Astrologia Médica e Védica

2.691 visualizações

Publicada em

0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.691
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
42
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Astrologia Médica e Védica

  1. 1. Instituto de Medicina Tradicional Astrologia aplicada ao diagnóstico Medicina Ayurveda Prof. Michele Pó 14 de Dezembro de 2009
  2. 2. Introdução <ul><li>A Astrologia médica é um ramo da Astrologia que consegue identificar órgãos e/ou zonas do corpo mais propensas a sofrer doenças, permitindo, no caso destas existirem, avaliar a sua evolução. </li></ul>
  3. 3. Como fazer um diagnóstico <ul><li>Para fazer um diagnóstico é necessário elaborar o mapa natal da pessoa, com base no local, data e hora de nascimento. </li></ul><ul><li>Este mapa traça a localização dos planetas, de outros corpos celestes e pontos no Zodíaco no momento e local do nascimento. </li></ul><ul><li>É a partir da análise deste mapa que se consegue, não só traçar o retrato psicológico, emocional, afectivo e comportamental da pessoa, mas também fazer o diagnóstico do seu estado geral a nível médico. </li></ul>
  4. 4. Alguns dos elementos que contribuem para este diagnóstico são: <ul><li>Ascendente </li></ul><ul><li>Casas astrológicas </li></ul><ul><li>Posições e configurações planetárias </li></ul>
  5. 5. <ul><li>O Mapa Natal é definido por uma regra muito simples: </li></ul><ul><li>Os planetas mostram o que acontece </li></ul><ul><li>Os signos mostram como acontece </li></ul><ul><li>As casas mostram onde acontece </li></ul>
  6. 6. As Casas Astrológicas <ul><li>As Casas Astrológicas são divisões da esfera celeste, projectadas a partir de um dado local na Terra. </li></ul><ul><li>Surgem do cruzamento entre três eixos principais: </li></ul><ul><li>Horizontal (Ascendente/Descendente) </li></ul><ul><li>Vertical (Meio-do-Céu/Fundo-do-Céu) </li></ul><ul><li>Cabeça do dragão </li></ul>Estes eixos correspondem a projecções dos quatro pontos cardeais.
  7. 7. <ul><li>O Ascendente, ou Oriente, corresponde ao Nascente. Por oposição, o Descendente ou Ocidente corresponde ao Poente. </li></ul><ul><li>O Meio-do-Céu é o Sul e o Fundo-do-Céu o Norte. </li></ul><ul><li>Existem ainda dois hemisférios, o diurno e o nocturno. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>A cabeça do dragão simboliza o que viemos cá fazer/desenvolver e o que nos faz sentir completos. </li></ul><ul><li>No ponto oposto à cabeça do dragão encontramos a cauda do dragão, sendo que na cabeça temos os problemas de saúde agudos e na cauda os crónicos. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Os quatro pontos marcam o início dos quadrantes. </li></ul><ul><li>O Ascendente dá início ao primeiro quadrante, que tem a ver com o “eu”. </li></ul><ul><li>O Fundo-do-Céu ao segundo, sendo este um pouco mais social. </li></ul><ul><li>O Descendente ao terceiro, o mais social dos quatro quadrantes. </li></ul><ul><li>O Meio-do-Céu ao quarto, que simboliza o trabalho colectivo. </li></ul><ul><li>Em cada um destes quadrantes vão surgir três casas, originando um total de doze. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>A contagem das casas faz-se no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio, a partir do Ascendente. </li></ul><ul><li>Cada marcador de separação tem a denominação de cúspide. </li></ul><ul><li>As Casas Astrológicas representam os vários sectores da nossa vida. O modo como expressamos estes sectores é-nos revelado através dos signos e planetas contidos nas 12 Casas do nosso Mapa Natal. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>As primeiras seis casas são individuais, começando pela casa I que é o início de tudo, os nossos primeiros passos, o nosso corpo físico, indo até a sexta casa que define os nossos hábitos e a nossa relação com o trabalho e a saúde. </li></ul><ul><li>As seis últimas casas são colectivas, a sétima casa fala da nossa necessidade de relacionamento e parcerias, a décima primeira casa da consciência social e a décima segunda casa do nosso subconsciente. </li></ul>
  12. 12. Mapa astrológico
  13. 13. 1ª Casa (Ascendente) – A personalidade individual <ul><li>Juntamente com o Sol e a Lua, o ascendente é um dos factores mais importantes num horóscopo. </li></ul><ul><li>O signo no princípio da primeira casa diz-nos imenso acerca da personalidade de uma pessoa, do seu temperamento e da sua constituição. </li></ul><ul><li>Tipifica a nossa reacção instintiva e mostra como nos apresentamos ao mundo. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>O planeta que rege o signo ascendente é de particular importância para a interpretação. </li></ul><ul><li>Representa a cor da pele, a cabeça (crânio e testa), o cérebro, o cabelo e as glândulas pituitárias. </li></ul><ul><li>A fraqueza da primeira casa resulta numa constituição adoentada, causando dores de cabeça, tensão mental, paralisia, tonturas, feridas, cicatrizes, funcionamento irregular das glândulas endócrinas, alienação mental, febre cerebral e hemorragia nasal. </li></ul>
  15. 15. 2ª Casa – Valores e Haveres <ul><li>A segunda casa e os seus ocupantes falam-nos acerca das condições materiais, da necessidade de comprar e da forma como lidamos com os haveres e as coisas materiais. </li></ul><ul><li>Isto inclui a relação com o nosso próprio corpo. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Relativamente ao corpo representa a fala, a visão, a face e os seus órgãos (nariz, garganta, boca, língua, dentes e olhos, principalmente o olho direito), os ossos faciais, a parte superior do pescoço e os seus ossos, o esófago, a laringe, o cerebelo, a traqueia, a região cervical e os seus ossos e as amígdalas. </li></ul><ul><li>Uma fraqueza nesta casa causa digestão fraca, problemas na fala, na garganta, na cervical, nas gengivas, nos olhos, nos dentes e doenças venosas. </li></ul>
  17. 17. 3ª Casa – Comunicação <ul><li>A terceira casa e todos os planetas que a ocupam falam-nos da forma como nós comunicamos na vida diária e das relações que determinam o nosso quotidiano. </li></ul><ul><li>Em relação ao corpo, representa a parte inferior do pescoço, os ombros, os braços, os ouvidos (especialmente o direito), as mãos, os ossos dos ombros, as clavículas, a tiróide e os sistemas nervoso e respiratório. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Uma fraqueza na terceira casa provoca problemas no canal respiratório, doenças da tiróide, desequilíbrios no sistema nervoso, depressão que resulta em paralisia parcial, gaguez, dores nos ombros, fractura na região da clavícula, surdez parcial e doenças respiratórias como asma e tuberculose. </li></ul>
  19. 19. 4ª Casa – Raízes e Origens <ul><li>Esta casa descreve a nossa origem, a casa de família e as circunstâncias que influenciam a infância e a juventude. </li></ul><ul><li>Descreve como nos relacionamos com a “família”, a nossa atitude para com “o lar”. </li></ul><ul><li>Esta casa descreve a imagem da mãe e a relação com a mãe. </li></ul>
  20. 20. <ul><li>Representa as costelas, o coração, o tórax, os pulmões e os seios. </li></ul><ul><li>Se houver uma fraqueza nesta casa vão surgir problemas coronários, mamários, no tórax, no coração, na região epigástrica, doenças dos pulmões, doenças mentais (loucura) e problemas circulatórios. </li></ul>
  21. 21. 5ª Casa – Prazer e Criatividade <ul><li>Esta é a casa da sexualidade, do erotismo, da vontade de brincar e todos os tipos de expressão criativa. </li></ul><ul><li>Esta casa também descreve como nos relacionamos com as crianças, com o prazer e o divertimento. </li></ul>
  22. 22. <ul><li>Em relação ao corpo, representa a parte superior do abdómen, o estômago, a digestão, o fígado, a vesícula biliar, o pâncreas, o baço, o cólon, o diafragma, a coluna vertebral e a medula espinal. </li></ul><ul><li>Uma fraqueza na quinta casa, causa diabetes, úlceras pépticas, anemia, cólicas, cálculos biliares, acidez, doenças da medula espinal, dispepsia, diarreia, pleurisia e problemas cardíacos. </li></ul>
  23. 23. 6ª Casa – Saúde, Trabalho e Rotina <ul><li>A sexta casa descreve as circunstâncias que nos rodeiam na nossa vida diária, incluindo o ambiente de trabalho e a rotina. </li></ul><ul><li>Isto inclui o nosso comportamento para com os subordinados. </li></ul><ul><li>A higiéne e o cuidado com o corpo também aqui se encontram, assim como a tendência para contrair doenças. </li></ul>
  24. 24. <ul><li>Quando o signo de Peixes, a Lua ou Neptuno surgem nesta casa, significa que a pessoa é muito susceptível aos medicamentos. </li></ul><ul><li>No corpo representa a cintura, o umbigo, o abdómen inferior, os rins, o intestino delgado, a parte superior do intestino grosso, o funcionamento intestinal e o apêndice. </li></ul><ul><li>Uma fraqueza na sexta casa provoca apendicite, envenenamento, cólicas, prisão de ventre, hérnia, ureia no sangue, problemas psiquiátricos, exautão e esgotamento nervoso. </li></ul>
  25. 25. 7ª Casa – Relações <ul><li>O signo descendente e os planetas que ocupam a sétima casa dizem-nos como seleccionamos os nossos parceiros e descreve as associações e relações que procuramos. </li></ul><ul><li>Muitas vezes somos involuntariamente atraídos por pessoas cujos horóscopos têm um grande ênfase no signo que está na nossa sétima casa. </li></ul>
  26. 26. <ul><li>Representa no corpo a cintura pélvica, a região lombar, a bexiga, a parte inferior do intestino grosso e os órgãos sexuais internos (ovários, útero, colo do útero, testículos e próstata). </li></ul><ul><li>Uma fraqueza nesta casa causa fragilidade nos órgãos reprodutores, doenças venéreas, artrite, gota, problemas de micção, impotência, esterilidade e problemas renais. </li></ul>
  27. 27. 8ª Casa – Perda e Propriedade Comum <ul><li>A oitava casa mostra como nos relacionamos com os bens comuns e como lidamos com as perdas materiais. </li></ul><ul><li>Esta casa tem uma afinidade com a morte e com todas as coisas metafísicas. </li></ul>
  28. 28. <ul><li>Em relação aos órgãos do corpo representa o escroto, o ânus, os órgãos genitais, os órgãos de excreção e os ossos pélvicos. </li></ul><ul><li>Uma fraqueza na oitava casa provoca fissura, impotência, hemorróidas, infecções urinárias, furúnculos e doenças crónicas. </li></ul>
  29. 29. 9ª Casa – Filosofia e Países distantes <ul><li>A nona casa descreve a nossa aprendizagem espiritual, a filosofia de vida e a nossa visão do mundo. </li></ul><ul><li>É frequentemente influenciada pelas viagens a países estrangeiros. </li></ul><ul><li>As atitudes tidas e formadas nesta casa podem influenciar em muito os temas da décima casa. </li></ul>
  30. 30. <ul><li>Representa no corpo, as coxas, a perna esquerda, os fémures, a medula óssea, os quadris, as articulações da anca e o sistema arterial. </li></ul><ul><li>A fraqueza nesta casa causa anemia, baixa produtividade de sangue, talassémia, leucemia, febres altas, diabetes, reumatismo e problemas nas coxas e nos quadris. </li></ul>
  31. 31. 10ª Casa – Ocupação e Chamamento <ul><li>Esta casa é de particular importância, já que afecta não só a nossa escolha profissional, como o nosso chamamento. </li></ul><ul><li>É também muito importante para o nosso desenvolvimento em geral, aquilo em que nos tornamos. </li></ul>
  32. 32. <ul><li>A figura do pai e a relação com o pai também é aqui que se encontra. </li></ul><ul><li>No corpo representa, os joelhos, as rótulas, as articulações e os ossos. </li></ul><ul><li>Uma fraqueza na décima casa provoca, artrite, fracturas nos joelhos, inflamação das articulações, fraqueza geral, doenças da pele, alergias e corpo emaciado. </li></ul>
  33. 33. 11ª Casa – Amigos e Conhecidos <ul><li>A décima primeira casa mostra como nos relacionamos com os amigos e professores – as pessoas que nos querem bem ou com quem podemos aprender. </li></ul><ul><li>Também nos mostra a nós nesse papel. </li></ul><ul><li>Esta casa demonstra como nos relacionamos com a sociedade em que vivemos. </li></ul>
  34. 34. <ul><li>Em relação ao corpo representa as canelas, os tornozelos, a tíbia, a perna direita, o braço esquerdo e o ouvido esquerdo. </li></ul><ul><li>Uma fraqueza nesta casa origina problemas circulatórios, fractura na parte inferior das pernas, dores nas pernas, cancro na perna e problemas de baixa produtividade do sangue. </li></ul>
  35. 35. 12ª Casa – Para além do pessoal <ul><li>Esta casa representa aquelas esferas da vida onde o indivíduo já não representa um papel, onde recuamos para um enorme buraco ou nos deixamos cair nele. </li></ul><ul><li>A astrologia vê os hospitais, as prisões e as instituições psiquiátricas nesta casa. </li></ul><ul><li>Está também associada a mosteiros e outros retiros. </li></ul>
  36. 36. <ul><li>No corpo representa o olho esquerdo, o sistema linfático e os pés. </li></ul><ul><li>Se houver uma fraqueza nesta casa poderam surgir problemas nas partes do corpo governadas por esta casa, perturbações no sono e enfraquecimento do sistema imunitário. </li></ul>
  37. 37. Significado Geral das Casas <ul><li>Ascendente - Impulso de Orientação, a &quot;Aurora&quot; CASA I - Ser - Temperamento e Comportamento CASA II - Ter e Fazer - Dinheiro e Segurança CASA III - Aprender - Primeiros Estudos e Quotidiano </li></ul><ul><li>Fundo do Céu - Impulso de Fundamentação &quot;Nadir&quot; CASA IV - Sentir e Sonhar - Família e Lar CASA V - Prazer - Criação e Filhos CASA VI - Trabalhar - Direitos/Deveres e Saúde </li></ul>
  38. 38. <ul><li>Descendente - Impulso de Complementação &quot;Crepúsculo&quot; CASA VII - Associar - Casamento e Sociedades CASA VIII - Transformar - Perdas e Heranças CASA IX - Refinar - Filosofia e Religião </li></ul><ul><li>Meio do Céu - Impulso de realização &quot;Zénite&quot; CASA X - Aperfeiçoar - Profissão e Aprimoramento CASA XI - Libertar - Amigos e Potencialidades CASA XII - Doar - Sacrifício e Caridade </li></ul>
  39. 39. Casas, Planetas e Signos correspondentes
  40. 40. Trabalho realizado por: <ul><li>Joana Costa - 3º A </li></ul>

×