Funções Sintácticas

27.359 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
27.359
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12.115
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
346
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Funções Sintácticas

  1. 1. ELEMENTOS DA ORAÇÃO As Funções Sintácticas da Língua de Camões Muito IMPORTANTE
  2. 2. <ul><li>Simples </li></ul><ul><li>Composto </li></ul><ul><li>Indeterminado </li></ul><ul><li>Subentendido </li></ul><ul><li>Inexistente </li></ul>Verbal Nominal Fundamentais sujeito predicado
  3. 3. Complementares Complementos do verbo Complementos do nome Complemento Directo Predicativo do complemento directo Complemento Indirecto Agente da passiva de tempo de lugar de modo de causa de fim Etc. Aposto Complemento Determinativo Atributo Vocativo Predicativo do Sujeito Complementos circunstanciais
  4. 4. Tipos de sujeito <ul><li>Simples : Aquele homem lia o jornal. </li></ul><ul><li>Eles liam o jornal. </li></ul><ul><li>Composto : As plantas tal como as pessoas necessitam de carinho. </li></ul><ul><li>Os rapazes e as raparigas fazem parte da mesma equipa. </li></ul><ul><li>Subentendido : Gritaram. (subentende-se que eles gritaram) </li></ul><ul><li>Indeterminado : Notou-se uma grande diferença desde que o director lhe falou. </li></ul><ul><li>(não se sabe quem) </li></ul><ul><li>Inexistente : Assim aconteceu </li></ul><ul><li>Havia muitos com receio. </li></ul><ul><li> Ontem choveu. </li></ul>Sujeito designa o ser ou o objecto sobre o qual se afirma ou nega alguma coisa.
  5. 5. É constituído por um verbo de significação definida , isto é, que só por si pode constituir predicado. O predicado é composto pelo verbo e pelos seus complementos : directo, indirecto, predicativo do complemento directo e agente da passiva (se houver).
  6. 6. Tipos de predicado <ul><li>Predicado Verbal </li></ul><ul><li>Exemplos: </li></ul><ul><li>Maria adormeceu . </li></ul><ul><li>Maria deixou descair a mão sobre o colo . </li></ul><ul><li>O treinador deu uma ordem à sua equipa naquele instante. </li></ul><ul><li>A ordem foi dada pelo treinador aos seus jogadores . </li></ul>
  7. 7. Complemento directo <ul><li>É a palavra ou palavras que designam o objecto sobre o qual recai directamente a acção significada pelo verbo. </li></ul><ul><li>O quê? </li></ul><ul><li>A avó tecia uma manta . </li></ul><ul><li>O quê? </li></ul><ul><li>A equipa adversária atacou o Castrense naquele momento. </li></ul><ul><li>O quê? </li></ul><ul><li>Adoravam aquele ídolo . </li></ul>
  8. 8. Predicativo do complemento directo <ul><li>Alguns verbos pedem, além do complemento directo, uma palavra ou expressão equivalente que, completando a sua significação, qualifica aquele complemento . </li></ul><ul><li>Joana encontrou o irmão pensativo. </li></ul><ul><li>Considerava tudo em volta uma diversão. </li></ul>A saber: Verbos que podem pedir predicativo do complemento directo: achar; declarar; chamar; denominar; considerar; tornar… nomear;
  9. 9. Complemento indirecto <ul><li>É a palavra ou expressão que designa a pessoa ou coisa sobre a qual indirectamente recai a acção expressa pelo verbo. </li></ul><ul><li>Exemplos: </li></ul><ul><li>A quem? </li></ul><ul><li>Todos os jogadores obedeciam ao treinador . </li></ul><ul><li>A quem? </li></ul><ul><li>Disse aos seus homens para manterem a calma. </li></ul><ul><li> A quem? </li></ul><ul><li>Não lhe permitiu jogar. </li></ul>
  10. 10. Predicado Nominal <ul><li>. João era o ajudante . </li></ul><ul><li>. Os automobilistas pareciam irritados . </li></ul><ul><li>. Mário estava receoso . </li></ul>É constituído por um verbo copulativo ou de significação indefinida, isto é, que necessita de ser acompanhado de um nome, um pronome ,um adjectivo, um advérbio, que referindo-se ao sujeito, completa a sua significação. A saber: Verbos Copulativos : ser; lembrar; estar; ficar; parecer; permanecer continuar; aparecer, etc
  11. 11. Predicativo do sujeito <ul><li>É a função sintáctica desempenhada pela palavra ou expressão que se junta aos verbos copulativos ou de significação indefinida. </li></ul><ul><li>Exemplos: </li></ul><ul><li>Aquele monumento era magnífico . </li></ul><ul><li>Os rapazes ficaram, naquele momento, espantados e assustados . </li></ul>
  12. 12. Complemento circunstancial (designa uma circunstância ocasional da acção do verbo) <ul><li>de modo : O PSP comunicou imediatamente a ocorrência. </li></ul><ul><li>de lugar: Uma multidão estava assustada na avenida . </li></ul><ul><li>de fim: O comissário deu ordens para os deter . </li></ul><ul><li>de tempo: Passados alguns minutos chegou à meta. </li></ul><ul><li>de companhia: O assaltante com a sua quadrilha escondeu-se na pastelaria. </li></ul><ul><li>de meio: As tropas chegaram de blindado . </li></ul><ul><li>de causa: Fugiram de medo . </li></ul>
  13. 13. Atributo <ul><li>É o adjectivo que se junta imediatamente ao nome para o qualificar. </li></ul><ul><li>Exemplos: </li></ul><ul><li>Já os briosos homens da polícia corriam a bom correr. </li></ul><ul><li>Estabeleceu um cordial contacto com gente </li></ul><ul><li>muçulmana , agitando um lenço branco . </li></ul>
  14. 14. Aposto <ul><li>É o nome (ou expressão equivalente) que se junta a outro nome para lhe acrescentar alguma informação. </li></ul><ul><li>Exemplo: </li></ul><ul><li>Francisco, o comandante , viu o fogo desaparecer diante dos seus olhos e decidiu voltar com os seus homens, os corajosos bombeiros . </li></ul>
  15. 15. Agente da passiva <ul><li>É o complemento que indica o responsável pela prática da acção na forma passiva das frases. </li></ul><ul><li>O nome que designa o agente vem, geralmente, regido da preposição por . </li></ul><ul><li>Exemplos: </li></ul><ul><li>O primeiro ataque foi lançado pelo camionista . </li></ul><ul><li>Os automóveis eram conduzidos pelos homens do século XX. </li></ul>
  16. 16. Complemento determinativo <ul><li>É o complemento introduzido pela preposição de, que acrescenta alguma indicação ao nome que o precede. </li></ul><ul><li>Exemplo: </li></ul><ul><li>Os homens do capitão acompanharam-no na aproximação de reconhecimento </li></ul>
  17. 17. Vocativo <ul><li>É o complemento que designa o nome da pessoa, animal ou coisa personificada, a quem nos dirigimos. </li></ul><ul><li>Exemplos: </li></ul><ul><li>– Ó André , gostaste desta história? </li></ul><ul><li>- Gostei, Mariana . </li></ul>

×