Centro Universitário do Estado do ParáCurso: Licenciatura em Ciências BiológicasDiscentes:Ana Luísa Creão, Jaine Freitas, ...
 1. Introdução 1.2. Histórico 1.3. Ciclo de vida 2. Fases da doença 3. Epidemiologia 5. Diagnóstico e Prevenção 6. ...
 Conhecida desde 1909. Distribuída em todas as Américas. Dificuldade em se combater osinsetos doença.
 O que é a doença? Infecção humana . Protozoário flagelado Trypanosoma cruzi O homem como responsável.
 Vetor: triatominídeos Hospedeiro vertebrado: mamíferos.
 Após a entrada do parasito ocorrem duasfases fundamentais: Fase aguda (inicial): parasito circulante na corrente sangu...
3. EpidemiologiaLimitada ao continenteamericano em virtude do vetorser restrito a este continente.Sua ocorrência estárelac...
DIAS. J.C.P. vigilância epidemiológica em doença de chagas. Cad saúde pública, Rio de janeiro. 2000 .Disponível em www.sci...
 Um dos principais elementos para secontrolar a doença de Chagas é a educaçãodas populações que vivem em áreas afetadasou...
 Fiocruz. Disponível em <www.fiocruz.gov.br>Acesso em 16.03.2013 Portal da Saúde. Disponível em<www.portal.saude.gov.br>...
Doença de chagas
Doença de chagas
Doença de chagas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Doença de chagas

1.199 visualizações

Publicada em

Slide sobre a doença de Chagas

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.199
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Doença de chagas

  1. 1. Centro Universitário do Estado do ParáCurso: Licenciatura em Ciências BiológicasDiscentes:Ana Luísa Creão, Jaine Freitas, Maurício Coelho.Belém – PA2013
  2. 2.  1. Introdução 1.2. Histórico 1.3. Ciclo de vida 2. Fases da doença 3. Epidemiologia 5. Diagnóstico e Prevenção 6. Conclusão 7. Referências Bibliográficas
  3. 3.  Conhecida desde 1909. Distribuída em todas as Américas. Dificuldade em se combater osinsetos doença.
  4. 4.  O que é a doença? Infecção humana . Protozoário flagelado Trypanosoma cruzi O homem como responsável.
  5. 5.  Vetor: triatominídeos Hospedeiro vertebrado: mamíferos.
  6. 6.  Após a entrada do parasito ocorrem duasfases fundamentais: Fase aguda (inicial): parasito circulante na corrente sanguínea Febre por até 12 dias. Fase crônica: Raros parasitos circulante na correntesanguínea. Inicialmente assintomática, podendo depoisapresentar-se de varias formas.
  7. 7. 3. EpidemiologiaLimitada ao continenteamericano em virtude do vetorser restrito a este continente.Sua ocorrência estárelacionado com a forma comque a população humanaexplora e ocupa o meioambiente.Migrações humanas nãocontroladas, degradaçãoambiental, habitação,educação, e outros, são fatoresdeterminantes.Fonte: www.portal.saude.gov.br
  8. 8. DIAS. J.C.P. vigilância epidemiológica em doença de chagas. Cad saúde pública, Rio de janeiro. 2000 .Disponível em www.scielo.com.br
  9. 9.  Um dos principais elementos para secontrolar a doença de Chagas é a educaçãodas populações que vivem em áreas afetadasou sob risco. Nesse sentido, o papel doagente de saúde bem capacitado éfundamental para o sucesso das campanhas.Embora exista um grande volume deinformações a respeito dos vetores e doparasito, são raras as obras destinadas aotreinamento dos agentes de saúde.
  10. 10.  Fiocruz. Disponível em <www.fiocruz.gov.br>Acesso em 16.03.2013 Portal da Saúde. Disponível em<www.portal.saude.gov.br>Acessado em16.03.13

×