DAFNIOMAN
IA
PROJETO “PEQUENOS CIENTISTAS”
DAFNIOMANIA
Projeto “Pequenos Cientistas” 2012/2013
(No âmbito da ação de formação
“Ciência, Língua, Tecnologia e Cidadani...
1ª FASE - ÂMBITO DO
PROBLEMA
I) DÁFNIA? QUE É LÁ ISSO?
II) DÁFNIA? JÁ SEI QUE…
Artur Santos, 8 anos

I) DÁFNIA? QUE É LÁ ISSO?

Português, Expressão Plástica.
Ilustração e Descrição
(narrativa)
Eu penso
que uma
Dáfnia é
uma
lagartinha
com muitas
patas.
Alexandre,
7 anos
Eu imaginei
que Dáfnia
fosse uma
espécie de
leão, flor e
dragão. Eu
não sei o que
é. Então
pensei que
tinha uma
juba e gar...
Ilustração e Descrição (com
poesia)
É uma coisa faladora

É uma grande cantora
Tem espinhos
coloridos
E não usa Vestidos

...
II) DÁFNIA? JÁ SEI QUE…

Estudo do Meio, TIC, Português,
Expressão Plástica.
Ilustração e Texto Informativo
A dáfnia é um
animal.
É um ser
microscópico, mas
que é da família
das baleias.
Vive em água...
2ª FASE –
QUESTÃO PROBLEMA /
PESQUISAR
III) JÁ VEJO AS DÁFNIAS.
IV) COMO POSSO OBSERVAR E
ESTUDAR?
V) A DÁFNIA MAGNA: PREP...
III) JÁ VEJO AS DÁFNIAS!

Estudo do Meio, Estudo
Acompanhado, Expressão
Hugo Barreiros, 8
anos

IV) COMO POSSO OBSERVAR E
ESTUDAR

Estudo do Meio, Estudo
Acompanhado, Português, TIC, Expres
CLASSIFICAÇÃO
Beatriz: Vertebrados ou invertebrados?
Artur: A que classe pertence?
MORFOLOGIA
Eliana: Pica? Qual o revestimento do corpo?
Bruce: Tem intestinos e "corpo humano"?

Catarina Vieira: Crescem m...
MORFOLOGIA
Hugo: É venenosa? Tem quantos dentes?
Carolina: Para que servem as antenas?
Artur : Será que têm cérebro para p...
AMBIENTE E HABITAT
Bruce: Onde andam? Nada no mar ou em rios, lagos, poças,

barragens, nascentes ou águas subterrâneas?
H...
ALIMENTAÇÃO E CADEIAS
ALIMENTARES
Rui: O que come? Qual o predador que a come?
Vitor: Que técnicas usam para fugirem aos p...
LOCOMOÇÃO E MIGRAÇÃO
Pedro: Nada à superfície ou no fundo do mar?

Rita: Nadam muito rápido?
Marcos: Desloca-se andando no...
RELAÇÃO COM O SER HUMANO &
RELAÇÃO ENTRE INDIVÍDUOS
Mafalda Santos: Quando os pescadores pescam elas vêm

agarradas aos pe...
REPRODUÇÃO, NASCIMENTO E
VIDA
Artur: Escavam para pôr os ovos?

Pedro: Põem os ovos dentro do corpo?
Vitor: Quanto tempo v...
REPRODUÇÃO, NASCIMENTO E
VIDA
Artur: Elas acasalam? Os ovos desenvolvem-se na barriga

das fêmeas ou fora da barriga?
Beat...
V) PREPARO-ME PARA OBSERVAR E
ESTUDAR

Estudo do Meio, Estudo
Acompanhado, Português e Expressão
Utensílios e Instrumentos de
Trabalho
Texto não compositivo:
Ficha de trabalho:
Lista de Materiais

Microscópio
O que é um microscópio?

Aprendemo
s um pouco
sobre este
instrumento
tão
importante
para a
ciência.
V) OBSERVAR E ESTUDAR MELHOR

Estudo do Meio, Português, Área de
Projeto, TIC e Matemática
A Morfologia da Dáfnia Magna
Ficha de trabalho:
Morfologia

Ficha autocorretiva
3ª FASE - QUESTÃO A
INVESTIGAR
VII) DÁFNIA MAGNA: CHEGADA À SALA
DE AULA (ESTUDO DA MORFOLOGIA).
VIII) A DÁFNIA MAGNA EM B...
Artur Santos, 8 anos

VII) CHEGADA À SALA DE AULA

Educação Para o Civismo, Estudo do
Meio, Português e Matemática
Onde colocar as dáfnias?

Finalmente,
as Dáfnias
chegam à
nossa sala
de aula.
Observação da dáfnia

Novas Questões e Dúvidas dos
Alunos

Elas namoram-se?
VIII) A DÁFNIA MAGNA EM BD

Português, Estudo
Acompanhado,
Estudo do
Banda Desenhada

Finalmente, transfor
mámos a história
que construímos
anteriormente
numas belíssimas
bandas
desenhadas.
4ª FASE –
PLANIFICAÇÃO
EXPERIMENTAL
X) REPRODUÇÃO SEXUADA OU
ASSEXUADA?
XI) A DÁFNIA MAGNA EM ACRÓSTICO.
XII) RESOLUÇÃO DE...
X) REPRODUÇÃO SEXUADA OU
ASSEXUADA?

Português, Estudo do Meio, Área de
Projeto e Estudo Acompanhado.
REPRODUÇÃO SEXUADA OU
ASSEXUADA?

Cada grupo
ficou com
uma Dáfnia
bebé, da
qual terá de
cuidar muito
bem. Vamos
esperar
al...
REPRODUÇÃO SEXUADA OU
ASSEXUADA?

Cada aluno
recebeu uma
cria de Dáfnia
(fêmea), da
qual terá de
cuidar muito
bem
(observa...
Relatório Experimental – 1ª
Fase
PERGUNTA A QUE
QUERO
RESPONDER
As dáfnias podem
reproduzir-se
assexuadamente, ou
seja, se...
Protocolo Experimental
NOTAS E OCORRÊNCIAS
“A minha dáfnia morreu. Talvez sejam as
crianças que estiveram a mexer nas
dáfn...
XI) A DÁFNIA MAGNA EM ACRÓSTICO

Português, Estudo do Meio, Estudo
Acompanhado e Expressão Plástica
Escrita de Texto Poético Acróstico
Coletivamen
te e com
ajuda de
uma chuva
de
ideias, inven
támos um
acróstico
com a
palav...
Escrita de Texto Poético Acróstico
E para
ficar mais
bonito
fizemos a
sua
ilustração
.
Artur Santos, 8 anos

XII) RESOLUÇÃO DE POSSÍVEIS
PROBLEMAS

Português e Matemática
Resolução de Situações
Problemáticas
-

- Frações

-

- Operadores

-

- Números decimais

-

- Equivalências

- Unidades ...
5ª FASE EXPERIMENTAÇÃO
XIII) DÁFNIA MAGNA: A REPRODUÇÃO
ASSEXUADA É POSSÍVEL?
XIV) A DÁFNIA MAGNA EM TEXTO
NARRATIVO.
Beatriz Garcia,
10 anos

Gabriel Moreira,
10 anos

Sofia Pereira,
9 anos

XIII) A REPRODUÇÃO ASSEXUADA É
POSSÍVEL?

Estudo...
Observação da dáfnia e registo

Culturas de Dáfnias
20

VITOR

Data

Data / Nº

Data / Nº

Início
Nascimento
(Nº de
Dáfnia...
XIV) A DÁFNIA EM TEXTO NARRATIVO

Português, Estudo do Meio, Estudo
Acompanhado e Expressão Plástica
Planificação e Escrita do Texto
Narrativo
Em
grupo, planificá
mos uma
história sobre
as Dáfnias.
Com a ajuda da
planificaç...
Planificação e Escrita do Texto
Narrativo
Planificação e Escrita do Texto
Narrativo
Planificação e Escrita do Texto
Narrativo
Planificação e Escrita do Texto
Narrativo
A DÁFNIA MÁGICA E A FAMÍLIA "D"
– por MARIA NUNES GROSSO –


Quando
eu
ainda
er...
A Dáfnia Mágica e a Família “D”
por Maria Nunes Grosso
A Dáfnia Mágica de vos falei tem
poderes mágicos (como diz o nome)....
A Dáfnia Mágica e a Família “D”
por Maria Nunes Grosso
– Dáfnia Mágica! Por onde andaste, filha? – disse a mãe da Dáfnia
a...
6ª FASE - DADOS
XV) A DÁFNIA MAGNA EM NOTÍCIA.
XVI) TANTAS DÁFNIAS! VAMOS ESTIMÁLAS.
XV) A DÁFNIA MAGNA EM NOTÍCIA

Português, Estudo do Meio, Estudo
Acompanhado e Expressão Plástica
Escrita de Texto Informativo Notícia
Coletivament
e, fizemos a
planificação
da notícia.

Depois, escr
evemos a
notícia sob...
“Dáfnias dão à luz na sala do
2ºC”
“Ontem à tarde, na sala de aula do
2ºC da E.B. do Laranjeiro, uma das
dáfnias que os al...
- FILME (situação de rotina: alimentação, registo, muda de
água, abertura de novo boião, limpeza, …)

XVI) TANTAS DÁFNIAS!...
7ª FASE –
RESULTADOS E CONCLUSÃO
XVII) DÁFNIA MAGNA: PORQUÊ DOIS
MODOS DE REPRODUÇÃO? DEBATE
FINAL.
XVIII) A DÁFNIA MAGNA ...
XVII) PORQUÊ DOIS MODOS DE
REPRODUÇÃO?

Matemática, Estudo do
Meio, Português
e TIC
Relatório Experimental – 2ª
Fase
O Debate, a
Discussão e as
Nossas Conclusões
“A dáfnia faz realmente a
reprodução
assexua...
- FILME (atuação, canção)

XVIII) A DÁFNIA MAGNA NUMA CANÇÃO.

Português e Expressão Musical
“ABRI O BOIÃO” (coletivo, 15 de
maio)
Abri o boião com o número 1
Estava uma dáfnia a fugir de um atum
Que medo que é (4x)...
Abri o boião com o número 4
Estava uma dáfnia a nadar num charco
Que lindo que é (4x)
Abri o boião com o número 5
Estava u...
Abri o boião com o número 7
Estava uma dáfnia chamada Suzete
Que graça que é (4x)
Abri o boião com o número 8
Estava uma d...
XIX) AFINAL… O QUE SEI
MESMO, MESMO.

Português, Estudo do Meio, Educação
Para o Civismo e Expressão Plástica
- EM CURSO (Texto informativo e autoavalição em
elaboração)

Pedro Parada, 8 anos
DAFNIOMAN
IA
Dáfnia (Daphnia
magna)

PROJETO “PEQUENOS CIENTISTAS”
POR ENCAIXAR
Cuidar das nossas Dáfnias
De três em
três dias
mudamos a
água e
alimentamos
as nossas
amigas
Dáfnias.
Temos de
tratar bem
...
Para mais tarde recordar
Decidimos
registar
alguns
momentos
importantes
deste projeto
para mais
tarde
recordar.
Ilustração e Descrição
(narrativa)
Eu penso que uma
dáfnia é uma
marca de galinha.
É
pequena, gira, que
nte e fofa. Apesar...
Ilustração e Descrição
(narrativa)
Eu penso
que uma
Dáfnia é um
pássaro.

Lucas,
7 anos
Dafniomania
Dafniomania
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dafniomania

450 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
450
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
35
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dafniomania

  1. 1. DAFNIOMAN IA PROJETO “PEQUENOS CIENTISTAS”
  2. 2. DAFNIOMANIA Projeto “Pequenos Cientistas” 2012/2013 (No âmbito da ação de formação “Ciência, Língua, Tecnologia e Cidadania – Uma Mostra, Partilha e Discussão de Projetos das Ciências no 1º Ciclo”) Sónia Ganito, Sandra Barata & Pedro Campos (Agrupamentos de Escolas Emídio Navarro e António Gedeão)
  3. 3. 1ª FASE - ÂMBITO DO PROBLEMA I) DÁFNIA? QUE É LÁ ISSO? II) DÁFNIA? JÁ SEI QUE…
  4. 4. Artur Santos, 8 anos I) DÁFNIA? QUE É LÁ ISSO? Português, Expressão Plástica.
  5. 5. Ilustração e Descrição (narrativa) Eu penso que uma Dáfnia é uma lagartinha com muitas patas. Alexandre, 7 anos
  6. 6. Eu imaginei que Dáfnia fosse uma espécie de leão, flor e dragão. Eu não sei o que é. Então pensei que tinha uma juba e garras de leão, antenas e patas em forma de flor. Tem narinas e cauda de dragão. É agressivo e gosta de brincar a coisas diferentes. Vive na floresta. Come pedras, folhas e madeira. Faz coisas Mariana Marques, 9 anos Ana Rosado, 9 anos Sara Ramos, 9 anos anos Beatriz Garcia, 10 anos anos Edgar Brito, 9 anos Nuno Salvação, 6 ano David Menezes, 6 ano Pedro Guedes, 7 Afonso Abrantes, 7 Jéssica Cardoso, 8
  7. 7. Ilustração e Descrição (com poesia) É uma coisa faladora É uma grande cantora Tem espinhos coloridos E não usa Vestidos Não parece um porco E é louco Cheira Mal Tem um grande casal Vem de África Catarina Vieira, 8 anos
  8. 8. II) DÁFNIA? JÁ SEI QUE… Estudo do Meio, TIC, Português, Expressão Plástica.
  9. 9. Ilustração e Texto Informativo A dáfnia é um animal. É um ser microscópico, mas que é da família das baleias. Vive em água doce de todos os tipos e existe em Portugal. Também me parece que são vegetarianas. Vitor Albuquerque, 9 anos
  10. 10. 2ª FASE – QUESTÃO PROBLEMA / PESQUISAR III) JÁ VEJO AS DÁFNIAS. IV) COMO POSSO OBSERVAR E ESTUDAR? V) A DÁFNIA MAGNA: PREPARO-ME PARA OBSERVAR E ESTUDAR. VI) O QUE TEMOS QUE OBSERVAR E ESTUDAR MELHOR!
  11. 11. III) JÁ VEJO AS DÁFNIAS! Estudo do Meio, Estudo Acompanhado, Expressão
  12. 12. Hugo Barreiros, 8 anos IV) COMO POSSO OBSERVAR E ESTUDAR Estudo do Meio, Estudo Acompanhado, Português, TIC, Expres
  13. 13. CLASSIFICAÇÃO Beatriz: Vertebrados ou invertebrados? Artur: A que classe pertence?
  14. 14. MORFOLOGIA Eliana: Pica? Qual o revestimento do corpo? Bruce: Tem intestinos e "corpo humano"? Catarina Vieira: Crescem muito? Martim: É do tamanho de um rato? Grande ou pequeno? Catarina Correia: Tem pelos? Ana Mafalda? Se têm ossos quantos têm?
  15. 15. MORFOLOGIA Hugo: É venenosa? Tem quantos dentes? Carolina: Para que servem as antenas? Artur : Será que têm cérebro para pensar? Vitor: Quantos sistemas têm no corpo? Quantas cores diferentes há? Bruna: Porque é que as dáfnias têm cores diferentes umas das outras? Pedro e Marcos: Nascem com deficiências?
  16. 16. AMBIENTE E HABITAT Bruce: Onde andam? Nada no mar ou em rios, lagos, poças, barragens, nascentes ou águas subterrâneas? Hugo: São animais que vivem na água ou na terra? Vivem nas duas? Qual preferem? Mafalda Santos: Escavam para fazer tocas? Catarina Vieira: Vivem em Portugal? Beatriz: Em que outros países há dáfnias? Em que país há mais dáfnias? Vivem em sítios escuros ou em sítios claros?
  17. 17. ALIMENTAÇÃO E CADEIAS ALIMENTARES Rui: O que come? Qual o predador que a come? Vitor: Que técnicas usam para fugirem aos predadores? Marcos: É predador ou dos que são comidos? Hugo: Quantos animais elas comem?
  18. 18. LOCOMOÇÃO E MIGRAÇÃO Pedro: Nada à superfície ou no fundo do mar? Rita: Nadam muito rápido? Marcos: Desloca-se andando no fundo ou nadando? Catarina Vieira: Migram? Se emigram é para onde?
  19. 19. RELAÇÃO COM O SER HUMANO & RELAÇÃO ENTRE INDIVÍDUOS Mafalda Santos: Quando os pescadores pescam elas vêm agarradas aos peixes? Maria: Comem-se (serve-nos de alimento)? Ana Mafalda: Porque se chamam dáfnias? Vitor: O que obtemos do corpo delas? Marcos: Andam sempre em grupos? Vitor: São canibais?
  20. 20. REPRODUÇÃO, NASCIMENTO E VIDA Artur: Escavam para pôr os ovos? Pedro: Põem os ovos dentro do corpo? Vitor: Quanto tempo vivem? Bruce : Como acasalam se é fêmea com fêmea? Tiago: Onde nascem? Beatriz e Rita: Nascem da barriga da mãe e em ovos? Ana Mafalda: Quantos ovos normalmente as dáfnias põem? Hugo: Qual o máximo de crias que podem ter?
  21. 21. REPRODUÇÃO, NASCIMENTO E VIDA Artur: Elas acasalam? Os ovos desenvolvem-se na barriga das fêmeas ou fora da barriga? Beatriz: As cores diferentes que têm é por causa da diferença do sexo? Eliana: Quanto tempo dura a gravidez? Pedro: Têm os ovos de ano em ano? Marcos: Qual a época de acasalamento? Beatriz: Põem os ovos em que estação? Os ovos são de vários tamanhos? Pequenos, grandes e médios?
  22. 22. V) PREPARO-ME PARA OBSERVAR E ESTUDAR Estudo do Meio, Estudo Acompanhado, Português e Expressão
  23. 23. Utensílios e Instrumentos de Trabalho Texto não compositivo: Ficha de trabalho: Lista de Materiais Microscópio
  24. 24. O que é um microscópio? Aprendemo s um pouco sobre este instrumento tão importante para a ciência.
  25. 25. V) OBSERVAR E ESTUDAR MELHOR Estudo do Meio, Português, Área de Projeto, TIC e Matemática
  26. 26. A Morfologia da Dáfnia Magna Ficha de trabalho: Morfologia Ficha autocorretiva
  27. 27. 3ª FASE - QUESTÃO A INVESTIGAR VII) DÁFNIA MAGNA: CHEGADA À SALA DE AULA (ESTUDO DA MORFOLOGIA). VIII) A DÁFNIA MAGNA EM BD. IX) COMO SE REPRODUZ UMA DÁFNIA?
  28. 28. Artur Santos, 8 anos VII) CHEGADA À SALA DE AULA Educação Para o Civismo, Estudo do Meio, Português e Matemática
  29. 29. Onde colocar as dáfnias? Finalmente, as Dáfnias chegam à nossa sala de aula.
  30. 30. Observação da dáfnia Novas Questões e Dúvidas dos Alunos Elas namoram-se?
  31. 31. VIII) A DÁFNIA MAGNA EM BD Português, Estudo Acompanhado, Estudo do
  32. 32. Banda Desenhada Finalmente, transfor mámos a história que construímos anteriormente numas belíssimas bandas desenhadas.
  33. 33. 4ª FASE – PLANIFICAÇÃO EXPERIMENTAL X) REPRODUÇÃO SEXUADA OU ASSEXUADA? XI) A DÁFNIA MAGNA EM ACRÓSTICO. XII) RESOLUÇÃO DE POSSÍVEIS PROBLEMAS.
  34. 34. X) REPRODUÇÃO SEXUADA OU ASSEXUADA? Português, Estudo do Meio, Área de Projeto e Estudo Acompanhado.
  35. 35. REPRODUÇÃO SEXUADA OU ASSEXUADA? Cada grupo ficou com uma Dáfnia bebé, da qual terá de cuidar muito bem. Vamos esperar alguns dias para ver o que irá acontecer. (2º ano)
  36. 36. REPRODUÇÃO SEXUADA OU ASSEXUADA? Cada aluno recebeu uma cria de Dáfnia (fêmea), da qual terá de cuidar muito bem (observar, alim entar e repor/mudar a água). Vamos registar o que observamos para confirmar as nossas hipóteses. (3º ano)
  37. 37. Relatório Experimental – 1ª Fase PERGUNTA A QUE QUERO RESPONDER As dáfnias podem reproduzir-se assexuadamente, ou seja, sem relação sexual com um macho? DESCONFIO QUE … Sim. Porque os crustáceos costumam, de vez em quando, reproduzir-se
  38. 38. Protocolo Experimental NOTAS E OCORRÊNCIAS “A minha dáfnia morreu. Talvez sejam as crianças que estiveram a mexer nas dáfnias e pode ser também da temperatura.” “Tenho uma nova dáfnia. Tem seis dias.” “Já está grávida. Pela minha previsão, contei seis dáfnias bebés.” “Hoje a minha dáfnia teve 5 filhos. Dia 10/5/2013”
  39. 39. XI) A DÁFNIA MAGNA EM ACRÓSTICO Português, Estudo do Meio, Estudo Acompanhado e Expressão Plástica
  40. 40. Escrita de Texto Poético Acróstico Coletivamen te e com ajuda de uma chuva de ideias, inven támos um acróstico com a palavra DAFNIA.
  41. 41. Escrita de Texto Poético Acróstico E para ficar mais bonito fizemos a sua ilustração .
  42. 42. Artur Santos, 8 anos XII) RESOLUÇÃO DE POSSÍVEIS PROBLEMAS Português e Matemática
  43. 43. Resolução de Situações Problemáticas - - Frações - - Operadores - - Números decimais - - Equivalências - Unidades contínuas e discretas - - Unidades de medida - - Conversões entre unidades de medida -
  44. 44. 5ª FASE EXPERIMENTAÇÃO XIII) DÁFNIA MAGNA: A REPRODUÇÃO ASSEXUADA É POSSÍVEL? XIV) A DÁFNIA MAGNA EM TEXTO NARRATIVO.
  45. 45. Beatriz Garcia, 10 anos Gabriel Moreira, 10 anos Sofia Pereira, 9 anos XIII) A REPRODUÇÃO ASSEXUADA É POSSÍVEL? Estudo do Meio, Matemática, Educação Para a
  46. 46. Observação da dáfnia e registo Culturas de Dáfnias 20 VITOR Data Data / Nº Data / Nº Início Nascimento (Nº de Dáfnias) --- Novas Questões e Dúvidas dos Alunos Como é que se destinguem ovos partenogénicos de outro tipo de ovos? Data / Nº Data / Nº
  47. 47. XIV) A DÁFNIA EM TEXTO NARRATIVO Português, Estudo do Meio, Estudo Acompanhado e Expressão Plástica
  48. 48. Planificação e Escrita do Texto Narrativo Em grupo, planificá mos uma história sobre as Dáfnias. Com a ajuda da planificação da história, escreve mos a história propriamente dita. Fizemos também a sua ilustração.
  49. 49. Planificação e Escrita do Texto Narrativo
  50. 50. Planificação e Escrita do Texto Narrativo
  51. 51. Planificação e Escrita do Texto Narrativo
  52. 52. Planificação e Escrita do Texto Narrativo A DÁFNIA MÁGICA E A FAMÍLIA "D" – por MARIA NUNES GROSSO –  Quando eu ainda era pequena, ouvi falar de uma Dáfnia Mágica que vivia no Lago Encantado nas planícies alentejanas. O lago estava calmo e o sol refletia nas águas limpas. A Cidade dos Peixinhos estava iluminada e lá de baixo (nas águas profundas) via-se ao de cima coisas verdes a boiar. Eram nenúfares.
  53. 53. A Dáfnia Mágica e a Família “D” por Maria Nunes Grosso A Dáfnia Mágica de vos falei tem poderes mágicos (como diz o nome). Um dia, chegaram peixinhos da esquadra e disseram que havia vestígios de veneno nas águas profundas, onde muita gente passa. A Dáfnia Mágica, mal soube disto, fez as malas, preparou a comida e saiu de casa no dia seguinte, de madrugada. Ela disse: – Mamã, papá! Vou salvar-vos deste veneno. A vocês e à cidade inteira. – Oh! Querida! Acho muito amável da tua parte, mas é perigoso. Mal a mãe disse isso, ela saiu. A mãe bem tentou chamá-la pela janela, mas ela tinha desaparecido por – Tenho de inventar uma forma de acabar com o veneno. Vou ter ir à… tan, tan, tan, tan… Lagoa do Terror. – disse ela. A Dáfnia Mágica estava a nadar quando… deparou-se com a Hidra Malvadona. – Hidra Malvadona, eu sabia que estavas por detrás disto! Isso são coisas de vilões, não é? A espalhar veneno, hã? A Dáfnia, que não queria ver a sua cidade em perigo de vida, ainda disse: – Agora vais sofrer as consequências. Antenas mágicas, prendam-na! Assim que a Dáfnia Mágica disse isto, a Hidra Malvadona desapareceu. – Vou-me embora antes que seja apanhada por outro vilão. – disse a Dáfnia
  54. 54. A Dáfnia Mágica e a Família “D” por Maria Nunes Grosso – Dáfnia Mágica! Por onde andaste, filha? – disse a mãe da Dáfnia aflita, mas contente por ela ter voltado. – Acabei com a Hidra Malvadona de vez, mãe! Quando ela morre o veneno desaparece porque se ela morrer, o veneno, como pertence ao corpo dela, evapora-se. No dia seguinte, o Tubarão Presidente anunciou com voz grossa: – Hoje comemora-se o "Dia Mundial Aquático da Dáfnia Mágica". A Dáfnia Mágica ficou toda contente e a família "D" também. No meio da festa, a Dáfnia Mágica vira-se para a mãe e diz: – E agora, mamã? – Vamos embora querida, que já está na hora de acabar a história! 7 de maio de 2013
  55. 55. 6ª FASE - DADOS XV) A DÁFNIA MAGNA EM NOTÍCIA. XVI) TANTAS DÁFNIAS! VAMOS ESTIMÁLAS.
  56. 56. XV) A DÁFNIA MAGNA EM NOTÍCIA Português, Estudo do Meio, Estudo Acompanhado e Expressão Plástica
  57. 57. Escrita de Texto Informativo Notícia Coletivament e, fizemos a planificação da notícia. Depois, escr evemos a notícia sobre o nascimento das dáfnias.
  58. 58. “Dáfnias dão à luz na sala do 2ºC” “Ontem à tarde, na sala de aula do 2ºC da E.B. do Laranjeiro, uma das dáfnias que os alunos têm na sua sala, deu à luz (pariu). As dafniazinhas saíram da barriga da dáfnia porque estava cheia de ovos. Agora, a sala ficou com mais vida porque tem muitas dáfnias.”
  59. 59. - FILME (situação de rotina: alimentação, registo, muda de água, abertura de novo boião, limpeza, …) XVI) TANTAS DÁFNIAS! VAMOS ESTIMÁLAS. Estudo do Meio, Matemática e Estudo Acompanhado .
  60. 60. 7ª FASE – RESULTADOS E CONCLUSÃO XVII) DÁFNIA MAGNA: PORQUÊ DOIS MODOS DE REPRODUÇÃO? DEBATE FINAL. XVIII) A DÁFNIA MAGNA NUMA CANÇÃO. XIX) AFINAL… O QUE SEI MESMO, MESMO.
  61. 61. XVII) PORQUÊ DOIS MODOS DE REPRODUÇÃO? Matemática, Estudo do Meio, Português e TIC
  62. 62. Relatório Experimental – 2ª Fase O Debate, a Discussão e as Nossas Conclusões “A dáfnia faz realmente a reprodução assexuadamente.” “Nas duas reproduções, nenhuma é melhor que a outra. Depende do local onde estão (pode não ter machos ou ter poucas dáfnias)”. “Mais de metade das dáfnias morreram quando a temperatura subiu muito e
  63. 63. - FILME (atuação, canção) XVIII) A DÁFNIA MAGNA NUMA CANÇÃO. Português e Expressão Musical
  64. 64. “ABRI O BOIÃO” (coletivo, 15 de maio) Abri o boião com o número 1 Estava uma dáfnia a fugir de um atum Que medo que é (4x) Abri o boião com o número 2 Estava uma dáfnia a ver camarões Que giro que é (4x) Abri o boião com o número 3 Estava uma dáfnia a passar de mês Que vida que é (4x)
  65. 65. Abri o boião com o número 4 Estava uma dáfnia a nadar num charco Que lindo que é (4x) Abri o boião com o número 5 Estava uma dáfnia com um macho tão lindo Que amor que é (4x) Abri o boião com o número 6 Estava uma dáfnia a escapar de um peixe Que sorte que é (4x)
  66. 66. Abri o boião com o número 7 Estava uma dáfnia chamada Suzete Que graça que é (4x) Abri o boião com o número 8 Estava uma dáfnia a parir oito Que lindo que é (4x) Abri o boião com o número 9 Estava uma dáfnia com muitos, muitos ovos Que grande que é (4x) Abri o boião com o número 10 Estava uma dáfnia com vinte bebés Que fofo que é (4x)
  67. 67. XIX) AFINAL… O QUE SEI MESMO, MESMO. Português, Estudo do Meio, Educação Para o Civismo e Expressão Plástica
  68. 68. - EM CURSO (Texto informativo e autoavalição em elaboração) Pedro Parada, 8 anos
  69. 69. DAFNIOMAN IA Dáfnia (Daphnia magna) PROJETO “PEQUENOS CIENTISTAS”
  70. 70. POR ENCAIXAR
  71. 71. Cuidar das nossas Dáfnias De três em três dias mudamos a água e alimentamos as nossas amigas Dáfnias. Temos de tratar bem delas.
  72. 72. Para mais tarde recordar Decidimos registar alguns momentos importantes deste projeto para mais tarde recordar.
  73. 73. Ilustração e Descrição (narrativa) Eu penso que uma dáfnia é uma marca de galinha. É pequena, gira, que nte e fofa. Apesar de ser baixa, anda nas quintas com os galos. Come estrume, alface e grão de milho. O bico serve para comer e defenderse. Para ver se tem ovo, é preciso pôr a mão debaixo do rabo.
  74. 74. Ilustração e Descrição (narrativa) Eu penso que uma Dáfnia é um pássaro. Lucas, 7 anos

×