Construtivismo Apresentação

10.122 visualizações

Publicada em

Fiz essa apresentação sobre o Construtivismo para enfrentar a banca na conclusão da minha Pós Graduação.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.122
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
132
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Construtivismo Apresentação

  1. 1. O CONSTRUTIVISMO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Uma reflexão sobre a aplicação da proposta construtivista em sala de aula    Pós-Graduação em Especialização em Técnicas da Estrutura Gramatical e Textual da Língua Portuguesa, ministrado pela Universidade Nove de Julho   Orientador Acadêmico Professor Murilo Jardelino da Costa   São Paulo - 2010
  2. 2. Tema: Proposta construtivista O construtivismo não é considerado um método (baseado em paradigmas) e sim uma teoria que tem como preocupação diagnosticar, julgar e tomar decisões fundamentais sobre o ensino. Afinal, como a sociedade e a tecnologia evoluem o ensino deve evoluir também.
  3. 3. Justificativa Preocupada com a educação das crianças no Brasil, propus-me a estudar este tema que tanto aprecio. Além da questão pedagógica, há a questão emocional da criança. Eu era canhota e fui obrigada a me tornar destra. Tive problemas de aprendizado e deixaram-me de lado.
  4. 4. Objetivo O trabalho tem como objetivo esclarecer o que é o construtivismo, como pode ser aplicado nas salas de aula, fazer uma comparação com o método tradicional e abordar diferentes métodos de avaliação, tudo para auxiliar na prática de ensino-aprendizagem.
  5. 5. Desenvolvimento do trabalho Foram realizadas pesquisas em sites confiáveis e leituras de alguns trechos de livros que abordam esse tema. Utilizei também alguns projetos para ilustrar a prática de conceitos construtivistas em alguns colégios particulares.
  6. 6. Proposta Construtivista X Método Tradicional
  7. 7. No método tradicional, os estudantes decoram conceitos, as matérias são transmitidas de uma forma robótica que não incentiva o raciocínio. Os professores sentem-se superiores aos alunos e isso dificulta o processo de ensino-aprendizagem. O construtivismo aproxima professor e aluno e utiliza instrumentos do cotidiano para fazer com que os alunos realmente compreendam as situações. X
  8. 8. Métodos de Avaliação Ditador que determina a sentença que deve ser cumprida. Carrega e não sabe o que, sem parar para pensar. Traiçoeira, sempre pronta a dar o bote. Assustador: causa medo e deixa indefeso. Uma sombra que assusta a todos. Por vezes as avaliações causam sensações ruins, como: Jussara Hofman: Avaliação, mito e desafio
  9. 9. <ul><li>Avaliação numa visão liberal: </li></ul>Avaliação numa visão libertadora: - Ação coletiva e consensual - Concepção investigativa, reflexiva - Proposição de conscientização das desigualdades sociais e culturais - Postura cooperativa entre os elementos da ação educativa - Privilégio à compreensão - Consciência crítica e responsável de todos, sobre o cotidiano - Exigência burocrática periódica - Privilégio à memorização - Postura disciplinadora e diretiva do professor - Intenção de reprodução das classes sociais - Concepção classificatória, sentenciva - Ação individual e competitiva X Jussara Hofman: Avaliação, mito e desafio
  10. 10. Conclusão O aluno deve sentir-se satisfeito ao aprender. O interesse deve ser incentivado nos estudantes para que não encarem os estudos como obrigação. Explicar ao aluno o porquê de aprender as coisas. Unir a teoria à prática é uma boa forma de ensino.
  11. 11. Contribuição para meu desenvolvimento Apesar de ser jornalista tenho interesse em lecionar. Sinto-me esperançosa quanto à educação dessa e de futuras gerações. Essa luta já vem acontecendo há tempos e eu serei mais uma a lutar por esse ideal, portanto para mim, é só o início.
  12. 12. <ul><li>“ A humildade exprime, uma das raras certezas de que estou certo: a de que ninguém é superior a ninguém.” </li></ul><ul><li>Paulo Freire </li></ul>
  13. 13. Obrigada pela oportunidade! Mayara Vellardi Pinheiro

×