TRABALHO DE AVALIAÇÃO

169 visualizações

Publicada em

TRABALHO SOBRE AVALIAÇÃO

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
169
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

TRABALHO DE AVALIAÇÃO

  1. 1. EM BUSCA DE ALGUMAS ALTERNATIVAS Grupo: Débora Ribeiro Paulo Evelyn O’Neal Alves Batista Michele Estéfane Santana Silva Prof°. Keitiuce Maio/2014 FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA CURSO DE PEDAGOGIA
  2. 2. VASCONCELOS, Celso dos Santos. Em busca de algumas alternativas. In: ______. Avaliação: concepção dialética-libertadora do processo de avaliação escolar. 18. ed. São Paulo: Libertadora, 2008. Cap. 5, p. 65-102.
  3. 3. * Abrir mão do uso autoritário. * Revisar os métodos aplicados mas sala de aula. * Visando diagnostico. * Conscientizar sobre os seus erros. * Refletir sobre sua prática.
  4. 4. * Rever a prática. * Conteúdos significativos. * Trabalhar de forma inovadora. * Ensinar de forma clara e objetiva. * Respeitar ideias. * Esclarecer dúvidas. * Incentivar e combater preconceitos.
  5. 5. -” Não adianta mudar forma e não mudar conteúdo. - Não adianta mudar conteúdo e forma se não mudar a finalidade da avaliação”. * Deve ser continua; * Construindo o conhecimento; * Avaliando o produto no processo; - Não fazer uso autoritário do seu poder . * A nota vem como conseqüência; - Na educação infantil. * A avaliação e continua; * Observação e registro; - Principais funções do registro. * Avaliar constantemente resultados das necessidades da criança.
  6. 6. “Não marcar ‘semana’ de prova,' dia’ de prova,’horário’ de prova, rituais especiais de prova, dificuldades especias,etc.,mas fazer a avaliação continuamente, a partir dos diversos trabalhos cotidianos realizados na sala de aula. * não marcar semana de prova; * mudar estratégias; * tomar decisões para que haja melhoras.
  7. 7. *Não propor semana de provas; *diferenciar provas para modelos  que interesse o aluno; *ter mais flexibilidade ao elaborar e aplicar provas; *não deixar alunos nervosos pressionando-os; *usar termos como atividades e não provas; *obter clareza sobre a avaliação; *não pedir assinatura dos pais porque os mesmos tem que acompanhar todo o processo; *não incentivar competição dentro da sala de aula; *as avaliações deve ser elaboradas pelo docente; *o professor deve estimular debate,reflexão sobre a pratica,procurando saber como formam as experiências se precisar mudar algo.
  8. 8. *Fazer o aluno aprender; *Não obriga-lo a decorar; *Ver o que é essencial; *Ter ferramentas que sirva para o aluno aprender; *Hábito de diferenciar os testes; *Flexibilidade; *Fazer correção de acordo com a realidade dos alunos; *Valorizar as idéias; *Diversicicação nos exercícios;
  9. 9. * Estabelecer relações. * Capacidade de resolver os problemas - Desenvolver ensino; - Elaborar uma forma de avaliar; - Coerência; - Acordo na forma de ensinar para fazer compreender.
  10. 10. * Atividades com os pais; * Evitar distorções entre estética e aprendizagem; * Capacidade de observar e analisar; * Contato pessoal; * Ação educativa apropriada; * Dialogo; * Aproximação.
  11. 11. * Investigar as causas da indisciplina; * Propor uma nova postura; * Saber o que considerar; * Analise para recuperar os problemas; * Saber o que aproveitar; * Elementos para dialogar.
  12. 12. * Ajudar o aluno na sua formação; * Elaborar bem a avaliação; * Perceber a necessidade do aluno; * Reconhecer o que precisa ser consertado; * Capacitar os alunos; * Deixar claro os objetivos; * Acompanhar os passos do trabalho; * Evitar distorções; * Transformar o jeito de trabalhar em sala de aula.
  13. 13. * Rever métodos de ensino; * Ter resultados positivos e satisfatórios sobre os alunos; * Analisar o que deve ser resolvido; * Atitudes por parte do professor; * Preocupar com o aprendizado; * Condição para a correção do conhecimento.
  14. 14. * Mostra como o professor pensa ou deve pensar. * Preparar com antecedência; - Reuniões durante o ano; - Participações de todos os membros da escola; - O processo educativo deve ser o assunto principal; - Dar oportunidades para revelar o pensamento de cada envolvido.
  15. 15. * Saber para que serve a recuperação. * Recuperar no momento da dificuldade; * Roteiro de estudo ; * Providenciar atividades.
  16. 16. * Métodos para os desenvolvimentos; * Deixar bem cloro os critérios de avaliação; * O caráter comunitário da aprendizagem; - Colaborar; - Preocupação; - Privacidade; - Esforço; - Interesse; - Coletividade;
  17. 17. * Participação da Comunidade escolar; * Transformar o educador; * Transformação da formação do educando; * Mudança na prática educacional; * Comprometimento profissional .

×