Professor PDE: Maxwel Lima
Gênero Resenha
É um Gênero Textual que apresenta
a síntese das principais ideias
contidas em uma obra. Para se
produzir um...
As Resenhas não podem ser
confundidas com resumos, estes são
apenas parte de sua estrutura.
Resenhas são textos
predominan...
Os juízos emitidos pelo resenhista
devem conectar-se, por meio de
argumentos, ou seja, ações verbais
persuasivas, que pret...
Para se produzir um texto resenha
devemos considerar seus diversos
contextos de circulação possíveis, a
chamada de esferas...
família, amigos, vizinhos; enquanto
que as publicas são aquelas que,
ultrapassam o âmbito das
relações imediatas, e são
pa...
Outro fator importante que se deve
levar em consideração, na produção
da resenha ‘e o suporte, ou seja, o
meio material em...
O perfil do leitor de resenhas
depende das obras resenhadas.
No entanto todos apresentam
uma característica em comum:
dese...
Para o texto resenha alcançar a
clareza necessária a seu bom
desempenho, deve fazer uso, em
abundância, de adjetivos e
sub...
Resenhas críticas são
instrumentos que pretendem
mostrar um ponto de vista e
influenciar seus leitores.
A resenha crítica se organiza,
basicamente pela identificação,
sintetização, descrição da
estrutura, do conteúdo e análise...
A linguagem utilizada na
resenha deverá levar em
consideração o público a
que se destina.
Nas resenhas é de bom tom que o
enunciador faça uso de recursos
como a modalização, fornecendo
pistas do efeito de sentido...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Genero resenha

1.124 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.124
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Genero resenha

  1. 1. Professor PDE: Maxwel Lima
  2. 2. Gênero Resenha É um Gênero Textual que apresenta a síntese das principais ideias contidas em uma obra. Para se produzir uma resenha a que se levar em consideração o seu desenvolvimento lógico bem como a sequencia expositiva.
  3. 3. As Resenhas não podem ser confundidas com resumos, estes são apenas parte de sua estrutura. Resenhas são textos predominantemente argumentativos, que além de caracterizar de forma sucinta as obras analisadas, devem emitir juízos de valor - elogiando ou criticando–as.
  4. 4. Os juízos emitidos pelo resenhista devem conectar-se, por meio de argumentos, ou seja, ações verbais persuasivas, que pretendem levar um destinatário a aceitar uma determinada tese, ao mesmo tempo em que confere legitimidade e unidade coesiva ao texto.
  5. 5. Para se produzir um texto resenha devemos considerar seus diversos contextos de circulação possíveis, a chamada de esferas de atividades humanas, que são basicamente, publica e ou privadas, sendo que esta ultima se estabelece com base nas relações imediatas de um individuo:
  6. 6. família, amigos, vizinhos; enquanto que as publicas são aquelas que, ultrapassam o âmbito das relações imediatas, e são partilhadas por toda uma comunidade, ou seja, trabalho, educação, religião, política e cultura.
  7. 7. Outro fator importante que se deve levar em consideração, na produção da resenha ‘e o suporte, ou seja, o meio material em que o discurso se da. Revistas são exemplos de suportes onde se pode encontrar resenhas dedicadas a lançamentos de shows, filmes, livros CDs e DVDs.
  8. 8. O perfil do leitor de resenhas depende das obras resenhadas. No entanto todos apresentam uma característica em comum: desejam uma avaliação preliminar sobre a obra que desejam conhecer.
  9. 9. Para o texto resenha alcançar a clareza necessária a seu bom desempenho, deve fazer uso, em abundância, de adjetivos e substantivos, e em um recorte avaliativo para emitir informações e opinião sobre a obra resenhada.
  10. 10. Resenhas críticas são instrumentos que pretendem mostrar um ponto de vista e influenciar seus leitores.
  11. 11. A resenha crítica se organiza, basicamente pela identificação, sintetização, descrição da estrutura, do conteúdo e análise critica, baseada em seqüencias argumentativa, e por fim a recomendação e dados do autor e do resenhador.
  12. 12. A linguagem utilizada na resenha deverá levar em consideração o público a que se destina.
  13. 13. Nas resenhas é de bom tom que o enunciador faça uso de recursos como a modalização, fornecendo pistas do efeito de sentido que pretende alcançar em seus julgamentos e opiniões, bem como expressões que as atenuem, para tanto pode fazer uso de citações, diretas ou indiretas, com o uso de verbos de dizer.

×