TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO – AULA 18 HOJE VAMOS ENTRAR EM UM UNIVERSO NOVO, DIFERENTE. VAMOS VIAJAR PARA UMA NOVA CULTU...
1. A ADMINISTRAÇÃO JAPONESA <ul><li>1.1 Introdução </li></ul><ul><li>Participação direta dos funcionários na produtividade...
<ul><li>1.2 Origem </li></ul><ul><li>A modernização do Japão remonta ao ano de 1868 (Restauração Meiji) </li></ul><ul><li>...
<ul><li>Japão no pós segunda guerra mundial – uma nação em busca da prosperidade; </li></ul><ul><li>Os “Keiretsu”¹ (truste...
SHEWHART DEMING FORD SISTEMA TOYOTA DE PRODUÇÃO TAYLOR E OUTROS DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA CULTURA JAPONESA ORIENTADA PAR...
<ul><li>O SISTEMA TOYOTA DE PRODUÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Eliminação de desperdício ( produção enxuta ) </li></ul></ul><u...
Reclamações dos passageiros da Empresa X Por que ocorre este problema? Bagagem extraviada Comida ruim Atrasos constantes S...
6. CONCEITOS <ul><li>Just-in-time  – sincronização do fluxo de produção, dos fornecedores aos clientes </li></ul><ul><li>K...
<ul><li>Just-in-time  – sincronização do fluxo de produção, dos fornecedores aos clientes </li></ul><ul><ul><li>Visa reduz...
<ul><li>Kanban  – sistema de informação visual, que a aciona e controla a produção </li></ul><ul><ul><li>É um método de au...
<ul><li>Kaizen  – busca do melhoramento contínuo em todos os aspectos. </li></ul><ul><ul><li>Ênfase na qualidade através d...
<ul><li>Administração participativa </li></ul><ul><li>Prevalência do planejamento estratégico </li></ul><ul><li>Visão sist...
AS AULAS 19 e 20 correspondem à leitura de um estudo bastante completo sobre o Sistema Toyota de Produção, conforme link d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula18

1.281 visualizações

Publicada em

Teoria Geral da Administração

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.281
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula18

  1. 1. TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO – AULA 18 HOJE VAMOS ENTRAR EM UM UNIVERSO NOVO, DIFERENTE. VAMOS VIAJAR PARA UMA NOVA CULTURA. VAMOS DEIXAR O MODO DE PENSAR DO OCIDENTE E CONHECER O ORIENTE. MESMO SEM NUNCA TER ESTUDADO ADMINISTRAÇÃO GRANDE PARTE DAS PESSOAS JÁ OUVIU FALAR OU ESTÁ DIRETAMENTE LIGADA A MATÉRIA QUE PASSAREMOS A APRESENTAR: A ADMINISTRAÇÃO JAPONESA
  2. 2. 1. A ADMINISTRAÇÃO JAPONESA <ul><li>1.1 Introdução </li></ul><ul><li>Participação direta dos funcionários na produtividade e eficiência voltada para a tarefa </li></ul><ul><li>Cultura oriental influenciando o comportamento organizacional </li></ul><ul><li>Transferência de tecnologias </li></ul>
  3. 3. <ul><li>1.2 Origem </li></ul><ul><li>A modernização do Japão remonta ao ano de 1868 (Restauração Meiji) </li></ul><ul><li>Os valores tem origem na era Tokugawa (1615 a 1868) </li></ul><ul><li>Resgate do confucionismo </li></ul><ul><li>Família – unidade coletiva básica mais importante </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Japão no pós segunda guerra mundial – uma nação em busca da prosperidade; </li></ul><ul><li>Os “Keiretsu”¹ (trustes industriais japoneses, modelo empresarial onde há uma coalizão de empresas unidas por certos interesses econômicos); </li></ul><ul><li>Expansão através do poder econômico </li></ul><ul><li>Pilares da recuperação: partido político forte consolidado no poder, paz trabalhista e unificação do povo </li></ul>Continuação
  5. 5. SHEWHART DEMING FORD SISTEMA TOYOTA DE PRODUÇÃO TAYLOR E OUTROS DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA CULTURA JAPONESA ORIENTADA PARA O TRABALHO DE GRUPO E A ECONOMIA DE RECURSOS MODELO JAPONÊS DE ADMINISTRAÇÃO 3. ORIGEM DO MODELO JAPONÊS DE ADMINISTRAÇÃO Esta será a aula 19 e 20. Apostila no PORTAL
  6. 6. <ul><li>O SISTEMA TOYOTA DE PRODUÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Eliminação de desperdício ( produção enxuta ) </li></ul></ul><ul><li>Fabricação com Qualidade </li></ul>ELIMINAÇÃO DE DESPERDÍCIOS RACIONALIZAÇÃO DA FORÇA DE TRABALHO JUST IN TIME PRODUÇÃO FLEXÍVEL FABRICAÇÃO COM QUALIDADE FAZER CERTO DA PRIMEIRA VEZ CORRIGIR CAUSAS FUNDAMENTAIS DOS ERROS UTILIZAR CÍRCULOS DA QUALIDADE
  7. 7. Reclamações dos passageiros da Empresa X Por que ocorre este problema? Bagagem extraviada Comida ruim Atrasos constantes SERVIÇOS OUTRAS CAUSAS Aviões velhos e mal conservados Pouco espaço para os passageiros EQUIPAMENTOS Atendentes desinformados Overbooking CHECK-IN 5. DIAGRAMA DE ISHIKAWA
  8. 8. 6. CONCEITOS <ul><li>Just-in-time – sincronização do fluxo de produção, dos fornecedores aos clientes </li></ul><ul><li>Kanban – sistema de informação visual, que a aciona e controla a produção </li></ul><ul><li>Muda – busca da eliminação total de qualquer tipo de desperdício </li></ul><ul><li>Kaizen – busca do melhoramento contínuo em todos os aspectos. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Just-in-time – sincronização do fluxo de produção, dos fornecedores aos clientes </li></ul><ul><ul><li>Visa reduzir custos e melhorar o fluxo de trabalho através da programação de materiais que devem chegar à uma estação de trabalho no momento certo de seu uso. </li></ul></ul><ul><ul><li>Permite cortar custos de manter estoque, maximizar o uso do espaço e contribuir para melhorar a qualidade dos resultados </li></ul></ul><ul><li>Os principais fatores de sucesso do sistema Just-in-Time são: </li></ul><ul><ul><li>Alta qualidade de fornecimento: os usuários devem receber apenas bons materiais dos fornecedores. As relações devem ser construídas e mantidas com fornecedores confiáveis. </li></ul></ul><ul><ul><li>Cadeia de fornecedores: um número mínimo de fornecedores é melhor. </li></ul></ul><ul><ul><li>Concentração geográfica: tempos de trânsito e de transporte pequenos das fábricas do fornecedor para o cliente são necessários. </li></ul></ul><ul><ul><li>Transporte e manuseio de materiais eficientes: o transporte entre os fornecedores e os usuários deve ser confiável. </li></ul></ul><ul><ul><li>Forte compromisso da administração: a administração deve assumir suas ações e fazer os arranjos necessários para assegurar que o sistema funcione. </li></ul></ul>
  10. 10. <ul><li>Kanban – sistema de informação visual, que a aciona e controla a produção </li></ul><ul><ul><li>É um método de autorização da produção e movimentação do material no sistema JIT. </li></ul></ul><ul><ul><li>Na língua japonesa a palavra Kanban significa um marcador (cartão, sinal ou placa) usado para controlar a ordem dos trabalhos em um processo seqüencial. </li></ul></ul><ul><ul><li>O objetivo do sistema é assinalar a necessidade de mais material e assegurar que tais peças sejam produzidas e entregues a tempo de garantir a fabricação ou montagem subsequentes. </li></ul></ul>
  11. 11. <ul><li>Kaizen – busca do melhoramento contínuo em todos os aspectos. </li></ul><ul><ul><li>Ênfase na qualidade através da melhoria contínua, onde cada pessoa é responsável pela qualidade e pela solução dos problemas em seu trabalho. </li></ul></ul><ul><ul><li>Constitui uma filosofia de vida e comportamento, dentro e fora da organização, envolvendo todos, inclusive executivos e operários. </li></ul></ul>
  12. 12. <ul><li>Administração participativa </li></ul><ul><li>Prevalência do planejamento estratégico </li></ul><ul><li>Visão sistêmica </li></ul><ul><li>Supremacia do coletivo </li></ul><ul><li>Busca da Qualidade Total </li></ul><ul><li>Produtividade </li></ul><ul><li>Flexibilidade </li></ul><ul><li>Recursos Humanos </li></ul><ul><li>Tecnologia e produção </li></ul><ul><li>Manutenção </li></ul><ul><li>Limpeza e arrumação </li></ul>7. CARACTERÍSTICAS GERAIS
  13. 13. AS AULAS 19 e 20 correspondem à leitura de um estudo bastante completo sobre o Sistema Toyota de Produção, conforme link do slide 5 . Lá também encontrarão as referências bibliográficas necessárias. Cabe a vocês uma leitura atenta e consciente do conteúdo e a busca pelo conhecimento através da pesquisa e da atitude de aprender. Deixo meu e-mail para consultas e quaisquer dúvidas que surgirem. AS CONSULTAS DEVEM SER FEITAS PELO PORTAL UNISEP. VAMOS A PROVA!

×