Respostas de questões Teóricas (Unidade 2)
1) Elas podem ser consideradas funções continuas da posição (x,y,z) e do tempo ...
7)
8)
Unidades no SI
9)
A: esse é o comportamento de um fluido ideal. Não há viscosidade e, portanto, a
tensão de cisalham...
D: no grupo dos pseudo-plásticos, a viscosidade diminui com o aumento da taxa de
cisalhamento. Exemplos: alguns produtos a...
12)
13)
14)
15)Mudança na forma / volume do corpo de modo a reduzir a força de arrasto de
pressão. Esse processo objetiva ...
17)
a. NM < 0.30;
b. NM > 0.30;
c. NM < 1;
d. NM > 1.
18)Razão entre forças inerciais e viscosas em um fluido.
19)
c
V
NM ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Unidade 2 resposta

1.025 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.025
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
85
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Unidade 2 resposta

  1. 1. Respostas de questões Teóricas (Unidade 2) 1) Elas podem ser consideradas funções continuas da posição (x,y,z) e do tempo (t). P.ex.: etc. 2) Seja uma propriedade qualquer do fluido; então, 3) Em função do número de coordenadas espaciais necessárias para se especificar o campo de velocidades. Por ex.: 4) Forças superficiais atuam nas fronteiras do meio fluido via contato direto. Ex: pressão, atritos Forças de campo são desenvolvidas sem contato físico sendo distribuídas por todo o volume fluido. Ex: gravidade, eletromagnéticas 5) Especificando-se as tensões que atuam em 3 planos mutuamente perpendiculares, que por ele passam. Sendo representado pela matriz (3x3): 6) UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Departamento de Engenharia Mecânica Disciplina: Mecânica dos Fluidos – ME262 Prof.: Alex Maurício Araújo );,,,( tzyxVV  );,,,( tzyxpp ),,,,( tzyx fluidodoqualquerepropriedadumaéonde,),,,(geralmodoumDe tzyx 0 t );(1 xVVD  );,(2 yxVVD  );,,(3 zyxVVD  zzzyzx yzyyyx xzxyxx ijT dy du yx x.direçãonayplanosnosatuandocortedetensãoyx fluidododinâmicadeviscosida evelocidaddeverticalgradiente dy du
  2. 2. 7) 8) Unidades no SI 9) A: esse é o comportamento de um fluido ideal. Não há viscosidade e, portanto, a tensão de cisalhamento é nula em qualquer ponto. É o tipo considerado em modelos teóricos simples de escoamentos. B: o tipo dilatante é característico de algumas soluções de açúcar e de amidos. A viscosidade aumenta com o aumento da taxa de cisalhamento. C: ao tipo newtoniano pertence a maioria dos fluidos práticos, como água e soluções aquosas, óleos, etc. 0 x U dinâmica)de(viscosida dy dudy du yx yx :CinemáticaeViscosidad )/(Ns)s/(N 21-2 1211 2 mm TL F LLT FL )/( 1 2 2 23 2 sm T LLT T L ML TFL
  3. 3. D: no grupo dos pseudo-plásticos, a viscosidade diminui com o aumento da taxa de cisalhamento. Exemplos: alguns produtos alimentícios, massas de cerâmica e de cimento. Os próximos tipos têm comportamento de plástico e requerem uma tensão inicial τ0 para início do escoamento. Entretanto, ao contrário dos plásticos sólidos, podem não apresentar prévia elasticidade. E: esse é um modelo de fluido plástico com características de aumento da viscosidade com aumento da taxa de cisalhamento. F: o plástico de Bingham pode ser visto como um fluido newtoniano com uma tensão inicial maior que zero. É o comportamento aproximado de produtos alimentícios com alto teor de gordura (chocolate, manteiga, margarina). G: o modelo de Casson mostra características plásticas, com redução da viscosidade no aumento da taxa de cisalhamento. Aplicável a fluidos como sangue e iogurtes. 10) 11) A, B e C- Velocidade não perturbada pelos efeitos viscosos ( )U
  4. 4. 12) 13) 14) 15)Mudança na forma / volume do corpo de modo a reduzir a força de arrasto de pressão. Esse processo objetiva reduzir o tamanho da esteira, via retardamento do ponto de separação. 16) FS FA FS– força de sustentação FA– força de arrasto
  5. 5. 17) a. NM < 0.30; b. NM > 0.30; c. NM < 1; d. NM > 1. 18)Razão entre forças inerciais e viscosas em um fluido. 19) c V NM fluxodoevelocidadV somdoevelocidadc VLVL N Re 0,1Re 12 1 TL LLTVL N;0,11 1 LT LT c V NM

×