Liblab call to action

1.518 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.518
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.195
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Liblab call to action

  1. 1. 1. INTRODUÇÃO Os empreendedores sociais são indivíduos com soluções inovadoras para os problemas mais graves da sociedade. Atuando como empresas com fins lucrativos ou organizações não-governamentais, eles abordam as principais questões sociais e oferecem novas ideias para a mudança em larga escala. Esta apresentação é direcionada a gestores e voluntários LIBLAB e tem como objetivo esboçar os alicerces da primeira incubadora que fomente o empreendedorismo social pró-liberdade no Brasil. 2. APRESENTAÇÃO DO LIBLAB O LIBLAB é a incubadora dos Estudantes Pela Liberdade cujo objetivo é fomentar projetos e empreendimentos sociais que divulguem as ideias da liberdade ou desenvolvam a autonomia dos indivíduos e da sociedade perante o estado. Temos como valores (a) a defesa de uma sociedade livre e (b) o reconhecimento do empreendedorismo como mecanismo de transformação social. 3. EMPREENDIMENTOS PELA LIBERDADE Empreendimentos pela liberdade podem tomar diversas formas. Abaixo listamos alguns diferentes tipos de projetos ou empreendimentos pela liberdade, bem como citamos alguns exemplos pré-existentes que podem nos inspirar: a) sites, fanpages e blogs ajudam a divulgar os ideais da liberdade para novos públicos Exemplo: Mercado Popular – defesa dos ideais da liberdade com foco na defesa das minorias excluídas. Seu objetivo é acabar com o mito que o liberalismo é uma doutrina para ricos. b) projetos associativos e colaborativos potencializam a independência dos indivíduos e comunidades perante o estado Exemplo: Projeto Cantagalo do Instituto Atlântico – tem como propósito auxiliar no reconhecimento da propriedade privada em favelas, evitando desapropriações arbitrárias e permitindo que os moradores de favela utilizem suas propriedades para negociar, tomar empréstimos etc.
  2. 2. c) eventos, seminários, congressos e reuniões permitem a formação de lideranças liberais Exemplo: Seminário de Verão do Instituto Ordem Livre – permitiu o encontro de jovens de todo o Brasil para discutir e por em prática as ideias da liberdade. A partir deste Seminário foi fundado o grupo Estudantes Pela Liberdade que hoje está presente nas principais faculdades brasileiras. d) festas, eventos culturais e desportivos permitem maior fluidez ao movimento liberal, permeando espaços não ocupados Exemplo: Calourada Cerveja Sem Imposto – festas universitárias patrocinadas por cervejaria conseguem mostrar o impacto da tributação nos produtos ao mesmo tempo em que deixa claro: liberalismo também se discute fora de sala de aula. b) empresas com fins lucrativos conseguem gerar rendimentos aos seus sócios enquanto trazem serviços ou produtos pró-liberdade Exemplo: Robocoin – empresa de software que lucra com porcentagens em cima de transações em criptomoeda, acaba por instalar caixas eletrônicos para depósito e saque de bitcoins. Robocoin, desta forma, aumenta a liquidez da criptomoeda e permite o desenvolvimento de uma sociedade menos dependente dos Bancos Centrais. 4. MEIOS DE ATUAÇÃO São meios de atuação do LIBLAB: a) análise de viabilidade e impacto do projeto/empreendimento “Qual impacto este empreendimento terá na sociedade?” “Quais são seus desafios pela frente?” Essas e outras perguntas devem ser analisadas pela equipe LIBLAB em conjunto com os empreendedores incubados. Esta etapa pretende verificar se o impacto do empreendimento valerá os esforços e investimentos dispendidos. b) consultoria na modelagem do projeto/empreendimento O LIBLAB auxilia o empreendedor na concepção de sua ideia de negócio, escolha de métodos de atuação, apreciação de riscos, pesquisa de mercado, análise de valor agregado, desenvolvimento do mínimo produto viável, validação, entre outras atividades necessárias à modelagem do projeto/empreendimento. c) eventuais aportes e capacitação para fundraising Nem todos os projetos/empreendimentos necessitam de aporte de recursos para sua execução e sucesso. Para outros, todavia, é fundamental um primeiro aporte e um modelo sustentável de financiamento. O LIBLAB, como descrito em tópico específico abaixo, poderá realizar financiamentos diretos ou auxiliar o empreendedor a obter recursos com investidores.
  3. 3. d) auxílio no desenvolvimento de rede de contatos Às vezes entre a ideia, o financiamento e a execução só falta ao empreendedor um contato certo. A formação de uma rede de profissionais capacitados e investidores pró-liberdade permitirá que o empreendedor se projete na sociedade. e) assessoria e capacitação técnica nas áreas de gestão, jurídico, finanças, logística, design e comunicação O LIBLAB conta com profissionais capacitados para auxiliar os incubados em seus desafios nas mais diversas áreas. De um design gráfico de uma fanpage ao auxílio no desenvolvimento de contratos complexos, o LIBLAB pretende amparar os empreendedores para que vençam os obstáculos e achem caminhos mais eficientes na execução de sua atividade. 5. FINANCIAMENTO DE INCUBADAS Como dito anteriormente, nem todos os projetos/empreendimentos necessitam de aporte de recursos para sua execução e sucesso. Para outros, todavia, é fundamental um primeiro aporte e um modelo sustentável de financiamento. Uma vez reconhecida a necessidade de financiamento para o melhor aproveitamento do projeto/empreendimento, o LIBLAB atuará de diferentes formas: INVESTIMENTO DIRETO DO FUNDO LIBLAB O LIBLAB conta com equipe dedicada exclusivamente à captação de recursos próprios a fim de investir em empreendimentos/projetos que realmente precisem de um aporte inicial para ser bem sucedido. Origem dos recursos: a) Parceiro Premium LIBLAB Algumas empresas e institutos liberais estão dispostos a financiar o empreendedorismo social. Neste sentido, nossa equipe entrará em contato com instituições com a Atlas Foundation, Catho Institute, Instituto Friedrich Naumann, além de várias que costumam investir em eventos e organizações liberais. b) Moneybomb LIBLAB Moneybomb é descrito como uma estratégia de “grassroot fundrasing”. Trata-se de uma arrecadação através de publicidade viral, com uma data inicial e final pré-definidas e com um propósito certo. Costuma-se medir com um termômetro as doações. AUXÍLIO NA PROSPECÇÃO DE INVESTIDORES Nem sempre o LIBLAB poderá investir diretamente nos empreendimentos sociais. Neste caso, podemos auxiliar o empreendedor a encontrar o financiador que se encaixe ao perfil de seu projeto/empreendimento. a) Programa de Crowdfunding por Projeto
  4. 4. Alguns projetos mais simples podem se utilizar de ferramentas de crowdfunding como o vakinha.com.br e arrecadar recursos diretamente com o público. b) Prospecção de Investidor Anjo Certos empreendimentos/projetos possuem um atrativo a um perfil específico de investidores. O LIBLAB auxiliará na identificação do perfil e aproximação com o investidor. c) Editais Privados de Financiamento Certos institutos e organizações privadas lançam editais de patrocínio. O LIBLAB poderá capacitar seus incubados na redação de projetos para estes editais. d) Rodadas de Investimentos Uma excelente estratégia para arrecadar fundos é reunir potenciais investidores e apresentar seus projetos. O LIBLAB pretende ao menos uma vez ao ano organizar rodadas de investimento. 6. ORGANIZAÇÃO LIBLAB Diretoria-Executiva A direção-executiva é responsável pela seleção dos projetos/empreendimentos a serem incubados, bem como pela definição de metas e coordenação das diversas equipes do LIBLAB. Diretor-Executivo: Felipe Melo França liblab@epl.org.br Advogado (UFPE), ex-conselheiro executivo dos Estudantes Pela Liberdade, co-fundador do Escritório Jr. Bevilaqua, articulista do Mercado Popular e designer responsável pela marca EPL. Gestão de Fundraising Se novos empreendimentos e projetos tendem a possuir dificuldade na obtenção de recursos financeiros, esta dificuldade se potencializa ao lidarmos com projetos sem fins lucrativos. Sem embargos, é fundamental ao empreendedor da liberdade ter foco em potenciais financiadores, além de projetar uma atividade autossustentável. Neste escopo, a gestão de fundraising é responsável por auxiliar na escolha do meio de financiamento, além de arrecadar recursos mediante fundo próprio. Gestor: Raduán Melo Economista (UFC), consultor empresarial e diretor de relações institucionais do Instituto Liberal do Nordeste (ILIN), ex-conselheiro dos Estudantes Pela Liberdade e articulista na Tribuna do Ceará. Gestão de Design de Serviços e Modelagem
  5. 5. Desde a concepção e análise de viabilidade do empreendimento até o desenvolvimento do produto mínimo viável há uma série de atividades de design de serviço e modelagem de negócio necessárias à boa execução do empreendimento. Neste sentido, o LIBLAB se propõe a auxiliar os empreendedores a melhor conceberem e executarem suas atividades. Gestor: Emiliano Abad Designer (UFPE), presidente do IxDI-Recife, embaixador do Sandbox Network. Cofundador da Eventick Gestão Jurídica Contar com uma assessoria jurídica desde o início de suas atividades garante empreendimentos LIBLAB o privilégio de crescer com o mínimo de risco jurídico. Isto proporciona segurança ao empreendedor, seus parceiros e investidores. Gestora Jurídica: Gabriela Benício Advogada pós-graduada pela UFPE, gerente jurídica da Kroma Energia, ex-cordenadora de Pernambuco do EPL, conselheira do Escritório Jr. Bevilaqua. Neste sentido, o LIBLAB garante plena assistência jurídica – consultiva e contenciosa – nas áreas de Direito Cível, Tributário, Contratual, Societário, Propriedade Intelectual, Administrativo, Imobiliário e Trabalhista, sempre realizada por advogados e estudantes de direito defensores das causas liberais. Gestão de Tecnologia da Informação Para estar presente no mundo atual é preciso estar Gestores: Henrique Vicente e Fabrício Akio na internet. Para ser mais eficiente é preciso utilizar a plataforma correta. São raros (ou inexistentes) os empreendimentos que não necessitam aplicar a tecnologia da informação de algum modo. Para isso, o LIBLAB conta com uma equipe de especialistas em computação e rede para assessoras suas incubadas. Gestão de Comunicação e Design Gráfico Para se comunicar com o seu público-alvo cada empreendimento precisa adequar sua comunicação, utilizando a linguagem e discurso adequado ao objetivo. Entre jornalistas, publicitários e designers gráficos, o LIBLAB pretende garantir ampla projeção aos seus incubados. Gestor: Mano Ferreira Jornalista (UFPE), integrante do Café Colombo e co-fundador e diretor de comunicação da rede Estudantes Pela Liberdade no Brasil. 7. OUTRAS INCUBADORAS DE EMPREENDIMENTOS SOCIAIS Talvez sejamos a primeira incubadora com enfoque em empreendedorismo social cujo propósito é ampliar a liberdade e autonomia da sociedade perante o estado. Mas, de
  6. 6. fato, não somos a primeira incubadora de empreendimentos sociais . Tomamos como exemplos as seguintes outras incubadoras: A) ECHOING GREEN FELLOWSHIP http://www.echoinggreen.org/fellowship/echoing-green-fellowship B) Global Social Benefit Incubator (GSBI) http://www.scu.edu/socialbenefit/entrepreneurship/gsbi/ C) GoodCompany http://goodcompanygroup.org/ D) Hub Ventures http://hub-ventures.com/ E) Unreasonable Institute http://unreasonableinstitute.org/ 7. QUAL O ESTÁGIO DO LIBLAB? O LIBLAB está na fase de organização de equipes e elaboração de projetos de financiamento interno. Sua meta de lançamento da primeira turma de incubados é para 2014/2015. 8. COMO PARTICIPAR? Se você está interessado em participar do LIBLAB entre em contato através do email liblab@epl.org.br. São Paulo, 24 de janeiro de 2014 LIBLAB – INCUBADORA DE EMPREENDIMENTOS PELA LIBERDADE Felipe Melo França

×