O mercado de Design

1.138 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

O mercado de Design

  1. 1. A expans ão do mercado de Design Gráfico Prof. M árcio A. Fernandes Duarte Setembro 2010
  2. 2. “ O ser humano pensa visualmente”.
  3. 3. Tudo o que conhecemos passou por um projeto de design
  4. 4. SER DESIGNER atualmente não se resume ao exercício de uma atividade técnica , não se restringe a ter competência em uma linguagem visual predeterminada e aceita, mas sim, e SOBRETUDO, em ser capaz de imaginar soluções de forma lógica e criativa , motivadas não por modismos, mas por critérios. (ASTIZ, 2004, p.22)
  5. 5. A Apple entende a necessidade da inova ção como ferramenta de marketing e posicionamento.
  6. 6. O termo DESIGN tem aparecido constantemente no nosso vocabulário, sempre associado a algo novo, ou com estilo ou ainda, aparece quando queremos nos referir a algo que esteja na moda.
  7. 14. Ao se analisar um determinado produto ou serviço, pode-se perceber a presença do design não só em sua forma de apresentação e utilização, como também na embalagem , no manual de uso , nos impressos e materiais promocionais , na forma de venda do produto e sua na marca .
  8. 15. <ul><li>Atualmente as Empresas necessitam de algo para se diferenciar no mercado/segmento; </li></ul><ul><li>O Marketing trata a imagem como um asp ecto fundamental nas estratégias de comunicação; </li></ul><ul><li>O Design Gráfico atende as necessidades visuais do Marketing, criando linguagens adequadas ao público; </li></ul><ul><li>A Publicidade oferece o amparo comunicacional ao Design e ao Marketing visando uma unidade. </li></ul>
  9. 16. <ul><li>O mercado pede formas diferenciadas de apresenta ção, afim de tornar sua imagem e sua forma algo diferenciado e atraente; </li></ul><ul><li>Não somente aspectos estéticos devem ser privilegiados, o Design , assim como o Marketing e a Publicidade , vende ESTILO DE VIDA. </li></ul>
  10. 19. Situa ções geradas pela inclusão do design nas empresas <ul><li>As diferentes concepções de cada empresa para o termo design — variando de um simples elemento ligado à aparência visual até uma visão mais ampla e integrada, envolvendo aspectos de marketing, eficiência, qualidade, competitividade, entre outros; </li></ul><ul><li>A atividade de design ocorre em empresas de todos os portes – pequena, média e grande; </li></ul><ul><li>O design não possui lugar definido na estrutura organizacional das empresas, podendo ser desenvolvido por departamentos como: marketing, produção ou P&D, ou ainda realizado conjuntamente por diferentes departamentos da empresa. </li></ul><ul><li>Uma grande variação de atitudes e estratégias de design, mesmo entre empresas do mesmo porte e setor de atuação; (UESU, 2003) </li></ul>
  11. 20. Resultados obtidos pela implementa ção do design nas empresas <ul><li>Cerca de 90% dos projetos implementados geraram lucros; </li></ul><ul><li>48% dos projetos implementados recuperaram seus custos totais, incluindo equipamentos, em até um ano a partir do lançamento do produto; </li></ul><ul><li>Mais de 40% das vendas resultantes de projetos de design de engenharia conjugados a design industrial foram para exportação; </li></ul><ul><li>25% dos projetos abriram novos mercados domésticos; </li></ul><ul><li>Redução dos custos de fabricação e melhorias na imagem externa da empresa, al ém d e economia de estoques; </li></ul><ul><li>Nos projetos implementados, os riscos financeiros foram baixos para todos os tipos de design; </li></ul><ul><li>Aumento da contratação de designers ou a contratação de consultores para utilização do design em sua estrutura organizacional. (UESU, 2003) </li></ul>
  12. 21. A moderniza ção visual se faz necessária para uma evolução de marca.
  13. 22. A moderniza ção visual se faz necessária para uma evolução de marca.
  14. 23. A moderniza ção visual se faz necessária para uma evolução de marca.
  15. 24. A moderniza ção visual se faz necessária para uma evolução de marca.
  16. 25. A moderniza ção visual se faz necessária para uma evolução de marca.
  17. 26. A moderniza ção visual se faz necessária para uma evolução de marca.
  18. 27. <ul><li>As empresas est ão entendendo que investir em design não gera custo, mas sim lucros e fixação de marca. </li></ul><ul><li>Partindo de estudos que a cada $1,00 investido reverte em $5,00 de lucro, temos: </li></ul><ul><ul><li>Aumento de credibilidade em seus produtos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Direcionamento da linguagem ao p úblico ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Melhor recep ção da mensagem. </li></ul></ul>
  19. 28. <ul><li>Design Gr áfico pode estar atuando em diversas frente: </li></ul><ul><ul><li>Design Gr áfico (materiais impressos - promocionais ou institucionais); </li></ul></ul><ul><ul><li>Design de embalagens ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Design Editorial (Livros, revistas, catálogos, etc); </li></ul></ul><ul><ul><li>Design para internet (estrutura visual para sistemas on-line, sites, blogs, etc); </li></ul></ul><ul><ul><li>Design Móvel (Interfaces para dispositivos móveis, além de softwares, CDs, DVDs, etc)) </li></ul></ul>
  20. 30. Refer ências <ul><li>ADG Brasil - ASTIZ, Paula – O valor do design – Guia ADG Brasil de prática profissional do designer gráfico. 3 Edi çã o – São Paulo: Editora Senac São Paulo. </li></ul><ul><li>UESU, Jorge. ABBONÍZIO, Marco A O. FUKUSHIMA, Naotake. INOVAÇÃO ATRAVÉS DO DESIGN COMO FERRAMENTA PARA COMPETITIVIDADE: Estudo de casos sobre estratégia para competitividade em pequenas e médias empresas do setor moveleiro da região metropolitana de Curitiba (Trabalho de Conclusão de Curso). Curitiba: FAE/CDE, 2003. </li></ul><ul><li>ADEGRAF. Experimente Design Estrat egicamente (Cartilha) . Bras í lia: ADEGRAF, 2008 </li></ul>Prof. Marcio Duarte – profmarcioduarte@gmail.com

×