SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
DESAFIOS NO ENFRENTAMENTO
À POBREZA
Momento Estratégico de Reflexão
UNICEF - 05/05/2015
Núcleo duro da extrema pobreza
 71% de negros e negras
 60% na região Nordeste
 40% de crianças e adolescentes (0 a 14
anos)
Bolsa Família mantêm
36 milhões de pessoas fora
da extrema pobreza
22 milhões superaram a extrema pobreza
durante o governo Dilma, destes:
8,1 milhões são crianças e adolescentes
50% mais consultas de pré-natal
Diminuição em 14% do índice de
crianças que nascem prematuras
Menor prevalência de baixo peso
ao nascer
Vacinação de 99,1% das crianças
Bolsa Família Programa Saúde
da Família
58% de redução da
mortalidade por desnutrição
46% de diminuição da
mortalidade por diarréia
Fontes: Brasil Carinhoso - saúde – MS, abril de 2014; BVG – MS e MDS, gestantes identificadas nos períodos jan/10-fev/12 e mar/12-dez/13.
Rede Cegonha e Benefício Variável Gestante
A taxa de identificação precoce de gestações (até 12ª
semana) de beneficiárias do Bolsa Família aumentou 57%
após o início do pagamento do benefício
Aleitamento materno
As crianças do Bolsa Família recebem o leite materno como
único alimento até os 6 meses de vida em proporção maior
do que as famílias não beneficiárias (61% contra 53%)
Prevalência de Déficit de Estatura
Desnutrição Crônica (%)
Painel longitudinal com cerca de 360 mil crianças
Fonte: Ministério da Saúde, elaboração MDS
17.5
8.5
2008 2012
51%
107.8
108.6
107.2
107.9
106.5
107
107.5
108
108.5
109
2008 2012
Meninos Meninas
Crianças acompanhadas pelo Bolsa Família
Aumento na estatura média das crianças
Fonte: Ministério da Saúde, elaboração MDS
24110
A chance de os indivíduos que estão no Bolsa família há
mais de quatro anos estarem no grupo de deficiência
nutricional é metade (0,48)
Deficiência Adequação
Até 1 ano Referência Referência
0,900 1,659*
(0.352) (0.648)
0,88* 1,875*
(0.347) (0.653)
0,48** 2,213**
(0.189) (0.811)
*Sig a 0,1; **Sig a 0,05; ***Sig a 0,001
Tempo de
permanência
no PBF
De 1 a 2 anos
De 2 a 4 anos
Acima de 4 anos
Variável Categorias Estado Nutricional Altura x Idade
Teste de relação causal entre tempo de exposição
PBF x Deficiência Nutricional Crônica
% de estudantes de 15 anos da rede pública na série/ano esperado
20% mais pobres Restante 80% Fonte PNAD,
elaboração MDS
32.1
63.1
54.8
73.1
31.0
18.3
-41%
Redução da desigualdade educacional
% de estudantes de 15 anos da Rede Pública, na série/ano esperada
201320062002
 708 mil crianças do Bolsa Família de 0 a 3 anos
matriculadas na educação infantil
 NutriSus
Saches de nutrientes para 6.864 creches
 Suplementação com megadoses de Vitamina A
• 9,1 milhões de crianças desde 2012
Ação Brasil Carinhoso
8.3% 8.1%
7.8%
7.0%
5.4%
4.4%
3.4%
2.9%
1.8%
1.5%
1.1%
0.0%
1.0%
2.0%
3.0%
4.0%
5.0%
6.0%
7.0%
8.0%
9.0%
2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2011 2012 2013
Pobreza crônica, SAGI/MDS
Pobreza crônica, SAGI/MDS
Fonte: PNAD/IBGE. Elaboração: MDS e Banco Mundial
Evolução da Pobreza Crônica
13.4 13.3
12.8
12.3
9.8
8.0
6.5
5.4
3.6
2.6
2.1
2.0 2.0 1.7 1.6
1.1 1.0 0.7 0.6 0.4 0.3 0.3
-1.0
1.0
3.0
5.0
7.0
9.0
11.0
13.0
15.0
2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013
Pelo menos 1 filho com 6 anos ou menos Pelo menos 1 filho com idade entre 7 e 14 anos
Todos os filhos com 6 anos ou menos Todos os filhos com idade entre 7 e 14 anos
Todos os filhos com idade entre 15 e 24 anos
Fonte: PNAD/IBGE 2013. Elaboração: MDS
Indicador de Pobreza Multidimensional Crônica
POR TIPO DE FAMÍLIA
DESAFIOS NO ENFRENTAMENTO
À POBREZA
Momento Estratégico de Reflexão
UNICEF - 05/05/2015

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slide Bolsa Família
Slide Bolsa FamíliaSlide Bolsa Família
Slide Bolsa FamíliaJomari
 
Rede de Atendimento Nioaque Slides pbf cadunico
Rede de Atendimento Nioaque Slides pbf cadunicoRede de Atendimento Nioaque Slides pbf cadunico
Rede de Atendimento Nioaque Slides pbf cadunicoCristina de Souza
 
Apresentacao sicon porto alegre 08 12 10
Apresentacao sicon   porto alegre 08 12 10Apresentacao sicon   porto alegre 08 12 10
Apresentacao sicon porto alegre 08 12 10NandaTome
 
Atualidades - Bolsa Família
Atualidades - Bolsa FamíliaAtualidades - Bolsa Família
Atualidades - Bolsa FamíliaElton Zanoni
 
Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantão
Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantãoCurso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantão
Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantãoMarcelo Bancalero
 
Bolsa familia 2013 transferencia de renda e apoio a familia no acesso a saude...
Bolsa familia 2013 transferencia de renda e apoio a familia no acesso a saude...Bolsa familia 2013 transferencia de renda e apoio a familia no acesso a saude...
Bolsa familia 2013 transferencia de renda e apoio a familia no acesso a saude...Cre Educação
 
Apresentação cartão 2013 daniel
Apresentação cartão 2013 danielApresentação cartão 2013 daniel
Apresentação cartão 2013 danieljonasbonfante
 
Morbilidade e mortalidade-infantil
Morbilidade e mortalidade-infantilMorbilidade e mortalidade-infantil
Morbilidade e mortalidade-infantilLurdesmartins17
 
Apresentação gestão cadastro_unico_e_pbf_-_cm
Apresentação gestão cadastro_unico_e_pbf_-_cmApresentação gestão cadastro_unico_e_pbf_-_cm
Apresentação gestão cadastro_unico_e_pbf_-_cmSimone Oliveira
 
Bolsa familia
Bolsa familiaBolsa familia
Bolsa familiageisi1902
 

Mais procurados (19)

Caderno de resultados da inclusão produtiva rural do Brasil Sem Miséria
Caderno de resultados da inclusão produtiva rural do Brasil Sem MisériaCaderno de resultados da inclusão produtiva rural do Brasil Sem Miséria
Caderno de resultados da inclusão produtiva rural do Brasil Sem Miséria
 
Relatório FAO - O Estado da Insegurança Alimentar no Mundo 2015
Relatório FAO - O Estado da Insegurança Alimentar no Mundo 2015Relatório FAO - O Estado da Insegurança Alimentar no Mundo 2015
Relatório FAO - O Estado da Insegurança Alimentar no Mundo 2015
 
Slide Bolsa Família
Slide Bolsa FamíliaSlide Bolsa Família
Slide Bolsa Família
 
Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2014
Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2014Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2014
Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2014
 
Rede de Atendimento Nioaque Slides pbf cadunico
Rede de Atendimento Nioaque Slides pbf cadunicoRede de Atendimento Nioaque Slides pbf cadunico
Rede de Atendimento Nioaque Slides pbf cadunico
 
O QUE É O BOLSA FAMÍLIA?
O QUE É O BOLSA FAMÍLIA? O QUE É O BOLSA FAMÍLIA?
O QUE É O BOLSA FAMÍLIA?
 
Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio
Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do MilênioRelatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio
Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio
 
Apresentacao sicon porto alegre 08 12 10
Apresentacao sicon   porto alegre 08 12 10Apresentacao sicon   porto alegre 08 12 10
Apresentacao sicon porto alegre 08 12 10
 
Atualidades - Bolsa Família
Atualidades - Bolsa FamíliaAtualidades - Bolsa Família
Atualidades - Bolsa Família
 
Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantão
Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantãoCurso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantão
Curso Bolsa Família pra explicar a coxinhas de plantão
 
Bolsa familia
Bolsa familiaBolsa familia
Bolsa familia
 
Bolsa familia 2013 transferencia de renda e apoio a familia no acesso a saude...
Bolsa familia 2013 transferencia de renda e apoio a familia no acesso a saude...Bolsa familia 2013 transferencia de renda e apoio a familia no acesso a saude...
Bolsa familia 2013 transferencia de renda e apoio a familia no acesso a saude...
 
O Bolsa Família e a Economia
O Bolsa Família e a EconomiaO Bolsa Família e a Economia
O Bolsa Família e a Economia
 
Brasil Sem Miséria - Caderno de Resultados 2011 - 2014
Brasil Sem Miséria - Caderno de Resultados 2011 - 2014Brasil Sem Miséria - Caderno de Resultados 2011 - 2014
Brasil Sem Miséria - Caderno de Resultados 2011 - 2014
 
Apresentação cartão 2013 daniel
Apresentação cartão 2013 danielApresentação cartão 2013 daniel
Apresentação cartão 2013 daniel
 
Bolsa familia na_saude_2011
Bolsa familia na_saude_2011Bolsa familia na_saude_2011
Bolsa familia na_saude_2011
 
Morbilidade e mortalidade-infantil
Morbilidade e mortalidade-infantilMorbilidade e mortalidade-infantil
Morbilidade e mortalidade-infantil
 
Apresentação gestão cadastro_unico_e_pbf_-_cm
Apresentação gestão cadastro_unico_e_pbf_-_cmApresentação gestão cadastro_unico_e_pbf_-_cm
Apresentação gestão cadastro_unico_e_pbf_-_cm
 
Bolsa familia
Bolsa familiaBolsa familia
Bolsa familia
 

Destaque

Relatório de pesquisa - Práticas pedagógicas
Relatório de pesquisa - Práticas pedagógicasRelatório de pesquisa - Práticas pedagógicas
Relatório de pesquisa - Práticas pedagógicasAdriano Valadão
 
Serviço social de grupo
Serviço social de grupoServiço social de grupo
Serviço social de grupoCarol Alves
 
Cartilha paif 2016- articulação necessária na proteção social básica
Cartilha paif   2016- articulação necessária na proteção social básicaCartilha paif   2016- articulação necessária na proteção social básica
Cartilha paif 2016- articulação necessária na proteção social básicaRosane Domingues
 

Destaque (13)

Seguridad Nutricional y Alimentaria en Brasil
Seguridad Nutricional y Alimentaria en BrasilSeguridad Nutricional y Alimentaria en Brasil
Seguridad Nutricional y Alimentaria en Brasil
 
Lançamento do Caderno de Estudos Inclusão Produtiva Urbana: o que fez o Prona...
Lançamento do Caderno de Estudos Inclusão Produtiva Urbana: o que fez o Prona...Lançamento do Caderno de Estudos Inclusão Produtiva Urbana: o que fez o Prona...
Lançamento do Caderno de Estudos Inclusão Produtiva Urbana: o que fez o Prona...
 
Apresentação da ministra - seminário internacional Desenvolvimento Social: um...
Apresentação da ministra - seminário internacional Desenvolvimento Social: um...Apresentação da ministra - seminário internacional Desenvolvimento Social: um...
Apresentação da ministra - seminário internacional Desenvolvimento Social: um...
 
Food and Nutrition Security in Brazil
Food and Nutrition Security in BrazilFood and Nutrition Security in Brazil
Food and Nutrition Security in Brazil
 
Edital 103 2014 sagi
Edital 103 2014 sagiEdital 103 2014 sagi
Edital 103 2014 sagi
 
Acolhimento no SCFV
Acolhimento no SCFVAcolhimento no SCFV
Acolhimento no SCFV
 
Relatório de pesquisa - Práticas pedagógicas
Relatório de pesquisa - Práticas pedagógicasRelatório de pesquisa - Práticas pedagógicas
Relatório de pesquisa - Práticas pedagógicas
 
Scfv para idosos
Scfv para idososScfv para idosos
Scfv para idosos
 
Serviço social de grupo
Serviço social de grupoServiço social de grupo
Serviço social de grupo
 
Perguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
Perguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de VínculosPerguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
Perguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
 
Paif e scfv
Paif e scfvPaif e scfv
Paif e scfv
 
Serviços do CRAS
Serviços do CRASServiços do CRAS
Serviços do CRAS
 
Cartilha paif 2016- articulação necessária na proteção social básica
Cartilha paif   2016- articulação necessária na proteção social básicaCartilha paif   2016- articulação necessária na proteção social básica
Cartilha paif 2016- articulação necessária na proteção social básica
 

Semelhante a Apresentaçao da ministra - Momento Estratégico de Reflexão (Unicef)

Aleitamento materno uma prioridade nacional (lição 2)
Aleitamento materno uma prioridade nacional (lição 2)Aleitamento materno uma prioridade nacional (lição 2)
Aleitamento materno uma prioridade nacional (lição 2)Juliane Stivanin da Silva
 
Fatores de risco e tendências das taxas de mortalidade infantil e da prevalên...
Fatores de risco e tendências das taxas de mortalidade infantil e da prevalên...Fatores de risco e tendências das taxas de mortalidade infantil e da prevalên...
Fatores de risco e tendências das taxas de mortalidade infantil e da prevalên...Fundação de Economia e Estatística
 
Nutricao na atencao basica
Nutricao na atencao basicaNutricao na atencao basica
Nutricao na atencao basicaFilipe Mello
 
PrevalêNcia Do Aleitamento Materno Na RegiãO Noroeste De Campinas, SãO Paulo,...
PrevalêNcia Do Aleitamento Materno Na RegiãO Noroeste De Campinas, SãO Paulo,...PrevalêNcia Do Aleitamento Materno Na RegiãO Noroeste De Campinas, SãO Paulo,...
PrevalêNcia Do Aleitamento Materno Na RegiãO Noroeste De Campinas, SãO Paulo,...Biblioteca Virtual
 
Smam 2014 0PS/OMS: AMAMENTAÇÃO em um mundo globalizado
Smam 2014 0PS/OMS: AMAMENTAÇÃO em um mundo globalizadoSmam 2014 0PS/OMS: AMAMENTAÇÃO em um mundo globalizado
Smam 2014 0PS/OMS: AMAMENTAÇÃO em um mundo globalizadoProf. Marcus Renato de Carvalho
 
Niquini.rev0
Niquini.rev0Niquini.rev0
Niquini.rev0Niquini
 
Ações da estratégia “acolhimento mãe-bebê” e características maternas associa...
Ações da estratégia “acolhimento mãe-bebê” e características maternas associa...Ações da estratégia “acolhimento mãe-bebê” e características maternas associa...
Ações da estratégia “acolhimento mãe-bebê” e características maternas associa...Niquini
 
2267-L - Aleitamento materno, distribuição de leites e fórmulas infantis em e...
2267-L - Aleitamento materno, distribuição de leites e fórmulas infantis em e...2267-L - Aleitamento materno, distribuição de leites e fórmulas infantis em e...
2267-L - Aleitamento materno, distribuição de leites e fórmulas infantis em e...bibliotecasaude
 
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2Vitória S
 
aula_promocao_FORUMSP.ppt
aula_promocao_FORUMSP.pptaula_promocao_FORUMSP.ppt
aula_promocao_FORUMSP.pptLu Galdino
 
NUTRIÇÃO EM SAÚDE COLETIVA
NUTRIÇÃO EM SAÚDE COLETIVA NUTRIÇÃO EM SAÚDE COLETIVA
NUTRIÇÃO EM SAÚDE COLETIVA AlexsandraFabre1
 
Fatores que interferem no sobrepeso e na obesidade e suas consequências para ...
Fatores que interferem no sobrepeso e na obesidade e suas consequências para ...Fatores que interferem no sobrepeso e na obesidade e suas consequências para ...
Fatores que interferem no sobrepeso e na obesidade e suas consequências para ...Van Der Häägen Brazil
 
Resumo FENERC 2012 - Serra Talhada
Resumo FENERC 2012 - Serra TalhadaResumo FENERC 2012 - Serra Talhada
Resumo FENERC 2012 - Serra Talhadaforumdealimetacao
 
Apresentação Tereza Campello - Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social
Apresentação Tereza Campello - Conselho de Desenvolvimento Econômico e SocialApresentação Tereza Campello - Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social
Apresentação Tereza Campello - Conselho de Desenvolvimento Econômico e SocialPalácio do Planalto
 
XIV ENAM - Anais do Encontro Nacional de Aleitamento Materno - Florianópolis,...
XIV ENAM - Anais do Encontro Nacional de Aleitamento Materno - Florianópolis,...XIV ENAM - Anais do Encontro Nacional de Aleitamento Materno - Florianópolis,...
XIV ENAM - Anais do Encontro Nacional de Aleitamento Materno - Florianópolis,...Prof. Marcus Renato de Carvalho
 

Semelhante a Apresentaçao da ministra - Momento Estratégico de Reflexão (Unicef) (20)

PNAISC.pdf
PNAISC.pdfPNAISC.pdf
PNAISC.pdf
 
Aleitamento materno uma prioridade nacional (lição 2)
Aleitamento materno uma prioridade nacional (lição 2)Aleitamento materno uma prioridade nacional (lição 2)
Aleitamento materno uma prioridade nacional (lição 2)
 
Fatores de risco e tendências das taxas de mortalidade infantil e da prevalên...
Fatores de risco e tendências das taxas de mortalidade infantil e da prevalên...Fatores de risco e tendências das taxas de mortalidade infantil e da prevalên...
Fatores de risco e tendências das taxas de mortalidade infantil e da prevalên...
 
O pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
O pediatra e sua presença na Assistência no BrasilO pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
O pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
 
Nutricao na atencao basica
Nutricao na atencao basicaNutricao na atencao basica
Nutricao na atencao basica
 
PrevalêNcia Do Aleitamento Materno Na RegiãO Noroeste De Campinas, SãO Paulo,...
PrevalêNcia Do Aleitamento Materno Na RegiãO Noroeste De Campinas, SãO Paulo,...PrevalêNcia Do Aleitamento Materno Na RegiãO Noroeste De Campinas, SãO Paulo,...
PrevalêNcia Do Aleitamento Materno Na RegiãO Noroeste De Campinas, SãO Paulo,...
 
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
 
ENANI: Indicadores de Aleitamento Materno no Brasil
ENANI: Indicadores de Aleitamento Materno no Brasil ENANI: Indicadores de Aleitamento Materno no Brasil
ENANI: Indicadores de Aleitamento Materno no Brasil
 
Smam 2014 0PS/OMS: AMAMENTAÇÃO em um mundo globalizado
Smam 2014 0PS/OMS: AMAMENTAÇÃO em um mundo globalizadoSmam 2014 0PS/OMS: AMAMENTAÇÃO em um mundo globalizado
Smam 2014 0PS/OMS: AMAMENTAÇÃO em um mundo globalizado
 
Niquini.rev0
Niquini.rev0Niquini.rev0
Niquini.rev0
 
Ações da estratégia “acolhimento mãe-bebê” e características maternas associa...
Ações da estratégia “acolhimento mãe-bebê” e características maternas associa...Ações da estratégia “acolhimento mãe-bebê” e características maternas associa...
Ações da estratégia “acolhimento mãe-bebê” e características maternas associa...
 
2267-L - Aleitamento materno, distribuição de leites e fórmulas infantis em e...
2267-L - Aleitamento materno, distribuição de leites e fórmulas infantis em e...2267-L - Aleitamento materno, distribuição de leites e fórmulas infantis em e...
2267-L - Aleitamento materno, distribuição de leites e fórmulas infantis em e...
 
#SMAM 2018: Folder de Ação da WABA para o Brasil
#SMAM 2018: Folder de Ação da WABA para o Brasil #SMAM 2018: Folder de Ação da WABA para o Brasil
#SMAM 2018: Folder de Ação da WABA para o Brasil
 
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2
 
aula_promocao_FORUMSP.ppt
aula_promocao_FORUMSP.pptaula_promocao_FORUMSP.ppt
aula_promocao_FORUMSP.ppt
 
NUTRIÇÃO EM SAÚDE COLETIVA
NUTRIÇÃO EM SAÚDE COLETIVA NUTRIÇÃO EM SAÚDE COLETIVA
NUTRIÇÃO EM SAÚDE COLETIVA
 
Fatores que interferem no sobrepeso e na obesidade e suas consequências para ...
Fatores que interferem no sobrepeso e na obesidade e suas consequências para ...Fatores que interferem no sobrepeso e na obesidade e suas consequências para ...
Fatores que interferem no sobrepeso e na obesidade e suas consequências para ...
 
Resumo FENERC 2012 - Serra Talhada
Resumo FENERC 2012 - Serra TalhadaResumo FENERC 2012 - Serra Talhada
Resumo FENERC 2012 - Serra Talhada
 
Apresentação Tereza Campello - Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social
Apresentação Tereza Campello - Conselho de Desenvolvimento Econômico e SocialApresentação Tereza Campello - Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social
Apresentação Tereza Campello - Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social
 
XIV ENAM - Anais do Encontro Nacional de Aleitamento Materno - Florianópolis,...
XIV ENAM - Anais do Encontro Nacional de Aleitamento Materno - Florianópolis,...XIV ENAM - Anais do Encontro Nacional de Aleitamento Materno - Florianópolis,...
XIV ENAM - Anais do Encontro Nacional de Aleitamento Materno - Florianópolis,...
 

Mais de Secretaria Especial do Desenvolvimento Social

Mais de Secretaria Especial do Desenvolvimento Social (16)

Brazil’s Commitments to the United Nations Decade of Action on Nutrition (201...
Brazil’s Commitments to the United Nations Decade of Action on Nutrition (201...Brazil’s Commitments to the United Nations Decade of Action on Nutrition (201...
Brazil’s Commitments to the United Nations Decade of Action on Nutrition (201...
 
Novo Marco Legal sobre Drogas
Novo Marco Legal sobre DrogasNovo Marco Legal sobre Drogas
Novo Marco Legal sobre Drogas
 
Modelo - Noticiário do Dia
Modelo - Noticiário do Dia Modelo - Noticiário do Dia
Modelo - Noticiário do Dia
 
Orientações para a adesão dos municípios ao Sisan
Orientações para a adesão dos municípios ao SisanOrientações para a adesão dos municípios ao Sisan
Orientações para a adesão dos municípios ao Sisan
 
Cadernos de Estudos: Desenvolvimento Social em Debate - número 23
Cadernos de Estudos: Desenvolvimento Social em Debate - número 23Cadernos de Estudos: Desenvolvimento Social em Debate - número 23
Cadernos de Estudos: Desenvolvimento Social em Debate - número 23
 
Abril Indígena Suas
Abril Indígena SuasAbril Indígena Suas
Abril Indígena Suas
 
Caderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva Urbana
Caderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva UrbanaCaderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva Urbana
Caderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva Urbana
 
Artigo: Batalhadores do Brasil
 Artigo: Batalhadores do Brasil Artigo: Batalhadores do Brasil
Artigo: Batalhadores do Brasil
 
Christine lagarde
Christine lagardeChristine lagarde
Christine lagarde
 
Bolsa família e desenvolvimento com equilíbrio e inclusão social
Bolsa família e desenvolvimento com equilíbrio e inclusão socialBolsa família e desenvolvimento com equilíbrio e inclusão social
Bolsa família e desenvolvimento com equilíbrio e inclusão social
 
Boletim InfoSUAS 29.04
Boletim InfoSUAS 29.04Boletim InfoSUAS 29.04
Boletim InfoSUAS 29.04
 
Boletim InfoSUAS 28.04
Boletim InfoSUAS 28.04Boletim InfoSUAS 28.04
Boletim InfoSUAS 28.04
 
PAA 10 Anos de Aquisição de Alimentos
PAA 10 Anos de Aquisição de AlimentosPAA 10 Anos de Aquisição de Alimentos
PAA 10 Anos de Aquisição de Alimentos
 
Livro Diversidade no Cadastro Único – Respeitar e Incluir
Livro Diversidade no Cadastro Único – Respeitar e IncluirLivro Diversidade no Cadastro Único – Respeitar e Incluir
Livro Diversidade no Cadastro Único – Respeitar e Incluir
 
Diálogos Governo-Sociedade Civil 6ª edição
Diálogos Governo-Sociedade Civil 6ª ediçãoDiálogos Governo-Sociedade Civil 6ª edição
Diálogos Governo-Sociedade Civil 6ª edição
 
O Brasil sem miséria
O Brasil sem misériaO Brasil sem miséria
O Brasil sem miséria
 

Apresentaçao da ministra - Momento Estratégico de Reflexão (Unicef)

  • 1. DESAFIOS NO ENFRENTAMENTO À POBREZA Momento Estratégico de Reflexão UNICEF - 05/05/2015
  • 2. Núcleo duro da extrema pobreza  71% de negros e negras  60% na região Nordeste  40% de crianças e adolescentes (0 a 14 anos)
  • 3. Bolsa Família mantêm 36 milhões de pessoas fora da extrema pobreza 22 milhões superaram a extrema pobreza durante o governo Dilma, destes: 8,1 milhões são crianças e adolescentes
  • 4. 50% mais consultas de pré-natal Diminuição em 14% do índice de crianças que nascem prematuras Menor prevalência de baixo peso ao nascer Vacinação de 99,1% das crianças
  • 5. Bolsa Família Programa Saúde da Família 58% de redução da mortalidade por desnutrição 46% de diminuição da mortalidade por diarréia
  • 6. Fontes: Brasil Carinhoso - saúde – MS, abril de 2014; BVG – MS e MDS, gestantes identificadas nos períodos jan/10-fev/12 e mar/12-dez/13. Rede Cegonha e Benefício Variável Gestante A taxa de identificação precoce de gestações (até 12ª semana) de beneficiárias do Bolsa Família aumentou 57% após o início do pagamento do benefício Aleitamento materno As crianças do Bolsa Família recebem o leite materno como único alimento até os 6 meses de vida em proporção maior do que as famílias não beneficiárias (61% contra 53%)
  • 7. Prevalência de Déficit de Estatura Desnutrição Crônica (%) Painel longitudinal com cerca de 360 mil crianças Fonte: Ministério da Saúde, elaboração MDS 17.5 8.5 2008 2012 51%
  • 8. 107.8 108.6 107.2 107.9 106.5 107 107.5 108 108.5 109 2008 2012 Meninos Meninas Crianças acompanhadas pelo Bolsa Família Aumento na estatura média das crianças Fonte: Ministério da Saúde, elaboração MDS
  • 9. 24110 A chance de os indivíduos que estão no Bolsa família há mais de quatro anos estarem no grupo de deficiência nutricional é metade (0,48) Deficiência Adequação Até 1 ano Referência Referência 0,900 1,659* (0.352) (0.648) 0,88* 1,875* (0.347) (0.653) 0,48** 2,213** (0.189) (0.811) *Sig a 0,1; **Sig a 0,05; ***Sig a 0,001 Tempo de permanência no PBF De 1 a 2 anos De 2 a 4 anos Acima de 4 anos Variável Categorias Estado Nutricional Altura x Idade Teste de relação causal entre tempo de exposição PBF x Deficiência Nutricional Crônica
  • 10. % de estudantes de 15 anos da rede pública na série/ano esperado 20% mais pobres Restante 80% Fonte PNAD, elaboração MDS 32.1 63.1 54.8 73.1 31.0 18.3 -41% Redução da desigualdade educacional % de estudantes de 15 anos da Rede Pública, na série/ano esperada 201320062002
  • 11.  708 mil crianças do Bolsa Família de 0 a 3 anos matriculadas na educação infantil  NutriSus Saches de nutrientes para 6.864 creches  Suplementação com megadoses de Vitamina A • 9,1 milhões de crianças desde 2012 Ação Brasil Carinhoso
  • 12. 8.3% 8.1% 7.8% 7.0% 5.4% 4.4% 3.4% 2.9% 1.8% 1.5% 1.1% 0.0% 1.0% 2.0% 3.0% 4.0% 5.0% 6.0% 7.0% 8.0% 9.0% 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2011 2012 2013 Pobreza crônica, SAGI/MDS Pobreza crônica, SAGI/MDS Fonte: PNAD/IBGE. Elaboração: MDS e Banco Mundial Evolução da Pobreza Crônica
  • 13. 13.4 13.3 12.8 12.3 9.8 8.0 6.5 5.4 3.6 2.6 2.1 2.0 2.0 1.7 1.6 1.1 1.0 0.7 0.6 0.4 0.3 0.3 -1.0 1.0 3.0 5.0 7.0 9.0 11.0 13.0 15.0 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 Pelo menos 1 filho com 6 anos ou menos Pelo menos 1 filho com idade entre 7 e 14 anos Todos os filhos com 6 anos ou menos Todos os filhos com idade entre 7 e 14 anos Todos os filhos com idade entre 15 e 24 anos Fonte: PNAD/IBGE 2013. Elaboração: MDS Indicador de Pobreza Multidimensional Crônica POR TIPO DE FAMÍLIA
  • 14. DESAFIOS NO ENFRENTAMENTO À POBREZA Momento Estratégico de Reflexão UNICEF - 05/05/2015

Notas do Editor

  1. Fonte: Ministério da Saúde