SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
A Pintura do Renascimento




                                Rafael “ Madona no prado".



                                Características:

   •   A composição:


 O artista tenta distribuir equilibradamente as formas dentro da superfície do quadro.
  Neste caso, a composição é muito claramente geométrica. A estrutura geométrica
 imprime ao quadro uma ordem racional. No entanto, esse geometrismo é suavizado,
            pelas formas arredondadas dos corpos e pela claridade da luz.

   •   A linha e a cor


Neste quadro as linhas são os elementos dominantes: as manchas de cor preenchem
   espaços delimitados pelo desenho. As linhas, particularmente as definidas pelo
conjunto das três figuras que sobressaem no quadro, são quase todas curvas de suave
movimento; só duas linhas rectas se apercebem neste espaço, a da vara nas mãos das
   crianças e a que separa o prado do fundo da paisagem. Quanto à cor, o artista
procurou uma harmonia entre duas cores puras e contrastantes – o vermelho e o azul,
         que se destacam sobre as tonalidades menos intensas da paisagem.
•   A luz


Uma claridade pura, transparente, banha todo o quadro, reflectindo-se em especial nos
    meninos e no rosto da Madona. É ainda a luz que o artista utiliza aqui para produzir o
      efeito de perspectiva: o horizonte e o céu perdem-se ao fundo, quase no infinito,
                      através de uma subtil gradação da luminosidade.

       •   A técnica da pintura

     O Modelato é a aplicação de camadas muito finas de tinta, que se vão sobrepondo

    sobre a mesma superfície, produzindo um efeito de brilho e transparência. A sensação

de pele macia, bem como a expressão de delicada espiritualidade do rosto da Madona,

                        foi conseguida com o emprego dessa técnica


 

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Pintura renascentista
Pintura renascentistaPintura renascentista
Pintura renascentista
Karyn XP
 
Pintura do quattrocento
Pintura do quattrocentoPintura do quattrocento
Pintura do quattrocento
Ana Barreiros
 
Arte do renascimento - arquitetura
Arte do renascimento - arquiteturaArte do renascimento - arquitetura
Arte do renascimento - arquitetura
Carlos Vieira
 
O espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do territórioO espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do território
Susana Simões
 
Portugal medieval
Portugal medievalPortugal medieval
Portugal medieval
cattonia
 
Arquitetura renascentista
Arquitetura renascentistaArquitetura renascentista
Arquitetura renascentista
Ana Barreiros
 

Destaque (20)

Guerra Civil Portuguesa
Guerra Civil PortuguesaGuerra Civil Portuguesa
Guerra Civil Portuguesa
 
Arquitetura no Renascimento
Arquitetura no RenascimentoArquitetura no Renascimento
Arquitetura no Renascimento
 
Rafael Sanzio
Rafael SanzioRafael Sanzio
Rafael Sanzio
 
Rafael sanzio
Rafael sanzioRafael sanzio
Rafael sanzio
 
Arte Renascentistas: Mestres renascentistas
Arte Renascentistas: Mestres renascentistasArte Renascentistas: Mestres renascentistas
Arte Renascentistas: Mestres renascentistas
 
A Crise Religiosa
A Crise ReligiosaA Crise Religiosa
A Crise Religiosa
 
La Sixtina Museovaticano
La Sixtina MuseovaticanoLa Sixtina Museovaticano
La Sixtina Museovaticano
 
A Crise Religiosa
A Crise ReligiosaA Crise Religiosa
A Crise Religiosa
 
Leonardo da Vinci
Leonardo da VinciLeonardo da Vinci
Leonardo da Vinci
 
Pintura renascentista
Pintura renascentistaPintura renascentista
Pintura renascentista
 
Pintura do quattrocento
Pintura do quattrocentoPintura do quattrocento
Pintura do quattrocento
 
Arte do renascimento - arquitetura
Arte do renascimento - arquiteturaArte do renascimento - arquitetura
Arte do renascimento - arquitetura
 
A Reconquista
A ReconquistaA Reconquista
A Reconquista
 
O espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do territórioO espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do território
 
Idade Ma
Idade MaIdade Ma
Idade Ma
 
Teatro
TeatroTeatro
Teatro
 
Portugal medieval
Portugal medievalPortugal medieval
Portugal medieval
 
Arquitetura renascentista
Arquitetura renascentistaArquitetura renascentista
Arquitetura renascentista
 
01 cultura da catedral
01 cultura da catedral01 cultura da catedral
01 cultura da catedral
 
Disciplina História do Cristianismo
Disciplina História do CristianismoDisciplina História do Cristianismo
Disciplina História do Cristianismo
 

Mais de Professores História

12º EvoluçãO Do Mundo No SéCulo Xx
12º   EvoluçãO Do Mundo No SéCulo Xx12º   EvoluçãO Do Mundo No SéCulo Xx
12º EvoluçãO Do Mundo No SéCulo Xx
Professores História
 
12º O Modernismo Na Pintura Ana Paula Torres
12º   O Modernismo Na Pintura  Ana Paula Torres12º   O Modernismo Na Pintura  Ana Paula Torres
12º O Modernismo Na Pintura Ana Paula Torres
Professores História
 
12º O Modernismo Na Pintura Ana Paula Torres
12º   O Modernismo Na Pintura  Ana Paula Torres12º   O Modernismo Na Pintura  Ana Paula Torres
12º O Modernismo Na Pintura Ana Paula Torres
Professores História
 

Mais de Professores História (12)

Luta política em Oeiras entre 1908 e 1926
Luta política em Oeiras entre 1908 e 1926Luta política em Oeiras entre 1908 e 1926
Luta política em Oeiras entre 1908 e 1926
 
12º EvoluçãO Do Mundo No SéCulo Xx
12º   EvoluçãO Do Mundo No SéCulo Xx12º   EvoluçãO Do Mundo No SéCulo Xx
12º EvoluçãO Do Mundo No SéCulo Xx
 
As experiências das vanguardas
As experiências das vanguardasAs experiências das vanguardas
As experiências das vanguardas
 
12º O Modernismo Na Pintura Ana Paula Torres
12º   O Modernismo Na Pintura  Ana Paula Torres12º   O Modernismo Na Pintura  Ana Paula Torres
12º O Modernismo Na Pintura Ana Paula Torres
 
12º O Modernismo Na Pintura Ana Paula Torres
12º   O Modernismo Na Pintura  Ana Paula Torres12º   O Modernismo Na Pintura  Ana Paula Torres
12º O Modernismo Na Pintura Ana Paula Torres
 
12º A Cultura De Massas Ii
12º   A Cultura De Massas   Ii12º   A Cultura De Massas   Ii
12º A Cultura De Massas Ii
 
12º A Cultura De Massas Ii
12º   A Cultura De Massas   Ii12º   A Cultura De Massas   Ii
12º A Cultura De Massas Ii
 
20 Datas Da HistóRia De Portugal
20 Datas Da HistóRia De Portugal20 Datas Da HistóRia De Portugal
20 Datas Da HistóRia De Portugal
 
20 Datas Da HistóRia De Portugal
20 Datas Da HistóRia De Portugal20 Datas Da HistóRia De Portugal
20 Datas Da HistóRia De Portugal
 
20 Datas Da História De Portugal
20  Datas Da  História De  Portugal20  Datas Da  História De  Portugal
20 Datas Da História De Portugal
 
20 Datas Da HistóRia De Portugal
20 Datas Da HistóRia De Portugal20 Datas Da HistóRia De Portugal
20 Datas Da HistóRia De Portugal
 
20 Datas Da HistóRia De Portugal
20 Datas Da HistóRia De Portugal20 Datas Da HistóRia De Portugal
20 Datas Da HistóRia De Portugal
 

A Pintura Do Renascimento

  • 1. A Pintura do Renascimento Rafael “ Madona no prado". Características: • A composição: O artista tenta distribuir equilibradamente as formas dentro da superfície do quadro. Neste caso, a composição é muito claramente geométrica. A estrutura geométrica imprime ao quadro uma ordem racional. No entanto, esse geometrismo é suavizado, pelas formas arredondadas dos corpos e pela claridade da luz. • A linha e a cor Neste quadro as linhas são os elementos dominantes: as manchas de cor preenchem espaços delimitados pelo desenho. As linhas, particularmente as definidas pelo conjunto das três figuras que sobressaem no quadro, são quase todas curvas de suave movimento; só duas linhas rectas se apercebem neste espaço, a da vara nas mãos das crianças e a que separa o prado do fundo da paisagem. Quanto à cor, o artista procurou uma harmonia entre duas cores puras e contrastantes – o vermelho e o azul, que se destacam sobre as tonalidades menos intensas da paisagem.
  • 2. A luz Uma claridade pura, transparente, banha todo o quadro, reflectindo-se em especial nos meninos e no rosto da Madona. É ainda a luz que o artista utiliza aqui para produzir o efeito de perspectiva: o horizonte e o céu perdem-se ao fundo, quase no infinito, através de uma subtil gradação da luminosidade. • A técnica da pintura O Modelato é a aplicação de camadas muito finas de tinta, que se vão sobrepondo sobre a mesma superfície, produzindo um efeito de brilho e transparência. A sensação de pele macia, bem como a expressão de delicada espiritualidade do rosto da Madona, foi conseguida com o emprego dessa técnica