Vigilancia Sanitaria

17.036 visualizações

Publicada em

Seminário apresentado na aula de Negócios Veterinários IV na Universidade Anhembi Morumbi

Publicada em: Saúde e medicina, Turismo
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.036
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
156
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
380
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vigilancia Sanitaria

  1. 1. Vigilância Sanitária Bruna Brito Emily Tavares Fernanda Camargo Letícia Magalhães
  2. 2. Vigilância Sanitária <ul><li>Estruturadas no séc XVIII e XIX </li></ul><ul><li>À partir do período das Grandes Guerras houve descobertas na área bacteriológica e terapêuticas </li></ul><ul><li>Na década de 90 o Estado fica como responsável pela saúde do cidadão e guardião dos direitos do consumidor </li></ul>
  3. 3. Vigilância Sanitária <ul><li>Entende-se por vigilância sanitária um conjunto de ações capazes de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde, abrangendo: </li></ul>
  4. 4. Vigilância Sanitária <ul><li>I - o controle de bens de consumo que, direta ou indiretamente, se relacionem com a saúde, compreendidas todas as etapas e processos,da produção ao consumo; </li></ul><ul><li>II - o controle da prestação de serviços que se relacionam direta ou indiretamente com a saúde.” </li></ul>
  5. 5. Vigilância Sanitária <ul><li>I – Bens e serviços de saúde </li></ul><ul><li>Tecnologia de alimentos </li></ul><ul><li>Tecnologia de beleza, limpeza e higiene </li></ul><ul><li>Tecnologia de produção industrial e agrícola </li></ul><ul><li>Tecnologias médicas </li></ul><ul><li>Tecnologias do lazer </li></ul><ul><li>Tecnologia da educação e convivência </li></ul>
  6. 6. Vigilância Sanitária <ul><li>II – Meio ambiente </li></ul><ul><li>Meio Natural </li></ul><ul><li>Meio Construído </li></ul><ul><li>Ambiente de Trabalho </li></ul>
  7. 7. Vigilância Sanitária <ul><li>Ciclo de controle / gerenciamento </li></ul>
  8. 8. Vigilância Sanitária <ul><li>VIGILÂNCIA SANITÁRIA DAS TECNOLOGIAS DE ALIMENTOS </li></ul><ul><li>● Alimento </li></ul><ul><li>● Objetivos principais </li></ul><ul><li>● Funções e metas </li></ul>
  9. 9. Vigilância Sanitária <ul><li>● Avaliação da estrutura </li></ul><ul><li>● A valiação de processo </li></ul><ul><li>● A valiação de resultados </li></ul>
  10. 10. Vigilância Sanitária <ul><li>MONITORAMENTO DA QUALIDADE SANITÁRIA DO LEITE NO ESTADO DE SÃO PAULO </li></ul><ul><li>monitorar a qualidade sanitária dos produtos alimentícios expostos no comércio e dos estabelecimentos que os comercializam </li></ul>
  11. 11. Vigilância Sanitária <ul><li>Os objetivos das análises de leite foram: </li></ul><ul><li>monitorar a conformidade sanitária do leite consumido; </li></ul><ul><li>indicar indústrias de laticínios com possíveis necessidades de maior rigor na fiscalização; </li></ul><ul><li>aplicar a legislação sanitária, sobre infrações identificadas nos produtos comercializados no estado </li></ul>
  12. 12. Vigilância Sanitária <ul><li>Monitoramento Integrado </li></ul><ul><li>CQUALI </li></ul><ul><li>Objetivo: estimular a monitoração da qualidade do leite nos estados </li></ul>
  13. 14. Vigilância Sanitária <ul><li>Resultados das Análises Fiscais de Leite do Programa Paulista em 2007 </li></ul>
  14. 15. Vigilância Sanitária <ul><li>Análises laboratoriais que determinam se o leite está satisfatório: </li></ul><ul><li>Análises físico-químicas </li></ul><ul><li>Análises microbiológicas </li></ul><ul><li>Análises de rotulagem </li></ul>
  15. 16. Vigilância Sanitária <ul><li>Resultados Insatisfatórios de Leite UHT </li></ul>
  16. 17. Vigilância Sanitária <ul><li>Resultados Insatisfatórios por infrações </li></ul><ul><li>físico-químicas, microbiológicas e de rotulagem </li></ul>
  17. 18. Vigilância Sanitária <ul><li>Resultados Insatisfatórios de Leite Pasteurizado </li></ul>
  18. 19. Vigilância Sanitária <ul><li>Resultados Insatisfatórios por infrações físico-químicas, microbiológicas e de rotulagem </li></ul>
  19. 20. Vigilância Sanitária <ul><li>Autuações das empresas infratoras </li></ul><ul><li>O Centro de Vigilância Sanitária publica no Diário Oficial do Estado, a proibição da comercialização de lotes de produtos infratores, ou o descarte dos produtos que representam risco à saúde. </li></ul>
  20. 21. Vigilância Sanitária <ul><li>Vigilância Sanitária é um conjunto de ações no âmbito das práticas de saúde coletiva, assentadas em várias áreas do conhecimento técnico-científico e em bases jurídicas que lhe conferem o poder de normatização, educação, avaliação e de intervenção, e que têm por objetivo controlar e garantir a qualidade dos processos tecnológicos utilizados na produção e reprodução das condições de vida, trabalho e saúde dos cidadãos. </li></ul>
  21. 23. Bibliografia: <ul><li>Centro de Vigilância Sanitária. Monitoramento da qualidade sanitária do leite no Estado de São Paulo. São Paulo. Disponível em < http://www.cvc.saude.sp.gov.br > Acesso em:18 set. 2008. </li></ul><ul><li>Eduardo, M. B de P.; Miranda, I. C. S. Vigilância Sanitária. São Paulo: Editora Fundação Petrópolis, 1988. 461p. </li></ul>

×