Me põem asas I

1.631 visualizações

Publicada em

Me põem asas é uma série de livretos com poemas de Mate Trotamundo e arte gráfica de Renata Cardamoni. Com textos curtinhos e desenhos poéticos, a série de poemas segue o ritmo que a vida urbana tem: cada poema é uma pilula de efeito imediato, apressado, sem dar chance de pausa entre uma página e outra. Mas não confunda com fast-food: aprecie, são alimentos de alma orgânica.

Este é o primeiro livreto da série.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Me põem asas I

  1. 1. Faça seu dever de cidadão: pirateie esse livreto! Copie, tire xerox e distribua livremente. Baixe a versão digital e deixe um recadinho no blog: http://mepoemasas.wordpress.com/ poemas de Mate Trotamundo mmccpp@gmail.com arte e design de Renata Cardamoni re.cardamoni@gmail.com
  2. 2. Eu gosto é das colheres grandes das mulheres pequenas
  3. 3. Saiu de trás do muro faceira e explodiu na minha cara uma bexiga dágua. Só que não. Era alegria.
  4. 4. abre essas aspas, morena que é de figuras de linguagem que quero te pertencer.
  5. 5. Pois se o sono não veio Faço em ti meus recreios Quero beijar-te os seios Das tuas pernas, o meio.
  6. 6. o que pensa a andorinha quando voa sozinha no céu sem plano a viver em engano assim como eu?
  7. 7. mulher apaixonada: um dos pleonasmos que valem o erro.
  8. 8. Quando entrei você disse - Fica à vontade mas eu fiquei na vontade.
  9. 9. entre nós dois só fica melhor entre nós quatro
  10. 10. Leve leve o meu amor pois já se vai o dia e é na noite fria que dura dura a minha dor sem cura.
  11. 11. seriam táticos meus movimentos fossem estáticos os sentimentos
  12. 12. Do alto da torre sem portas Vejo a vida lá embaixo e grito: Vida, me dá poesia, vida! Em eco, a vida me responde: vem e busca, idiota.
  13. 13. De tanto amar acordei amargo
  14. 14. Entre doidos e doídos escolho não acentuar
  15. 15. Que se encuco Logo me embico, Me toca um fuxico Que quase me caduco. Até que me emputo e acabo com a brincadeira: Te pergunto Desencuco Desembico E volto a te amar!
  16. 16. esses pensamentos que correm todos ao mesmo tempo pra minha boca até você pois bem, ficarão colados na minha garganta até que se organizem e façam fila para sair.
  17. 17. As muito feias eu as perdoo Não perdoo as vazias nem as muito nem as pouco porque vazio não se mede é fatídico: ou se é ou não se é.
  18. 18. você e eu somos trancar a casa trancar a chave de casa no carro trancar o carro jogar a chave do carro na casa
  19. 19. em busca do diferente http://saiadosistema.blog.br/ O "Saia do Sistema" é um projeto que mistura jornalismo e cicloviagem. A partir de agosto de 2012, serão dois anos viajando de bicicleta pela América do Sul, em busca de personagens e iniciativas que representem algum tipo de mudança em nossa sociedade. Saiba mais e apoie!
  20. 20. Mais escritor que jornalista e mais cidadão da estrada que escritor, Me põem asas é, não um livreto de poesias, mas uma muleta para que Mate Trotamundo possa realizar suas viagens.

×