Funções sintáticas e grupos frásicos

113.571 visualizações

Publicada em

Funções sintáticas e grupos frásicos de acordo com a TLEBS

Publicada em: Educação

Funções sintáticas e grupos frásicos

  1. 1. Funções Sintáticas E Grupos Frásicos
  2. 2. Funções sintáticas 1. Funções sintáticas ao nível da frase 2. Funções sintáticas internas ao grupo verbal
  3. 3. Funções sintáticas ao nível da frase Sujeito Predicado Vocativo Modificador da frase
  4. 4. O sujeito é uma função sintática desempenhada por um grupo nominal ou oração. O sujeito concorda com o verbo da frase e pode ser substituído por um pronome pessoal tónico. Exs.: O poeta não fica mudo. Ele não fica mudo. Existem três tipos de sujeito: •sujeito simples; •sujeito composto; •sujeito nulo.
  5. 5. O predicado é uma função sintática desempenhada pelo grupo verbal. O grupo verbal é constituído pelo verbo, pelos complementos exigidos pelo verbo e pelos modificadores do grupo verbal. Ex.: O poeta acordou. Ex.: Personifica os nossos laços. Ex.: O amor é o tema. Ex.: O sujeito poético acentua o sentimento com um sorriso.
  6. 6. O vocativo é a função sintática desempenhada por uma ou mais palavras que têm como objetivo interpelar o locutor. Por isso, o vocativo ocorre frequentemente em frases imperativas, interrogativas ou exclamativas. Ex.: Poeta, eu queria viajar contigo pelo mundo das metáforas.
  7. 7. O modificador da frase é uma função sintática que pode ser desempenhada por: •um grupo adverbial; •um grupo preposicional; •uma oração. Esta função sintática não é exigida pelo verbo da frase. Exs.: Infelizmente, não posso viajar contigo nesta viagem solitária. Com certeza, descobrirás o amor . Como é óbvio, sempre te irás lembrar.
  8. 8. O modificador da frase pode transmitir diferentes valores O modificador da frase pode: • transmitir a opinião do locutor em relação ao que diz: Ex.: Certamente, com esta gramática se vai expressar. • Porto Editora referir-se a uma área do saber: Ex.: Gramaticalmente, o poema está correto.
  9. 9. As funções sintáticas ao nível do grupo verbal: Complemento direto Complemento indireto Complemento oblíquo Complemento agente da passiva Predicativo do sujeito Modificador do grupo verbal
  10. 10. O complemento direto é uma função sintática exigida pelo verbo e que pode ser desempenhada por: • um grupo nominal (substituível pelos pronomes pessoais -o, -a, -os, -as); • uma oração (substituível pelo pronome demonstrativo -o). Exs.: Transcreve o sentimento num poema. Transcreve-o num poema Tu descobrirás que amor é o tema. Tu descobri-lo-ás.
  11. 11. O complemento indireto é uma função sintática exigida pelo verbo desempenhada por um grupo preposicional (substituível pelos pronomes pessoais -lhe, -lhes). Exs.: O poeta obedece à gramática do coração. O poeta obedece-lhe.
  12. 12. O complemento oblíquo é uma função sintática exigida pelo verbo e que pode ser desempenhada por: • um grupo preposicional; • um grupo adverbial; • qualquer um destes grupos coordenados. Atenção! Não se pode substituir o complemento oblíquo por pronomes. Exs.: O poeta vai à cidade das palavras O menino portou-se mal. Tu vens de um mundo desconhecido?
  13. 13. O complemento agente da passiva é uma função sintática exigida pelo verbo desempenhada por um grupo preposicional. Esta função sintática surge apenas em frases passivas. Ex.: Tudo é coordenado pelo poeta
  14. 14. O predicativo do sujeito é uma função sintática exigida por verbos copulativos e que pode ser desempenhada por: • um grupo nominal; • um grupo adjetival; • um grupo adverbial; • um grupo preposicional. Exs.: Amor é o tema. O poeta não fica mudo.
  15. 15. O modificador do grupo verbal é uma função sintática que pode ser desempenhada por • um grupo adverbial; • um grupo preposicional; • uma oração. Esta função sintática não é exigida pelo verbo da frase. Exs.: O poeta deseja sentir tudo apressadamente. No sábado, sonharei contigo. Quando cheguei a casa, senti uma enorme vontade de escrever.
  16. 16. O modificador do grupo verbal pode transmitir diferentes valores. O modificador do grupo verbal pode ter: • valor temporal; Ex.: Ontem, encontrei um velho amigo. • valor locativo; Ex.: Ela comprou palavras na frutaria. • valor modal. Ex.: Ele leu o poema calmamente.
  17. 17. Funções sintáticas Ao nível da frase Internas ao grupo verbal Sujeito Complemento direto Complemento indireto Predicado Complemento oblíquo Complemento agente da passiva Vocativo Predicativo do sujeito Modificador da frase Modificador do grupo verbal

×