CASE C&A FASHION LIKE
MARKETING DIGITAL – G1
DATA: 18 DE ABRIL DE 2012
PRODUÇÃO: CRICKET DESIGN
AGÊNCIA: DM9DDB
DIREÇÃO: SERGIO VALENTE, MARCO
VERSOLATO, RICARDO TRONQ...
Percebendo um problema
 Modificar a forma de falar moda
rompendo com o básico: usar
celebridades e ícones da moda como
po...
Procurando uma solução
 Ligação entre moda e tecnologia
desde a fabricação até a
distribuição.
 Destaque: as redes socia...
Objetivo
 Objetivo: facilitar e auxiliar as
pessoas na hora da compra através
das redes sociais, de um jeito
dinâmico den...
Solução
 Cabides de roupa conectados ao facebook, com
displays indicando em tempo real o número de likes
que aquela peça ...
Produção
Preparando base de madeira Preparando para instalar os
displays de LED
Instalação e programação do
Arduíno
Produção
Não entendeu?
 10 peças de uma coleção
 Botão de 'like' do lado de cada
peça.
 Atualização do número de likes
no cabide em tempo real...
 53,674 visualizações da Fan page.
 7.138 likes nas 10 peças.
 76,622 novos fãs em 20 países diferentes.
 65,273 visua...
A REPERCUSSÃO GERADA POR ESTE
PROJETO FOI ALÉM DO MEIO DA MODA.
FOI ASSUNTO NO MEIO DOS NEGÓCIOS,
COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIA...
O que faríamos diferente?
 Investir no público masculino que
tem dificuldades em comprar
roupas para mulheres
Amanda Vieira, Ana Luiza Souza, Carina
Souza, Maria Christina Corrêa e Paula Martinez
PUC-Rio
2013.2
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Case c&a fashion like

818 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
818
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Case c&a fashion like

  1. 1. CASE C&A FASHION LIKE MARKETING DIGITAL – G1
  2. 2. DATA: 18 DE ABRIL DE 2012 PRODUÇÃO: CRICKET DESIGN AGÊNCIA: DM9DDB DIREÇÃO: SERGIO VALENTE, MARCO VERSOLATO, RICARDO TRONQUINI E CRISTIAN MAZZEO. PRÊMIOS: QUATRO LEÕES NO CANNES LIONS 2012 E O WORLD RETAIL AWARDS, NA CATEGORIA “INNOVATION CONCEPT”
  3. 3. Percebendo um problema  Modificar a forma de falar moda rompendo com o básico: usar celebridades e ícones da moda como porta da voz da marca.
  4. 4. Procurando uma solução  Ligação entre moda e tecnologia desde a fabricação até a distribuição.  Destaque: as redes sociais no meio da moda.  Redes sociais como meio de aprovação dos amigos, seja sobre moda ou qualquer outro assunto.  Ausência de aplicativo ou dispositivo com este fim.
  5. 5. Objetivo  Objetivo: facilitar e auxiliar as pessoas na hora da compra através das redes sociais, de um jeito dinâmico dentro das lojas.
  6. 6. Solução  Cabides de roupa conectados ao facebook, com displays indicando em tempo real o número de likes que aquela peça recebeu, ajudando o comprador a escolher o que comprar.
  7. 7. Produção Preparando base de madeira Preparando para instalar os displays de LED Instalação e programação do Arduíno
  8. 8. Produção
  9. 9. Não entendeu?
  10. 10.  10 peças de uma coleção  Botão de 'like' do lado de cada peça.  Atualização do número de likes no cabide em tempo real  Loja no Shopping Iguatemi em São Paulo
  11. 11.  53,674 visualizações da Fan page.  7.138 likes nas 10 peças.  76,622 novos fãs em 20 países diferentes.  65,273 visualizações no vídeo da campanha.  7,011 mentions no Twitter, representando um potencial de visualização para 8,872,606 pessoas.  1,682 citações em blogs e sites.  1,050,000 buscas no Google.  Mais de 800 interações em publicações realizados sobre a campanha.  1º lugar no ranking da categoria. Metade da coleção esgotada em 24 horas.
  12. 12. A REPERCUSSÃO GERADA POR ESTE PROJETO FOI ALÉM DO MEIO DA MODA. FOI ASSUNTO NO MEIO DOS NEGÓCIOS, COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIA EM TODO O MUNDO. NO FIM DAS CONTAS, ESTA AÇÃO FOI MUITO MAIS DO QUE UMA CONTRIBUIÇÃO BEM SUCEDIDA PARA A C&A, FOI UMA CONTRIBUIÇÃO DA C&A PARA O CONTEXTO CRIATIVO NO MEIO TECNOLÓGICO E REDES SOCIAIS.
  13. 13. O que faríamos diferente?  Investir no público masculino que tem dificuldades em comprar roupas para mulheres
  14. 14. Amanda Vieira, Ana Luiza Souza, Carina Souza, Maria Christina Corrêa e Paula Martinez PUC-Rio 2013.2

×