Faça seu dever de cidadão:
pirateie esse livreto!
Copie, tire xerox e distribua livremente.
Baixe a versão digital e deixe...
Tarde rompi as janelas do meu casulo:
vi seu choro abandonado
na carona de um guarda-chuva preto.
vou à janela
e peço:
a moça em seu vestido
lá embaixo me mostra poesia:
se queres, que venhas buscar.
me dá poesia, vida!
Trans
formou juras
em formosuras
não posso bais respirar
pois quando fui espirrar
o R budou de lugar
linda és
meus versos são só
sei não se voo alto
não sei se volto
sou pássaro com paúra:
a
pé
é
lei
paraabraçaromundo
Progresso da vida urbana
trocar carroça a cavalo
pela de tração humana
Progresso da vida no campo
trocar adubo de terra
po...
poemas Super Bonder
cola boca dos
cala-sonhos
engasgo na garganta
espinha de peixe
uma virgula!
compre um livreto
mente um poetaali
em estado de
coma-me
amo-te
na sampa antisséptica
quem é torto
urra pra não ser morto
como seria feliz
se os pássaros da minha janela
fossem sujos pombos?
Descartes, se vais por linhas
nunca entenderás das minhas
pombinha ao meu redor
cata migalha e não me dá paz
mas se me ponho ao dispor
dá logo um passinho pra trás
em busca do diferente
http://saiadosistema.blog.br/
O "Saia do Sistema" é um projeto que mistura
jornalismo e cicloviagem....
Mais escritor que jornalista
e mais cidadão da estrada que escritor,
Me põem asas
é, não um livreto de poesias, mas uma
mu...
Me põem asas III
Me põem asas III
Me põem asas III
Me põem asas III
Me põem asas III
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Me põem asas III

676 visualizações

Publicada em

Me põem asas é uma série de livretos com poemas de Mate Trotamundo e arte gráfica de Renata Cardamoni. Com textos curtinhos e desenhos poéticos, a série de poemas segue o ritmo que a vida urbana tem: cada poema é uma pilula de efeito imediato, apressado, sem dar chance de pausa entre uma página e outra. Mas não confunda com fast-food: aprecie, são alimentos de alma orgânica.

Este é o terceiro livreto da série.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
676
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
221
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Me põem asas III

  1. 1. Faça seu dever de cidadão: pirateie esse livreto! Copie, tire xerox e distribua livremente. Baixe a versão digital e deixe um recadinho no blog: http://mepoemasas.wordpress.com/ poemas de Mate Trotamundo mmccpp@gmail.com arte e design de Renata Cardamoni re.cardamoni@gmail.com
  2. 2. Tarde rompi as janelas do meu casulo: vi seu choro abandonado na carona de um guarda-chuva preto.
  3. 3. vou à janela e peço: a moça em seu vestido lá embaixo me mostra poesia: se queres, que venhas buscar. me dá poesia, vida!
  4. 4. Trans formou juras em formosuras
  5. 5. não posso bais respirar pois quando fui espirrar o R budou de lugar
  6. 6. linda és meus versos são só
  7. 7. sei não se voo alto não sei se volto sou pássaro com paúra:
  8. 8. a pé é lei paraabraçaromundo
  9. 9. Progresso da vida urbana trocar carroça a cavalo pela de tração humana Progresso da vida no campo trocar adubo de terra por produtos Monsanto
  10. 10. poemas Super Bonder cola boca dos cala-sonhos
  11. 11. engasgo na garganta espinha de peixe uma virgula!
  12. 12. compre um livreto mente um poetaali
  13. 13. em estado de coma-me amo-te
  14. 14. na sampa antisséptica quem é torto urra pra não ser morto
  15. 15. como seria feliz se os pássaros da minha janela fossem sujos pombos?
  16. 16. Descartes, se vais por linhas nunca entenderás das minhas
  17. 17. pombinha ao meu redor cata migalha e não me dá paz mas se me ponho ao dispor dá logo um passinho pra trás
  18. 18. em busca do diferente http://saiadosistema.blog.br/ O "Saia do Sistema" é um projeto que mistura jornalismo e cicloviagem. A partir de agosto de 2012, serão dois anos viajando de bicicleta pela América do Sul, em busca de personagens e iniciativas que representem algum tipo de mudança em nossa sociedade. Saiba mais e apoie!
  19. 19. Mais escritor que jornalista e mais cidadão da estrada que escritor, Me põem asas é, não um livreto de poesias, mas uma muleta para que Mate Trotamundo possa realizar suas viagens.

×