Aula 03 de Recrutamento e Seleção

317 visualizações

Publicada em

Aula 03 de Recrutamento e Seleção

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
317
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 03 de Recrutamento e Seleção

  1. 1. RECRUTAMENTO E SELEÇÃO – AULA 03 Prof. Esp. Maurício Valadão
  2. 2. Processo de Procura do Candidato a Empregado 20/06/2015Mauricio Valadão  Geralmente as empresas procuram o candidato;  As pessoas começam escolher uma posição em determinada organização;  Escolhem a área, o que vai determinar o tipo de função (engenharia, administração, música);  Por último as pessoas escolhem a organização.
  3. 3. Escolhendo uma ocupação  Características individuais quanto ambientais;  Geralmente a gente procura trabalho parecido com nosso perfil; Que perfil é este?  Artístico, investigativo, realista, social ou empreendedor; O que determina este perfil?  Família, educação, grupos inseridos. E se não determinar?  Agências vocacionais, coach´s e etc. 20/06/2015Mauricio Valadão
  4. 4. Escolhendo uma ocupação Uma pesquisa realizada, refletiu que:  Quando os advogados ensinam leis para seus filhos, estes têm maior chance de seguir a carreira.  A escolha profissional também recebe a influência da realidade do mercado e da capacitação e dos recursos de cada um.  Não existe uma fórmula simples para escolher o trabalho e vencer.  Geralmente ela se dá cedo na vida das pessoas, mais ou menos na época do 1º emprego. 20/06/2015Mauricio Valadão
  5. 5. Video – Dicas para conquistar 20/06/2015Mauricio Valadão
  6. 6. Algumas empresas...  Muitas empresas fazem programas com as escolas de 1º e 2ºgraus, incentivando estudantes em matérias como matemática e ciências. Exemplo: HP; Lockheed Missile; Embraer e etc.  A ideia central é que as pessoas entrem e permaneçam numa área ocupacional que seja adequada a seus valores e interesses.  A opção ocupacional limita essas escolhas do trabalho. Próximo passo é escolher a função/organização. 20/06/2015Mauricio Valadão
  7. 7. Buscando Informações sobre Empregos/Organizações  Antes de optar por uma função/organização, devem-se levantar informações sobre as oportunidades existentes;  Mais importante do anúncio de vaga, é o constante contato com pessoas;  Indicação informal é muito válida para o emprego – 1ºlugar  Agências de emprego – 2º lugar;  Os candidatos a empregos administrativos usam mais as agências de emprego (catho, empreza, etc.) 20/06/2015Mauricio Valadão
  8. 8. Buscando Informações sobre Empregos/Organizações  As pessoas mais instáveis financeiramente são as que mais procuram;  Desempregados ou aqueles que usam auxílio- desemprego gastam menos tempo na procura.;  As pessoas que procuram emprego de forma boa ficam satisfeitas com o que conseguem e obtêm maiores aumentos salariais;  Ajuda de amigos e parentes – conseguem emprego mais rápido;  Quem sai melhor na faculdade, fica mais confiante em buscar emprego. 20/06/2015Mauricio Valadão
  9. 9. Onde buscar? 20/06/2015Mauricio Valadão  Agências físicas;  Catho www.catho.com.br  Vagas www.vagas.com.br  Linkedin www.linkedin.com  Elancer´s www.elancers.net  Classificados de Jornal (quinta e domingo)
  10. 10. Networking 20/06/2015Mauricio Valadão  Networking é uma palavra em inglês que indica a capacidade de estabelecer uma rede de contatos ou uma conexão com algo ou com alguém.  Essa rede de contatos é um sistema de suporte onde existe a partilha de serviços e informação entre indivíduos ou grupos que têm um interesse em comum.
  11. 11. Networking 20/06/2015Mauricio Valadão  É uma palavra inevitavelmente relacionada com o contexto empresarial e indica uma atitude de procura de contatos com a possibilidade de conseguir subir na carreira. Apesar disso, networking não é uma atividade egoísta, em que você só quer se aproveitar de uma pessoa para o seu próprio bem. Deve existir um sentido de reciprocidade, o benefício deve ser mútuo, porque mesmo que uma pessoa seja mais experiente, ela sempre pode aprender alguma coisa com outra.
  12. 12. Networking 20/06/2015Mauricio Valadão  Quando uma empresa precisa contratar alguém, frequentemente aborda os seus funcionários e pergunta se conhecem alguém na sua rede de contatos que possa desempenhar uma determinada função. Quanto melhor for a capacidade de networking de uma pessoa, maior é a sua probabilidade de ser indicada para um cargo quando surge a oportunidade.
  13. 13. Networking 20/06/2015Mauricio Valadão  Networking é conhecer as pessoas certas, que podem dar uma referência ou fazer uma indicação.  É importante salientar que networking não é apenas conseguir novos contatos, mas também é saber manter os contatos que já fez no passado. Além disso, no networking é mais importante a qualidade do que a quantidade dos seus contatos.  O networking é uma ferramenta do marketing pessoal que depende muita da aptidão social de alguém. Para construir uma boa rede de contatos é preciso ser eficiente no âmbito dos relacionamentos interpessoais, e por isso o networking é muitas vezes trabalhado no coaching.
  14. 14. Networking 20/06/2015Mauricio Valadão  Questão de paciência e não urgência, ou seja, não é apropriado conhecer uma pessoa e imediatamente entregar o seu currículo.  O networking ganha cada vez mais importância no contexto atual do mercado de trabalho, onde é fácil encontrar pessoas com formação universitária.  Ter um bom currículo ou bastante experiência em uma determinada área é muito importante, mas muitas vezes isso não é suficiente para conseguir um emprego.  É preciso conhecer uma pessoa que trabalha em uma empresa e que reconhece que você pode ser uma mais-valia para a organização: isso é networking.
  15. 15. Video - Networking 20/06/2015Mauricio Valadão
  16. 16. Referência Bibliográfica 20/06/2015Mauricio Valadão  Carvalho, Ieda Maria Vecchioni. Recrutamento e seleção por competências. – Rio de Janeiro: Editora FGV, 2008.  Milkovich, George T. Administração de Recursos Humanos. – São Paulo: Editora Atlas, 2011.

×