SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
Eu sou        Sou um ser especial
Down!      tenho muito a te ensinar
            sobre o verdadeiro amar
            aqui nesta esfera mortal

           Sou diferente da maioria
            não sei mentir ou fingir
           o que sei mesmo é sorrir
           e espalhar minha alegria

          Vim ao mundo pra ensinar
          mais do que para aprender
          ensinar a você como amar

         Os seus preconceitos vencer
             as diferenças aceitar
          e ao Pai Celeste bendizer.
                   Jorge Linhaça
O que é?



             A Síndrome de Down,ou também
             conhecida como Trissomia 21 é
           uma alteração genética, que ocorre
              durante a formação do feto. O
            indivíduo com Síndrome de Down
           possui 47 cromossomos (e não 46),
            sendo o cromossomo extra ligado
               ao par 21. . Para confirmar o
           diagnóstico de síndrome de Down é
               necessário fazer um exame
               genético, chamado cariótipo.
De uma forma geral a síndrome de
Down é um acidente genético, sobre o qual
ninguém tem controle. Por muito tempo a SD
ficou conhecida como mongolismo, pois esse
termo era empregado devido aos portadores da
síndrome ter pregas no canto dos olhos que
lembram as pessoas de raça mongólica
(amarela), porém nos dias atuais esse termo
não é mais utilizado, é tido como pejorativo e
preconceituoso
         No início da gestação já está
determinado que a criança tem Síndrome e já
existem exames pré-natais capaz de identificar
a anomalia
A Síndrome de Down é essencialmente um atraso nas funções motoras e mentais.


  Eles nascem, molinho,                        Mas com o tempo, podem
    com dificuldade de                           melhorar bastante!
   sustentar a cabeça,
  engatinhar, caminhar ,
          falar.
Hipotonia
   Como                              Abertura das pálpebras
identificá-los                       inclinada com a parte
                                     externa mais elevada.
                 Comprometimento
                    Intelectual
                                                    Língua
                          Prega da pálpebra      protusa (para
                           no canto interno      fora da boca)
                          dos olhos como os
                              japoneses
                                                    Mãos largas,
                        Prega única na              dedos curtos
                       palma das mãos
Cardiopatias          problemas que podem ter , junto        Complicações
 congênitas           com a Síndrome, dependendo do          Respiratórias
                                   caso
                                                            Problemas
                                                            Auditivos
  Problemas visuais

                                                             Outros
                                                        Leucemia, doença
                                                         de Alzheimer e,
                                                          nas crianças
    Problemas da                                        pequenas, refluxo
       Tiróide                                          gastro-esofágico.
                                                            autismo
Uma das maiores
        dificuldades que eles
       enfrentam é o atraso na
          aquisição da fala.




Mesmo com ajuda de fonoaudiólogo, o
Down demora bastante para poder
articular bem as palavras. É necessário
muito exercício.O Down se comunica
muito por gestos e expressões afetivas.
Mas com a estimulação
                              precoce, pode melhorar o
  Não existe cura para a
                              desenvolvimento motor e
Síndrome de Down, pois é
                            intelectual.Mas precisa iniciar
uma alteração nas células
                             cedo, pois mais tarde não há
                              provas de que seja eficaz.
Existem muitas variações
 no grau da doença tanto
nos sinais clínicos, quanto
   no desenvolvimento.
Alguns situam-se no nível
severo de déficit cognitivo,
    outros próximo da
 deficiência mental leve.
     Isso interfere no
    desenvolvimento e
    adaptação social.
O Down e a Sexualidade

O Jovem com Síndrome de Down tem um desenvolvimento afetivo parecido
com uma pessoa normal , mas ao se falar em casamento, deve-se considerar o
fato de que eles têm dificuldade em assumir uma família e administrar seus
bens, além de que há o alto risco de gerarem filhos também com Síndrome.



                             As mulheres com a deficiência podem gerar
                             filhos(algumas são consideradas subférteis), no
                             entanto, até o momento não está comprovado
                             que o homem tenha fertilidade.
Legislação

        O Brasil tem um conjunto de normas que garantem
proteção absoluta para quem tem Síndrome de Down:
direito à educação e oportunidades de desenvolvimento
iguais.
        Dia 21 de março, é celebrado o Dia Internacional da
Síndrome de Down. A data foi escolhida pela Associação
Down Syndrome International em alusão aos 3
cromossomos no par de número 21 (21/3),
Equipe:
 Milena
 Evandro
 Daiane
 Camila
 Bruno
 Emanuelson

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

0520 incapacidades - Daniela
0520 incapacidades - Daniela0520 incapacidades - Daniela
0520 incapacidades - Danielalaiscarlini
 
Síndrome de williams - Seminário de Biologia Celular e Molecular
Síndrome de williams - Seminário de Biologia Celular e MolecularSíndrome de williams - Seminário de Biologia Celular e Molecular
Síndrome de williams - Seminário de Biologia Celular e MolecularPHenrique23
 
Trissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociais
Trissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociaisTrissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociais
Trissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociaisjoanadebarros
 
Trabalho de biologia
Trabalho de biologiaTrabalho de biologia
Trabalho de biologiaRCCVilhena
 
Ser diferente é normal
Ser diferente  é normalSer diferente  é normal
Ser diferente é normalSuzana Duraes
 
Síndrome do x frágil 2° atividade
Síndrome do x frágil 2° atividadeSíndrome do x frágil 2° atividade
Síndrome do x frágil 2° atividadeorlandobz
 
Musica e inclusao
Musica e inclusaoMusica e inclusao
Musica e inclusaoElis Santos
 
Deficiência visual e auditiva
Deficiência visual e auditivaDeficiência visual e auditiva
Deficiência visual e auditivaDaiana de Ávila
 
Síndrome de down - Seminário de Biologia Celular e Molecular
Síndrome de down - Seminário de Biologia Celular e MolecularSíndrome de down - Seminário de Biologia Celular e Molecular
Síndrome de down - Seminário de Biologia Celular e MolecularPHenrique23
 
Relatório sindrome de down
Relatório sindrome de down Relatório sindrome de down
Relatório sindrome de down Victor Said
 
14 afirmações sobre a síndrome de down
14 afirmações sobre a síndrome de down14 afirmações sobre a síndrome de down
14 afirmações sobre a síndrome de downRaquel Freitas
 

Mais procurados (20)

Síndrome de Down
Síndrome de DownSíndrome de Down
Síndrome de Down
 
Sindrome williams
Sindrome williamsSindrome williams
Sindrome williams
 
0520 incapacidades - Daniela
0520 incapacidades - Daniela0520 incapacidades - Daniela
0520 incapacidades - Daniela
 
Síndrome de williams - Seminário de Biologia Celular e Molecular
Síndrome de williams - Seminário de Biologia Celular e MolecularSíndrome de williams - Seminário de Biologia Celular e Molecular
Síndrome de williams - Seminário de Biologia Celular e Molecular
 
Trissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociais
Trissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociaisTrissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociais
Trissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociais
 
Deficiências
DeficiênciasDeficiências
Deficiências
 
Sindrome De Down
Sindrome De DownSindrome De Down
Sindrome De Down
 
Dislexia
DislexiaDislexia
Dislexia
 
Síndrome de Down
Síndrome de DownSíndrome de Down
Síndrome de Down
 
Trabalho de biologia
Trabalho de biologiaTrabalho de biologia
Trabalho de biologia
 
Ser diferente é normal
Ser diferente  é normalSer diferente  é normal
Ser diferente é normal
 
Síndrome do x frágil 2° atividade
Síndrome do x frágil 2° atividadeSíndrome do x frágil 2° atividade
Síndrome do x frágil 2° atividade
 
Síndrome do x frágil
Síndrome do x frágilSíndrome do x frágil
Síndrome do x frágil
 
Musica e inclusao
Musica e inclusaoMusica e inclusao
Musica e inclusao
 
Sindrome de-down (1)
Sindrome de-down (1)Sindrome de-down (1)
Sindrome de-down (1)
 
Deficiência visual e auditiva
Deficiência visual e auditivaDeficiência visual e auditiva
Deficiência visual e auditiva
 
Síndrome de down - Seminário de Biologia Celular e Molecular
Síndrome de down - Seminário de Biologia Celular e MolecularSíndrome de down - Seminário de Biologia Celular e Molecular
Síndrome de down - Seminário de Biologia Celular e Molecular
 
Sindrome x fragil
Sindrome x fragilSindrome x fragil
Sindrome x fragil
 
Relatório sindrome de down
Relatório sindrome de down Relatório sindrome de down
Relatório sindrome de down
 
14 afirmações sobre a síndrome de down
14 afirmações sobre a síndrome de down14 afirmações sobre a síndrome de down
14 afirmações sobre a síndrome de down
 

Destaque

Destaque (20)

Linguagem c
Linguagem cLinguagem c
Linguagem c
 
S2 b desenvolvimento de sistemas [reparado]
S2 b   desenvolvimento de sistemas [reparado]S2 b   desenvolvimento de sistemas [reparado]
S2 b desenvolvimento de sistemas [reparado]
 
Monteiro lobato
Monteiro lobato Monteiro lobato
Monteiro lobato
 
Biologia desmatamento
Biologia desmatamentoBiologia desmatamento
Biologia desmatamento
 
Monteiro lobato
Monteiro lobato Monteiro lobato
Monteiro lobato
 
Juscelino Kubitschek plano de metas
Juscelino Kubitschek plano de metasJuscelino Kubitschek plano de metas
Juscelino Kubitschek plano de metas
 
Postura profissional
Postura profissionalPostura profissional
Postura profissional
 
Framework Entities - Dissertação
Framework Entities - DissertaçãoFramework Entities - Dissertação
Framework Entities - Dissertação
 
Síndrome de Down
Síndrome de DownSíndrome de Down
Síndrome de Down
 
Síndrome de down
Síndrome de downSíndrome de down
Síndrome de down
 
Diapositivas Sindrome de down
Diapositivas Sindrome de downDiapositivas Sindrome de down
Diapositivas Sindrome de down
 
Sindrome de Down
Sindrome de DownSindrome de Down
Sindrome de Down
 
Síndrome de down power point
Síndrome de down power pointSíndrome de down power point
Síndrome de down power point
 
Tesla2008 spanisch
Tesla2008 spanischTesla2008 spanisch
Tesla2008 spanisch
 
Parceiro vazquez bloque_5
Parceiro vazquez  bloque_5Parceiro vazquez  bloque_5
Parceiro vazquez bloque_5
 
Elaboracion de la_leche_en_polvo
Elaboracion de la_leche_en_polvoElaboracion de la_leche_en_polvo
Elaboracion de la_leche_en_polvo
 
Passagem de ano 2011 2012
Passagem de ano 2011 2012Passagem de ano 2011 2012
Passagem de ano 2011 2012
 
A minha localidade
A minha localidadeA minha localidade
A minha localidade
 
The magic cat_eye
The magic cat_eyeThe magic cat_eye
The magic cat_eye
 
Indice
IndiceIndice
Indice
 

Semelhante a Síndrome de Down: características e desafios

Sindromedown Grupo F Rs 01
Sindromedown Grupo F Rs 01Sindromedown Grupo F Rs 01
Sindromedown Grupo F Rs 01marlidf
 
Síndrome cri - du - chat
 Síndrome  cri - du - chat Síndrome  cri - du - chat
Síndrome cri - du - chatJessica Oyie
 
Aula educação inclusiva na psicopedagogia
Aula educação inclusiva na psicopedagogiaAula educação inclusiva na psicopedagogia
Aula educação inclusiva na psicopedagogiatherezasophia
 
Síndrome de Down - Revisão
Síndrome de Down - RevisãoSíndrome de Down - Revisão
Síndrome de Down - RevisãoFisioterapeuta
 
Slide -Sindrome de Down
Slide -Sindrome de DownSlide -Sindrome de Down
Slide -Sindrome de DownEugenionem
 
[c7s] Desvendando doenças
[c7s] Desvendando doenças [c7s] Desvendando doenças
[c7s] Desvendando doenças 7 de Setembro
 
A dislexia e as dificuldades de disléxicos
A dislexia e as dificuldades de disléxicosA dislexia e as dificuldades de disléxicos
A dislexia e as dificuldades de disléxicosSimoneHelenDrumond
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalholuisvpr
 
Informações sobre Autismo
Informações sobre AutismoInformações sobre Autismo
Informações sobre AutismoTathiane Cuesta
 
Cartilhas de Saúde Movimento Down
Cartilhas de Saúde Movimento DownCartilhas de Saúde Movimento Down
Cartilhas de Saúde Movimento DownAndreia Andrade
 
Síndrome de DOWN - guia de orientação e comunicação
Síndrome de DOWN - guia de orientação e comunicaçãoSíndrome de DOWN - guia de orientação e comunicação
Síndrome de DOWN - guia de orientação e comunicaçãoProf. Marcus Renato de Carvalho
 
EDUCAÇÃO INCLUSIVA - deficiencias .pptx
EDUCAÇÃO INCLUSIVA - deficiencias .pptxEDUCAÇÃO INCLUSIVA - deficiencias .pptx
EDUCAÇÃO INCLUSIVA - deficiencias .pptxaurelina3
 
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL DIVERSIDADE
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL DIVERSIDADETRABALHO COLABORATIVO AUTORAL DIVERSIDADE
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL DIVERSIDADECarla Fernandes
 

Semelhante a Síndrome de Down: características e desafios (20)

Sindromedown Grupo F Rs 01
Sindromedown Grupo F Rs 01Sindromedown Grupo F Rs 01
Sindromedown Grupo F Rs 01
 
Síndrome cri - du - chat
 Síndrome  cri - du - chat Síndrome  cri - du - chat
Síndrome cri - du - chat
 
Ser down e por que
Ser down e por queSer down e por que
Ser down e por que
 
Sindrome de-down everton
Sindrome de-down evertonSindrome de-down everton
Sindrome de-down everton
 
Aula educação inclusiva na psicopedagogia
Aula educação inclusiva na psicopedagogiaAula educação inclusiva na psicopedagogia
Aula educação inclusiva na psicopedagogia
 
Síndrome de Down - Revisão
Síndrome de Down - RevisãoSíndrome de Down - Revisão
Síndrome de Down - Revisão
 
Slide -Sindrome de Down
Slide -Sindrome de DownSlide -Sindrome de Down
Slide -Sindrome de Down
 
TCC
TCCTCC
TCC
 
[c7s] Desvendando doenças
[c7s] Desvendando doenças [c7s] Desvendando doenças
[c7s] Desvendando doenças
 
Educação Inclusiva
Educação InclusivaEducação Inclusiva
Educação Inclusiva
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
A dislexia e as dificuldades de disléxicos
A dislexia e as dificuldades de disléxicosA dislexia e as dificuldades de disléxicos
A dislexia e as dificuldades de disléxicos
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Sídroma de down
Sídroma de downSídroma de down
Sídroma de down
 
Informações sobre Autismo
Informações sobre AutismoInformações sobre Autismo
Informações sobre Autismo
 
Cartilhas de Saúde Movimento Down
Cartilhas de Saúde Movimento DownCartilhas de Saúde Movimento Down
Cartilhas de Saúde Movimento Down
 
Síndrome de DOWN - guia de orientação e comunicação
Síndrome de DOWN - guia de orientação e comunicaçãoSíndrome de DOWN - guia de orientação e comunicação
Síndrome de DOWN - guia de orientação e comunicação
 
Trablho do 5.ºc menu juvenil 2
Trablho do 5.ºc menu juvenil 2Trablho do 5.ºc menu juvenil 2
Trablho do 5.ºc menu juvenil 2
 
EDUCAÇÃO INCLUSIVA - deficiencias .pptx
EDUCAÇÃO INCLUSIVA - deficiencias .pptxEDUCAÇÃO INCLUSIVA - deficiencias .pptx
EDUCAÇÃO INCLUSIVA - deficiencias .pptx
 
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL DIVERSIDADE
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL DIVERSIDADETRABALHO COLABORATIVO AUTORAL DIVERSIDADE
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL DIVERSIDADE
 

Mais de Milena Rebouças

Mais de Milena Rebouças (7)

Software livre
Software livre Software livre
Software livre
 
ORGÃO QUE TRABALHAM COM DEFICIENTES
ORGÃO QUE TRABALHAM COM DEFICIENTESORGÃO QUE TRABALHAM COM DEFICIENTES
ORGÃO QUE TRABALHAM COM DEFICIENTES
 
dia das bruxas
dia das bruxasdia das bruxas
dia das bruxas
 
Triste fim policarpo
Triste fim policarpoTriste fim policarpo
Triste fim policarpo
 
Apresentaçaõ de redes atual
Apresentaçaõ de redes atualApresentaçaõ de redes atual
Apresentaçaõ de redes atual
 
Android
AndroidAndroid
Android
 
Capitalismo comercial
Capitalismo comercialCapitalismo comercial
Capitalismo comercial
 

Último

Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 

Último (20)

Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 

Síndrome de Down: características e desafios

  • 1.
  • 2. Eu sou Sou um ser especial Down! tenho muito a te ensinar sobre o verdadeiro amar aqui nesta esfera mortal Sou diferente da maioria não sei mentir ou fingir o que sei mesmo é sorrir e espalhar minha alegria Vim ao mundo pra ensinar mais do que para aprender ensinar a você como amar Os seus preconceitos vencer as diferenças aceitar e ao Pai Celeste bendizer. Jorge Linhaça
  • 3. O que é? A Síndrome de Down,ou também conhecida como Trissomia 21 é uma alteração genética, que ocorre durante a formação do feto. O indivíduo com Síndrome de Down possui 47 cromossomos (e não 46), sendo o cromossomo extra ligado ao par 21. . Para confirmar o diagnóstico de síndrome de Down é necessário fazer um exame genético, chamado cariótipo.
  • 4.
  • 5. De uma forma geral a síndrome de Down é um acidente genético, sobre o qual ninguém tem controle. Por muito tempo a SD ficou conhecida como mongolismo, pois esse termo era empregado devido aos portadores da síndrome ter pregas no canto dos olhos que lembram as pessoas de raça mongólica (amarela), porém nos dias atuais esse termo não é mais utilizado, é tido como pejorativo e preconceituoso No início da gestação já está determinado que a criança tem Síndrome e já existem exames pré-natais capaz de identificar a anomalia
  • 6. A Síndrome de Down é essencialmente um atraso nas funções motoras e mentais. Eles nascem, molinho, Mas com o tempo, podem com dificuldade de melhorar bastante! sustentar a cabeça, engatinhar, caminhar , falar.
  • 7. Hipotonia Como Abertura das pálpebras identificá-los inclinada com a parte externa mais elevada. Comprometimento Intelectual Língua Prega da pálpebra protusa (para no canto interno fora da boca) dos olhos como os japoneses Mãos largas, Prega única na dedos curtos palma das mãos
  • 8. Cardiopatias problemas que podem ter , junto Complicações congênitas com a Síndrome, dependendo do Respiratórias caso Problemas Auditivos Problemas visuais Outros Leucemia, doença de Alzheimer e, nas crianças Problemas da pequenas, refluxo Tiróide gastro-esofágico. autismo
  • 9. Uma das maiores dificuldades que eles enfrentam é o atraso na aquisição da fala. Mesmo com ajuda de fonoaudiólogo, o Down demora bastante para poder articular bem as palavras. É necessário muito exercício.O Down se comunica muito por gestos e expressões afetivas.
  • 10. Mas com a estimulação precoce, pode melhorar o Não existe cura para a desenvolvimento motor e Síndrome de Down, pois é intelectual.Mas precisa iniciar uma alteração nas células cedo, pois mais tarde não há provas de que seja eficaz.
  • 11. Existem muitas variações no grau da doença tanto nos sinais clínicos, quanto no desenvolvimento. Alguns situam-se no nível severo de déficit cognitivo, outros próximo da deficiência mental leve. Isso interfere no desenvolvimento e adaptação social.
  • 12. O Down e a Sexualidade O Jovem com Síndrome de Down tem um desenvolvimento afetivo parecido com uma pessoa normal , mas ao se falar em casamento, deve-se considerar o fato de que eles têm dificuldade em assumir uma família e administrar seus bens, além de que há o alto risco de gerarem filhos também com Síndrome. As mulheres com a deficiência podem gerar filhos(algumas são consideradas subférteis), no entanto, até o momento não está comprovado que o homem tenha fertilidade.
  • 13. Legislação O Brasil tem um conjunto de normas que garantem proteção absoluta para quem tem Síndrome de Down: direito à educação e oportunidades de desenvolvimento iguais. Dia 21 de março, é celebrado o Dia Internacional da Síndrome de Down. A data foi escolhida pela Associação Down Syndrome International em alusão aos 3 cromossomos no par de número 21 (21/3),
  • 14. Equipe:  Milena  Evandro  Daiane  Camila  Bruno  Emanuelson