Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Aplica¸oes Criativas em Economia
c˜
Aula 4 - Criminalidade...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Organiza¸˜o
ca

Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclu...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Objetivos

Expor abordagens econˆmicas desenvolvidas para ...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
O crime compensa?

Fonte: Google Imagens .
Pa...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Vale ` pena ser corrupto?
a

Fonte: Google Im...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Criminalidade e corrup¸˜o parecem afetar padr...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Mas, o que faz com que um indiv´
ıduo opte pe...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Taxas de Homic´ - Brasil, Ano de 2010
ıdio

F...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Ranking de Estados Brasileiros Selecionados (...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Taxas de Homic´ - Estado de S˜o Paulo, 2000/2...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
No caso espec´
ıfico da corrup¸˜o, h´ um desafi...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
´
Indice de Corrup¸˜o Glaeser-Goldin
ca

Font...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Ranking de Corrup¸˜o Fisman-Miguel
ca

Fonte:...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Ranking de Corrup¸˜o da Transparˆncia Interna...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Conclus˜es
o
Criminalidade e Corrup¸˜o parecem, de fato, a...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Referˆncias
e

BECKER, G.S. Crime and punishment: an econo...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Referˆncias
e

GLAESER, E.L.; GOLDIN, C. Corruption and re...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Obrigado!
Matheus Albergaria de Magalh˜es
a
matheus.alberg...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Curso Aplicações Criativas em Economia (Aula 4 - "Criminalidade e Corrupção")

184 visualizações

Publicada em

Matheus Albergaria de Magalhães - Curso Aplicações Criativas em Economia. Faculdade de Ciências Econômicas de São Paulo da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FACESP/FECAP), Campus Liberdade, São Paulo, 28 de Janeiro a 1º de Fevereiro de 2013.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
184
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso Aplicações Criativas em Economia (Aula 4 - "Criminalidade e Corrupção")

  1. 1. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Aplica¸oes Criativas em Economia c˜ Aula 4 - Criminalidade e Corrup¸˜o ca Matheus Albergaria de Magalh˜es a 30 de Janeiro de 2013 Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  2. 2. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Organiza¸˜o ca Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  3. 3. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Objetivos Expor abordagens econˆmicas desenvolvidas para analisar o criminalidade e corrup¸˜o. ca Ilustrar maneiras alternativas de mensurar e combater ambos os problemas. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  4. 4. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca O crime compensa? Fonte: Google Imagens . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  5. 5. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Vale ` pena ser corrupto? a Fonte: Google Imagens . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  6. 6. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Criminalidade e corrup¸˜o parecem afetar padr˜es de ca o crescimento e desenvolvimento de distintas localidades (Mauro 1995; Fajnzylber et al. 2002). Poss´ ıveis custos: 1. Vidas perdidas. 2. Instabilidade institucional. 3. Dinheiro gasto com subornos e propinas. 4. Excesso de Burocracia. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  7. 7. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Mas, o que faz com que um indiv´ ıduo opte pelo crime e/ou corrup¸˜o? ca Para alguns economistas, esta decis˜o envolve custos e a benef´ ıcios associados `s atividades supracitadas. a Em geral, indiv´ ıduo pondera benef´ ıcios esperados, tamb´m e levando em conta a probabilidade de ser pego (Becker 1968). Quanto menor for esta probabilidade e maior o retorno esperado, mais inclinado a atividades il´ ıcitas estar´ o a indiv´ ıduo. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  8. 8. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Taxas de Homic´ - Brasil, Ano de 2010 ıdio Fonte: Google Imagens . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  9. 9. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Ranking de Estados Brasileiros Selecionados (Taxas de Homic´ ıdio), Anos de 2000 e 2010 Fonte: Waiselfiz (2011). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  10. 10. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Taxas de Homic´ - Estado de S˜o Paulo, 2000/2010 ıdio a Fonte: Flanela Paulistana (www.flanelapaulistana.com). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  11. 11. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e No caso espec´ ıfico da corrup¸˜o, h´ um desafio adicional: ca a como mensurar este conceito abstrato? Nos ultimos anos, economistas vˆm propondo maneiras ´ e criativas de fazer isto. Dois economistas constru´ ıram um ´ ındice de corrup¸˜o para os ca Estados Unidos ao longo do per´ ıodo 1815-1975 (Glaeser e Goldin 2004). Por sua vez, outros economistas chegaram a construir um ranking de corrup¸˜o dos pa´ ca ıses, com base em multas de estacionamento de diplomatas da Organiza¸˜o das Na¸˜es ca co Unidas (ONU). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  12. 12. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e ´ Indice de Corrup¸˜o Glaeser-Goldin ca Fonte: Glaeser e Goldin (2004, Fig.1, p.15). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  13. 13. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Ranking de Corrup¸˜o Fisman-Miguel ca Fonte: Fisman e Miguel (2007). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  14. 14. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Ranking de Corrup¸˜o da Transparˆncia Internacional ca e Fonte: Transparˆncia Internacional (http://www.transparency.org). e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  15. 15. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Conclus˜es o Criminalidade e Corrup¸˜o parecem, de fato, afetar ca desenvolvimento de distintas localidades. Alguns economistas tendem a ver comportamentos criminosos e corruptos como resultado de an´lise custo-benef´ a ıcio individual. Importante entendermos as causas e consequˆncias de e comportamentos desta natureza. Oportunidade: economistas e cientistas sociais aplicados deveriam come¸ar a pensar em maneiras de antecipar e c combater crime e corrup¸˜o. ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  16. 16. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e BECKER, G.S. Crime and punishment: an economic approach. Journal of Political Economy, v.76, n.2, p.169-217, Mar.-Apr.1968. FAJNZYLBER, P.; LEDERMAN, D.; LOAYZA, N. What causes violent crime? European Economic Review, v.46, n.4, p.1323-1357, 2002. FISMAN, R.; MIGUEL, E. Corruption, Norms and Legal Enforcement: evidence from diplomatic parking tickets. Journal of Political Economy, v.115, n.6, p.1020-1048, 2007. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  17. 17. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e GLAESER, E.L.; GOLDIN, C. Corruption and reform: an introduction. NBER Working Paper n.10775, Sept.2004, 25p. MAURO, P. Corruption and growth Quarterly Journal of Economics, v.110, n.3, p.681-712, Aug.1995. WAISELFIZ, J.J. Mapa da Violˆncia 2012 : os novos padr˜es de violˆncia e o e homicida no Brasil. S˜o Paulo: Instituto Sangari, 2011, 245p. a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  18. 18. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Obrigado! Matheus Albergaria de Magalh˜es a matheus.albergaria.magalhaes@gmail.com http://www.sites.google.com/site/malbergariademagalhaes Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co

×