Inovações Tecnológicas da República

4.821 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.821
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
82
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Inovações Tecnológicas da República

  1. 1. O centenário da República<br />Inovaçõestecnológicas e científicas <br />
  2. 2. Índice<br />As inovações tecnológicas:<br />A evolução dos objectos na vida do povo<br />A evolução dos objectos na vida da classe alta<br />As inovações científicas:<br />O maior impulsionador português<br />
  3. 3. As inovações tecnológicas:<br />A evolução dos objectos na vida do povo:<br />O vestuário:<br />Perto do tempo da Implantação da República, na zona de Lisboa, as pessoas do povo eram caracterizadas pelos seus trajes saloios.<br />A saloia trabalhava no campo, servia os mais ricos e também trabalhava como lavadeira. Estas funções requerem uma roupa apropriada. O seu traje era feito de algodão, usando uma saia comprida, uma blusa, e um avental. Tinham também uma algibeira atada á cintura e um lenço, que usavam na cabeça ou pelos ombros.<br />Os sapatos poderiam ser botinas ou sapatos de carneira, com meias até ao joelho.<br />Sapatos de carneira<br />
  4. 4. As inovações tecnológicas:<br />A evolução dos objectos na vida do povo:<br />O vestuário:<br />O saloio era o homem que tratava<br />dogado.<br />Veste calças, um colete de cetim, <br />camisa de algodão branca e uma <br />faixa preta.<br />Como resguardo para não sujar o<br />fato enquanto trabalha, usa uma<br />camisa estampada, geralmente<br />azul e branca. <br />Um barrete também fazia parte do <br />traje.<br />Saloios<br />
  5. 5. As inovações tecnológicas:<br />A evolução dos objectos na vida do povo:<br />O vestuário:<br />Nos anos 20, começaram a usar-se de novo os <br />vestidos. <br />Nesta época foi inventado também o soutien.<br />Nos anos 60 as calças começaram a popularizar-se, <br />entre as mulheres portuguesas.<br />Depois da revolução dos cravos, as <br />minissaias começaram a usar-se.<br />As lojas de pronto-a-vestir começaram a aparecer <br />em grande quantidade. <br />Materiais sintéticos foram inventados como o <br />nylon, o poliéster e a Lycra.<br />Montra<br />
  6. 6. As inovações tecnológicas:<br />A evolução dos objectos na vida do povo:<br />O candeeiro: <br />Por volta de 1910, na casa das pessoas, ainda <br />era utilizado a lamparina de azeite ou óleo.<br />Na iluminação das ruas mais importantes, a <br />iluminação era a petróleo ou a gás. <br />Mais tarde, nas casas, começou a ser utilizado o <br />candeeiro a petróleo em substituição das <br />lamparinas.<br />Nos anos 50 e 60 começou a ser levada a <br />electricidade a outras zonas fora das grandes <br />cidades, alargando a sua utilização.<br />Candeeiro a petróleo<br />
  7. 7. As inovações tecnológicas:<br />A evolução dos objectos na vida da classe alta: <br />O transporte pessoal:<br />No início do século XX, era muito usado o <br />cavalo, com sela, ou atrelado a carruagens <br />e charretes, como meio de transporte.<br />Por volta dos anos 20, a utilização do <br />automóvel foi substituindo aos poucos os <br />veículos puxados pelo cavalo.<br />O próprio automóvel foi depois evoluindo para <br />obter melhores condições de condução, <br />proporcionando uma cada vez melhor vida a <br />bordo, permitindo viagens mais longas e <br />seguras. <br />Charrete<br />
  8. 8. As inovações tecnológicas:<br />A evolução dos objectos na vida da classe alta: <br />O telefone:<br />O telefone já era utilizado pelas classes altas <br />antes da Implantação da República.<br />O serviço era feito através de telefonistas,<br />pessoas que faziam as ligações manualmente.<br />Em 1930 é inaugurado o primeiro serviço de <br />telefone automático e em 1937 o número de<br />assinantes era 48 000. <br />O telemóvel foi lançado em Portugal em <br />1989, eram pouco móveis devido ao seu <br />tamanho, e só acessível a privilegiados.<br />Hoje em dia cabem na palma da mão e <br />vulgarizou-se entre todas as pessoas.<br />Telefones<br />
  9. 9. As inovações científicas:<br />O maior impulsionador português:<br />António Egas Moniz:<br />Egas Moniz contribui, decisivamente <br />para o desenvolvimento da medicina, <br />dando pela primeira vez visibilidade às <br />artérias do cérebro. Tornou-se assim <br />possível localizar aneurismas, <br />hemorragias e malformações no cérebro <br />humano, abrindo também novos caminhos <br />e soluções na cirurgia cerebral.<br />Foi galardoado com o prémio Nobel de <br />Fisiologia ou Medicina.<br />
  10. 10. Conclusão<br />Neste trabalho tínhamos como objectivo <br />descobrir e analisar, a evolução que houve em <br />Portugal, desde a Implantação da República, <br />até aos dias de hoje.<br />Queríamos também estimular a entreajuda e o <br />trabalho em grupo.<br />Todas estas metas, na nossa opinião foram <br />atingidas.<br />
  11. 11. Este trabalho foi realizado por:<br />Cristiana Patatas <br />Iotelma Monteiro<br />Madalena Almeida<br />Susana Oliveira<br />

×