SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
ESCOLA BÁSICA FIALHO DE ALMEIDA, CUBA

Resultados Escolares do 3º Período

julho de 2013
1. Resultados Globais nas Disciplinas do Departamento
Resultados dos alunos às disciplinas do Departamento - 3º Período

5º A
5º B
5º C
6ºA
6ºB
Total 2º Ciclo
7º A
7º B
7º C
8ºA
8ºB
9º A
9º B
Total 3º Ciclo

1
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
1
1

Matemática
2
3
4
5 1 2
1
4
4
6 0 1
4
5
3
4 0 1
1
9
1
3 0 2
8
7
3
1 0 8
7
9
3
1 0 0
21 34 14 15 0 12
4
8
2
2 0 6
2 10 6
0 0 6
7
6
1
1 2 6
2 11 2
0 0 0
4
8
5
0 0 0
5
4
1
1 0 3
4
7
1
3 0 2
28 54 18 7 2 23

C. N.
3
4
2
6
5
5
4
5
7
3
13 4
31 23
6
3
10 2
6
0
9
6
9
8
7
1
7
7
54 27

5
6
5
3
1
3
18
1
0
1
0
0
0
0
2

1

C. F. Q.
2
3
4

0 2
0 5
0 1
0 1
0 4
0 2
0 2
0 17

8
8
11
7
7
5
10
56

4
5
2
7
6
3
2
29

5 1 2

2
0
1
0
0
1
2
6

0
0
0
0
0
0
0
0

T. I. C.
3
4

0 1
0 2
0 0
0 8
0 3
0 0
0 2
0 16

11
7
8
6
7
6
3
48

5

4
9
7
1
7
5
11
44

1
Resultados dos alunos do 9º PCA nas disciplinas do Departamento

Matemática
CFN
Hortofloricultura
P.O.
HST/PA

1
0
0
0
0
0

2
2
1
0
0
0

Níveis
3
8
8
6
2
2

4
1
2
5
9
9

5
0
0
0
0
0

2
2. Resultados das Turmas do 2º Ciclo
Resultados das Turmas do 2º Ciclo
Matemática
10
9
8
7
6
5
4
3
2
1
0

1
2
3
5º A

5º B

5º C

6ºA

6ºB

1

0

0

0

0

0

2

1

4

1

8

7

3

4

5

9

7

9

4

4

3

1

3

3

5

6

4

3

1

4

1

5

Percentagem de Classificações
atribuidas por nível
Matemática - 2º Ciclo

0%
18%

25%

17%

40%

1

2

3

4

5

3
Resultados do Departamento
Ciências da Natureza
14
12
10
8
6

1

4

2

2

3
4

0

5º A

5º B

5º C

6ºA

6ºB

1

0

0

0

0

0

2

1

1

2

8

0

3

2

5

4

7

13

4

6

5

5

3

4

5

6

5

3

1

3

5

Percentagem de Classificações
atribuidas por nível
Ciências da Natureza - 2º Ciclo

0%
22%

27%

1

2

3

4

14%

37%

5

4
3.Resultados das Turmas do 3º Ciclo
Resultados das Turmas do 3º Ciclo
Matemática
12
10

8
6

1

4

2

2

3

0

7º A

7º B

7º C

8ºA

8ºB

9º A

9º B

1

0

0

0

0

0

0

1

2

4

2

7

2

4

5

4

3

8

10

6

11

8

4

7

4

2

6

1

2

5

1

1

5

2

0

1

0

0

1

4

3

5

Percentagem de
Classificações atribuídas por
nível
Matemática - 3º Ciclo
6%
26%

17%

50%

1

2

3

4

5

5
Resultados das Turmas do 3º Ciclo
Ciências Naturais
12
10
8
6

1

4

2

2

3

0

7º A

7º B

7º C

8ºA

8ºB

9º A

9º B

1

0

0

2

0

0

0

0

2

6

6

6

0

0

3

2

3

6

10

6

9

9

7

7

4

3

2

0

6

8

1

7

5

1

0

1

0

0

0

4

0

5

Percentagem de Classificações
atribuidas por nível
Ciências Naturais - 3º Ciclo

2%
2%

21%

25%

50%

1

2

3

4

5

6
Resultados das Turmas do 3º Ciclo
Ciências Físico-Químicas
12
10
8
6

1

4

2

2

3

0

7º A

7º B

7º C

8ºA

8ºB

9º A

9º B

1

0

0

0

0

0

0

0

2

2

5

1

1

4

2

2

3

8

8

11

7

7

5

10

4

4

5

2

7

6

3

2

5

2

0

1

0

0

1

4

2

5

Percentagem de Classificações
atribuídas por nível
Ciências Físico-Químicas
- 3º Ciclo

0%
5%

16%

27%

52%

1

2

3

4

5

7
Resultados das Turmas do 3º Ciclo
TIC
12
10
8
6

1

4

2

2

3

0

7º A

7º B

7º C

8ºA

8ºB

9º A

9º B

1

0

0

0

0

0

0

0

2

0

0

0

0

0

0

0

3

1

2

0

8

3

0

2

4

11

7

8

6

7

6

3

5

4

9

7

1

7

5

4

11

5

Percentagem de Classificações
atribuídas por nível
TIC
- 3º Ciclo

0%
15%
41%

44%

1

2

3

4

5

8
Resultados dos alunos do 9º PCA nas
disciplinas do Departamento
10
9
8
7
6
5
4
3
2
1
0

1
2
3
4
Matemática

CFN

Hortofloricultura

P.O.

1

0

0

0

0

2

2

1

0

0

3

8

8

6

2

4

1

2

5

9

5

0

0

0

0

5

9
3. ANÁLISE DOS RESULTADOS ESCOLARES DO 3º PERÍODO

À semelhança do que se verificou no terceiro período do ano letivo
anterior, a análise dos níveis atribuídos permite concluir que existem
melhores resultados no segundo ciclo do que no terceiro ciclo. O balanço
global é positivo pois a percentagem de níveis superiores a dois é, na
generalidade das turmas um facto, dado que os alunos obtiveram uma
percentagem superior a 50% de níveis superiores a dois na quase
totalidade das disciplinas integradas no Departamento. No entanto os
resultados continuam a estar aquém dos objetivos ambicionados pelos
docentes do Departamento, concretamente no cumprimento total da
estimativa de sucesso elaborada no início do ano letivo, assim como na
procura quase utópica de atingir as metas constantes no nosso Projeto
Educativo.
Assim, no início do ano letivo, foram projetadas estimativas de
sucesso para as diferentes disciplinas e turmas. Estas estimativas dizem
respeito aos resultados expectáveis neste final do ano letivo, interessa
agora saber se nas diversas turmas, existem grandes discrepâncias face às
mesmas. Assim, analisaremos de seguida a situação das diferentes turmas
às disciplinas que integram o Departamento.
Assim, no 2º ciclo, nas disciplinas de Matemática e Ciências da
Natureza verifica-se que a taxa de sucesso obtida se encontra acima do
estimado no início do ano letivo (a discrepância observável na turma A do
6ºano deve-se a apenas um aluno que não obteve nível positivo).
No que diz respeito aos sétimos e oitavos anos de escolaridade, os
resultados obtidos estão de acordo com o esperado, exceção feita às

10
turmas 7ºA, 7ºB e 7ºC, na disciplina de Ciências Naturais e 8ºB, na
disciplina de Ciências Físico-Químicas.
Quanto ao 9º Ano de escolaridade, os resultados obtidos estão de
acordo com as estimativas, pois em todas as disciplinas onde nas duas
turmas foram atingidos os resultados esperados.
De salientar os resultados relativamente superiores à estimativa na
disciplina de Matemática, e nas turmas do 3ºciclo, fruto, segundo
explicação dos professores, da estratégia por estes utilizada, da ação
concertada, dado que as turmas se tem revelado bastante fracas,
manifestando desinteresse pela disciplina, tal como vinham referenciadas
do ano letivo anterior.
Na generalidade, os docentes das disciplinas que apresentam
algumas discrepâncias, justificam os resultados abaixo do esperado pela
falta de empenho dos alunos, dificuldades de interpretação

dos

enunciados e a resultante deficiência na aplicação de conhecimentos.
Todavia os docentes consideram que este panorama menos satisfatório,
sobretudo nos 7ºanos, poderá ser ultrapassado no próximo ano letivo.

O Coordenador do Departamento

(Fernando Anjo)

11

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Instruções provas finais 6º ano
Instruções provas finais   6º anoInstruções provas finais   6º ano
Instruções provas finais 6º anolucar2010
 
Instruções provas finais 6º ano
Instruções provas finais   6º anoInstruções provas finais   6º ano
Instruções provas finais 6º anolucar2010
 
Norma 01 jne_2012
Norma 01 jne_2012Norma 01 jne_2012
Norma 01 jne_2012Ana Pereira
 
Anexo i resultados escolares 2009-2013 (2)
Anexo i   resultados escolares 2009-2013 (2)Anexo i   resultados escolares 2009-2013 (2)
Anexo i resultados escolares 2009-2013 (2)AMG Sobrenome
 
Análise da avaliação do 1º período aedd
Análise da avaliação do 1º período aeddAnálise da avaliação do 1º período aedd
Análise da avaliação do 1º período aeddANA GRALHEIRO
 
Reunião Pais e Encarregados de Educação
Reunião Pais e Encarregados de EducaçãoReunião Pais e Encarregados de Educação
Reunião Pais e Encarregados de EducaçãoFernanda Costa
 
Instruções provas 9º ano
Instruções provas   9º anoInstruções provas   9º ano
Instruções provas 9º anolucar2010
 
Ppt avaliação diagnóstica em processo
Ppt avaliação diagnóstica em processoPpt avaliação diagnóstica em processo
Ppt avaliação diagnóstica em processoGisele Ferreira
 
Instruções provas de 9º ano
Instruções   provas de 9º anoInstruções   provas de 9º ano
Instruções provas de 9º anolucar2010
 
Cronograma de atividades OBA 2012 - Nível 3
Cronograma de atividades OBA 2012 - Nível 3Cronograma de atividades OBA 2012 - Nível 3
Cronograma de atividades OBA 2012 - Nível 3Fábio Ribeiro
 
Cronograma de atividades OBA 2012 - Ensino Médio
Cronograma de atividades OBA 2012 - Ensino MédioCronograma de atividades OBA 2012 - Ensino Médio
Cronograma de atividades OBA 2012 - Ensino MédioFábio Ribeiro
 
Informações avaliação sumativa externa - básico
Informações   avaliação sumativa externa - básicoInformações   avaliação sumativa externa - básico
Informações avaliação sumativa externa - básicoAndré Ferreira Freitas
 
Resultados avaliação da aprendizagem em processo
Resultados avaliação da aprendizagem em processoResultados avaliação da aprendizagem em processo
Resultados avaliação da aprendizagem em processoMari_Saracchini
 

Mais procurados (19)

Instruções provas finais 6º ano
Instruções provas finais   6º anoInstruções provas finais   6º ano
Instruções provas finais 6º ano
 
Instruções provas finais 6º ano
Instruções provas finais   6º anoInstruções provas finais   6º ano
Instruções provas finais 6º ano
 
Norma 01 jne_2012
Norma 01 jne_2012Norma 01 jne_2012
Norma 01 jne_2012
 
Anexo i resultados escolares 2009-2013 (2)
Anexo i   resultados escolares 2009-2013 (2)Anexo i   resultados escolares 2009-2013 (2)
Anexo i resultados escolares 2009-2013 (2)
 
Análise da avaliação do 1º período aedd
Análise da avaliação do 1º período aeddAnálise da avaliação do 1º período aedd
Análise da avaliação do 1º período aedd
 
Reunião Pais e Encarregados de Educação
Reunião Pais e Encarregados de EducaçãoReunião Pais e Encarregados de Educação
Reunião Pais e Encarregados de Educação
 
Instruções provas 9º ano
Instruções provas   9º anoInstruções provas   9º ano
Instruções provas 9º ano
 
9 ano 2017 18
9 ano 2017 189 ano 2017 18
9 ano 2017 18
 
9º ano 2015 16
9º ano 2015 169º ano 2015 16
9º ano 2015 16
 
Agenda prof 2015-16
Agenda prof 2015-16Agenda prof 2015-16
Agenda prof 2015-16
 
Caderno do professor versão final
Caderno do professor versão finalCaderno do professor versão final
Caderno do professor versão final
 
Ppt avaliação diagnóstica em processo
Ppt avaliação diagnóstica em processoPpt avaliação diagnóstica em processo
Ppt avaliação diagnóstica em processo
 
Reunião dia 21 de Junho 2011
Reunião dia 21 de Junho 2011Reunião dia 21 de Junho 2011
Reunião dia 21 de Junho 2011
 
Instruções provas de 9º ano
Instruções   provas de 9º anoInstruções   provas de 9º ano
Instruções provas de 9º ano
 
Informações sobre as provas de 9 ano 2013_2014
Informações sobre as provas de 9 ano 2013_2014Informações sobre as provas de 9 ano 2013_2014
Informações sobre as provas de 9 ano 2013_2014
 
Cronograma de atividades OBA 2012 - Nível 3
Cronograma de atividades OBA 2012 - Nível 3Cronograma de atividades OBA 2012 - Nível 3
Cronograma de atividades OBA 2012 - Nível 3
 
Cronograma de atividades OBA 2012 - Ensino Médio
Cronograma de atividades OBA 2012 - Ensino MédioCronograma de atividades OBA 2012 - Ensino Médio
Cronograma de atividades OBA 2012 - Ensino Médio
 
Informações avaliação sumativa externa - básico
Informações   avaliação sumativa externa - básicoInformações   avaliação sumativa externa - básico
Informações avaliação sumativa externa - básico
 
Resultados avaliação da aprendizagem em processo
Resultados avaliação da aprendizagem em processoResultados avaliação da aprendizagem em processo
Resultados avaliação da aprendizagem em processo
 

Destaque

3 -caso pizzaria
3 -caso pizzaria3 -caso pizzaria
3 -caso pizzariadelpra
 
Aula 3 - Microeconomia - Economia de Sociedades Cooperativas
Aula 3 - Microeconomia - Economia de Sociedades CooperativasAula 3 - Microeconomia - Economia de Sociedades Cooperativas
Aula 3 - Microeconomia - Economia de Sociedades CooperativasErick Cotta
 
Capitulo 5 custo padrão
Capitulo 5   custo padrãoCapitulo 5   custo padrão
Capitulo 5 custo padrãoDaniel Moura
 
Capitulo 6 metodo de centros de custos
Capitulo 6   metodo de centros de custosCapitulo 6   metodo de centros de custos
Capitulo 6 metodo de centros de custosDaniel Moura
 
Capitulo 3 sistemas de custos
Capitulo 3   sistemas de custosCapitulo 3   sistemas de custos
Capitulo 3 sistemas de custosDaniel Moura
 
Centro De Custo Pizzaria
Centro De Custo   PizzariaCentro De Custo   Pizzaria
Centro De Custo Pizzariagabyzzinhaa
 
Armazenagem de materiais
Armazenagem de materiaisArmazenagem de materiais
Armazenagem de materiaisJares Petros
 
Custos de Produção
Custos de ProduçãoCustos de Produção
Custos de ProduçãoLuciano Pires
 
Aula de controle de estoques
Aula de controle de estoquesAula de controle de estoques
Aula de controle de estoquesMoises Ribeiro
 
Tcc Almoxarifado
Tcc AlmoxarifadoTcc Almoxarifado
Tcc AlmoxarifadoLily Freire
 
Departamento de Almoxarifado - Modelo básicas
Departamento de Almoxarifado - Modelo básicasDepartamento de Almoxarifado - Modelo básicas
Departamento de Almoxarifado - Modelo básicasFrancisco Oliveira
 
61321330 adm-estoque-e-almoxarifado
61321330 adm-estoque-e-almoxarifado61321330 adm-estoque-e-almoxarifado
61321330 adm-estoque-e-almoxarifadoVera Gomes
 
Gestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentaçãoGestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentaçãoCharles Rebouças
 
Armazenagem de Materiais
Armazenagem de MateriaisArmazenagem de Materiais
Armazenagem de MateriaisRobson Costa
 

Destaque (19)

3 -caso pizzaria
3 -caso pizzaria3 -caso pizzaria
3 -caso pizzaria
 
Aula 3 - Microeconomia - Economia de Sociedades Cooperativas
Aula 3 - Microeconomia - Economia de Sociedades CooperativasAula 3 - Microeconomia - Economia de Sociedades Cooperativas
Aula 3 - Microeconomia - Economia de Sociedades Cooperativas
 
Capitulo 5 custo padrão
Capitulo 5   custo padrãoCapitulo 5   custo padrão
Capitulo 5 custo padrão
 
Capitulo 6 metodo de centros de custos
Capitulo 6   metodo de centros de custosCapitulo 6   metodo de centros de custos
Capitulo 6 metodo de centros de custos
 
Capitulo 3 sistemas de custos
Capitulo 3   sistemas de custosCapitulo 3   sistemas de custos
Capitulo 3 sistemas de custos
 
Custos padrão e meta grupo 5
Custos padrão e meta   grupo 5Custos padrão e meta   grupo 5
Custos padrão e meta grupo 5
 
Centro De Custo Pizzaria
Centro De Custo   PizzariaCentro De Custo   Pizzaria
Centro De Custo Pizzaria
 
Armazenagem de materiais
Armazenagem de materiaisArmazenagem de materiais
Armazenagem de materiais
 
Custos de Produção
Custos de ProduçãoCustos de Produção
Custos de Produção
 
Aula de controle de estoques
Aula de controle de estoquesAula de controle de estoques
Aula de controle de estoques
 
Tcc Almoxarifado
Tcc AlmoxarifadoTcc Almoxarifado
Tcc Almoxarifado
 
Apostila almoxarifado
Apostila almoxarifadoApostila almoxarifado
Apostila almoxarifado
 
Departamento de Almoxarifado - Modelo básicas
Departamento de Almoxarifado - Modelo básicasDepartamento de Almoxarifado - Modelo básicas
Departamento de Almoxarifado - Modelo básicas
 
Slides almoxarifado 1255637095
Slides almoxarifado 1255637095Slides almoxarifado 1255637095
Slides almoxarifado 1255637095
 
61321330 adm-estoque-e-almoxarifado
61321330 adm-estoque-e-almoxarifado61321330 adm-estoque-e-almoxarifado
61321330 adm-estoque-e-almoxarifado
 
Almoxarifado
AlmoxarifadoAlmoxarifado
Almoxarifado
 
Gestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentaçãoGestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentação
 
Apresentação Armazenagem e Controle de Estoque
Apresentação Armazenagem e Controle de EstoqueApresentação Armazenagem e Controle de Estoque
Apresentação Armazenagem e Controle de Estoque
 
Armazenagem de Materiais
Armazenagem de MateriaisArmazenagem de Materiais
Armazenagem de Materiais
 

Semelhante a Doc7 resultados departamento mat e ce 2012 13

Indisciplina graficos - Agrupamento d.dinis ODIVELAS
Indisciplina graficos -  Agrupamento d.dinis  ODIVELASIndisciplina graficos -  Agrupamento d.dinis  ODIVELAS
Indisciplina graficos - Agrupamento d.dinis ODIVELASAMG Sobrenome
 
Anexo viii estatísticas do agrupamento d.dinis 2006-2012
Anexo viii   estatísticas do agrupamento d.dinis 2006-2012Anexo viii   estatísticas do agrupamento d.dinis 2006-2012
Anexo viii estatísticas do agrupamento d.dinis 2006-2012AMG Sobrenome
 
Estatísticas do agrupamento d.dinis 2006 2012 ODIVELAS
Estatísticas do agrupamento d.dinis 2006 2012 ODIVELASEstatísticas do agrupamento d.dinis 2006 2012 ODIVELAS
Estatísticas do agrupamento d.dinis 2006 2012 ODIVELASAMG Sobrenome
 
Planejamento 2016
Planejamento 2016Planejamento 2016
Planejamento 2016EMEF ARACY
 
CIME VIVIANE ESTRELA _APRESENTAÇÃO PADRÃO_FUNDAMENTAL.pptx
CIME VIVIANE ESTRELA _APRESENTAÇÃO PADRÃO_FUNDAMENTAL.pptxCIME VIVIANE ESTRELA _APRESENTAÇÃO PADRÃO_FUNDAMENTAL.pptx
CIME VIVIANE ESTRELA _APRESENTAÇÃO PADRÃO_FUNDAMENTAL.pptxELLENCARLAMAIADOSSAN
 
Resultados Provas de Aferição 2011
Resultados Provas de Aferição 2011Resultados Provas de Aferição 2011
Resultados Provas de Aferição 2011David Azevedo
 
Doc11 relatorio aval 3p 12 13 dep expressões
Doc11 relatorio aval 3p 12 13  dep expressõesDoc11 relatorio aval 3p 12 13  dep expressões
Doc11 relatorio aval 3p 12 13 dep expressõesmfcpestana
 
Calendário Acadêmico 2021 - Unidade Trindade.pdf
Calendário Acadêmico 2021 - Unidade Trindade.pdfCalendário Acadêmico 2021 - Unidade Trindade.pdf
Calendário Acadêmico 2021 - Unidade Trindade.pdfssuserd275c11
 
Resultados internos-3 per-2012-13
Resultados internos-3 per-2012-13Resultados internos-3 per-2012-13
Resultados internos-3 per-2012-13maria cancela
 
Aeiou.expresso.pt_gen.pl_p=print&op=view&fokey=ex.storie
  Aeiou.expresso.pt_gen.pl_p=print&op=view&fokey=ex.storie  Aeiou.expresso.pt_gen.pl_p=print&op=view&fokey=ex.storie
Aeiou.expresso.pt_gen.pl_p=print&op=view&fokey=ex.storiepr_afsalbergaria
 
Aperfeiçoamento da Candidatura ao PMSE
Aperfeiçoamento da Candidatura ao PMSEAperfeiçoamento da Candidatura ao PMSE
Aperfeiçoamento da Candidatura ao PMSECristina Couto Varela
 
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]Claudia Ortolan Ortolan
 
Relatório final dos resultados escolares do agrupamento 2010 2011
Relatório final dos resultados escolares do agrupamento 2010 2011Relatório final dos resultados escolares do agrupamento 2010 2011
Relatório final dos resultados escolares do agrupamento 2010 2011ANA GRALHEIRO
 
A Prova Brasil e a realidade local - RS
A Prova Brasil e a realidade local - RSA Prova Brasil e a realidade local - RS
A Prova Brasil e a realidade local - RSEditora Moderna
 

Semelhante a Doc7 resultados departamento mat e ce 2012 13 (20)

Indisciplina graficos - Agrupamento d.dinis ODIVELAS
Indisciplina graficos -  Agrupamento d.dinis  ODIVELASIndisciplina graficos -  Agrupamento d.dinis  ODIVELAS
Indisciplina graficos - Agrupamento d.dinis ODIVELAS
 
Anexo viii estatísticas do agrupamento d.dinis 2006-2012
Anexo viii   estatísticas do agrupamento d.dinis 2006-2012Anexo viii   estatísticas do agrupamento d.dinis 2006-2012
Anexo viii estatísticas do agrupamento d.dinis 2006-2012
 
Estatísticas do agrupamento d.dinis 2006 2012 ODIVELAS
Estatísticas do agrupamento d.dinis 2006 2012 ODIVELASEstatísticas do agrupamento d.dinis 2006 2012 ODIVELAS
Estatísticas do agrupamento d.dinis 2006 2012 ODIVELAS
 
Planejamento 2016
Planejamento 2016Planejamento 2016
Planejamento 2016
 
CIME VIVIANE ESTRELA _APRESENTAÇÃO PADRÃO_FUNDAMENTAL.pptx
CIME VIVIANE ESTRELA _APRESENTAÇÃO PADRÃO_FUNDAMENTAL.pptxCIME VIVIANE ESTRELA _APRESENTAÇÃO PADRÃO_FUNDAMENTAL.pptx
CIME VIVIANE ESTRELA _APRESENTAÇÃO PADRÃO_FUNDAMENTAL.pptx
 
Resultados Provas de Aferição 2011
Resultados Provas de Aferição 2011Resultados Provas de Aferição 2011
Resultados Provas de Aferição 2011
 
Doc11 relatorio aval 3p 12 13 dep expressões
Doc11 relatorio aval 3p 12 13  dep expressõesDoc11 relatorio aval 3p 12 13  dep expressões
Doc11 relatorio aval 3p 12 13 dep expressões
 
Calendário Acadêmico 2021 - Unidade Trindade.pdf
Calendário Acadêmico 2021 - Unidade Trindade.pdfCalendário Acadêmico 2021 - Unidade Trindade.pdf
Calendário Acadêmico 2021 - Unidade Trindade.pdf
 
Resultados internos-3 per-2012-13
Resultados internos-3 per-2012-13Resultados internos-3 per-2012-13
Resultados internos-3 per-2012-13
 
Aeiou.expresso.pt_gen.pl_p=print&op=view&fokey=ex.storie
  Aeiou.expresso.pt_gen.pl_p=print&op=view&fokey=ex.storie  Aeiou.expresso.pt_gen.pl_p=print&op=view&fokey=ex.storie
Aeiou.expresso.pt_gen.pl_p=print&op=view&fokey=ex.storie
 
criteriosgerais0809
criteriosgerais0809criteriosgerais0809
criteriosgerais0809
 
Aperfeiçoamento da Candidatura ao PMSE
Aperfeiçoamento da Candidatura ao PMSEAperfeiçoamento da Candidatura ao PMSE
Aperfeiçoamento da Candidatura ao PMSE
 
Ogcae
OgcaeOgcae
Ogcae
 
Ebi ap marcação testes
Ebi ap marcação testesEbi ap marcação testes
Ebi ap marcação testes
 
Reunião de pais 3º ano - 1º Bimestre
Reunião de pais 3º ano  - 1º BimestreReunião de pais 3º ano  - 1º Bimestre
Reunião de pais 3º ano - 1º Bimestre
 
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]
Planilha tabulação 3ºano_escola_2014[1]
 
Calendário escolar 2015/2016
Calendário escolar 2015/2016Calendário escolar 2015/2016
Calendário escolar 2015/2016
 
Relatório final dos resultados escolares do agrupamento 2010 2011
Relatório final dos resultados escolares do agrupamento 2010 2011Relatório final dos resultados escolares do agrupamento 2010 2011
Relatório final dos resultados escolares do agrupamento 2010 2011
 
A Prova Brasil e a realidade local - RS
A Prova Brasil e a realidade local - RSA Prova Brasil e a realidade local - RS
A Prova Brasil e a realidade local - RS
 
Gráficos EM AMC
Gráficos EM AMCGráficos EM AMC
Gráficos EM AMC
 

Mais de mfcpestana

Sensibilização da pea
Sensibilização da peaSensibilização da pea
Sensibilização da peamfcpestana
 
Referenciação e avaliação
Referenciação e avaliaçãoReferenciação e avaliação
Referenciação e avaliaçãomfcpestana
 
Do legislador à prática decreto lei 3 2008 de 7 de janeiro
Do legislador à prática decreto   lei 3 2008 de 7 de janeiroDo legislador à prática decreto   lei 3 2008 de 7 de janeiro
Do legislador à prática decreto lei 3 2008 de 7 de janeiromfcpestana
 
Apresentação dec lei 3-2008
Apresentação dec lei 3-2008Apresentação dec lei 3-2008
Apresentação dec lei 3-2008mfcpestana
 
Cif - breve explicitação
Cif - breve explicitaçãoCif - breve explicitação
Cif - breve explicitaçãomfcpestana
 
Doc12 pea 13 17
Doc12 pea 13 17Doc12 pea 13 17
Doc12 pea 13 17mfcpestana
 
Doc13 paa final 12 13
Doc13 paa final 12 13Doc13 paa final 12 13
Doc13 paa final 12 13mfcpestana
 
Doc8a estetisticas csh
Doc8a estetisticas cshDoc8a estetisticas csh
Doc8a estetisticas cshmfcpestana
 
Doc15 resultados escolares 2012_2013
Doc15 resultados escolares 2012_2013Doc15 resultados escolares 2012_2013
Doc15 resultados escolares 2012_2013mfcpestana
 
Doc11a estatisticas expressoes
Doc11a estatisticas expressoesDoc11a estatisticas expressoes
Doc11a estatisticas expressoesmfcpestana
 
Doc10b estetisticas 1ciclo
Doc10b estetisticas 1cicloDoc10b estetisticas 1ciclo
Doc10b estetisticas 1ciclomfcpestana
 
Doc10b estetisticas 1ciclo
Doc10b estetisticas 1cicloDoc10b estetisticas 1ciclo
Doc10b estetisticas 1ciclomfcpestana
 
Doc10 relatório agrupamento 2012 2013
Doc10 relatório agrupamento 2012 2013Doc10 relatório agrupamento 2012 2013
Doc10 relatório agrupamento 2012 2013mfcpestana
 
Doc7c estatisticas matematica
Doc7c estatisticas matematicaDoc7c estatisticas matematica
Doc7c estatisticas matematicamfcpestana
 
Doc6c estatisticas linguas
Doc6c estatisticas linguasDoc6c estatisticas linguas
Doc6c estatisticas linguasmfcpestana
 
Doc4 itens questionários ige
Doc4 itens questionários igeDoc4 itens questionários ige
Doc4 itens questionários igemfcpestana
 
Doc2 relatório igec aee2012 ag cuba
Doc2 relatório igec aee2012 ag cubaDoc2 relatório igec aee2012 ag cuba
Doc2 relatório igec aee2012 ag cubamfcpestana
 
Doc10a análise dos resultados 1.ºc
Doc10a análise dos resultados 1.ºcDoc10a análise dos resultados 1.ºc
Doc10a análise dos resultados 1.ºcmfcpestana
 

Mais de mfcpestana (20)

Sensibilização da pea
Sensibilização da peaSensibilização da pea
Sensibilização da pea
 
Referenciação e avaliação
Referenciação e avaliaçãoReferenciação e avaliação
Referenciação e avaliação
 
Do legislador à prática decreto lei 3 2008 de 7 de janeiro
Do legislador à prática decreto   lei 3 2008 de 7 de janeiroDo legislador à prática decreto   lei 3 2008 de 7 de janeiro
Do legislador à prática decreto lei 3 2008 de 7 de janeiro
 
Apresentação dec lei 3-2008
Apresentação dec lei 3-2008Apresentação dec lei 3-2008
Apresentação dec lei 3-2008
 
Cif - breve explicitação
Cif - breve explicitaçãoCif - breve explicitação
Cif - breve explicitação
 
Dec 3 2008
Dec 3 2008Dec 3 2008
Dec 3 2008
 
Doc12 pea 13 17
Doc12 pea 13 17Doc12 pea 13 17
Doc12 pea 13 17
 
Doc13 paa final 12 13
Doc13 paa final 12 13Doc13 paa final 12 13
Doc13 paa final 12 13
 
Doc8a estetisticas csh
Doc8a estetisticas cshDoc8a estetisticas csh
Doc8a estetisticas csh
 
Doc15 resultados escolares 2012_2013
Doc15 resultados escolares 2012_2013Doc15 resultados escolares 2012_2013
Doc15 resultados escolares 2012_2013
 
Doc11a estatisticas expressoes
Doc11a estatisticas expressoesDoc11a estatisticas expressoes
Doc11a estatisticas expressoes
 
Doc10b estetisticas 1ciclo
Doc10b estetisticas 1cicloDoc10b estetisticas 1ciclo
Doc10b estetisticas 1ciclo
 
Doc10b estetisticas 1ciclo
Doc10b estetisticas 1cicloDoc10b estetisticas 1ciclo
Doc10b estetisticas 1ciclo
 
Doc10 relatório agrupamento 2012 2013
Doc10 relatório agrupamento 2012 2013Doc10 relatório agrupamento 2012 2013
Doc10 relatório agrupamento 2012 2013
 
Doc7c estatisticas matematica
Doc7c estatisticas matematicaDoc7c estatisticas matematica
Doc7c estatisticas matematica
 
Doc6c estatisticas linguas
Doc6c estatisticas linguasDoc6c estatisticas linguas
Doc6c estatisticas linguas
 
Doc4 itens questionários ige
Doc4 itens questionários igeDoc4 itens questionários ige
Doc4 itens questionários ige
 
Doc2 relatório igec aee2012 ag cuba
Doc2 relatório igec aee2012 ag cubaDoc2 relatório igec aee2012 ag cuba
Doc2 relatório igec aee2012 ag cuba
 
Caf educacao
Caf educacaoCaf educacao
Caf educacao
 
Doc10a análise dos resultados 1.ºc
Doc10a análise dos resultados 1.ºcDoc10a análise dos resultados 1.ºc
Doc10a análise dos resultados 1.ºc
 

Último

Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docxSílvia Carneiro
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...GisellySobral
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 

Último (20)

Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 

Doc7 resultados departamento mat e ce 2012 13

  • 1. ESCOLA BÁSICA FIALHO DE ALMEIDA, CUBA Resultados Escolares do 3º Período julho de 2013
  • 2. 1. Resultados Globais nas Disciplinas do Departamento Resultados dos alunos às disciplinas do Departamento - 3º Período 5º A 5º B 5º C 6ºA 6ºB Total 2º Ciclo 7º A 7º B 7º C 8ºA 8ºB 9º A 9º B Total 3º Ciclo 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 1 Matemática 2 3 4 5 1 2 1 4 4 6 0 1 4 5 3 4 0 1 1 9 1 3 0 2 8 7 3 1 0 8 7 9 3 1 0 0 21 34 14 15 0 12 4 8 2 2 0 6 2 10 6 0 0 6 7 6 1 1 2 6 2 11 2 0 0 0 4 8 5 0 0 0 5 4 1 1 0 3 4 7 1 3 0 2 28 54 18 7 2 23 C. N. 3 4 2 6 5 5 4 5 7 3 13 4 31 23 6 3 10 2 6 0 9 6 9 8 7 1 7 7 54 27 5 6 5 3 1 3 18 1 0 1 0 0 0 0 2 1 C. F. Q. 2 3 4 0 2 0 5 0 1 0 1 0 4 0 2 0 2 0 17 8 8 11 7 7 5 10 56 4 5 2 7 6 3 2 29 5 1 2 2 0 1 0 0 1 2 6 0 0 0 0 0 0 0 0 T. I. C. 3 4 0 1 0 2 0 0 0 8 0 3 0 0 0 2 0 16 11 7 8 6 7 6 3 48 5 4 9 7 1 7 5 11 44 1
  • 3. Resultados dos alunos do 9º PCA nas disciplinas do Departamento Matemática CFN Hortofloricultura P.O. HST/PA 1 0 0 0 0 0 2 2 1 0 0 0 Níveis 3 8 8 6 2 2 4 1 2 5 9 9 5 0 0 0 0 0 2
  • 4. 2. Resultados das Turmas do 2º Ciclo Resultados das Turmas do 2º Ciclo Matemática 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1 0 1 2 3 5º A 5º B 5º C 6ºA 6ºB 1 0 0 0 0 0 2 1 4 1 8 7 3 4 5 9 7 9 4 4 3 1 3 3 5 6 4 3 1 4 1 5 Percentagem de Classificações atribuidas por nível Matemática - 2º Ciclo 0% 18% 25% 17% 40% 1 2 3 4 5 3
  • 5. Resultados do Departamento Ciências da Natureza 14 12 10 8 6 1 4 2 2 3 4 0 5º A 5º B 5º C 6ºA 6ºB 1 0 0 0 0 0 2 1 1 2 8 0 3 2 5 4 7 13 4 6 5 5 3 4 5 6 5 3 1 3 5 Percentagem de Classificações atribuidas por nível Ciências da Natureza - 2º Ciclo 0% 22% 27% 1 2 3 4 14% 37% 5 4
  • 6. 3.Resultados das Turmas do 3º Ciclo Resultados das Turmas do 3º Ciclo Matemática 12 10 8 6 1 4 2 2 3 0 7º A 7º B 7º C 8ºA 8ºB 9º A 9º B 1 0 0 0 0 0 0 1 2 4 2 7 2 4 5 4 3 8 10 6 11 8 4 7 4 2 6 1 2 5 1 1 5 2 0 1 0 0 1 4 3 5 Percentagem de Classificações atribuídas por nível Matemática - 3º Ciclo 6% 26% 17% 50% 1 2 3 4 5 5
  • 7. Resultados das Turmas do 3º Ciclo Ciências Naturais 12 10 8 6 1 4 2 2 3 0 7º A 7º B 7º C 8ºA 8ºB 9º A 9º B 1 0 0 2 0 0 0 0 2 6 6 6 0 0 3 2 3 6 10 6 9 9 7 7 4 3 2 0 6 8 1 7 5 1 0 1 0 0 0 4 0 5 Percentagem de Classificações atribuidas por nível Ciências Naturais - 3º Ciclo 2% 2% 21% 25% 50% 1 2 3 4 5 6
  • 8. Resultados das Turmas do 3º Ciclo Ciências Físico-Químicas 12 10 8 6 1 4 2 2 3 0 7º A 7º B 7º C 8ºA 8ºB 9º A 9º B 1 0 0 0 0 0 0 0 2 2 5 1 1 4 2 2 3 8 8 11 7 7 5 10 4 4 5 2 7 6 3 2 5 2 0 1 0 0 1 4 2 5 Percentagem de Classificações atribuídas por nível Ciências Físico-Químicas - 3º Ciclo 0% 5% 16% 27% 52% 1 2 3 4 5 7
  • 9. Resultados das Turmas do 3º Ciclo TIC 12 10 8 6 1 4 2 2 3 0 7º A 7º B 7º C 8ºA 8ºB 9º A 9º B 1 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 0 0 0 0 3 1 2 0 8 3 0 2 4 11 7 8 6 7 6 3 5 4 9 7 1 7 5 4 11 5 Percentagem de Classificações atribuídas por nível TIC - 3º Ciclo 0% 15% 41% 44% 1 2 3 4 5 8
  • 10. Resultados dos alunos do 9º PCA nas disciplinas do Departamento 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1 0 1 2 3 4 Matemática CFN Hortofloricultura P.O. 1 0 0 0 0 2 2 1 0 0 3 8 8 6 2 4 1 2 5 9 5 0 0 0 0 5 9
  • 11. 3. ANÁLISE DOS RESULTADOS ESCOLARES DO 3º PERÍODO À semelhança do que se verificou no terceiro período do ano letivo anterior, a análise dos níveis atribuídos permite concluir que existem melhores resultados no segundo ciclo do que no terceiro ciclo. O balanço global é positivo pois a percentagem de níveis superiores a dois é, na generalidade das turmas um facto, dado que os alunos obtiveram uma percentagem superior a 50% de níveis superiores a dois na quase totalidade das disciplinas integradas no Departamento. No entanto os resultados continuam a estar aquém dos objetivos ambicionados pelos docentes do Departamento, concretamente no cumprimento total da estimativa de sucesso elaborada no início do ano letivo, assim como na procura quase utópica de atingir as metas constantes no nosso Projeto Educativo. Assim, no início do ano letivo, foram projetadas estimativas de sucesso para as diferentes disciplinas e turmas. Estas estimativas dizem respeito aos resultados expectáveis neste final do ano letivo, interessa agora saber se nas diversas turmas, existem grandes discrepâncias face às mesmas. Assim, analisaremos de seguida a situação das diferentes turmas às disciplinas que integram o Departamento. Assim, no 2º ciclo, nas disciplinas de Matemática e Ciências da Natureza verifica-se que a taxa de sucesso obtida se encontra acima do estimado no início do ano letivo (a discrepância observável na turma A do 6ºano deve-se a apenas um aluno que não obteve nível positivo). No que diz respeito aos sétimos e oitavos anos de escolaridade, os resultados obtidos estão de acordo com o esperado, exceção feita às 10
  • 12. turmas 7ºA, 7ºB e 7ºC, na disciplina de Ciências Naturais e 8ºB, na disciplina de Ciências Físico-Químicas. Quanto ao 9º Ano de escolaridade, os resultados obtidos estão de acordo com as estimativas, pois em todas as disciplinas onde nas duas turmas foram atingidos os resultados esperados. De salientar os resultados relativamente superiores à estimativa na disciplina de Matemática, e nas turmas do 3ºciclo, fruto, segundo explicação dos professores, da estratégia por estes utilizada, da ação concertada, dado que as turmas se tem revelado bastante fracas, manifestando desinteresse pela disciplina, tal como vinham referenciadas do ano letivo anterior. Na generalidade, os docentes das disciplinas que apresentam algumas discrepâncias, justificam os resultados abaixo do esperado pela falta de empenho dos alunos, dificuldades de interpretação dos enunciados e a resultante deficiência na aplicação de conhecimentos. Todavia os docentes consideram que este panorama menos satisfatório, sobretudo nos 7ºanos, poderá ser ultrapassado no próximo ano letivo. O Coordenador do Departamento (Fernando Anjo) 11