Dialectos De Lgp

390 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
390
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dialectos De Lgp

  1. 1. Introdução: <br />No âmbito da Unidade Curricular: Introdução aos Estudos Linguísticos, foi-nos proposto um trabalho. Este trabalho pretende que nos debrucemos sobre a temática dos dialectos existentes na Língua Gestual Portuguesa (LGP). <br />Foi-nos pedido duas actividades, em grupo, sendo: Actividade 5 e Actividade 6.<br />Desenvolvimento:<br />A LGP é a língua utilizada pela Comunidade Surda Portuguesa. Tal como acontece com a Língua Portuguesa, a LGP não é ”falada” de forma igual em todo o país. Em algumas regiões de Portugal, as Pessoas Surdas pertencentes a essa Comunidade foram criando gestos/sígnias características.<br />Em Portugal, as principais regiões dialectais de LGP encontram-se em Lisboa, no Porto, em Coimbra, em S. Miguel (Açores) e no Funchal (Madeira).<br />Porquê nestas regiões? A resposta é simples.<br />Devido ao facto de ter sido em Lisboa, Porto, Madeira, Açores e Coimbra que surgiram os primeiros Colégios / Institutos para Surdos em Portugal. <br />Em cada um destes Colégios / Institutos o ensino funcionava em regime de internato e apesar da LGP ser proibida, os alunos Surdos interagiam às escondidas e desenvolviam a LGP existente, criando as suas próprias sígnias. Como não existia contacto entre os Surdos dos diferentes Colégios / Institutos, não existia intercâmbio de LGP. <br />Quando os alunos completavam a sua instrução regressavam ao seu local de origem e só aí divulgavam os gestos adquiridos/criados em cada Colégio / Instituto. No entanto, é importante referir também que muitos dessas sígnias sofreram variações linguísticas.<br />Metodologia:<br />Para este trabalho, escolhemos 20 sígnias - corpus (dialectais de LGP), estes gestos variam consoante a região em que nos encontramos. <br />Estes gestos designam a mesma palavra do corpus e descrevemo-los de seguida: <br /><ul><li>LisboaPortoCoimbraMadeiraAçoresÁguaXPortuguêsXXXTáxiXMãeXXXAmareloXXXVerdeXXXHospitalXXPraticaXMoradaXRioXProfessorXXXXAlemanhaXLisboaXXXXAzulXXQueixaXFevereiroXXSábadoXXFigueira da FozXCiênciasX
  2. 2. x- sígnia representativa da região e reproduzida em vídeo</li></ul>Conclusão:<br />Este trabalho foi para nós bastante enriquecedor, na medida em que através da curta investigação que realizamos, nos possibilitou reflectir sobre os vários dialectos existentes no nosso país. <br />Reparamos que as sígnias dialectais estão a “desaparecer”: os profissionais de LGP, formados em instituições de investigação de LGP, são destacados como Formadores de LGP em escolas onde as crianças e os jovens Surdos de várias regiões aprendem a LGP, e participam em vários encontros de actividades com associações de Surdos, recebendo a influência dos profissionais de LGP que, contudo, não (re)conhecem as sígnias dialectais. <br />

×