Democratização

182 visualizações

Publicada em

Slide da aula de EEPP I

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
182
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Democratização

  1. 1. A democratização do acesso às tecnologias.
  2. 2. As crianças por influência da internet estão fazendo uma nova “reforma ortográfica” na Língua Portuguesa, utilizando como ordem alfabética a sequência do teclado, que não é a correta.
  3. 3. “Letramento Digital é o “processo” de configuração de indivíduos ou grupos que se apropriam da linguagem digital nas práticas sociais relacionadas direta ou indiretamente à leitura e à escrita mediadas pelas TICs”.
  4. 4. “A tecnologia é hipermídia e multimídia. Ao mesmo tempo que tenho escrita, a imagem está presente, tenho vídeo, aúdio e tudo isso é próximo da criança, que já vem habituada pela televisão”.
  5. 5. Outra questão que vem sendo bastante criticada é o quesito: letra cursiva. “Pois no teclado, a letra já está dada, o que dificulta a formação de memória. Além disso, escrever à mão envolve movimento, requer maior atenção e guarda relação com a questão da identidade e autoria”.
  6. 6. “Muitos afirmam que as pessoas estão lendo e escrevendo mais em função do acesso à tecnologia. No entanto, mais é sinônimo de melhor? Quais são as práticas de leitura que garantem a formação de um leitor crítico e reflexivo?”.
  7. 7. Simplesmente equipar salas com aparelhos tecnológicos não quer dizer que eles farão diferença na vida dos alunos. É necessário muito mais do que isso. É preciso capacitar os professores, não só para aprenderem a usar as tecnologias, mas também para saberem utilizar o aparelho como um recurso pedagógico.
  8. 8. “A professora escreve na lousa digital e os alunos repetem o traçado nos iPods, que também avaliamos como entre tantas alternativas tecnológicas para uso pedagógico, ao lado dos tablets, para onde está migrando o nosso caderno de atividades”. A sala de aula se torna o lugar onde o dedo é a caneta ou o lápis!
  9. 9. “Se não houver um programa pedagógico ativo na escola, que favoreça a leitura, não são essas ferramentas que produzirão isso. A tecnologia não é capaz de resolver sozinha os problemas da educação”.
  10. 10. O fato de não haver professores de informática disponíveis para trabalharem com as crianças, não quer dizer que elas sejam impossibilitadas de usarem as tecnologias. Os professores devem usar também as tecnologias como um recurso para melhorar a qualidade de suas aulas.
  11. 11. UERJ- Faculdade de Educação da Baixada Fluminense. Professor Ivan Amaro Alunas- Glória Santos Ingrid Parrini Maria Lima Mayse Quaresma

×