Influenciou a reforma religiosa, propondo avalorização    do     homem       (antropocentrismo)Os pensadores renascentista...
Martinho Lutero, alemão professor de teologia, passou a afirmar queas indulgências não redimiam os pecados, as doações à I...
A submissão da Igreja ao estado. Perseguido ele continuou a difundirsua doutrina porque teve o apoio da nobreza alemã. O I...
Em 1538 o Papa Paulo III inicia a reação católica contra a ReformaProtestante.A reação da Igreja, deu-se com a criação da ...
O Concílio de Trento, no norte da Itália em 1563, foi o resultado de 18anos de discussão que apresentou algumas deliberaçõ...
OFICINA: ABC DA SAÚDE  DISCIPLINA: HISTÓRIA
A reforma e contrarreforma
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A reforma e contrarreforma

385 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
385
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A reforma e contrarreforma

  1. 1. Influenciou a reforma religiosa, propondo avalorização do homem (antropocentrismo)Os pensadores renascentistas entraram em confrontocom o pensamento dogmático da Igreja. ORenascimento representou um distanciamento daspessoas em relação aos dogmas e facilitou osurgimento de novas religiões com a Reforma.
  2. 2. Martinho Lutero, alemão professor de teologia, passou a afirmar queas indulgências não redimiam os pecados, as doações à Igreja nãoeram garantia de salvação. O arrependimento sim.Essa afirmaçãoentrou em colisão com a mentalidade do clero. Condenou as atitudesdevassas dos padres que não respeitavam o voto de castidade eusavam o prestígio da Igreja para submeter homens e mulheres aosseus interesses sexuais. Revoltou-se contra a corrupção dentro da Igreja.A doutrina Luterana pregava que: a salvação se dá unicamente pelafé, a interpretação da Bíblia é livre, são necessários apenas doissacramentos, o batismo e a eucaristia. Martinho Lutero
  3. 3. A submissão da Igreja ao estado. Perseguido ele continuou a difundirsua doutrina porque teve o apoio da nobreza alemã. O Impérioalemão, diante da recusa de Carlos V em oficializar o luteranismo,formou uma confederação de príncipes para protestar, daí osurgimento dos protestantes. A Reforma se espalhou pela Europa, naInglaterra os padres foram classificados como a classe vadia. Láocorreu a Reforma Anglicana, seu estabelecimento foi acompanhadode lutas sangrentas, perseguições e execução de quem não queria seconverter.
  4. 4. Em 1538 o Papa Paulo III inicia a reação católica contra a ReformaProtestante.A reação da Igreja, deu-se com a criação da Companhia deJesus, uma ordem que tinha princípios rígidos, obediência hierárquicae comportamento moral irreprovável.Os jesuítas preocupados com a educação das crianças,poisacreditavam que os valores espirituais e morais deveriam serinstituídos cedo.Muitos jesuítas vieram para a América para catequizar osíndios, aumentando assim o número de fiéis da Igreja Católica. Jesuítas evangelizando os índios Papa Paulo III
  5. 5. O Concílio de Trento, no norte da Itália em 1563, foi o resultado de 18anos de discussão que apresentou algumas deliberações que iriamorientar a Igreja Católica (proibição de venda deindulgências, obrigatoriedade de estudos em seminários, proibição davenda de cargos do alto clero). Houve também a reativação doTribunal do Santo Ofício ou Tribunal da Inquisição; que perseguia econdenava quem questionasse os dogmas católicos ou discutisse osprincípios
  6. 6. OFICINA: ABC DA SAÚDE DISCIPLINA: HISTÓRIA

×