ORIENTAÇÃO À SAÚDE VOCAL DE LOCUTORES DE RÁDIO

3.137 visualizações

Publicada em

Material cedido pela Fonoaudióloga Leilane Albuquerque, para o Curso Avançado de Formação de Locutores promovido pelo Alex Ventura em maio de 2012.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.137
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
121
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ORIENTAÇÃO À SAÚDE VOCAL DE LOCUTORES DE RÁDIO

  1. 1. ORIENTAÇÃO À SAÚDEVOCAL DE LOCUTORES DE RADIO
  2. 2. ALIMENTAÇÃOManter uma boa dieta alimentar, com refeições leves antes dotrabalho.•Cuidado : Café => Aumento do suco gástrico Leite Sorvete=> Altera a viscosidade da secreção mucosa Chocolate=> Altera a viscosidade da secreção mucosa•Leite, sorvete, chocolate, => necessidade de pigarrear, limpar, agarganta.•Estômago cheio=> interfere no suporte diafragmático e norefluxo do suco gástrico.
  3. 3. ALIMENTAÇÃO•Cumprir horários regulares de alimentação.•Lembrar: o locutor de rádio trabalha sentado, situação maiscomplexa.•Esta posição provoca a diminuição da capacidade pulmonar.•Refeição exagerada interfere na produção vocal.
  4. 4. POSTURA•Manter postura adequada, nomomento da locução, éimprescindível.•Antes do início do uso da voz rádiofusão, ajustar a cadeira e omicrofone.•Alongar o tronco•Manter o abdômen livre para um suporte respiratório adequado.•Manter os ombros relaxados•Encaixar a cabeça de forma a não tencionar o pescoço•Liberdade de movimentos, principalmente braços, evitando-setensões localizadas•Boa produção vocal
  5. 5. EXCESSO DE VOLUME EHIPERFUNÇÃO VOCAL. Locutores de emissoras de FM (público jovem) Acreditam ser desagradável a voz muito grave ou vozeirão. Buscar a altura vocal desejada(menos grave) COMETER ABUSOS VOCAIS. Trabalhar em um volume muito forte=> devido á excessiva intensidade resultante. Conseqüência: hiperfuncionamento da estrutura vocal => causando tensão laríngea.
  6. 6. EXCESSO DE VOLUME E HIPERFUNÇÃO VOCAL.•Trabalhar uma entonação eressonância projetada, com umregistro mais acentuado nacabeça.•Diminuir a vibração excessiva dopeito ajudando na leveza da vozdesejada
  7. 7. TABAGISMO•Válvula de escape•Stress•Baixos salários•Problemas de reconhecimentoprofissional.•Irregulares nos horários de alimentação.•Jornadas prolongadas de trabalho•Instabilidades•Efeitos: irrigação, secura, edemas•Comprometimento das cordas vocais
  8. 8. CHOQUE TÉRMICO Ingestão de líquidos gelados (água) =>conseqüências nas laringe = alterações na mucosa e nasonoridade da voz. Laringe aquecida pelo uso intenso da voz e aingestão abrupta de gelados, provoca alteraçõesvasomotoras na faringe e na laringe = modificações naqualidade vocal.DICA: evitar o choque térmico ingerindo líquidosgelados, durante ou após a locução.Obs.: A sensibilidade aos gelados varia de pessoa parapessoa
  9. 9. CUIDADO: “Saída” para os problemas vocais e um meio para limpar a voz.GARGAREJO DICAS:Evita os gargarejos sem indicação médica.Combinação com substancias anticépticas e medicamentos usadosindevidamente, poderão acarretar uma destruição da defesanatural da boca e garganta, predispondo á infecção.As substancias não atingem diretamente as pregas vocais e laringenão limpam a voz. O que “limpa” uma voz é a boa produção vocalcom equilíbrio no uso das estruturas de ressonância, ou seja, o bomfuncionamento do aparelho fonador.Substituir pelos exercícios de vibração da língua com apoiorespiratório na região costadiafragmático. (exercícios com variaçõesmelódicas).
  10. 10. PIGARRO•Hábito de locutores por acreditarem que ajuda a “limpar” a vozantes de abrir o microfone para iniciar a locução.•Pela manhã, preocupação com secreção de orofaringe e pigarros.•Características próprias da voz matinal.•Se houve respiração bucal, haverá um, ressecamento de toda amucosa laríngea.•Abusos vocais, álcool e fumo do dia anterior influenciam na vozdo locutor pela manhã.
  11. 11. PIGARRO•Checar ás condições das vias aéreas superiores que podem estar obstruídas porrinites, problemas de septo nasal, para a manutenção de uma boa respiraçãonasal durante o sono.•A respiração nasal durante o sono.•A postura para dormir influencia na abertura inadequada da mandíbula e noposicionamento da cabeça = respiração bucal e o ressecamento da mucosa dafaringe e laringe•Fazer uma refeição á base de frutas antes da locução pela manhã, comer umafruta de consistência firme como a maçã, mastigando-se com movimentosamplos de mandíbula a técnica de “humming” ou emissão do som “m”prolongado e vibrante a cabeça (técnica de “mascado vocal”) => contribui para oaquecimento vocal, eliminando o hábito de pigarrear. Boa hidratação doorganismo, beber líquidos ao longo do dia, principalmente água.

×