SlideShare uma empresa Scribd logo

Nadis e marmas corporificação da energia e entrada do self

Michele Pó
Michele Pó
Michele PóHolistic Lifestyle Counselor at Ayur Amrita em Ayur Amrita

Medicina Ayurvédica

Nadis e marmas corporificação da energia e entrada do self

1 de 19
A IMPORTÂNCIA DOS NADIS E MARMAS NO AYURVEDA

    CORPORIFICAÇÃO DA ENERGIA E A ENTRADA DO SELF




Trabalho de Carmen Diego                 Professora Michel Pó
CORPORIFICAÇÃO DA ENERGIA E A ENTRADA DO SELF


O conhecimento da formação do corpo
humano é de valor fundamental para a
compreensão das relações entre as
estruturas do corpo e do sistema energético
subtil (rede de nadis e chakras).




                                 A corporificação da energia e a entrada do
                                 self, bem como o desenvolvimento
                                 embrionário inicia-se com a fertilização dos
                                 gametas, através da entrada do veículo mais
                                 subtil da alma humana – o anandamaya-
                                 kosha.
No momento em que o óvulo (manifestante da
energia da mãe) é fecundado pelo
espermatozóide (manifestante da energia do
pai), o código genético é programado pelo
Campo de Intencionalidade da Alma (a terceira
pessoa do princípio trino de Deus) a partir do
dharma e do karma que a compete, conforme
seu livre arbítrio. Portanto, o arranjo genético
do Ser que está a corporificar-se é feito a partir
das informações mais subtis contidas em
anandamaya-kosha , o nosso veículo que
contém o propósito divino da Criação, as
nossas aspirações e experiências mais
profundas.
Anandamaya-kosha constitui o nosso campo
 da consciência, onde armazenamos as nossas
 alegrias e tristezas mais fortes.



                                     A fertilização dos gametas estimula o zigoto
                                     a passar por uma série de rápidas divisões
                                     chamadas de clivagem, resultando num
                                     rápido aumento do número de células. Esta
                                     divisão começa provavelmente entre 30 e 36
                                     horas depois da fertilização, formando duas
                                     células-filhas conhecidas como blastómeros.

No quarto dia ocorre a entrada do próximo
veículo de manifestação do homem – o
vijnanamaya-kosha – e as células da mórula
organizam-se em uma camada externa
chamada trofoblasto que dará origem à parte
embrionária da placenta e uma interna,
conhecida como massa interna ou
embrioblasto, que dará origem ao embrião e
à cavidade blastocística.
O vijnanamaya-kosha é o veículo do
                                    discernimento, onde se estabelecem as
                                    diferenças entre o eu e o não-eu.




Constitui o campo da inteligência e
serve como intermediário entre o
mundo exterior, experimentado pela
mente e pelo corpo através dos
sentidos, e o mundo interior, próprio
da consciência que transcende os
sentidos. Sem o desenvolvimento
adequado de vijnanamaya-kosha a
energia essencial de anandamaya-
kosha não pode manifestar-se.
Quando a implantação do blastócito termina,
devido a entrada de manomaya-kosha
(terceiro veículo de manifestação), ocorrem
alterações morfológicas na massa celular
interna para a formação do disco
embrionário bilaminar. Manomaya-kosha é o
veículo de raciocínio, de manifestação do
pensamento, onde se registam as
experiências de prazer e dor, os gostos e
aversões e que dá a noção de tempo
(passado e futuro) e espaço (alto/baixo,
frente/trás, esquerda/direita, perto/longe).
Anúncio

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cromoterapia Guia Prático
Cromoterapia Guia PráticoCromoterapia Guia Prático
Cromoterapia Guia PráticoMedchi
 
Doshas, fogo digestivo e os alimentos - Mónica Lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos  - Mónica LapaDoshas, fogo digestivo e os alimentos  - Mónica Lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos - Mónica LapaMichele Pó
 
Pulsologia Ayurvédica - Teresa Osório
Pulsologia Ayurvédica - Teresa Osório Pulsologia Ayurvédica - Teresa Osório
Pulsologia Ayurvédica - Teresa Osório Michele Pó
 
Anatomia energética-humana-chacras-geral
Anatomia energética-humana-chacras-geralAnatomia energética-humana-chacras-geral
Anatomia energética-humana-chacras-geralWanessa Peret Padilha
 
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena Caeiro
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena CaeiroNadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena Caeiro
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena CaeiroMichele Pó
 
Chakra laríngeo
Chakra laríngeoChakra laríngeo
Chakra laríngeopaikachambi
 
A relação emoção corpo
A relação emoção corpoA relação emoção corpo
A relação emoção corpoDalila Melo
 
Cromoterapia: as cores podem ajudá-lo!
Cromoterapia: as cores podem ajudá-lo!Cromoterapia: as cores podem ajudá-lo!
Cromoterapia: as cores podem ajudá-lo!Teresa Batista
 
A Importância Dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância Dos Sub-Doshas No DiagnósticoA Importância Dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância Dos Sub-Doshas No DiagnósticoMichele Pó
 
Introdução ao Ayurveda - Ayurvedese
Introdução ao Ayurveda - AyurvedeseIntrodução ao Ayurveda - Ayurvedese
Introdução ao Ayurveda - AyurvedeseAyurvedese
 
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de forçaPrimeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de forçaCeiClarencio
 

Mais procurados (20)

Cromoterapia Guia Prático
Cromoterapia Guia PráticoCromoterapia Guia Prático
Cromoterapia Guia Prático
 
Cromoterapia
CromoterapiaCromoterapia
Cromoterapia
 
Ayurveda aromaterapia
Ayurveda aromaterapiaAyurveda aromaterapia
Ayurveda aromaterapia
 
Chakras e cores cura
Chakras e cores curaChakras e cores cura
Chakras e cores cura
 
Chakra solar
Chakra solarChakra solar
Chakra solar
 
Aromaterapia
AromaterapiaAromaterapia
Aromaterapia
 
Doshas, fogo digestivo e os alimentos - Mónica Lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos  - Mónica LapaDoshas, fogo digestivo e os alimentos  - Mónica Lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos - Mónica Lapa
 
Pulsologia Ayurvédica - Teresa Osório
Pulsologia Ayurvédica - Teresa Osório Pulsologia Ayurvédica - Teresa Osório
Pulsologia Ayurvédica - Teresa Osório
 
Anatomia energética-humana-chacras-geral
Anatomia energética-humana-chacras-geralAnatomia energética-humana-chacras-geral
Anatomia energética-humana-chacras-geral
 
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena Caeiro
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena CaeiroNadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena Caeiro
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena Caeiro
 
Chakra laríngeo
Chakra laríngeoChakra laríngeo
Chakra laríngeo
 
A relação emoção corpo
A relação emoção corpoA relação emoção corpo
A relação emoção corpo
 
Chacras Parte II
Chacras   Parte IIChacras   Parte II
Chacras Parte II
 
reflexologia
reflexologiareflexologia
reflexologia
 
Reflexologia
ReflexologiaReflexologia
Reflexologia
 
Cromoterapia: as cores podem ajudá-lo!
Cromoterapia: as cores podem ajudá-lo!Cromoterapia: as cores podem ajudá-lo!
Cromoterapia: as cores podem ajudá-lo!
 
Guia completo-da-aromaterapia v1
Guia completo-da-aromaterapia v1Guia completo-da-aromaterapia v1
Guia completo-da-aromaterapia v1
 
A Importância Dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância Dos Sub-Doshas No DiagnósticoA Importância Dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância Dos Sub-Doshas No Diagnóstico
 
Introdução ao Ayurveda - Ayurvedese
Introdução ao Ayurveda - AyurvedeseIntrodução ao Ayurveda - Ayurvedese
Introdução ao Ayurveda - Ayurvedese
 
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de forçaPrimeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
Primeiro Módulo - Aulas 7 e 8 - Perispirito e centros de força
 

Destaque

Design Sustentável
Design SustentávelDesign Sustentável
Design SustentávelMichele Pó
 
A Importância dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância dos Sub-Doshas No DiagnósticoA Importância dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância dos Sub-Doshas No DiagnósticoMichele Pó
 
Doshas, fogo digestivo e os alimentos Mónica lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos   Mónica lapaDoshas, fogo digestivo e os alimentos   Mónica lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos Mónica lapaMichele Pó
 
Astro Nutrição
Astro NutriçãoAstro Nutrição
Astro NutriçãoMichele Pó
 
Kaumara bhritya por Tânia Pires
Kaumara bhritya por Tânia PiresKaumara bhritya por Tânia Pires
Kaumara bhritya por Tânia PiresMichele Pó
 
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia AmoreirinhaA importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia AmoreirinhaMichele Pó
 
Toxicologia ayurvédica por Élio Lampreia
Toxicologia ayurvédica por Élio LampreiaToxicologia ayurvédica por Élio Lampreia
Toxicologia ayurvédica por Élio LampreiaMichele Pó
 
Energias Renováveis
Energias RenováveisEnergias Renováveis
Energias RenováveisMichele Pó
 
Kayachikitsa ayurveda andreia baptista
Kayachikitsa ayurveda andreia baptistaKayachikitsa ayurveda andreia baptista
Kayachikitsa ayurveda andreia baptistaMichele Pó
 
Vantagens dos Veículos Eléctricos
Vantagens dos Veículos EléctricosVantagens dos Veículos Eléctricos
Vantagens dos Veículos EléctricosMichele Pó
 
Hábitos de Consumo Sustentáveis
Hábitos de Consumo SustentáveisHábitos de Consumo Sustentáveis
Hábitos de Consumo SustentáveisMichele Pó
 
Os Gunas e a Mente
Os Gunas e a MenteOs Gunas e a Mente
Os Gunas e a MenteMichele Pó
 
Transportes Futuristas
Transportes FuturistasTransportes Futuristas
Transportes FuturistasMichele Pó
 
Panchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita QuintasPanchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita QuintasMichele Pó
 
Os gunas e a mente Diana Silva
Os gunas e a mente Diana SilvaOs gunas e a mente Diana Silva
Os gunas e a mente Diana SilvaMichele Pó
 
Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações ClimáticasMichele Pó
 

Destaque (20)

Design Sustentável
Design SustentávelDesign Sustentável
Design Sustentável
 
A Importância dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância dos Sub-Doshas No DiagnósticoA Importância dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância dos Sub-Doshas No Diagnóstico
 
Doshas, fogo digestivo e os alimentos Mónica lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos   Mónica lapaDoshas, fogo digestivo e os alimentos   Mónica lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos Mónica lapa
 
Astro Nutrição
Astro NutriçãoAstro Nutrição
Astro Nutrição
 
Kaumara bhritya por Tânia Pires
Kaumara bhritya por Tânia PiresKaumara bhritya por Tânia Pires
Kaumara bhritya por Tânia Pires
 
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia AmoreirinhaA importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
 
Toxicologia ayurvédica por Élio Lampreia
Toxicologia ayurvédica por Élio LampreiaToxicologia ayurvédica por Élio Lampreia
Toxicologia ayurvédica por Élio Lampreia
 
Ecologia Urbana
Ecologia UrbanaEcologia Urbana
Ecologia Urbana
 
Energias Renováveis
Energias RenováveisEnergias Renováveis
Energias Renováveis
 
Kayachikitsa ayurveda andreia baptista
Kayachikitsa ayurveda andreia baptistaKayachikitsa ayurveda andreia baptista
Kayachikitsa ayurveda andreia baptista
 
Vantagens dos Veículos Eléctricos
Vantagens dos Veículos EléctricosVantagens dos Veículos Eléctricos
Vantagens dos Veículos Eléctricos
 
Hábitos de Consumo Sustentáveis
Hábitos de Consumo SustentáveisHábitos de Consumo Sustentáveis
Hábitos de Consumo Sustentáveis
 
Os Gunas e a Mente
Os Gunas e a MenteOs Gunas e a Mente
Os Gunas e a Mente
 
Stress 8ºB
Stress 8ºBStress 8ºB
Stress 8ºB
 
Transportes Futuristas
Transportes FuturistasTransportes Futuristas
Transportes Futuristas
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
Casa do Futuro
Casa do FuturoCasa do Futuro
Casa do Futuro
 
Panchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita QuintasPanchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita Quintas
 
Os gunas e a mente Diana Silva
Os gunas e a mente Diana SilvaOs gunas e a mente Diana Silva
Os gunas e a mente Diana Silva
 
Alterações Climáticas
Alterações ClimáticasAlterações Climáticas
Alterações Climáticas
 

Semelhante a Nadis e marmas corporificação da energia e entrada do self

Aula teórica sobre Mandukya e Maitri Upanishada 08-04-2014
Aula teórica sobre Mandukya e Maitri Upanishada 08-04-2014Aula teórica sobre Mandukya e Maitri Upanishada 08-04-2014
Aula teórica sobre Mandukya e Maitri Upanishada 08-04-2014Centro do Yoga - Áshrama Seixal
 
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade  (autoria desconhecida)Apostila de chakras e mediunidade  (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)danieladod
 
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)Roberta Sales
 
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)Natalia Conrado
 
(6) manifestação da consciência(1)
(6) manifestação da consciência(1)(6) manifestação da consciência(1)
(6) manifestação da consciência(1)Graciette Andrade
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...Cynthia Castro
 
Conceitos Básicos MTC parte 2
Conceitos Básicos MTC parte 2Conceitos Básicos MTC parte 2
Conceitos Básicos MTC parte 2Andreia Moreira
 
Corpos físico e espiritual uma maquinaria divina heal 2016
Corpos físico e espiritual   uma maquinaria divina heal 2016Corpos físico e espiritual   uma maquinaria divina heal 2016
Corpos físico e espiritual uma maquinaria divina heal 2016Pedro Alvim
 

Semelhante a Nadis e marmas corporificação da energia e entrada do self (20)

Cura quântica avançada apostila - apostila - 010
Cura quântica avançada   apostila - apostila - 010Cura quântica avançada   apostila - apostila - 010
Cura quântica avançada apostila - apostila - 010
 
Aula teórica sobre Mandukya e Maitri Upanishada 08-04-2014
Aula teórica sobre Mandukya e Maitri Upanishada 08-04-2014Aula teórica sobre Mandukya e Maitri Upanishada 08-04-2014
Aula teórica sobre Mandukya e Maitri Upanishada 08-04-2014
 
10 cura quân[1].campos de energia apostila 10
10 cura quân[1].campos de energia apostila 1010 cura quân[1].campos de energia apostila 10
10 cura quân[1].campos de energia apostila 10
 
Eu superior o verdadeiro mestre apostila 01
Eu superior o verdadeiro mestre   apostila 01Eu superior o verdadeiro mestre   apostila 01
Eu superior o verdadeiro mestre apostila 01
 
18 prana
18   prana18   prana
18 prana
 
Shaiva Yoga ou Trika yoga
Shaiva Yoga ou Trika yogaShaiva Yoga ou Trika yoga
Shaiva Yoga ou Trika yoga
 
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade  (autoria desconhecida)Apostila de chakras e mediunidade  (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
 
Chakras e kundalini e nadis
Chakras e kundalini e nadisChakras e kundalini e nadis
Chakras e kundalini e nadis
 
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
 
# Amag ramgis - apostila de chacras e mediunidade - [ espiritismo]
#   Amag ramgis - apostila de chacras e mediunidade - [ espiritismo]#   Amag ramgis - apostila de chacras e mediunidade - [ espiritismo]
# Amag ramgis - apostila de chacras e mediunidade - [ espiritismo]
 
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
Apostila de chakras e mediunidade (autoria desconhecida)
 
Corpos sutís e o corpo físico
Corpos sutís e o corpo físicoCorpos sutís e o corpo físico
Corpos sutís e o corpo físico
 
( Espiritismo) apostila de chacras e mediunidade(1)
( Espiritismo)   apostila de chacras e mediunidade(1)( Espiritismo)   apostila de chacras e mediunidade(1)
( Espiritismo) apostila de chacras e mediunidade(1)
 
( Espiritismo) apostila de chacras e mediunidade
( Espiritismo)   apostila de chacras e mediunidade( Espiritismo)   apostila de chacras e mediunidade
( Espiritismo) apostila de chacras e mediunidade
 
( Espiritismo) chacras(1)
( Espiritismo)   chacras(1)( Espiritismo)   chacras(1)
( Espiritismo) chacras(1)
 
(6) manifestação da consciência(1)
(6) manifestação da consciência(1)(6) manifestação da consciência(1)
(6) manifestação da consciência(1)
 
( Espiritismo) chacras
( Espiritismo)   chacras( Espiritismo)   chacras
( Espiritismo) chacras
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
 
Conceitos Básicos MTC parte 2
Conceitos Básicos MTC parte 2Conceitos Básicos MTC parte 2
Conceitos Básicos MTC parte 2
 
Corpos físico e espiritual uma maquinaria divina heal 2016
Corpos físico e espiritual   uma maquinaria divina heal 2016Corpos físico e espiritual   uma maquinaria divina heal 2016
Corpos físico e espiritual uma maquinaria divina heal 2016
 

Mais de Michele Pó

Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica Silvestre
Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica SilvestreSapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica Silvestre
Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica SilvestreMichele Pó
 
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro Sequeira
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro SequeiraVaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro Sequeira
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro SequeiraMichele Pó
 
Saúde da mulher por Maria Brito do Rio
Saúde da mulher por Maria Brito do RioSaúde da mulher por Maria Brito do Rio
Saúde da mulher por Maria Brito do RioMichele Pó
 
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria AfonsoOs gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria AfonsoMichele Pó
 
Salakya Tantra por Joana Nascimento
Salakya Tantra por   Joana NascimentoSalakya Tantra por   Joana Nascimento
Salakya Tantra por Joana NascimentoMichele Pó
 
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca Rebela
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca RebelaBhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca Rebela
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca RebelaMichele Pó
 
Medicina Interna por Filipa Falcão
Medicina Interna por Filipa FalcãoMedicina Interna por Filipa Falcão
Medicina Interna por Filipa FalcãoMichele Pó
 
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela Massochin
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela MassochinRasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela Massochin
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela MassochinMichele Pó
 
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana Carvalho
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana CarvalhoOléos Medicados no Ayurveda por Ana Carvalho
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana CarvalhoMichele Pó
 
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta Longa
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta LongaPrincípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta Longa
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta LongaMichele Pó
 
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...Michele Pó
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum l
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum lPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum l
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum lMichele Pó
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida Michele Pó
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos CominhosPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos CominhosMichele Pó
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do Cardamomo
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do CardamomoPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do Cardamomo
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do CardamomoMichele Pó
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela Michele Pó
 
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia AmoreirinhaA importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia AmoreirinhaMichele Pó
 
Rasayana - Carlos Nunes
Rasayana   - Carlos NunesRasayana   - Carlos Nunes
Rasayana - Carlos NunesMichele Pó
 
Astrologia aplicada ao diagnóstico
Astrologia aplicada ao diagnóstico Astrologia aplicada ao diagnóstico
Astrologia aplicada ao diagnóstico Michele Pó
 
História da medicina ayurvédica
História da medicina ayurvédicaHistória da medicina ayurvédica
História da medicina ayurvédicaMichele Pó
 

Mais de Michele Pó (20)

Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica Silvestre
Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica SilvestreSapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica Silvestre
Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica Silvestre
 
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro Sequeira
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro SequeiraVaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro Sequeira
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro Sequeira
 
Saúde da mulher por Maria Brito do Rio
Saúde da mulher por Maria Brito do RioSaúde da mulher por Maria Brito do Rio
Saúde da mulher por Maria Brito do Rio
 
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria AfonsoOs gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso
 
Salakya Tantra por Joana Nascimento
Salakya Tantra por   Joana NascimentoSalakya Tantra por   Joana Nascimento
Salakya Tantra por Joana Nascimento
 
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca Rebela
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca RebelaBhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca Rebela
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca Rebela
 
Medicina Interna por Filipa Falcão
Medicina Interna por Filipa FalcãoMedicina Interna por Filipa Falcão
Medicina Interna por Filipa Falcão
 
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela Massochin
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela MassochinRasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela Massochin
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela Massochin
 
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana Carvalho
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana CarvalhoOléos Medicados no Ayurveda por Ana Carvalho
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana Carvalho
 
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta Longa
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta LongaPrincípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta Longa
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta Longa
 
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum l
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum lPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum l
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum l
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos CominhosPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do Cardamomo
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do CardamomoPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do Cardamomo
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do Cardamomo
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela
 
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia AmoreirinhaA importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
 
Rasayana - Carlos Nunes
Rasayana   - Carlos NunesRasayana   - Carlos Nunes
Rasayana - Carlos Nunes
 
Astrologia aplicada ao diagnóstico
Astrologia aplicada ao diagnóstico Astrologia aplicada ao diagnóstico
Astrologia aplicada ao diagnóstico
 
História da medicina ayurvédica
História da medicina ayurvédicaHistória da medicina ayurvédica
História da medicina ayurvédica
 

Último

LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOxogilo3990
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfAndreiaSilva852193
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...pj989014
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxssuser86fd77
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...azulassessoriaacadem3
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfdaniele690933
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 

Último (20)

LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdf
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 

Nadis e marmas corporificação da energia e entrada do self

  • 1. A IMPORTÂNCIA DOS NADIS E MARMAS NO AYURVEDA CORPORIFICAÇÃO DA ENERGIA E A ENTRADA DO SELF Trabalho de Carmen Diego Professora Michel Pó
  • 2. CORPORIFICAÇÃO DA ENERGIA E A ENTRADA DO SELF O conhecimento da formação do corpo humano é de valor fundamental para a compreensão das relações entre as estruturas do corpo e do sistema energético subtil (rede de nadis e chakras). A corporificação da energia e a entrada do self, bem como o desenvolvimento embrionário inicia-se com a fertilização dos gametas, através da entrada do veículo mais subtil da alma humana – o anandamaya- kosha.
  • 3. No momento em que o óvulo (manifestante da energia da mãe) é fecundado pelo espermatozóide (manifestante da energia do pai), o código genético é programado pelo Campo de Intencionalidade da Alma (a terceira pessoa do princípio trino de Deus) a partir do dharma e do karma que a compete, conforme seu livre arbítrio. Portanto, o arranjo genético do Ser que está a corporificar-se é feito a partir das informações mais subtis contidas em anandamaya-kosha , o nosso veículo que contém o propósito divino da Criação, as nossas aspirações e experiências mais profundas.
  • 4. Anandamaya-kosha constitui o nosso campo da consciência, onde armazenamos as nossas alegrias e tristezas mais fortes. A fertilização dos gametas estimula o zigoto a passar por uma série de rápidas divisões chamadas de clivagem, resultando num rápido aumento do número de células. Esta divisão começa provavelmente entre 30 e 36 horas depois da fertilização, formando duas células-filhas conhecidas como blastómeros. No quarto dia ocorre a entrada do próximo veículo de manifestação do homem – o vijnanamaya-kosha – e as células da mórula organizam-se em uma camada externa chamada trofoblasto que dará origem à parte embrionária da placenta e uma interna, conhecida como massa interna ou embrioblasto, que dará origem ao embrião e à cavidade blastocística.
  • 5. O vijnanamaya-kosha é o veículo do discernimento, onde se estabelecem as diferenças entre o eu e o não-eu. Constitui o campo da inteligência e serve como intermediário entre o mundo exterior, experimentado pela mente e pelo corpo através dos sentidos, e o mundo interior, próprio da consciência que transcende os sentidos. Sem o desenvolvimento adequado de vijnanamaya-kosha a energia essencial de anandamaya- kosha não pode manifestar-se.
  • 6. Quando a implantação do blastócito termina, devido a entrada de manomaya-kosha (terceiro veículo de manifestação), ocorrem alterações morfológicas na massa celular interna para a formação do disco embrionário bilaminar. Manomaya-kosha é o veículo de raciocínio, de manifestação do pensamento, onde se registam as experiências de prazer e dor, os gostos e aversões e que dá a noção de tempo (passado e futuro) e espaço (alto/baixo, frente/trás, esquerda/direita, perto/longe).
  • 7. O tecido formado na terceira semana constitui-se na mesoderma embrionário, dando origem a terceira camada germinativa do disco embrionário trilaminar. Todo esse processo é determinado pela entrada de mais um veículo de manifestação – o pranamaya- kosha . O pranamaya-kosha é um importante veículo de manifestação das actividades psíquicas. Este veículo é constituído de energia vital ou psíquica chamado de prana , responsável pelos cinco movimentos dos elementos grosseiros (geração ou respiração, digestão ou assimilação, distribuição ou circulação, acção de resposta ou cognição e eliminação), bem como dos cinco órgãos de acção e expressão (genitais, ânus, mãos, fala e pés) e dos cinco órgãos de percepção (tacto, visão, paladar, audição e olfacto). O pranamaya-kosha é formado por uma rede de canais ( nadis ) e de vórtices ( chakras ) das energias subtis, que fazem todo o processo de percepção, elaboração e expressão do que foi vivenciado.
  • 8. Com a entrada de pranamaya-kosha , formado por uma rede de chakras e nadis , começa o desenvolvimento dos aparelhos orgânicos que fazem a manutenção da vida física (respiratório, cárdio-vascular, digestivo, renal e excretor), bem como dos aparelhos de acção e expressão (locomotor, perineal, reprodutor e fonador) e os sistemas de comando e organização do Ser (nervoso, imunológico e endócrino), todos controlados pelo sistema de chakras e nadis .
  • 9. O primeiro nadi a formar é o sushumna (canal de energia que corre ao longo da medula espinhal), graças à activação do sahasrara chakra (centro de energia do topo da cabeça) na extremidade craniana e do muladhara chakra (centro de energia da base da coluna vertebral) na extremidade caudal, visto que são centros energéticos que formam um sistema bi-polar (opostos que se complementam). Com isto, forma-se primeiramente a linha primitiva, depois a notocorda e o tubo neural, além de causar o espessamento da mesoderme que surge ao longo desse eixo e que formará a coluna vertebral e os músculos correspondentes.
  • 10. Ao fim da terceira semana de gestação, entra em activação o anahata chakra para formar o aparelho cardiovascular. Este é o primeiro aparelho a funcionar no embrião para que se supra as necessidades de um corpo em rápido crescimento e que exige uma voraz absorção de nutrientes, bem como a eliminação dos seus resíduos. Por outro lado, com a activação do anahata chakra , o Atmam , em fase de corporificação, ganha a possibilidade, ainda que num nível muito subtil, de se individualizar, demonstrando as suas tendências de karma e dharma e sua capacidade de optar (livre arbítrio).
  • 11. No vigésimo terceiro dia de gestação (4ª semana) todos os centros de energia são accionados. O manipura chakra , que irá tornar-se o nosso grande produtor de energia, juntamente com o svadhisthana chakra começam a ser intensamente dinamizados, fazendo com que ocorra a duplicação do embrião tanto no sentido crânio-caudal como no látero-lateral. São os canais ida e pingala nadi que juntos com sushumna nadi formarão uma tríade energética, de onde se estabelecerá o equilíbrio bio-psico-espiritual do Ser.
  • 12. Enquanto vai acontecendo a duplicação crânio-caudal, o sahasrara chakra começa a formar os ventrículos laterais dos hemisférios cerebrais e a desenvolvê-los. O ajna chakra começa a sua energização para formar, inicialmente, as cavidades do III e IV ventrículos e, a partir destes, as estruturas encefálicas (hipotálamo, hipófise, mesencéfalo, ponte e cerebelo) além dos olhos e todo o seu sistema visual. Entre a quarta e quinta semana, a energia do vishuddha chakra desenvolve a cavidade da boca para que, a partir daí, apareçam várias bolsas e cresçam as estruturas dos arcos branquiais (faringe, laringe, língua, glote, epiglote, cordas vocais, ouvidos, seios nasais e toda a musculatura pertinente a esses órgãos) além de toda a árvore brônquica que formam os pulmões.
  • 13. Por sua vez, na extremidade caudal, o muladhara chakra forma o ventrículo terminal ao fim a medula espinhal e mais tardiamente, após a formação do tubo intestinal e órgãos génito-urinários, a ampola rectal e a bexiga. Devido à intensidade da energia do manipura chakra acoplada ao svadhisthana e também ao muladhara chakra forma-se ao nível energético um bulbo alongado ( kanda ) de onde fluirão os nadis que irão distribuir-se e energizar todo o corpo subtil e físico, propiciando a dinâmica bio-psico-energética da Alma humana.
  • 14. Durante o desenvolvimento de pranamaya- kosha surgem três pontos básicos de energia. São eles: sahasrara , muladhara e anahata chakras . O sahasrara chakra desdobra-se no ajna e vishuddha chakras , bem como em inúmeros outros centros menores da cabeça e pescoço. O muladhara chakra desdobra-se no svadhisthana e manipura chakras , como também nos centros menores do abdómen, bacia e membros inferiores. E o anahata chakra expande-se para os lados e desdobra-se nos centros menores dos membros superiores.
  • 15. Simbolicamente, podemos dizer que atraímos a energia do Céu, através do sahasrara chakra , e a Terra, através do muladhara chakra , para o centro do Ser, fazemos a nossa síntese alquímica e a expandimos para a humanidade, através do anahata chakra .
  • 16. Após o encerramento da placa embrionária e formação do tubo endodérmico, ao final da quarta semana de gestação, o manipura chakra dá início ao desenvolvimento do tubo digestivo com a formação da bolsa gástrica e as expansões da endoderme para formação do fígado e do pâncreas, bem como dos intestinos delgado e grosso. Enquanto isso, o anahata chakra impulsiona a formação dos membros superiores e dias depois o muladhara chakra começa o desenvolvimento dos membros inferiores. Na quinta semana, graças ao svadhisthana chakra , dá-se início ao desenvolvimento dos órgãos genitais, formando-se a bolsa escrotal no homem e a cavidade uterina na mulher, bem como os ductos e glândulas acessórias, as gónadas (ovários e testículos), além de desenvolver os rins e uréteres.
  • 17. Da quinta ao final da oitava semana de gestação a malha energética integra-se para completar a formação de todos os órgãos, aparelhos e sistemas do corpo. A partir da nona semana, podemos afirmar que annamaya-kosha está formado, deixando de ser um embrião para se tornar um feto e que até o final da gestação só haverá crescimento e adaptação ao meio intra- uterino.
  • 18. Após o nascimento, annamaya-kosha passa por novas e profundas modificações (respiração, circulação sanguínea, acção da gravidade, luz e som), mantendo o seu processo de crescimento e adaptação ao meio externo. O annamaya-kosha é o veículo mais inferior da manifestação, é o nosso familiar corpo físico, pelo qual movemos-nos no mundo material, constituído pelos cinco mahabhutas (elementos grosseiros), conforme a ciência védica: akasha (éter ou estado atómico que permeia o espaço), vayu (ar ou estado gasoso que movimenta a matéria), tejas (fogo ou estado ígneo que ilumina os corpos físicos), apas (água ou estado líquido que molda a matéria), prithivi (terra ou estado sólido que cristaliza a forma).
  • 19. OBRIGADA PELA VOSSA ATENÇÃO