2222

79 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
79
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2222

  1. 1. CSO TEENS ESPORTE EDUCAÇÃO SAÚDE TECNOLOGIA ENTRETENIENTO MODA AQUI TEM INFORMAÇÃO ENTRETENIMENO Diretorde'Esquadrãosuicida'divulgafoto doelencocaracterizado O diretor de "Esquadrão suicida", David Ayer, publicou em sua conta no Twitter neste domingo (3) uma imagem oficial do elenco do filme caracterizado de seus personagens. Da esquerda para direita, aparecem Amarra (Adam Beach), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Magia (Cara Delavigne), Katana (Karen Fukuhara), Rick Flagg (Joel Kinnaman), Arlequina (Margot Robbie), Pistoleiro (Will Smith), Crocodilo (Adewale Akinnuoye- Agbaje) e El Diablo (Jay Hernandez). Na foto acima, faltaram alguns atores, como Viola Davis ("How to get away with murder"), que interpreta Amanda Waller, e Jared Leto, o vilão Coringa. A primeira imagem oficial de Leto como Coringa foi divulgada no dia 24 de abril. A foto mostra que o "palhaço do crime" está bem diferente do personagem vivido por Heath Ledger em "Batman: o cavaleiro das trevas" (2008), com dentes cromados e tatuagens pelo corpo. O filme, com estreia prevista no Brasil para 4 de agosto de 2016, conta a história de uma equipe formada pelo governo com alguns dos piores supervilões do mundo. O Esquadrão Suicida do título é constituído por personagens tirados dos quadrinhos da DC. Ministro participa de simpósio sobre erradicação da poliomielite no mundo Para apresentar as ações que levaram o Brasil a alcançar e manter a erradicação da poliomielite, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, participou nesta terça- feira (28), em Brasília, do Simpósio para Erradicação da Poliomielite no Mundo. O evento é realizado pelo Rotary International e pela Organização Panamericana de Saúde (OPAS) e tem como objetivo discutir o Planejamento Estratégico Endgame para Erradicação da Pólio 2013-2018, documento elaborado pela Iniciativa Global de Erradicação da Pólio e que define medidas de longo prazo para a eliminação da doença até 2018 em todos os países. O ministro Arthur Chioro ressaltou que, embora o Brasil esteja livre da paralisia infantil, é fundamental dar continuidade às campanhas de vacinação para evitar a reintrodução do vírus no país. “O Brasil continua vacinando porque precisa haver responsabilidade, uma vez que o vírus ainda circula em alguns países. Desta forma, todos devem estar comprometidos para que em 2018 possamos começar a contar uma nova história sobre a erradicação da pólio no mundo”, afirmou. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 10 países registraram casos de poliomielite em 2013 e 2014, sendo que três deles são considerados endêmicos (Paquistão, Nigéria e Afeganistão). EDUCAÇÃO Professores burlam contrato e lesam em milhões universidades públicas Professores de universidades federais com contrato de dedicação exclusiva – que prevê 40 horas de trabalho e proíbe outros vínculos empregatícios – fazem consultorias, atendem em consultórios particulares, em escritórios de advocacia e mantêm outras atividades. A prática se repete em diversas instituições públicas do País e lesa em milhões o orçamento da educação superior, além de prejudicar a qualidade do ensino e da pesquisa. Segundo o Censo da Educação Superior, 88,20% do total de professores das federais trabalham em regime de dedicação exclusiva. Mesmo recebendo bonificação para trabalhar exclusivamente para universidade, professores mantêm escritórios de advocacia, atendimentos médicos e serviços privados A irregularidade, conhecida dentro das instituições por professores e alunos, aparece em processos do Ministério Público Federal e em auditorias da Controladoria Geral da União. As investigações, pontuais, em geral exigem a devolução dos valores recebidos pela dedicação exclusiva, o que pode significar montantes de até R$ 400 mil por professor. Cenário: Federais têm 68 mil professores com SAÚDE

×