Atividades de valor sonoro

2.667 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.667
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividades de valor sonoro

  1. 1. Atividades de Valor Sonoro, Reconstrução do código e Produção de textos VALOR SONORO Quando a criança está N2 e Inter I. Aqui a criança vai aprofundar a língua escrita Levar a criança a refletir sobre a letra, porque precisa adquirir o V.S. das letras (não estamos falando de sons e sim código), que usamos para escrever, só que usamos as letras para produzir textos orais e escritos, letras são usadas para ler textos escritos, escrever e produzir textos, letra é o instrumento. A criança precisa aprender o nome das letras, o traçado da letra, identificar a letra em diferentes lugares: no começo, no meio e no fim da palavra e precisa compreender que muitas coisas podem ser escritas com essa letra. Precisa construir, se apropriar do nosso código que é usado para construir textos. Pensar sobre a letra em situações de texto ou jogos. Para leitura e atividades todos os tipos de letra, só o professor no quadro e ele escrevendo em caixa alta. CONTEÚDOS A SEREM EXPLORADOS - Rótulos, logotipo ou legendas - Leitura de livros com todos os tipos de letras, só com desenhos, listas, etc... - Literatura: Ilustrar e dramatizar textos literários e poéticos, lidos pelo professor - Produção de texto coletivo - Caixa surpresa: atividades de adivinhas, o que é, o que é - Oralidade: relatar experiências pessoais, histórias familiares, brincadeiras, acontecimentos, interpretar textos ouvidos, programas de tv, filmes, passeios, etc... Continue lendo... O tempo todo atividades de leitura e escrita. - O que fazer para explorar uma atividade? 1- Finalidade da atividade ( pra que serve ? ) Ajuste da atividade para a necessidade da criança. 2- Agrupamentos: Princípios – nunca agrupar igual. Juntar crianças com os níveis diferentes de aprendizagem (duplas com pequenas diferenças) - O agrupamento libera o professor para circular pelos grupos, vai ser o mediador, o professor problematiza. - O agrupamento precisa ser feito todo início de aula e sempre trocar os elementos. - Não usar a expressão “senta com ele (a) para ajudá-lo” . O que foi enaltecido se engrandece e vai se achar o professor, e o que foi rebaixado pode se acomodar. Vocês vão trabalhar juntos, pensarem juntos, aprenderem juntos. A atividade tem três momentos: 1) Mobilização: Ativar o que o aluno já sabe, criar um enigma, uma situação, fazer a criança sentir vontade de fazer a atividade. 2) Desenvolvimento: execução 3) Socialização: Discutir apresentar o que fizeram, como fizeram e aí vão construir. Se dá a consolidação da aprendizagem.
  2. 2. É preciso ativar o que ele já sabe para fazer emendas, relacionar com que irá executar para haver a aprendizagem. “A aprendizagem requer um tempo: 50% é disponibilidade é querer fazer e 50% é entender o processo “. ALFABETO: 1) SIMPLES: Tamanho folha sulfite, em caixa alta, fazer antes do aluno entrar na sala de aula ( o único que será feito sem a presença do aluno) colocar na parede. 2) ILUSTRADO: Usar quando houver alunos N2 em diante.Recortar em jornais, revistas, figuras. O professor distribui nos grupos as letras do alfabeto , eles vão achar figuras que comecem com a letra, se a equipe não tiver, negocia com outra equipe. O professor pega uma folha de sulfite, vai na equipe, escreve na frente do aluno a letra, pede para ele colocar a figura referente a letra, depois que todos colocarem pede quem está com a letra A, depois B, pega a folha, leva até o quadro e escreve para ele verem o nome da figura, depois cola na frente da sala abaixo do quadro. ( destacar a 1ª letra não é proibido, somente facilita mas não ajuda a adquirir o V.S.) ATIVIDADES: 1) Procurar a letra de seu nome, ou o nome do colega, ou da mãe, em textos - Contar quantas vezes a letra apareceu, - Organizar um gráfico com as letras encontradas - Desenhar objetos que comecem com a letra - Apresentar os desenhos para a turma ,a professora faz a lista dos objetos desenhados. MOBILIZAÇÃO: Entregar o papel, não virar antes de contar até 3. O que é vocês acham que tem nesse papel? Se for música, cantar, se for história ou notícia ler, listar o que eles forem falando. - Nesse papel tem a letra do seu nome? Quantos B vocês acharam? 2) BINGO - Vamos fazer uma lista dos animais, conforme vão falando, escrevemos no quadro os animais sem dizer nada. - Fazer a reflexão sobre o V.S. - Onde escrevemos gato? - Porque está escrito gato? - Com que letra começa ? - Com que letra termina? - Tem mais nome nesta lista que começa com a mesma letra? (galo) - Como vocês sabem onde está escrito gato e onde está escrito galo? - Quais letras são diferentes? - O galo vai precisar do L do Luiz e o gato o T da Tatiane. - Entrega as cartelas somente quadriculadas. - Escolham 2 ou 3 nomes e coloque na cartela, l letra para cada quadrinho. - O professor mostra a letra e pergunta: Que letra é essa? Ex: B O que começa com essa letra? Tem nome da sala que começa com essa letra?... - Agora marquem, quando acabar conferir pegando uma letra de cada vez e perguntar quem marcou essa letra? ( conferir essa daqui, é qual mesmo?) Quem marcou vamos contar? - Tem alguma letra do alfabeto que não apareceu no nosso jogo - Das letras que foram sorteadas, escolha duas e desenhe coisas no caderno que comecem com essas letras - Que letras você escolheu? O que você desenhou? Quem mais desenhou com tal letra? O que desenhou . - Fulano o que você desenhou com V D A , pro V o que você desenhou? Mais alguém marcou a letra V e o que foi que você desenhou. Se alguma criança desenhou, por exemplo: com V armário, o professor pergunta armário começa com a letra V? Se não começa com V com que letra começa? O que o fulano tem que fazer? (trocar o desenho)
  3. 3. 3 - CRUZADINHA COM BANCO DE PALAVRAS Apresenta-se a figura com dois ou três nome abaixo, uma sendo o nome da figura e outras com a letra inicial e final iguais e as letras do meio diferentes Ex: figura BOLO , BALA BULE, BOLA Questionar: O que vocês acham que é pra fazer aqui? Porque será que estas palavras estão separadas... Interferências no máximo para apaziguar as discussões, passa e Poe um elemento a mais e sai. O mais importante, ou a finalidade não é acertarem e sim quebrarem a cabeça. Na primeira linha quem escolheu a 1ª , 2ª e 3ª, quem escolheu a 1ª escolheu porque? Até chegar no final e o certo. 4. BOLA DE PAPEL Fazer um grupo de 4. Entregar uma folha em branco a cada um. - As crianças irá colocar a letra do nome em um canto da folha. - Agora pense no nome da mãe , coloque a l ª letra do nome dela. - Fazer bolinhas de papel e jogar na folha, a letra onde a bolinha cair ir escrevendo no caderno. - Desenhar coisas com as letras que vocês escreveram no caderno. - O professor pega a folha de uma equipe e escolhe uma letra e depois vai pedindo para cada aluno dizer uma letra e ir colocando no quadro sem repetir, até que todas as letras do alfabeto estejam no quadro alternadamente. 5- COLUNAS DE PALAVRAS Entregar para as crianças tiras de papel com diferentes colunas de palavras. Perguntar para as crianças qual é a letra que repete nesta coluna. - Tem alguma letra que não aparece nem uma vez? - A letra que mais aparece, quantas vezes ela aparece ? EX: ARARA UNIFORME BALA ROBERTO MALA TELEFONE AMADA PEIXE 6- TRABALHO COM NOMES - Deixar as crianças tentarem adivinhar a quem pertence o nome. - O professor recolhe todos os crachás pega um e mostra. De quem vocês acham que é esse crachá, com que letra começa, com que letra termina. O dono não fala. Enfim pergunta para o dono é seu mesmo ? - Fazer isso com todos os nomes. Obs. Separar o nome dos meninos e das meninas. Misture os crachás, eles vão separar. 7- BINGO COM OS NOMES - Escreve na cartela o seu nome e o nome do colega de trás. Letras : Valor Sonoro Nome : Reconstrução do código 8- TRABALHO DOS NOMES EM DUPLA: - Escrever o próprio nome. - Contar quantas letras tem. - Qual é a lª letra ? - Qual é a última letra ? - Verificar se há letras que se repetem, quais - Comparar o seu nome com os colegas do grupo .
  4. 4. - Qual nome tem mais letras - Qual nome tem menos letras - Qual nome começa como o seu - Que letras aparecem no seu nome e no seu colega. 9 - SEPARAR OS CRACHÁS DOS MENINOS E MENINAS Misturar os crachás , depois as crianças vão separar meninos de meninas. 10- NOME OCULTO A professora vai escrevendo um nome no quadro, colocando 1 letra de cada vez e as crianças vão tentando descobrir de quem é o nome. Ex: O prof. Coloca a letra J , na sala tem , Patrícia, Paulo. Quando chegar na letra a o professor pode mudar, conforme a reação das crianças. 11- NOMES DE PERSONAGENS DE HISTÓRIAS Misturar cartões com os nomes dos personagens das histórias lidas e o nome das crianças para comparar. EX. Quais os nomes começam como o de Branca de Neve. Quais os nomes tem mais letras que o nome do Pinóquio. 12 – BOLICHE - Cada equipe fica encarregada de colar as letras em tantas garrafas. - Combinando que vão encher com água colorida ou areia. - Formam equipes (menino / menina) - Quem derrubar, vai dizer que letra que é, escreve no quadro a ou as letras. - Que letra é essa? Quem sabe para ajudar? Se não souber os colegas ajudam, que coisas começam com essa letra ? - Que coisas terminam com essas letras que foram derrubadas? - ( No final) Que letras não foram derrubadas? - Podem, das letras derrubadas ou não escolher letras e desenhar coisas, depois socializar. - TEXTO - VALOR SONORO. -Ex.: receita, música. -Entrego o texto, faz um suspense.. O que vocês acham que está escrito aí, tudo o que eles falarem vai colocando no quadro. -Depois vire e cante ou leia se for receita por que vocês acham que é receita? -Está escrito receita? -Com que letra começa a receita? -Com que letra termina a receita? -Pintar, riscar, assinalar as letras do seu nome, do colega, da mãe , do pai, tio, tia , avó, etc.. -Pinte as letras que você conhece. -Terminando: com que letra começa teu nome? Quantas vezes você pintou a letra L. coloca no quadro L=5, quem mais pintou a letra L? Quantas vezes? Só outro achou 7. como pode um ter achado 5 e outro 7, vamos conferir na 1ª linha tem L, coloca na frente, e na 2ª linha e arruma no final, ver qual letra aparece mais. - Escolher letras, desenhar coisas, contar que letras nós não pintamos. EX. V. porque não tem ou porque ninguém escolheu? - Ninguém escolheu mais tem no texto ? - Vamos contar quantas letras tem? 13- RECORTES No Valor Sonoro recortes apenas de letras. - Letra do seu nome, cole no caderno. - Letra do nome do colega,do pai, da mãe, irmão, etc...
  5. 5. - Recortar ou desenhar figuras de frutas, animais, etc..colocar a letra que começa. - EX.: TREM – que letra você pôs? Trem começa com essa letra? Tem mais alguém que recortou desenhos que começa com essa letra? ( eu bola) - Se a gente escrevesse com essa letra ficaria TOLA - Fazer a reflexão com os alunos A criança recorta figuras, troca e a outra criança coloca a inicial, depois devolve. A criança pensa duas vezes, pois escreve sobre o dela e depois na socialização pensa na do colega. ( na reconstrução escreve o nome do desenho). Cada criança pega um pedaço de jornal O que vocês acham que está escrito aí? Deixa eles falarem. Olhem para esse jornal. Nesse pedaço aparece a letra do seu nome ? Quantas vezes aparece? E a letra do fulano? 14 – CAÇA – PALAVRAS Com banco de palavras, atividade de leitura (visualização do desenho da palavra) No valor sonoro essa atividade ajuda pouco (fixação da palavra ) 15 – QUADRINHAS Do nível INTER I para frente, palavras que começam iguais e terminam iguais No NIVEL 2 tem que ter palavras com letras diferentes no início e no final para pensarem no som inicial e final. 16- LISTAS Na construção de uma lista, nunca pergunta com que letra começa, com que letra termina. Na Comparação, aí sim vai criar a consciência fonológica fazendo perguntas, ex: MELANCIA MAÇA Onde vocês acham que está escrito maça? Porque? Você acha isso? R: porque começa com M Mas e aqui ? ( MELANCIA ) Entregar lista: de alunos, de animais, levar mimeografada. Encontrar uma palavra que apresente o mesmo número de letras do seu nome. Tem letras do seu nome? Quais? Marque aí. Todos fazem isso. Para cada letra que você anotou, desenhe coisas. 17- PALAVRA CRUZADA Apresentar alguns desenhos com banco de dados Ex: desenho do BOLO e coloca abaixo quadrinhos da palavra e mais abaixo outras palavras que comecem com B e algumas que terminem também com O para a criança refletir sobre o meio da palavra. Questionar: o que vocês acham que é pra fazer aqui? Porque será que estas palavras estão separadas? A finalidade não é acertar e sim quebrarem a cabeça - Quem escolheu a 1ª ? Porque? E a 2ª ? vai se fazendo os questionamentos até chegar na palavra certa. RECONSTRUÇÃO DO CÓDIGO Quando as crianças estiverem SIL., INTER II e A., o aluno já conhece o código (letras), agora ele vai entender como funciona o código para poder escrever tal palavra ( organizar as letras para formar a palavra ) Tudo o que implica a organização , a ordenação da palavra é a reconstrução do código. Usar a letra cursiva quando toda a turma estiver alfabética em palavra, passar a atividade dos dois jeitos no quadro para ela escolher, mas em texto pedir para escrever em letra de forma. Quando for para manuscrita é preciso que a letra do professor seja legível, modelo de referência, traçado correto.
  6. 6. CONTEÚDOS A SEREM EXPLORADOS - Alfabeto móvel - Escrita do seu nome, dos colegas, etc... - Caixa surpresa, adivinhações - Oralidade: relatar experiências pessoais, histórias familiares, brincadeiras, acontecimentos, textos ouvidos, programas de TV, filmes, passeios, etc... - Reprodução de pequenos textos através de desenhos e da escrita. - Leitura: ilustrar e dramatizar pequenos textos, livros infantis, lidos por eles mesmos, pelo professor ou pelos colegas. - Produção de textos coletivos - Apresentação dentro do texto: paragrafação, pontuação, ortografia, acentuação (substantivos:gênero (masculino e feminino), Número:(singular e plural) e grau (aumentativo e diminutivo) - Acróstico SUGESTÕES DE ATIVIDADES DE ESCRITA E LEITURA. 1 - Encontrar onde estão escritas determinadas palavras e explicar como descobriu. - O que você conseguiu ler aí. - Como você conseguiu descobrir. - Quais as letras que tem nessa palavra. 2 – Descobrir respostas de charadas para completar a cruzadinha ou cruzadinha sem banco de palavras ou cruzadinha sem figuras e o banco de palavras com 4, 5 ou 6 letras. Várias palavras, no mínimo 4, com o mesmo número de letras. Qual palavra você escolheu? E você ? ( registra no quadro ) 3 – CARTA ENIGMÁTICA Qual comida você mais gosta Escreva com desenhos e dê para o colega descobrir. 4 – TIRA COM 6 QUADRINHOS B E A BANANA BONECA BEXIGA 5 – CAIXINHA DE FÓSFORO Figuras na tampa com letras da figura para montar; ou sem figuras, só com letras; ou sem figuras sobrando letras; ou sem figuras, faltando letras; ou uma porção de letras na caixinha e em grupo eles vão tentar montar o maior número de palavras com as letras. Depois de cada variação. O que vocês escreveram ? O professor faz listas no quadro. 1º Montar a palavra da figura 2º Tirar o desenho, só deixar as letras 3º Tirar o desenho, faltando letra, descobrir o que falta e fazer a letra que falta. 4º Tirar o desenho, sobrando letra descobrir que letra está sobrando. 5º Com as letrinhas das caixinhas montar o maior número de palavras possíveis. Que letras eu preciso para escrever Que letras eu uso para escrever Socialização : Que letras estão faltando?
  7. 7. Que letras estão sobrando? Que letras eu preciso colocar e onde? 6 – LISTAGEM Na Reconstrução do Código o professor vai fazer interferência de como escreve determinadas palavras . Como escreve carrinho? Que letra vai? O que falta? Que letra tenho que por Que letra tenho que trocar. 7 – BINGO - Na formação de listas (ex: animais) que letras eu uso para escrever TARTARUGA? - Na cartela colocariam palavras - No final escolheriam uma palavra para formarem outras palavras. Ex.: T A R T A R U G A O I C O A 8- TEXTO LACUNADO - LEITURA 9- CARTA ENIGMÁTICA - LEITURA 10- RECORTE DE FIGURAS Recorta e escreve o nome das figuras ( palavras) A criança vai para o quadro e escreve MAMAO Mais alguém escreveu MAMAO ? Socializar: lê que letra está faltando? Onde eu ponho? Se no final não chegou na palavra certa, informar: só que tem um jeito de escrever arruma ( informar a questão ortográfica. Ex: KAXORRO – CACHORRO .) Depois: De todas essas palavras escolha uma outra e escreva uma outra palavra para cada letra . Pegar o alfabeto móvel e escrever mais palavras usando só essas letras. 11- TEXTO – LEITURA Pinte as palavras que você conhece no texto Na 1ª linha o que vocês conseguiram Ler? E na 2ª linha? Quando pintar letras, cada criança pintará uma letra ex: pense numa letra, marque no cantinho e pinte-a ( a diversidade é que enriquece) ALFABÉTICOS ( em palavras) Pra que a criança fique alfabética em texto nós precisamos usar todo tipo de texto presente em sua vida. (leitura) Priorizar estratégias de leitura: LIVRO ALP 1- Leitura interrompida
  8. 8. 2- Completar lacunas 3- Palavras / frases / trechos que não pertencem ao texto 4- Encaixe de palavras / frases / trechos 5- Perguntas antecedendo a leitura 6- Correspondência título – texto 7- Correspondência manchete – notícia 8- Correspondência ilustração – conteúdo 9- Correspondência trecho – texto 10- Correspondência trecho - livro 11- Textos manchados ou apagados 12- Falso ou verdadeiro 13- Seqüênciar partes de textos 14- Classificação Produção de texto O professor deve : - ter clareza da finalidade da produção de texto: - sobre o que nós vamos escrever (assunto) - porque ou para que? (Intenção) - para quem? - considerando tudo isso, que tipo de texto vamos produzir. - oferecer informações necessárias sobre o assunto e o tipo de texto a ser produzido. - Investir na necessidade de aprendizagem da criança. - Definir critérios de revisão para a avaliar , corrigir o escrito. - Orientar quanto a produção do pré - texto, do texto e da escrita. - Oferecer textos de qualidade. O aluno tem que : - Compreender para que, para quem, sobre o que e como será a produção. - Coletar informações necessárias para a produção de texto. - Escrever ao pré - texto, o texto e fazer reescritas e passar a limpo (edição, cartaz, panfletos , cartas ...) Ex: cachorro sumiu, escrever um anúncio no jornal ou cartaz (discutir visual, tamanho da letra. Se tem desenho ou não) As crianças têm que estar agrupadas para realizar todos os passos acima, depois fazer feita a 1ª produção. Em seguida fazer a reescrita (esse momento tem que estar incorporado à pratica de produção) Quando estiverem com textos NA ou PA, todos lêem seus textos para a sala para depois reescreverem ( não precisam ler todos em um dia só, pode ser e, 2 ou 3 dias), retoma a mesma dupla ou trio para reescrever. ( intervenção do professor somente na reescrita, enquanto o grupo pensa o professor passa nos grupos só dando alguns toques). A reescrita serve para melhorar o conteúdo (idéias) e organiza a estrutura do texto. Texto Coletivo Mesma preparação só que na produção, fazemos juntos, eles vão falando e o professor registrando do jeito que eles falaram. (se teve uma parada, o professor faz uma pergunta para provocar) Quando terminar, ler e dizer: vamos reescrever para ficar mais claro? Texto longo o professor passa no stêncil e cada um roda sua cópia e cola no caderno. Se for pequeno o aluno pode copiar. Leitura :
  9. 9. coletiva e jogralizada:desenvolve rítimo,entonação,fluência,utilizar textos já conhecidos.ex: parlendas,poesias,músicas, advinhas...Etc. Individual em voz alta: é um conteúdo procedimental, não ensinar para criança que não tem fluência na leitura.É uma atividade de aprendizado “só de postura” serve para verificar se o aluno lê e como lê. Produção de texto: Se não for para a reescrita não dê. A reescrita serve para arrumar o texto. Coletiva: Aprende como se faz. Individual: Serve para avaliar. Em duplas e trios: de aprendizado também.

×