SlideShare uma empresa Scribd logo
I.M.T. – Instituto de Medicina TradicionalCurso Geral de Naturopatia e Ciências Tradicionais Holísticas  Jihva Pariksha Disciplina: Medicina Ayurvédica Docente:  MichelePo Por: Débora Bett. Lisboa, 18 de Dezembro de 2009
Introdução: Âmbito- da disciplina de Medicina Ayurvédica da turma 3B de Naturopatia. Objectivo- é o aprofundamento sobre o diagnóstico da língua - Jihva Pariksha.
Diagnóstico em Ayurveda: Ayurveda é um antigo sistema de cura holística originário da Índia. Tem como objectivo equilibrar os aspectos físicos, espirituais e psicológicos de cada indivíduo.  Ayurveda relaciona tudo o que existe na natureza com os cinco elementos (Éter, Ar, Fogo, Água e Terra) e, no corpo humano, a saúde é o equilíbrio destes.  Para identificar tais desequilíbrios, o médico ou o terapeuta ayurvédico utiliza vários métodos de exames:
A Língua: Função do gosto e auxiliar a fala; Constituída por 17 músculos; É formada pelo corpo e pela raiz; O corpo é revestido por mucosa; No dorso da língua estão presentes várias papilas (receptores para sensação de gosto); Em cada zona da língua há tipos de papilas gustativas que nos vai dar o sabor.
A Língua: Fig.1-Papilas Gustativas
Precauções a tomar num exame da língua:  Iluminação. Posiçãodalínguaquandoestirada. Coloração do revestimento lingual. Factores de constituição.
Diagnóstico da Língua: A cor, a forma, o grau de humidade, o movimento e o revestimento da língua, bem com certas zonas, são usados para diagnosticar o estado dos órgãos internos. A desarmonia manifesta-se primeiro na língua, antes dos sintomas aparecerem. Uma língua saudável tem uma cor vermelha pálida, apresenta-se  húmida, encaixa-se bem na boca e tem um revestimento uniforme esbranquiçado, com uma textura macia e flexível.
Diagnóstico da Língua: Cada zona da língua, corresponde a um órgão diferente do corpo. Estas zonas podem apresentar-se húmidas ou secas, finas ou inchadas, pálidas ou avermelhadas, de acordo com o órgão que está em desequilíbrio. É devido ao Prana que se expressa qual o orgão em desequilibrio.
Diagnóstico da Língua: Fig.2-Localização dos órgãos na língua
Constituição básica da Língua segundo o Pakriti: Fig.3- Três tipos de Língua
Localização do humor em desequilíbrio: Fig.4- Três humores da língua
Distúrbios dos três humores na língua: Distúrbios de Vata na língua: Pequenas fendas em toda a língua; Línguaseca e escura;  Película sobre o dorso da língua; Pontos inchados na zona dos rins ou no cólon; Película sobre intestino grosso e /ou do intestino delgado; Línguaáspera; Pequenas pústulas, borbulhas, espinhas, escuras; Gostoagridoce.
Distúrbios dos três humores na língua: Distúrbios de Pitta na língua:  Línguavermelha; Feridas, úlceras brancas e frias; Pontos de inchaço sobre o fígado, baço ou pâncreas; Película esverdeada ou amarelada na língua; Película na parte do meio da língua; Pontos vermelhos, brilhantes sobre os órgãos digestivos; Gostoamargonaboca.
Distúrbios dos três humores na língua: Distúrbios de Kapha na língua: LínguaBranca; Películaoleosasobre a língua; Revestimento branco ou uma película sobre a língua; Depressões nos pontos do pulmão; Pontos de inchaço ou de depressão no coração; Ponta dalínguaesbranquiçada; Saliva abundante; Sabor doce e algumas vezes não se sente o sabor salgado.
Passos para o diagnóstico da Língua: Observação: Cor; Formato; Revestimento.
Cor: É o aspecto individual mais importante do diagnóstico pela língua; A cor do corpo da língua é normalmente vermelha clara, o que indica que a energia vital da pessoa (o Prana) é forte; Reflecte a verdadeira condição do corpo, reflecte a saúde dos órgãos internos e a circulação sanguínea
Cor: Vermelho escuro:indica inflamação, lesões ou ulcerações e, por vezes, uma degeneração do órgão relacionado.  Branco:indica estagnação de sangue, depósitos de gordura e muco, ou uma fraqueza de sangue levando a doenças como a anemia.  Amarelo:indica uma doença do fígado e da vesícula biliar, resultando em um excesso de secreção biliar; depósitos de gorduras animais, especialmente nos órgãos do meio do corpo, e possível inflamação.  Azul ouRoxo:indica estagnação da circulação sanguínea e um sério enfraquecimento da parte do sistema digestivo que corresponde à área da língua, onde a cor aparece.
Cor: Na parte de baixodalínguatambémpode ser usadaparadeterminar a condiçãointerna: Azul ou verde: Em excesso, qualquer uma destas cores reflecte distúrbios nos vasos sanguíneos e na qualidade do sangue na circulação.  Roxo:Emexcesso, essareflectedesordens do sistemalinfático e circulatório. Indica um enfraquecimentodacapacidadeimunológica e dos vasossanguíneos.
Formato: Significa, não só os contornos físicos da língua, mas também a sua consistência, textura e mobilidade. Alterações no formato da língua geralmente reflectem doenças crónicas envolvendo sangue e Prana.
Formato: Língua serrilhada/dentada-apresenta marcas dos dentes sobre os bordos, pode ser sintoma de várias situações: presença de parasitas intestinais, deficiência do baço, acumulação excessiva de humidade e de frio.  Língua grande-indica-nos que a pessoa sofre de hipertrofia cardíaca.  Língua grossa e redonda- característica de uma pessoa que apresenta problemas nas válvulas cardíacas.
Formato: Língua afiada e fina- indica-nos insuficiência de líquidos fisiológicos e que a pessoa sofre de palpitações e infecção do miocárdio.  Língua fissurada-apresenta fissuras, consequência de uma deficiência dos líquidos orgânicos e do sangue que já não a conseguem alimentar, no entanto, uma língua fissurada também se pode observar numa pessoa de perfeita saúde.  No caso da fissura se encontrar no centro da língua, indica-nos problemas de fígado e boca, se a fissura for profunda indica ocorrência de problemas cardíacos.
Formato: Língua rígida-quando o corpo da língua é rígida e não se pode dobrar, alongar ou virar, indica-nos que existe uma desnutrição grave. Quando esta característica aparece na sucessão de uma perturbação interna, permite prever o risco de AVC ou paralisia.  Língua desviada - 0 corpo da língua está desviado para um dos lados. Observa-se em caso de apoplexia.
Revestimento: A espessura de um revestimento é um indicador da gravidade da patologia a ser tratada. Um revestimento fino indica que qualquer agente patogénico presente é leve ou externo. Numa espessa camada que escurece a língua, a condição é mais profunda e séria.
Revestimento: O revestimento da língua também pode variar de cor:  Espessa camada branca - doença viral, por exemplo frio, fadiga. Uma espessa camada branca na parte posterior da língua pode indicar uma má digestão) Revestimento acastanhado- prisão de ventre, excesso de ingestão de café. Revestimento amarelo-pode indicar uma tendência da pessoa ser irritada, zangada ou stressada. Revestimento preto-desidratação por febre alta, doença infecciosa, problemas digestivos, infecção por fungos e uso prolongado de antibióticos. Descamação da boca e garganta seca-significa excesso de comida picante, desconforto no abdómen superior, azia / falta de ácido do estômago, náusea, deficiência em vitaminas B.
Conclusão: O diagnóstico da língua, em medicina ayurvédica, é fundamental, pois ajuda a prevenir doenças. A língua revela o que está a acontecer no corpo, onde as toxinas se acumulam, onde existe deficiente nutrição, onde o dosha está acumulado e é fundamental para a determinação da constituição do paciente.  Deve ser feito com outros tipos de diagnóstico para se confirmar o diagnóstico.
Bibliografia:   AUTEROCHE, B; NAVAILH, P. O diagnóstico na Medicina Chinesa. São Paulo: Andrei, 1992. AREZES, DR. MANUEL DE ALMEIDA. Como fazer um diagnóstico natural. Litexa Editora, 1998   http://www.hps-online.com/ntongue.htm http://altmedicine.about.com/library/weekly/bl_tongue.htm http://chinesemedicinegem.com/diagnosis/tongue-diagnosis-basics-for-new-to-chinese-medicine/ http://ditto.yuku.com/topic/8654 http://www.psoriasi.org/psoriasis.pt/ayurvedica.htm http://www.humanitatis.com/trabalhoAbordagemTranspessoal.pdf http://revistagalileu.globo.com/Galileu/0,6993,ECT1062204-3563-2,00.html http://luzcardoso.blogspot.com/2008/07/o-rosto-fala-medicina-tradicional-tem-o.html http://www.ayushveda.com/jivapariksha/pitta-dominance.htm http://books.google.pt/books?id=XE5GZ71s85AC&pg=PA52&lpg=PA52&dq=diagnostico+da+cor+da+lingua+ayurveda&source=bl&ots=46Si56txkp&sig=72kLhj5eAuIl0Zx4n5jUqjYBqYc&hl=pt-PT&ei=Q7wWS8zYKYuz4Qa5zYjIBg&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=1&ved=0CAgQ6AEwADgU#v=onepage&q=&f=false http://www.ayurvedic-ayurveda.org/9_3_1_Tongue_Diagnosis_in_Ayurveda__Introduction.html http://books.google.pt/books?id=HlJ-20_iP6wC&pg=PA72&lpg=PA72&dq=jihva+pariksha&source=bl&ots=ldrd99hOm0&sig=gTtPEIifX0GIy4jZLWl5WDMrDZw&hl=pt-PT&ei=J8rhSseZCZqSjAe2xZmxAQ&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=10&ved=0CCMQ6AEwCQ#v=onepage&q=jihva%20pariksha&f=false
“A verdadeira compaixão não consiste em sofrer pelo outro. Se ajudamos uma pessoa que sofre e nos deixamos invadir pelo seu sofrimento, é que somos ineficazes e estamos somente a reforçar o nosso ego.” Dalai Lama

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Diagnóstico em MTC
Diagnóstico em MTCDiagnóstico em MTC
Diagnóstico em MTC
comunidadedepraticas
 
Acupuntura + fitoterapia(1)
Acupuntura + fitoterapia(1)Acupuntura + fitoterapia(1)
Acupuntura + fitoterapia(1)
Cleverson Acup
 
Técnicas em MTC
Técnicas em MTCTécnicas em MTC
Técnicas em MTC
http://www.saudebio.com Bio
 
Diagnóstico do Rosto
Diagnóstico do RostoDiagnóstico do Rosto
Diagnóstico do Rosto
Michele Pó
 
Acupuntura sistêmica(aula)
Acupuntura sistêmica(aula)Acupuntura sistêmica(aula)
Acupuntura sistêmica(aula)
Mariana Cembranelli
 
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena Caeiro
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena CaeiroNadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena Caeiro
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena Caeiro
Michele Pó
 
Bian zheng (Diagnóstico pela Diferenciação de Síndromes)
Bian zheng (Diagnóstico pela Diferenciação de Síndromes)Bian zheng (Diagnóstico pela Diferenciação de Síndromes)
Bian zheng (Diagnóstico pela Diferenciação de Síndromes)
http://www.saudebio.com Bio
 
Meridianos
MeridianosMeridianos
Meridianos
ricardoterapeuta
 
A prática da medicina chinesa tratamento de doenças com acupuntura e ervas ...
A prática da medicina chinesa   tratamento de doenças com acupuntura e ervas ...A prática da medicina chinesa   tratamento de doenças com acupuntura e ervas ...
A prática da medicina chinesa tratamento de doenças com acupuntura e ervas ...
HÉRICO MACIEL DE AMORIM
 
Marmas
MarmasMarmas
A Importância dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância dos Sub-Doshas No DiagnósticoA Importância dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância dos Sub-Doshas No Diagnóstico
Michele Pó
 
Estudo de Caso Clínico: Medicina Tradicional Chinesa em obesidade e hiperidrose
Estudo de Caso Clínico: Medicina Tradicional Chinesa em obesidade e hiperidroseEstudo de Caso Clínico: Medicina Tradicional Chinesa em obesidade e hiperidrose
Estudo de Caso Clínico: Medicina Tradicional Chinesa em obesidade e hiperidrose
Lais Valente
 
Pontos Fonte E Lo
Pontos  Fonte E  LoPontos  Fonte E  Lo
Pontos Fonte E Lo
Renata Pudo
 
Interrogatório
InterrogatórioInterrogatório
Interrogatório
Flavia Parente
 
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
http://www.saudebio.com Bio
 
Apresentação vasos-maravilhosos-delvo
Apresentação vasos-maravilhosos-delvoApresentação vasos-maravilhosos-delvo
Apresentação vasos-maravilhosos-delvo
Alexandre de Aguiar
 
Sub Dosha Pitta
Sub Dosha PittaSub Dosha Pitta
Sub Dosha Pitta
Michele Pó
 
8 critérios
8 critérios8 critérios
8 critérios
Flavia Parente
 
37060073 apostila-meridianos-2009
37060073 apostila-meridianos-200937060073 apostila-meridianos-2009
37060073 apostila-meridianos-2009
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e Lábios
Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e LábiosFisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e Lábios
Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e Lábios
Michele Pó
 

Mais procurados (20)

Diagnóstico em MTC
Diagnóstico em MTCDiagnóstico em MTC
Diagnóstico em MTC
 
Acupuntura + fitoterapia(1)
Acupuntura + fitoterapia(1)Acupuntura + fitoterapia(1)
Acupuntura + fitoterapia(1)
 
Técnicas em MTC
Técnicas em MTCTécnicas em MTC
Técnicas em MTC
 
Diagnóstico do Rosto
Diagnóstico do RostoDiagnóstico do Rosto
Diagnóstico do Rosto
 
Acupuntura sistêmica(aula)
Acupuntura sistêmica(aula)Acupuntura sistêmica(aula)
Acupuntura sistêmica(aula)
 
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena Caeiro
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena CaeiroNadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena Caeiro
Nadi Pariksha - Pulsologia no Ayurveda por Madalena Caeiro
 
Bian zheng (Diagnóstico pela Diferenciação de Síndromes)
Bian zheng (Diagnóstico pela Diferenciação de Síndromes)Bian zheng (Diagnóstico pela Diferenciação de Síndromes)
Bian zheng (Diagnóstico pela Diferenciação de Síndromes)
 
Meridianos
MeridianosMeridianos
Meridianos
 
A prática da medicina chinesa tratamento de doenças com acupuntura e ervas ...
A prática da medicina chinesa   tratamento de doenças com acupuntura e ervas ...A prática da medicina chinesa   tratamento de doenças com acupuntura e ervas ...
A prática da medicina chinesa tratamento de doenças com acupuntura e ervas ...
 
Marmas
MarmasMarmas
Marmas
 
A Importância dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância dos Sub-Doshas No DiagnósticoA Importância dos Sub-Doshas No Diagnóstico
A Importância dos Sub-Doshas No Diagnóstico
 
Estudo de Caso Clínico: Medicina Tradicional Chinesa em obesidade e hiperidrose
Estudo de Caso Clínico: Medicina Tradicional Chinesa em obesidade e hiperidroseEstudo de Caso Clínico: Medicina Tradicional Chinesa em obesidade e hiperidrose
Estudo de Caso Clínico: Medicina Tradicional Chinesa em obesidade e hiperidrose
 
Pontos Fonte E Lo
Pontos  Fonte E  LoPontos  Fonte E  Lo
Pontos Fonte E Lo
 
Interrogatório
InterrogatórioInterrogatório
Interrogatório
 
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
 
Apresentação vasos-maravilhosos-delvo
Apresentação vasos-maravilhosos-delvoApresentação vasos-maravilhosos-delvo
Apresentação vasos-maravilhosos-delvo
 
Sub Dosha Pitta
Sub Dosha PittaSub Dosha Pitta
Sub Dosha Pitta
 
8 critérios
8 critérios8 critérios
8 critérios
 
37060073 apostila-meridianos-2009
37060073 apostila-meridianos-200937060073 apostila-meridianos-2009
37060073 apostila-meridianos-2009
 
Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e Lábios
Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e LábiosFisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e Lábios
Fisiognomonia e Diagnóstico Ayurveda do Rosto e Lábios
 

Destaque

Semiologia patologias da lingua
Semiologia   patologias da linguaSemiologia   patologias da lingua
Semiologia patologias da lingua
Marcos Gomes
 
Figuras lingua
Figuras linguaFiguras lingua
Figuras lingua
Adriano Amaral
 
Apresentação inspeção da língua
Apresentação   inspeção da línguaApresentação   inspeção da língua
Apresentação inspeção da língua
bellottojr
 
Ptos acupuntura função energética
Ptos acupuntura função energéticaPtos acupuntura função energética
Ptos acupuntura função energética
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
MTC Vet exame da lingua em cães
MTC Vet exame da lingua em cãesMTC Vet exame da lingua em cães
MTC Vet exame da lingua em cães
Márcia Valéria Rizzo Scognamillo
 
língua na MTC
língua na MTC língua na MTC
língua na MTC
Fabio Guerra
 
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
http://www.saudebio.com Bio
 
Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica Silvestre
Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica SilvestreSapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica Silvestre
Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica Silvestre
Michele Pó
 
Pulsologia
PulsologiaPulsologia
Pulsologia
Cleoalvares
 
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia AmoreirinhaA importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
Michele Pó
 
Kaumara bhritya por Tânia Pires
Kaumara bhritya por Tânia PiresKaumara bhritya por Tânia Pires
Kaumara bhritya por Tânia Pires
Michele Pó
 
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro Sequeira
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro SequeiraVaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro Sequeira
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro Sequeira
Michele Pó
 
dimensionamento cabo condutor eletrico
dimensionamento cabo condutor eletricodimensionamento cabo condutor eletrico
dimensionamento cabo condutor eletrico
ptharsocastro
 
Analise risco bovespa investimento money market
Analise risco bovespa investimento money marketAnalise risco bovespa investimento money market
Analise risco bovespa investimento money market
ptharsocastro
 
Divulgação editado
Divulgação editadoDivulgação editado
Divulgação editado
Iniciativa Gaia
 
Challenge Ecomagination Blog 2011 GE
Challenge Ecomagination Blog 2011 GEChallenge Ecomagination Blog 2011 GE
Challenge Ecomagination Blog 2011 GE
ptharsocastro
 
Cinco elementos resumo
Cinco elementos resumoCinco elementos resumo
Cinco elementos resumo
Thaly Papas
 
planejamento infraestrutura tecnologia informacao
planejamento infraestrutura tecnologia informacaoplanejamento infraestrutura tecnologia informacao
planejamento infraestrutura tecnologia informacao
ptharsocastro
 
Medicina chinesa
Medicina chinesaMedicina chinesa
Medicina chinesa
bellottojr
 
Escola Branca de Neve
Escola Branca de NeveEscola Branca de Neve
Escola Branca de Neve
ptharsocastro
 

Destaque (20)

Semiologia patologias da lingua
Semiologia   patologias da linguaSemiologia   patologias da lingua
Semiologia patologias da lingua
 
Figuras lingua
Figuras linguaFiguras lingua
Figuras lingua
 
Apresentação inspeção da língua
Apresentação   inspeção da línguaApresentação   inspeção da língua
Apresentação inspeção da língua
 
Ptos acupuntura função energética
Ptos acupuntura função energéticaPtos acupuntura função energética
Ptos acupuntura função energética
 
MTC Vet exame da lingua em cães
MTC Vet exame da lingua em cãesMTC Vet exame da lingua em cães
MTC Vet exame da lingua em cães
 
língua na MTC
língua na MTC língua na MTC
língua na MTC
 
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
 
Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica Silvestre
Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica SilvestreSapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica Silvestre
Sapta Dhatus - Os Sete Tecidos no Ayurveda por Verónica Silvestre
 
Pulsologia
PulsologiaPulsologia
Pulsologia
 
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia AmoreirinhaA importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
 
Kaumara bhritya por Tânia Pires
Kaumara bhritya por Tânia PiresKaumara bhritya por Tânia Pires
Kaumara bhritya por Tânia Pires
 
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro Sequeira
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro SequeiraVaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro Sequeira
Vaji karana - Medicina Reprodutiva no Ayurveda por Pedro Sequeira
 
dimensionamento cabo condutor eletrico
dimensionamento cabo condutor eletricodimensionamento cabo condutor eletrico
dimensionamento cabo condutor eletrico
 
Analise risco bovespa investimento money market
Analise risco bovespa investimento money marketAnalise risco bovespa investimento money market
Analise risco bovespa investimento money market
 
Divulgação editado
Divulgação editadoDivulgação editado
Divulgação editado
 
Challenge Ecomagination Blog 2011 GE
Challenge Ecomagination Blog 2011 GEChallenge Ecomagination Blog 2011 GE
Challenge Ecomagination Blog 2011 GE
 
Cinco elementos resumo
Cinco elementos resumoCinco elementos resumo
Cinco elementos resumo
 
planejamento infraestrutura tecnologia informacao
planejamento infraestrutura tecnologia informacaoplanejamento infraestrutura tecnologia informacao
planejamento infraestrutura tecnologia informacao
 
Medicina chinesa
Medicina chinesaMedicina chinesa
Medicina chinesa
 
Escola Branca de Neve
Escola Branca de NeveEscola Branca de Neve
Escola Branca de Neve
 

Semelhante a Diagnóstico da Língua

Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês Simões
Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês SimõesFisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês Simões
Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês Simões
Michele Pó
 
108644133-Anamnese-Em-Acupuntura.pdf
108644133-Anamnese-Em-Acupuntura.pdf108644133-Anamnese-Em-Acupuntura.pdf
108644133-Anamnese-Em-Acupuntura.pdf
HenriqueJorge15
 
OrientaçõEs Vocais Para O Uso Profissional Adequado Da 1
OrientaçõEs Vocais Para O Uso Profissional Adequado Da 1OrientaçõEs Vocais Para O Uso Profissional Adequado Da 1
OrientaçõEs Vocais Para O Uso Profissional Adequado Da 1
Inacio Montanha
 
Anamnese 2016
Anamnese 2016Anamnese 2016
Anamnese 2016
Paulo Alambert
 
Paladar
PaladarPaladar
Paladar
Lorena Mundim
 
AAP3
AAP3AAP3
Anamnese prática
Anamnese práticaAnamnese prática
Anamnese prática
pauloalambert
 
Anamnese prática
Anamnese prática Anamnese prática
Anamnese prática
pauloalambert
 
Anamnese
Anamnese Anamnese
Anamnese
pauloalambert
 
Anamnese prática
Anamnese prática Anamnese prática
Anamnese prática
pauloalambert
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística
Angélica Manenti
 
O Que São Distúrbios Da Fala
O Que São Distúrbios Da FalaO Que São Distúrbios Da Fala
O Que São Distúrbios Da Fala
Tookmed
 
Anamnese 2020
Anamnese 2020Anamnese 2020
Anamnese 2020
pauloalambert
 
Anamnese 2018
Anamnese 2018Anamnese 2018
Anamnese 2018
pauloalambert
 
Anamnese 2018
Anamnese 2018Anamnese 2018
Anamnese 2018
pauloalambert
 
Anamnese prática 2018
Anamnese prática 2018Anamnese prática 2018
Anamnese prática 2018
pauloalambert
 
As várias avaliações da medicina tradicional chinesa
As várias avaliações da medicina tradicional chinesaAs várias avaliações da medicina tradicional chinesa
As várias avaliações da medicina tradicional chinesa
liliana ponte
 
Deficiência auditiva
Deficiência auditivaDeficiência auditiva
Deficiência auditiva
Tathiane Cuesta
 
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebêsAcupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
AbenaNacional
 
Deficiência auditiva
Deficiência auditiva Deficiência auditiva
Deficiência auditiva
Tathiane Cuesta
 

Semelhante a Diagnóstico da Língua (20)

Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês Simões
Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês SimõesFisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês Simões
Fisiognomonia e Diagnóstico do Rosto - Inês Simões
 
108644133-Anamnese-Em-Acupuntura.pdf
108644133-Anamnese-Em-Acupuntura.pdf108644133-Anamnese-Em-Acupuntura.pdf
108644133-Anamnese-Em-Acupuntura.pdf
 
OrientaçõEs Vocais Para O Uso Profissional Adequado Da 1
OrientaçõEs Vocais Para O Uso Profissional Adequado Da 1OrientaçõEs Vocais Para O Uso Profissional Adequado Da 1
OrientaçõEs Vocais Para O Uso Profissional Adequado Da 1
 
Anamnese 2016
Anamnese 2016Anamnese 2016
Anamnese 2016
 
Paladar
PaladarPaladar
Paladar
 
AAP3
AAP3AAP3
AAP3
 
Anamnese prática
Anamnese práticaAnamnese prática
Anamnese prática
 
Anamnese prática
Anamnese prática Anamnese prática
Anamnese prática
 
Anamnese
Anamnese Anamnese
Anamnese
 
Anamnese prática
Anamnese prática Anamnese prática
Anamnese prática
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística
 
O Que São Distúrbios Da Fala
O Que São Distúrbios Da FalaO Que São Distúrbios Da Fala
O Que São Distúrbios Da Fala
 
Anamnese 2020
Anamnese 2020Anamnese 2020
Anamnese 2020
 
Anamnese 2018
Anamnese 2018Anamnese 2018
Anamnese 2018
 
Anamnese 2018
Anamnese 2018Anamnese 2018
Anamnese 2018
 
Anamnese prática 2018
Anamnese prática 2018Anamnese prática 2018
Anamnese prática 2018
 
As várias avaliações da medicina tradicional chinesa
As várias avaliações da medicina tradicional chinesaAs várias avaliações da medicina tradicional chinesa
As várias avaliações da medicina tradicional chinesa
 
Deficiência auditiva
Deficiência auditivaDeficiência auditiva
Deficiência auditiva
 
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebêsAcupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
 
Deficiência auditiva
Deficiência auditiva Deficiência auditiva
Deficiência auditiva
 

Mais de Michele Pó

Saúde da mulher por Maria Brito do Rio
Saúde da mulher por Maria Brito do RioSaúde da mulher por Maria Brito do Rio
Saúde da mulher por Maria Brito do Rio
Michele Pó
 
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria AfonsoOs gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso
Michele Pó
 
Salakya Tantra por Joana Nascimento
Salakya Tantra por   Joana NascimentoSalakya Tantra por   Joana Nascimento
Salakya Tantra por Joana Nascimento
Michele Pó
 
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca Rebela
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca RebelaBhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca Rebela
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca Rebela
Michele Pó
 
Medicina Interna por Filipa Falcão
Medicina Interna por Filipa FalcãoMedicina Interna por Filipa Falcão
Medicina Interna por Filipa Falcão
Michele Pó
 
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela Massochin
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela MassochinRasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela Massochin
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela Massochin
Michele Pó
 
Toxicologia ayurvédica por Élio Lampreia
Toxicologia ayurvédica por Élio LampreiaToxicologia ayurvédica por Élio Lampreia
Toxicologia ayurvédica por Élio Lampreia
Michele Pó
 
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana Carvalho
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana CarvalhoOléos Medicados no Ayurveda por Ana Carvalho
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana Carvalho
Michele Pó
 
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta Longa
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta LongaPrincípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta Longa
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta Longa
Michele Pó
 
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...
Michele Pó
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum l
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum lPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum l
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum l
Michele Pó
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida
Michele Pó
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos CominhosPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Michele Pó
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do Cardamomo
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do CardamomoPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do Cardamomo
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do Cardamomo
Michele Pó
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela
Michele Pó
 
Astro Nutrição
Astro NutriçãoAstro Nutrição
Astro Nutrição
Michele Pó
 
Panchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita QuintasPanchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita Quintas
Michele Pó
 
Doshas, fogo digestivo e os alimentos Mónica lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos   Mónica lapaDoshas, fogo digestivo e os alimentos   Mónica lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos Mónica lapa
Michele Pó
 
Doshas, fogo digestivo e os alimentos - Mónica Lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos  - Mónica LapaDoshas, fogo digestivo e os alimentos  - Mónica Lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos - Mónica Lapa
Michele Pó
 
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia AmoreirinhaA importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
Michele Pó
 

Mais de Michele Pó (20)

Saúde da mulher por Maria Brito do Rio
Saúde da mulher por Maria Brito do RioSaúde da mulher por Maria Brito do Rio
Saúde da mulher por Maria Brito do Rio
 
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria AfonsoOs gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso
Os gunas e a mente no Ayurveda por Maria Afonso
 
Salakya Tantra por Joana Nascimento
Salakya Tantra por   Joana NascimentoSalakya Tantra por   Joana Nascimento
Salakya Tantra por Joana Nascimento
 
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca Rebela
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca RebelaBhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca Rebela
Bhuta vidya - Psiquiatria na medicina ayurvédica por Francisca Rebela
 
Medicina Interna por Filipa Falcão
Medicina Interna por Filipa FalcãoMedicina Interna por Filipa Falcão
Medicina Interna por Filipa Falcão
 
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela Massochin
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela MassochinRasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela Massochin
Rasayana - Longevidade e Revitalização Terapêutica por Elisângela Massochin
 
Toxicologia ayurvédica por Élio Lampreia
Toxicologia ayurvédica por Élio LampreiaToxicologia ayurvédica por Élio Lampreia
Toxicologia ayurvédica por Élio Lampreia
 
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana Carvalho
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana CarvalhoOléos Medicados no Ayurveda por Ana Carvalho
Oléos Medicados no Ayurveda por Ana Carvalho
 
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta Longa
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta LongaPrincípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta Longa
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos da Pimenta Longa
 
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...
Princípios Activos e Terapêuticos Ayurvédicos do Cravinho Eugenia caryophylus...
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum l
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum lPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum l
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Trigonella foenum graecum l
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Ferula Assafoetida
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos CominhosPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do Cardamomo
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do CardamomoPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do Cardamomo
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos do Cardamomo
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos da Canela
 
Astro Nutrição
Astro NutriçãoAstro Nutrição
Astro Nutrição
 
Panchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita QuintasPanchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita Quintas
 
Doshas, fogo digestivo e os alimentos Mónica lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos   Mónica lapaDoshas, fogo digestivo e os alimentos   Mónica lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos Mónica lapa
 
Doshas, fogo digestivo e os alimentos - Mónica Lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos  - Mónica LapaDoshas, fogo digestivo e os alimentos  - Mónica Lapa
Doshas, fogo digestivo e os alimentos - Mónica Lapa
 
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia AmoreirinhaA importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
A importância dos sub doshas no diagnóstico - Cátia Amoreirinha
 

Último

Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 

Diagnóstico da Língua

  • 1. I.M.T. – Instituto de Medicina TradicionalCurso Geral de Naturopatia e Ciências Tradicionais Holísticas Jihva Pariksha Disciplina: Medicina Ayurvédica Docente: MichelePo Por: Débora Bett. Lisboa, 18 de Dezembro de 2009
  • 2. Introdução: Âmbito- da disciplina de Medicina Ayurvédica da turma 3B de Naturopatia. Objectivo- é o aprofundamento sobre o diagnóstico da língua - Jihva Pariksha.
  • 3. Diagnóstico em Ayurveda: Ayurveda é um antigo sistema de cura holística originário da Índia. Tem como objectivo equilibrar os aspectos físicos, espirituais e psicológicos de cada indivíduo. Ayurveda relaciona tudo o que existe na natureza com os cinco elementos (Éter, Ar, Fogo, Água e Terra) e, no corpo humano, a saúde é o equilíbrio destes. Para identificar tais desequilíbrios, o médico ou o terapeuta ayurvédico utiliza vários métodos de exames:
  • 4. A Língua: Função do gosto e auxiliar a fala; Constituída por 17 músculos; É formada pelo corpo e pela raiz; O corpo é revestido por mucosa; No dorso da língua estão presentes várias papilas (receptores para sensação de gosto); Em cada zona da língua há tipos de papilas gustativas que nos vai dar o sabor.
  • 6. Precauções a tomar num exame da língua: Iluminação. Posiçãodalínguaquandoestirada. Coloração do revestimento lingual. Factores de constituição.
  • 7. Diagnóstico da Língua: A cor, a forma, o grau de humidade, o movimento e o revestimento da língua, bem com certas zonas, são usados para diagnosticar o estado dos órgãos internos. A desarmonia manifesta-se primeiro na língua, antes dos sintomas aparecerem. Uma língua saudável tem uma cor vermelha pálida, apresenta-se húmida, encaixa-se bem na boca e tem um revestimento uniforme esbranquiçado, com uma textura macia e flexível.
  • 8. Diagnóstico da Língua: Cada zona da língua, corresponde a um órgão diferente do corpo. Estas zonas podem apresentar-se húmidas ou secas, finas ou inchadas, pálidas ou avermelhadas, de acordo com o órgão que está em desequilíbrio. É devido ao Prana que se expressa qual o orgão em desequilibrio.
  • 9. Diagnóstico da Língua: Fig.2-Localização dos órgãos na língua
  • 10. Constituição básica da Língua segundo o Pakriti: Fig.3- Três tipos de Língua
  • 11. Localização do humor em desequilíbrio: Fig.4- Três humores da língua
  • 12. Distúrbios dos três humores na língua: Distúrbios de Vata na língua: Pequenas fendas em toda a língua; Línguaseca e escura; Película sobre o dorso da língua; Pontos inchados na zona dos rins ou no cólon; Película sobre intestino grosso e /ou do intestino delgado; Línguaáspera; Pequenas pústulas, borbulhas, espinhas, escuras; Gostoagridoce.
  • 13. Distúrbios dos três humores na língua: Distúrbios de Pitta na língua: Línguavermelha; Feridas, úlceras brancas e frias; Pontos de inchaço sobre o fígado, baço ou pâncreas; Película esverdeada ou amarelada na língua; Película na parte do meio da língua; Pontos vermelhos, brilhantes sobre os órgãos digestivos; Gostoamargonaboca.
  • 14. Distúrbios dos três humores na língua: Distúrbios de Kapha na língua: LínguaBranca; Películaoleosasobre a língua; Revestimento branco ou uma película sobre a língua; Depressões nos pontos do pulmão; Pontos de inchaço ou de depressão no coração; Ponta dalínguaesbranquiçada; Saliva abundante; Sabor doce e algumas vezes não se sente o sabor salgado.
  • 15. Passos para o diagnóstico da Língua: Observação: Cor; Formato; Revestimento.
  • 16. Cor: É o aspecto individual mais importante do diagnóstico pela língua; A cor do corpo da língua é normalmente vermelha clara, o que indica que a energia vital da pessoa (o Prana) é forte; Reflecte a verdadeira condição do corpo, reflecte a saúde dos órgãos internos e a circulação sanguínea
  • 17. Cor: Vermelho escuro:indica inflamação, lesões ou ulcerações e, por vezes, uma degeneração do órgão relacionado. Branco:indica estagnação de sangue, depósitos de gordura e muco, ou uma fraqueza de sangue levando a doenças como a anemia. Amarelo:indica uma doença do fígado e da vesícula biliar, resultando em um excesso de secreção biliar; depósitos de gorduras animais, especialmente nos órgãos do meio do corpo, e possível inflamação. Azul ouRoxo:indica estagnação da circulação sanguínea e um sério enfraquecimento da parte do sistema digestivo que corresponde à área da língua, onde a cor aparece.
  • 18. Cor: Na parte de baixodalínguatambémpode ser usadaparadeterminar a condiçãointerna: Azul ou verde: Em excesso, qualquer uma destas cores reflecte distúrbios nos vasos sanguíneos e na qualidade do sangue na circulação. Roxo:Emexcesso, essareflectedesordens do sistemalinfático e circulatório. Indica um enfraquecimentodacapacidadeimunológica e dos vasossanguíneos.
  • 19. Formato: Significa, não só os contornos físicos da língua, mas também a sua consistência, textura e mobilidade. Alterações no formato da língua geralmente reflectem doenças crónicas envolvendo sangue e Prana.
  • 20. Formato: Língua serrilhada/dentada-apresenta marcas dos dentes sobre os bordos, pode ser sintoma de várias situações: presença de parasitas intestinais, deficiência do baço, acumulação excessiva de humidade e de frio. Língua grande-indica-nos que a pessoa sofre de hipertrofia cardíaca. Língua grossa e redonda- característica de uma pessoa que apresenta problemas nas válvulas cardíacas.
  • 21. Formato: Língua afiada e fina- indica-nos insuficiência de líquidos fisiológicos e que a pessoa sofre de palpitações e infecção do miocárdio. Língua fissurada-apresenta fissuras, consequência de uma deficiência dos líquidos orgânicos e do sangue que já não a conseguem alimentar, no entanto, uma língua fissurada também se pode observar numa pessoa de perfeita saúde. No caso da fissura se encontrar no centro da língua, indica-nos problemas de fígado e boca, se a fissura for profunda indica ocorrência de problemas cardíacos.
  • 22. Formato: Língua rígida-quando o corpo da língua é rígida e não se pode dobrar, alongar ou virar, indica-nos que existe uma desnutrição grave. Quando esta característica aparece na sucessão de uma perturbação interna, permite prever o risco de AVC ou paralisia. Língua desviada - 0 corpo da língua está desviado para um dos lados. Observa-se em caso de apoplexia.
  • 23. Revestimento: A espessura de um revestimento é um indicador da gravidade da patologia a ser tratada. Um revestimento fino indica que qualquer agente patogénico presente é leve ou externo. Numa espessa camada que escurece a língua, a condição é mais profunda e séria.
  • 24. Revestimento: O revestimento da língua também pode variar de cor: Espessa camada branca - doença viral, por exemplo frio, fadiga. Uma espessa camada branca na parte posterior da língua pode indicar uma má digestão) Revestimento acastanhado- prisão de ventre, excesso de ingestão de café. Revestimento amarelo-pode indicar uma tendência da pessoa ser irritada, zangada ou stressada. Revestimento preto-desidratação por febre alta, doença infecciosa, problemas digestivos, infecção por fungos e uso prolongado de antibióticos. Descamação da boca e garganta seca-significa excesso de comida picante, desconforto no abdómen superior, azia / falta de ácido do estômago, náusea, deficiência em vitaminas B.
  • 25. Conclusão: O diagnóstico da língua, em medicina ayurvédica, é fundamental, pois ajuda a prevenir doenças. A língua revela o que está a acontecer no corpo, onde as toxinas se acumulam, onde existe deficiente nutrição, onde o dosha está acumulado e é fundamental para a determinação da constituição do paciente. Deve ser feito com outros tipos de diagnóstico para se confirmar o diagnóstico.
  • 26. Bibliografia:   AUTEROCHE, B; NAVAILH, P. O diagnóstico na Medicina Chinesa. São Paulo: Andrei, 1992. AREZES, DR. MANUEL DE ALMEIDA. Como fazer um diagnóstico natural. Litexa Editora, 1998   http://www.hps-online.com/ntongue.htm http://altmedicine.about.com/library/weekly/bl_tongue.htm http://chinesemedicinegem.com/diagnosis/tongue-diagnosis-basics-for-new-to-chinese-medicine/ http://ditto.yuku.com/topic/8654 http://www.psoriasi.org/psoriasis.pt/ayurvedica.htm http://www.humanitatis.com/trabalhoAbordagemTranspessoal.pdf http://revistagalileu.globo.com/Galileu/0,6993,ECT1062204-3563-2,00.html http://luzcardoso.blogspot.com/2008/07/o-rosto-fala-medicina-tradicional-tem-o.html http://www.ayushveda.com/jivapariksha/pitta-dominance.htm http://books.google.pt/books?id=XE5GZ71s85AC&pg=PA52&lpg=PA52&dq=diagnostico+da+cor+da+lingua+ayurveda&source=bl&ots=46Si56txkp&sig=72kLhj5eAuIl0Zx4n5jUqjYBqYc&hl=pt-PT&ei=Q7wWS8zYKYuz4Qa5zYjIBg&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=1&ved=0CAgQ6AEwADgU#v=onepage&q=&f=false http://www.ayurvedic-ayurveda.org/9_3_1_Tongue_Diagnosis_in_Ayurveda__Introduction.html http://books.google.pt/books?id=HlJ-20_iP6wC&pg=PA72&lpg=PA72&dq=jihva+pariksha&source=bl&ots=ldrd99hOm0&sig=gTtPEIifX0GIy4jZLWl5WDMrDZw&hl=pt-PT&ei=J8rhSseZCZqSjAe2xZmxAQ&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=10&ved=0CCMQ6AEwCQ#v=onepage&q=jihva%20pariksha&f=false
  • 27. “A verdadeira compaixão não consiste em sofrer pelo outro. Se ajudamos uma pessoa que sofre e nos deixamos invadir pelo seu sofrimento, é que somos ineficazes e estamos somente a reforçar o nosso ego.” Dalai Lama