A arte no período Neolítico.

4.745 visualizações

Publicada em

A arte no período Neolítico.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.745
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A arte no período Neolítico.

  1. 1. Arte no Período Neolítico
  2. 2. O Período Neolítico, também conhecido por Idade da Pedra Polida (aproximadamente entre 12000 a.C. e 4000 a.C.) teve início com a chamada Revolução Neolítica, era fundamental na história que, no Médio Oriente, teve início há cerca de 10.000 anos, quando o homem começa com êxito domesticar animais e dar os seus primeiros passos na agricultura.
  3. 3. • A partir desse momento, o homem aprende a assegurar a sua alimentação pelo próprio trabalho e passa a se fixar nas terras, formando as primeiras aldeias. Ao retirar seus alimentos do solo, o homens da idade da pedra polida sentem a necessidade de fixar-se na terra, construindo casas e, assim, constituindo-se nos primeiros arquitetos da história da humanidade, fazendo surgir, então, a produção de cerâmica, a fiação e a tecelagem, assim como métodos básicos da construção em madeira, tijolo e pedra.
  4. 4. Começou neste período, as imponentes estruturas megalíticas - construções feitas com grandes pedras monolíticas, relacionadas com o culto dos mortos ou com objetivos religiosos do homem. Os monumentos megalíticos, construídos sobre blocos de pedra monumentais e verticais (do grego mega, megalos, grande, e lithos, pedra), com fins simbólicos e religiosos, mas principalmente funerários. Um exemplo desta construção é o Santuário de Stonehenge, na Inglaterra, uma das primeiras obras arquitetônicas da história – um imenso círculo de pedras, com dois outros círculos interiores a ele, voltados para o ponto onde nasce o sol. Os monumentos mais importantes e característicos da arquitetura neolítica foram as construções palafíticas e as megalíticas.
  5. 5. As construções palafíticas são habitações rústicas de madeira, reunidas em verdadeiras cidades erguidas sobre pilotis, estacas resistentes e profundamente enterradas no fundo dos lagos ou às margens de rios, em várias regiões da terra. Os monumentos megalíticos são enormes construções de pedra toscamente lavrada, que assumem formas e disposições diversas e recebem denominações de menir, alinhamento, cromleques e dolmen. Esse desenvolvimento marcante da humanidade que propiciou o nascimento de instituições como a família, também marca uma o tempo da divisão das tarefas dentro das famílias e o fortalecimento dos ritos religiosos. Com os rituais religiosos substituindo a magia, a constatação de que forças sobrenaturais regem o comportamento da natureza, a percepção de que as mudanças climáticas influem no cultivo da terra, o homem institui os cultos, a adoração aos ídolos, amuletos e símbolos sagrados, que podem ser invocados nos momentos mais difíceis.
  6. 6. Assim, os homens assumem as funções mágicas e sacerdotais – arte sagrada - e as mulheres as tarefas artesanais, ou arte profana. Justamente nesta época o homem atingiu um importante grau de desenvolvimento e estabilidade. Com a sedentarização, a criação de animais e a agricultura em pleno desenvolvimento, as comunidades puderam trilhar novos caminhos. Um avanço importante foi o desenvolvimento da metalurgia. Criando objetos de metais, tais como, lanças, ferramentas e machados, os homens puderam caçar melhor e produzir com mais qualidade e rapidez. A produção de excedentes agrícolas e sua armazenagem, garantiam o alimento necessário para os momentos de seca ou inundações. Com mais alimentos, as comunidades foram crescendo e logo surgiu a necessidade de trocas com outras comunidades. Foi nesta época que ocorreu um intenso intercâmbio entre vilas e pequenas cidades. A divisão de trabalho, dentro destas comunidades, aumentou ainda mais, dando origem ao trabalhador especializado. Neste período, o homem deixa a organização primária de bandos errantes de caçadores para
  7. 7. A arte A Arte no Período Neolítico, de um modo geral, e de acordo com os achados arqueológicos, teve sua produção artística caracterizada pelo surgimento de parâmetros geométricos, relacionada a uma suposta evolução dos padrões naturalistas-realistas para um abstracionismo na representação das formas. Mas os achados que têm sido feitos, pouco nos dizem da evolução da mentalidade do Homem neolítico e das suas motivações artísticas. Isto não significa que haja uma produção de peças em quantidade reduzida, mas que talvez estas sejam feitas em materiais frágeis, como a madeira, e que não tenham resistido ao tempo. No Neolítico decrescem as atividades dos escultores e pintores, desenvolvendo-se bastante as atividades dos ceramistas.. A ARTE NO NEOLÍTICO
  8. 8. Agora, o escultor sabe cozinhar a argila, surgindo os vasos com motivos geométricos. Os escultores depois de executarem com esmero o trabalho de lascar a pedra, poliam-na com atrito sobre uma camada de areia molhada, contra pedras mais resistentes. O trabalho de polimento assume escala industrial com a produção em série de facas, raspadores, machados e ponta de flechas, que seriam comercializados, trocados por outros artefatos ou produtos naturais. A pintura no Neolítico torna-se mais decorativa. Observa-se uma completa revolução estilística, a primeira verificada na arte, onde os pintores abandonam o realismo figurativo do paleolítico e tendem agora a simplificar, esquematizar, geometrizar, substituindo, muitas vezes, as imagens visuais por símbolos e signos. Chegam, destarte, às formas abstratas. O Neolítico, pelo fato de ter sido o último período pré-histórico, terminou com o surgimento da escrita. A transição do Neolítico para a Idade dos Metais (Idade do Bronze e Idade do Ferro) caracterizou a transição da Pré-História para a História

×