Jihva Parishka - Diagnóstico pela Língua

15.751 visualizações

Publicada em

Jihva Parishka - Diagnóstico pela Língua

  1. 1. Medicina Ayurvédica Jihva Pariksha – diagnóstico pela língua Lopes Carole, 3ºA NAT Docente: Prof. Michele Pó
  2. 2. <ul><li>A língua </li></ul><ul><li>É um órgão cónico com grande mobilidade, formada por 17 músculos (processo alimentos) </li></ul><ul><li>Formada por 2 corpos: </li></ul><ul><li>- o corpo, situado dentro da cavidade bucal </li></ul><ul><li>- a raiz, localizada entre a mandibula e o osso hióide. </li></ul><ul><li>É o unico músculo voluntário do corpo humano que não fadiga. </li></ul><ul><li>Relacionada com o sentido do paladar e da fala. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>No dorso da língua existem papilas ( valadas, filiformes, fungiformes e foliadas) que são receptores de sensação do gosto. </li></ul><ul><li>Fungiformes na ponta – doce </li></ul><ul><li>nos laterais- salgado </li></ul><ul><li>Foliadas no fundo – amargo </li></ul><ul><li>Valadas lado – azedo </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Como é que os órgãos se reflectam na língua, segundo a M.T.C? </li></ul><ul><li>Atraves de canais de Energia (meridianos) e colaterais: </li></ul><ul><li>Meridiano do Coração corpo da língua </li></ul><ul><li>Meridiano do Baço/Pâncreas língua e distribui-se debaixo dela </li></ul><ul><li>Meridiano dos Rins ambos dos lados da língua </li></ul><ul><li>Meridiano do Fígado e Bexiga comunicação com a língua </li></ul>
  5. 5. <ul><li>O diagnóstico </li></ul><ul><li>Topografia (mapa) </li></ul><ul><li>Língua; a cor, a forma, o movimento </li></ul><ul><li>Saburra; a cor, a textura </li></ul><ul><li>Linha central </li></ul>
  6. 6. <ul><li>A topografia </li></ul><ul><li>mapa que permite a localização do desequilibrio em qualqer órgão ou víscera atraves da língua </li></ul>
  7. 7. <ul><li>A medicina Ayurvédica ainda dividiu a língua em 3 zonas distinctas: </li></ul><ul><li>Vata </li></ul><ul><li>Pitta </li></ul><ul><li>Kapha </li></ul>
  8. 8. <ul><li>A língua – a cor </li></ul><ul><li>Pálida - síndroma de frio, debilidade de energia aquecedora (Yang) e </li></ul><ul><li>insuficiência de energia do sangue </li></ul><ul><li>Vermelha - excesso de calor, a energia e o sangue circulam depressa </li></ul><ul><li>Vermelha escura – calor perverso que já penetrou o sangue nutritivo </li></ul><ul><li>Púrpura – estagnação da energia e de sangue , nesse caso os líquidos </li></ul><ul><li>orgânicos são lesionados </li></ul><ul><li>Púrpura clara – estagnação de energia por síndroma de frio </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Língua vermelha </li></ul><ul><li>Língua pálida </li></ul><ul><li>Língua púrpura </li></ul>
  10. 10. <ul><li>A língua – a forma </li></ul><ul><li>desgastada – indica excesso ou invasão calor </li></ul><ul><li>mole e grande - dêficiencia ou invasão de frio. Essa deficiência leva </li></ul><ul><li>geralmente a uma queda energia aquecedora (Yang) o </li></ul><ul><li>Baço/pâncreas e dos Rins, a consequência será má </li></ul><ul><li>transformação dos líquidos orgânicos e acúmulos de </li></ul><ul><li>àgua e humidade </li></ul><ul><li>fina – insuficiência de sangue nutritivo </li></ul><ul><li>gretada/ fissurada – perda de líquidos orgânicos </li></ul><ul><li>marcas de dentes – insuficiência de energia no Baço/pancreas </li></ul><ul><li>espinhosa – hiperactividade de calor perverso (mapa) </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Língua grande e mole Língua gretada Língua espinhosa </li></ul><ul><li>Língua com marca de dentes Língua fina </li></ul>
  12. 12. <ul><li>A língua – o movimento </li></ul><ul><li>Rígida – indica obstrução de mucosidade pelo calor ou febre alta que consome os líquidos orgânicos </li></ul><ul><li>Mole e paralisada – má nutrição dos tendões, ocorre então uma deficiência excessiva de energia </li></ul><ul><li>e de sangue, e ainda uma perda de líquidos orgânicos </li></ul><ul><li>Trémula – deficiência de sangue e de energia aquecedora (Yang).No caso de doença febril, o </li></ul><ul><li>vento é causado por calor excessivo ou deficiência de energia </li></ul><ul><li>Estica – calor no coraçao que esgota a energia </li></ul><ul><li>Desviada – apoplexia </li></ul><ul><li>Curta – sinal de agravamento de doença </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Língua rígida Língua mole </li></ul><ul><li>Língua trémula Língua desviada Língua curta </li></ul>
  14. 14. <ul><li>A saburra – a cor </li></ul><ul><li>Branca – sídroma externo ou de frio, é sinal que o factor patogenico não </li></ul><ul><li>penetrou o interior do organismo </li></ul><ul><li>Amarela – sindroma de calor (mais calor houver, mais amarela a lingua se </li></ul><ul><li>torna) </li></ul><ul><li>Cinzenta/preta – revela tanto calor (seco) como frio (húmida) </li></ul><ul><li>Castanha – tanto excesso calor que excesso de frio </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Saburra branca Saburra castanha/negra </li></ul><ul><li>Saburra Amarela </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Saburra fina para a grossa – o factor patogênica dirige-se para o interior Agravemento </li></ul><ul><li>Saburra grossa para a fina – o factor patogênico dirige-se para a superfície Melhora </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Saburra – a textura </li></ul><ul><li>Seca – insuf. de líquidos orgânicos por excesso de calor ou perda de líquidos Yin, ou deficiência de energia aquecedora (Yang) que não consegue tranformar os líquidos orgânicos </li></ul><ul><li>Escorregadia – estagnação de água e humidade </li></ul><ul><li>Pegajosa – com granulações e que se destaca com dificuldade indica humidade e acúmulo de </li></ul><ul><li>mucosidade e ainda estagnação dos alimentos por bloqueio de energia aquecedora </li></ul><ul><li>(sem energia Yang, o Baço/pancreas não é aquecido e logo não consegue fazer </li></ul><ul><li>corretactamente a transformaçao dos alimentos) </li></ul><ul><li>Lisa – demostra a luta entre os factores patogênicos e a resistência do organismo, indica </li></ul><ul><li>geralmente que a energia das vísceras estão lesionados. </li></ul><ul><li>Arraigada – excesso, calor, energia do estômago em excesso </li></ul><ul><li>Sem raiz - deficiência, frio, energia do estomago em deficiência </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Língua lisa Língua pegajosa </li></ul>
  19. 19. <ul><li>A linha central </li></ul><ul><li>A medicina Ayurvédica ainda reconhece a linha central da língua, que estaria relacionado com o estado emcional e o estado da coluna. </li></ul><ul><li>O normal é essa linha ser direita mas flexível com os movimentos da língua. </li></ul><ul><li>Recta – desequilibrio emocional </li></ul><ul><li>Desviada – compensações na coluna </li></ul>
  20. 20. <ul><li>Precauções </li></ul><ul><li>O terapeuta a realizar o diagnóstico da língua, tem que ter igualmente en consideração os hábitos do indivíduo que podem enganar o diagnóstico. </li></ul><ul><li>Fumadores tendência para a língua e dentes amarelados </li></ul><ul><li>É necessário também da parte do terapeuta informar-se se o paciente comeu ou bebeu antes do diagnóstico. </li></ul><ul><li>Café tendência a amarelar a lingua </li></ul><ul><li>Iogurte tendência a esbranquiçar a língua </li></ul>
  21. 21. <ul><li>Fontes </li></ul><ul><li>apontamentos pessoais do curso de Medicina Tradicional Chinesa, Instituto de Qi Kung português. </li></ul><ul><li>Tratado de Medicina Chinesa, Chonghuo </li></ul><ul><li>sebenta de Medicina Ayurvédica, I.M.T </li></ul><ul><li>http://www.anatomiaonline.com/esplancno/lingua.htm </li></ul><ul><li>http://www.meihuanet.com/lingua/galeria/index.html </li></ul>

×