A joaninha diferente

794 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
794
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
51
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A joaninha diferente

  1. 1. A JOANINHA DIFERENTE f/ u q Eunice Braíido Ilustrações: Míngo c Maria Donízzfe
  2. 2. I _ F _ _ _ _ _ . - ' ' ' ' ' _ - _ ' - . ' ' ' ' ' ' ~ ~ . . _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ . . - - - -. _ fê” PETIPOÁ VIVIA DESCONTENTE. NÃO TINHA NENHUMA PINTINHA, APESAR DE . TÁ SER ADOLESCENTE!
  3. 3. A MÃE DIZIA: - CALMA. MINHA FILHA! NEM TODOS sÃo IGUAIS DENTRO DE UMA FAMÍLIA. l, ' À; ¡
  4. 4. Z--Í-í-V . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... -. .ga - VEJA As SUAS PRIMAS. UMAs sÃo AMARELADAS, OUTRAS, VERMELHAS. E HÁ ATÉ As ALARANJADAS!
  5. 5. E¡ ---------------------------------------------- _. MAs o QUE NENHUMA TINHA ERA A FALTA DE PINTINHAs. E COMO RIAM DE POÁ, As PEQUENAS MALVADINHAS.
  6. 6. E PARA Os RAPAZES, ENTÃO? SEM DÚVIDA, As MAIs BoNITAs ERAM As QUE POSSUÍAM o MAIOR NÚMERO DE PINTAS. f' x
  7. 7. +5 . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... 1A POÁ FIcAvA CADA VEZ MAIs ISOLADA. sENTIA-sE REJEITADA E PRA FAZER NÃO TINHA NADA!
  8. 8. .. ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. -. É FOI BEM NEssA ÉPOCA QUE UMA FRAGA ATAcOU A PLANTAÇÃO. E A vILA DE JOANINHAs FOI INvADIDA POR UMA VERDADEIRA MULTIDÃO.
  9. 9. "Q ------------------------------------------------ -. ERA PULGÃO QUE NÃO ACABAVA MAIs. DESTRUÍAM TUDO, DEvoRANDO TODOs OS TIPOS DE VEGETAIS.
  10. 10. _ _ _ . . - - ' ' ' - - ' - - . . . Q - - _ - - . _ - E ' ' ' - - - . . _ . _ . . . - - ' ' ' ' ' "t IMEDIATAMENTE, Os RAPAzEs RECEBERAM UMA CONVOCAÇÃO, DEvERIAM IR à GUERRA PARA sALvAR A PLANTAçÃO.
  11. 11. «g . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. 1- AS MULHERES FICARIAM EM CASA PARA CUIDAR DAS LARVINHAS. E, NUMA BRIGA, PODERIAM ARRANHAR AS SUAS PINTINHAS.
  12. 12. . _ . - ' ' ' _ - ' - - _ - _ E ' * - - _ - _ »QQ _ _ _ _ _ . - - ' ' ' - - . . _ _ _ _ _ . - T ' ' "1u MAS PETIPOÁ REsOLvEU SE ALISTAR: - NÃO TENHO MEDO DE ARRANHÃO E MUITO MENOS DE PULGÃO!
  13. 13. 'b AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA -- E NÃO E QUE ELA PROvOU TER MUITA VALENTIA! SOzINHA, POÁ DAvA CABO DE CENTENAS DE PULGÕES POR DIA.
  14. 14. , . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. -. g PELA SUA BRAVURA, AO FINAL DE CADA BATALHA, ELA ERA CONDECORADA COM UMA HONROSA MEDALHA.
  15. 15. «g . ... ... . -O ------------------------------- -- COMO HEROÍNA PARA CASA POÁ vOLTOU. E vEIO COBERTA DE vALOROSAS “PINTAS” QUE BRAvAMENTE ELA CONQUISTOU. ..

×