Universidade Federal de Itajubá
Pós graduação em Gestão de Pessoas e
Projetos Sociais
Arte colaborativa e Ação social
Midi...
O tema arte colaborativa e ação social foi delimitado no
campo das artes plásticas como um recorte na modalidade
arte públ...
Trajetória acadêmica e profissional como artista
atuante em projetos sociais- Programa de Reurbanização
de favelas PMSP, P...
O problema da pesquisa foi responder
quais as características comuns às
intervenções artísticas de cunho social.
3.Problema
O objetivo geral foi identificar autores e
traçar um panorama conceitual do tema.
Os objetivos específicos foram carateriz...
5.Metodologia
Pesquisa bibliográfica de fontes contemporâneas,
principalmente artigos científicos em publicações
especiali...
A opção pelo estudo de caso vem ao encontro da necessária
compreensão inicial do tema partir de uma realidade
concreta. Fo...
A monografia foi elaborada em 6 seções:
1. Introdução, esboça o tipo de intervenção de cunho social a
ser pesquisada e alg...
4. Estudo de caso, dividido em “Histórico e Apresentação”, com
a biografia da artista Mônica Nador e histórico da criação ...
A relevância da monografia e o cumprimento de seus
objetivos estão no panorama apresentado dos autores e
conceitos que per...
Discutir processos em que a participação direta de
pessoas e grupos produz resultados notáveis, em diversos
âmbitos da vid...
Fim
Grata!
Fim.
Grata!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tcc Arte colaborativa e ação social

604 visualizações

Publicada em

Apresentação de pesquisa sobre processos colaborativos entre artistas e comunidades.

Publicada em: Arte e fotografia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Tcc Arte colaborativa e ação social

  1. 1. Universidade Federal de Itajubá Pós graduação em Gestão de Pessoas e Projetos Sociais Arte colaborativa e Ação social Midiã Claudio Silva
  2. 2. O tema arte colaborativa e ação social foi delimitado no campo das artes plásticas como um recorte na modalidade arte pública/intervenção urbana. Foram abordados conceitos relativos a projetos de arte colaborativa que apresentam as seguintes características: A autoria dispersa ou coletiva. As formas de produção das obras são baseadas na interação e participação comunitária, e dissolvem a diferença entre o artista e os “não-artistas”. Promovem benefícios perenes à comunidade na qual a intervenção acontece. Unem criação estética e engajamento nas questões sociais à intervenção direta com vistas ao aumento da qualidade de vida em áreas periféricas. Têm fins éticos e não apenas estéticos (diferenciação da arte pura, arte pela arte)- almejam desenvolver em seu público participante um processo educativo, noções convivais e a ativação de um corpo social. 1. Tema
  3. 3. Trajetória acadêmica e profissional como artista atuante em projetos sociais- Programa de Reurbanização de favelas PMSP, Programa Jovens Urbanos Fundação Itau Social. As intervenções urbanas que promovem a colaboração entre artistas e comunidades: Estão a exigir discussão e reflexão uma vez constatado no levantamento bibliográfico da monografia a escassez de literatura e abundância de iniciativas por parte de coletivos e artistas. São referências para para a formação de artistas, arte educadores e projetos sociais- em especial aqueles que tomam a arte e cultura como via privilegiada para o desenvolvimento da cidadania e para a redução da exclusão social. Congregam tecnologias sociais de revitalização de espaços urbanos e são relevantes na consolidação da função social das Artes. 2.Justificativa
  4. 4. O problema da pesquisa foi responder quais as características comuns às intervenções artísticas de cunho social. 3.Problema
  5. 5. O objetivo geral foi identificar autores e traçar um panorama conceitual do tema. Os objetivos específicos foram caraterizar e constituir um campo de pesquisa da conjunção arte e ação social. Ampliar o entendimento do processo artístico que envolve colaboração com comunidades em desvantagem social. Situar a arte colaborativa engajada socialmente como uma das vertentes da arte contemporânea. 4. Objetivos
  6. 6. 5.Metodologia Pesquisa bibliográfica de fontes contemporâneas, principalmente artigos científicos em publicações especializadas em arte. Premissas metodológicas: A natureza básica da pesquisa; que busca gerar a ampliação do conhecimento do tema sem aplicação prática prevista; A pesquisa exploratória; uma vez que pela escassez de literatura, no meio acadêmico há pouco conhecimento acumulado e sistematizado sobre o assunto. Abordagem qualitativa, adequada a descrição e análise indutiva de processos e seus significados.
  7. 7. A opção pelo estudo de caso vem ao encontro da necessária compreensão inicial do tema partir de uma realidade concreta. Foi escolhido o projeto de intervenção artística Paredes Pinturas da artista Monica Nador, que acontece de forma permanente no Jardim Miriam Arte Clube – JAMAC, uma associação sem fins lucrativos formada por moradores do bairro Jardim Miriam, zona sul da cidade de São Paulo. O estudo de caso abordou a biografia da artista Monica Nador, o histórico da organização e suas ações. Ao final foi realizada a análise do projeto pela comparação entre as práticas colaborativas observadas no trabalho do JAMAC e a fundamentação teórica sobre arte e ação social discutida na monografia. Estudo de caso
  8. 8. A monografia foi elaborada em 6 seções: 1. Introdução, esboça o tipo de intervenção de cunho social a ser pesquisada e algumas de suas características. 2. Fundamentação teórica, aprofunda o tema com a divisão nos subtítulos “arte ativismo e colaboração”, no qual foi realizado o levantamento de autores que discutem as possíveis conexões entre arte, ativismo e colaboração, e em “Arte pública como ação social” ao qual coube definir no campo da arte pública, o recorte do estudo proposto. 3. Metodologia, expõe o desenvolvimento do trabalho como uma pesquisa exploratória e justifica a escolha pelo método estudo de caso. 6.Estrutura
  9. 9. 4. Estudo de caso, dividido em “Histórico e Apresentação”, com a biografia da artista Mônica Nador e histórico da criação do JAMAC, e, em “Ações do projeto Paredes pinturas” que amplia a visão das obras e processos colaborativos do projeto da artista. 5. Discussão de resultados, que realiza a análise do projeto Paredes Pinturas em relação à fundamentação teórica sobre arte e ação social. 6. Conclusão, que pontua os resultados em paralelo aos objetivos da monografia, bem como aponta possibilidades para pesquisas futuras. 6.Estrutura
  10. 10. A relevância da monografia e o cumprimento de seus objetivos estão no panorama apresentado dos autores e conceitos que permeiam a arte colaborativa enquanto ação social. Idéias estruturais das práticas foram compiladas, como a noção de autoria coletiva e participação comunitária,e os aspectos relacionais da cocriação, onde a obra de arte não tem um fim em si, e almeja não apenas modificar a parte física e estética do espaço urbano, mas contribuir fortalecer o capital social. Foram apontadas possibilidades para pesquisas futuras como a compilação de outros estudos de caso, a pesquisa- ação participativa na produção das obras e o estabelecimento de correlações entre as diversas práticas de artivismo. 7. Conclusões
  11. 11. Discutir processos em que a participação direta de pessoas e grupos produz resultados notáveis, em diversos âmbitos da vida em sociedade é tratar de uma visão de projetos menos assistencialistas e mais pautados no empoderamento e na auto organização. A principal conclusão sobre a pesquisa é que existem fundamentos em propostas artísticas colaborativas que as tornam um processo social no qual algo é concretizado pelos próprios indivíduos, o que desenvolve a capacidade de cooperação, de encontrar formas de trabalhar por aquilo que necessitam. Essa é uma das possibilidades, pela linguagem universal da arte, de restaurar espaços e fortalecer o sentido de comum-unidade, essencial a ser promovido por projetos sociais que se pretendem perenes e transformadores. 7. Conclusões
  12. 12. Fim Grata! Fim. Grata!

×