O que iremos manter? O que iremos mudar e como? Montar lista desses itens! Quando aplicar esse plano de melhorias? Inspeção do time pelo próprio time
  • 104. 104 Retrospectiva da Sprint • Importante saber ouvir • Maturidade • Todos devem ter o mesmo propósito • Manter o respeito e o profissionalismo • Scrum Master incentiva a equipe a melhorar • Todo o time scrum participa! Inspeção do time pelo próprio time Sala de reunião, iglu - Google Suíça
  • 105. 105 Retrospectiva da Sprint Dicas: 1. Solicite que cada membro individualmente coloque os itens de discussão em post-its 2. Discuta em conjunto cada um desses itens 3. Estimular alternativas provenientes da própria equipe 4. Estabelecer votações para as alternativas de ação 5. Começar e finalizar um assunto por vez! 6. Deixar os próprios membros da equipe tirarem as conclusões 7. Discutir formas de evitar reincidências já mencionadas em retrospectivas anteriores 8. Sair da reunião com uma lista desses pontos e de suas estratégias
  • 106. 106 Artefatos auxiliares Fornecem transparência, oportunidade de inspeção e adaptação Trafegam e/ou são atualizados pelos eventos
  • 107. 107 Release Burn Down Chart Objetivo: Demonstram a quantidade de trabalho restante dentro da Release
  • 108. 108 Sprint Burn Down Chart Objetivo: Demonstram a quantidade de trabalho restante dentro da Sprint
  • 109. Ferramentas para Scrum Microsoft Visual Studio (ALM) http://www.microsoft.com/visualstudio/pt-br/solutions/management Kanbanize (kanban online) http://kanbanize.com Sketchflow (prototipação) http://www.microsoft.com/expression/products/SketchFlow_Overview.aspx Axure (prototipação) http://www.axure.com/features Resharper (qualidade de código) http://www.jetbrains.com/resharper/ Qual mais?
  • 110. 110 Scrum e PMBOK Planning Execution Status Report / Release Burndown Lessons Learned / Retrospective High Level product Backlog Release Planning ( Planning Poker – High Level) Sprint 1 Sprint 2 Sprint 3 DeployWBS Project Management Product Lifecycle (developed by SCRUM Methodology) WBS / Product Backlog Project Charter
  • 111. 111 Scrum e PMBOK Quais áreas de conhecimento são comuns entre o PMBOK e o SCRUM? • Scrum: Framework. PMBOK: Guia de boas práticas • Escopo (através do Product Backlog) • Atividades (através do Sprint Backlog) • Tempo (através da Sprint e Release Planning) • Comunicação (através do Kanban e relatórios burndown) • Gerenciamento dos Stakeholders • Riscos (através do Daily Scrum, Sprint Review e priorização e refinamento do Product Backlog)
  • 112. 112 Scrum e PMBOK Como o PMBOK pode complementar o SCRUM? • Gerenciamento dos custos • Gerenciamento de contratos/aquisições • Gerenciamento de recursos humanos (principalmente em estruturas matriciais) • Gerenciamento da integração
  • 114. 114 Times que batem metas: Devem Comemorar!
  • 115. 115 Obrigado! Boa Sorte no Exame Scrum!