Folclore

3.692 visualizações

Publicada em

Material de aula de PORTUGUÊS

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.692
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
97
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Folclore

  1. 1. Dia 22 de agosto é o Dia do Folclore. Folclore é a cultura do popular e cada povo tem o seu — o Brasil tem o seu, a China tem o dela, a Austrália, o Japão... Tudo que aparece do povo sem ninguém saber de onde veio é folclore: as danças populares, as lendas, remédios, músicas... Porque nada no folclore tem autor — o autor é uma porção de gente, é o povo inteiro! Dá para imaginar quanta coisa não sai daí?Sai mesmo muita coisa, tanto que tem gente que só estuda o folclore. E noBrasil a coisa fica ainda mais rica, porque tem folclore de índio, de portuguêse de africano misturado! E como nosso país é muito grande, é difícil achardois lugares com o mesmo tipo de folclore: se tem uma mesma lenda emdois lugares, as duas versões não vão ser iguaizinhas. É como se fosse umtelefone sem fio tamanho-família: uma lenda ou costume vai passando deboca em boca, e mudando... por isso dizem que "Quem conta um contoaumenta um ponto!"
  2. 2. CLIQUE E CONHEÇA ALGUMAS FIGURAS DO FOLCLORE BRASILEIRO (Clique nos personagens) Boitatá, a Cobra de fogo Curupira, o Protetor dos bichos Saci-Pererê, o brincalhão Saci-Pererê, o brincalhão
  3. 3. Boitatá, a Cobra de fogoOu Batatá, Baitatá, Biatatá, Bitatá, Batatal... O nome é indígena e quer dizer"cobra de fogo". E é justamente o que ela é. Contam que certa vez houveuma grande enchente e todos os bichos morreram, menos a cobra.Quando a água baixou, era tanta comida que ela até ficou fresca: só queriacomer os olhos dos bichos, porque eram mais molinhos (é meio nojento,mas a lenda é assim).Foi comendo tanto olho, tanto olho, que sua pele ficou transparente e elavirou uma cobra de luz! Virou o Boitatá. Dizem que o Boitatá persegue quemfaz queimadas nas matas, e se você correr — babau! Lá vai ela atrás.
  4. 4. Curupira, o Protetor dos bichos É um anão, de cabelo vermelho, os pés virados para trás e os calcanhares para a frente. Pode ser pequeno, mas é um danado: ele protege as matas e os bichos dos caçadores, e é bem mau com eles: faz esquecerem o caminho e ficarem perdidos da silva no meio da floresta, bate neles, faz com que desapareçam... e como tem os pés virados para trás, quando os caçadores acham que ele está indo, ele está é voltando. Ou será o contrário?
  5. 5. Saci-Pererê, o brincalhão Esse você conhece do Sítio do Pica-pau Amarelo. É um negrinho de uma perna só, com uma carapuça (gorro) vermelha na cabeça, que lhe dá poderes mágicos. É muito esperto e adora fazer traquinagens. Uma das suas preferidas é dar nó em crina de cavalo, depois de lhe dar uma canseira das boas, fazendo o bicho correr a noite inteira. Ele gosta de aprontar com as pessoas também: apaga o lampião, faz queimar a comida no fogo, espanta quem viaja sozinho... É um levado da breca.
  6. 6. Mula-sem-cabeça, a mulher do padre Diz a lenda que mulheres que saem com padres viram mula-sem-cabeça na noite de quinta para sexta-feira. Ela sai galopando por aí, assombrando os pobres seres que cruzam seu caminho. Lança fogo pelas narinas e pela boca. Suas patas são de ferro, por isso ela pode galopar à vontade sem gastar os cascos. Como se não bastasse, fica relinchando a noite inteira e não deixa ninguém dormir. Para acabar o feitiço, alguém tem de ter a coragem de ir até ela e tirar o freio de ferro que ela leva nos dentes (dizem que ela não tem cabeça, mas tem boca, dentes e narinas). Haja coragem de enfrentar um bicho desses!
  7. 7. O lobisomemSegundo a lenda se um casal que teve 7 filhas tiver um menino depois este seráum Lobisomem. Aos 13 anos começa a sofrer a maldição e se transforma emum Lobisomem. As noites de Quinta para Sexta-feira são as noites da transformação, há pessoas que dizem que á transformação só ocorre nas noites de lua cheia. Ele retorna à forma humana antes do dia clarear. Ajude o iguinho a assustar o lobisomem, clicando na imagem ao lado.
  8. 8. Histórias em QuadrinhosClique na imagem abaixo para ler as histórias em quadrinhos

×