SlideShare uma empresa Scribd logo
matematicaconcursos.blogspot.com


Professor: Rômulo Garcia
Email: machadogarcia@gmail.com
Conteúdo Programático: Conjuntos Numéricos, mdc e mmc

       "Se as condições forem favoráveis, venceremos. Se as condições forem desfavoráveis, ainda assim
venceremos. E se, de tudo, as condições forem totalmente desfavoráveis mesmo assim estaremos no páreo."
                                                                                                   Ayrton Senna

Módulo 1 - Conjuntos Numéricos
a) Os Naturais (N):

N = {0, 1, 2, 3, ...}
N* = {1, 2, 3, ...}

b) Os Inteiros (Z):

O conjunto dos inteiros é dado por números que expressam quantidades positivas (+) e negativas (-). No caso das
quantidades negativas, podemos entendê-las como uma falta de algum objeto.

Z = {...–1,0,1,...}.

Z+ = {0, 1, 2, 3, ...} (inteiros não negativos)                              Z+* = {1, 2, 3, ...} (inteiros positivos)

Z- = {..., -3, -2, -1, 0} (inteiros não positivos)                           Z-* = {..., -3, -2, -1, 0} (inteiros negativos)

Para melhor entender a parte negativa dos inteiros veja a seguinte situação:
Pedro tinha 3 reais mas devia a Aline 5 reais, pagou os 3 que possuía e ainda ficou devendo 2. Logo ficou com – 2 reais.

•    Números Primos e Compostos: Um número inteiro positivo (diferente de 1) é dito primo quando admiti somente
     dois divisores positivos: a unidade e ele mesmo.

Obs: Se um número possuir mais de dois divisores então ele é chamado de composto.

c) Os Racionais (Q):

É todo número que pode ser escrito na forma de uma fração com o numerador sendo um nº inteiro e o denominador um
número inteiro não nulo. Ou seja, o conjunto dos números racionais é a união do conjunto dos números inteiros com as
frações positivas e negativas.
Q = {a/b; a∈ Z e b ∈ Z*}
Exemplos:
      ହ   ଵ଴
a) 5 = =
       ଵ        ଵଶ
            ସ        ି଼
b) – 2 =         =
           ିଶ   ସ
            ସଶଷ
c) 4,23 =
            ଵ଴଴
                     ଻
d) 1,1666... =
               ଺
Observe que os números naturais, inteiros, decimais exatos e as dízimas periódicas são exemplos de números racionais.

Fração geratriz de uma dízima periódica:
Exemplos:
                   ଻ଶ
a) 0,72727272... =
                   ଽଽ
72: período

                                            ଶ૛૜૞ ିଶ          ଶଶଷଷ
b) 2,235235235... = ᇩ, ᇪ ᇫ235235... =
                    ณᇭ૛૜૞
                    2 ᇭ                                  =
                                              ଽଽଽ            ଽଽଽ
235: período

                                           ଶଵૢ૛૟૝ି ଶଵૢ૛             ଶଵ଻଴଻ଶ
c) 21,92646464... = 21, ૢ૛ᇭᇫ6464... =
                    ᇩᇭ ૟૝
                      ᇭᇪᇭ
                    ᇣᇤᇥ                                        =
                                                  ଽ଴଴଴               ଽଽ଴଴
64: período
matematicaconcursos.blogspot.com


92: anti-período

                                         ଽ଴ଶ૙૜૝૛ି ଽ଴ଶ૙૜૝
d) 902,034222222... = ᇩᇭ ૙૜૝ ૛22222... =
                      902, ᇭᇫ
                         ᇭᇪᇭ                               ଼ଵଵ଼ଷ଴଼
                      ᇣᇧ ᇧᇥ
                        ᇧᇤᇧ                              =
                                               ଽ଴଴଴         ଽ଴଴଴
2: período
034: anti-período

Regra prática para determinar a fração que gerou uma determinada dízima periódica.
Numerador: escreva o número até o fim do período e subtraia pelo número que aparece antes desse período.
            :
Denominador: para cada algarismo do período, um algarismo 9, e para cada algarismo do anti
              :                                                                       anti-período, um algarismo 0.

d) Os Irracionais (I ou R – Q) e os Reais (R):
√2 = 1,4142135...
√3 = 1,7320508...
         Os números irracionais são decimais infinitas não periódicas, ou seja, os números que não podem ser escrito
na forma de fração (divisão de dois inteiros). Como exemplo de números irracionais, temos a raiz quadr
                                                                                                 quadrada de 2 e a raiz
quadrada de 3.
Um número irracional bastante conhecido é o número π =3,1415926535...
                   onal

        Se temos um triângulo com catetos medindo 1 unidade de comprimento.




          Pelo teorema de Pitágoras, calculamos que o terceiro lado (a hipotenusa), vale .
          E quanto é ?
Pois isto não podemos dizer exatamente. O que se sabe é que não dá para representar como uma fração de números
inteiros, pois tem infinitas casas depois da vírgula (e não é uma dízima periódica). Então não podemos chamá de
                                                                                                         chamá-lo
número racional. Por este motivo houve a necessidade de c   criar-se mais um conjunto. Que, por oposição aos números
                                                                  se
racionais, chama-se "CONJUNTO DOS NÚMEROS IRRACIONAIS". Formado por todos os números que, ao
                   se
contrário dos racionais, NÃO podem ser representados por uma fração de números inteiros. Este conjunto é
representado por      .
As raízes quadradas não exatas são os principais representantes deste conjunto.
Por exemplo:


       Todos estes valores não podem ser representados por uma fração de números inteiros, portanto, são chamados
de números irracionais.


         Este número também não tem uma representação em forma de fração, por isso também é um número
                 ero
irracional. Ou seja, se somarmos um racional com um irracional teremos como resultado um irracional.



        Este também é irracional, pelo mesmo motivo do número acima.


         Todas raízes não exatas fazem parte do conjunto dos números irracionais. Mas não são só elas, também estão
neste conjunto o número pi (π=3,141592...), o número de Euler (e = 2,71828...), e alguns outros.
                             =3,141592...), número

        Dados os conjuntos dos números racionais (Q) e dos irracionais, definimos o conjunto dos números reais
         ados                                              irracionais,
como:
matematicaconcursos.blogspot.com




(Obs.: Essa representação é equivocada, pois dá a entender que além dos números naturais estarem contidos nos
inteiros, o conjunto dos números inteiros possui mais elementos que os naturais. E isso não é verdade!. Os dois
têm a mesma cardinalidade – “tamanho” – e essa representação usada por muitos autores é incorreta e, para nós
aqui, é meramente ilustrativa)

         Portanto, os números naturais, inteiros, racionais e irracionais são todos números reais. Como subconjuntos
importantes de IR temos:
IR* = IR-{0}
IR+ = conjunto dos números reais não negativos
IR_ = conjunto dos números reais não positivos
Obs: entre dois números inteiros existem infinitos números reais. Por exemplo:

    •   Entre os números 1 e 2 existem infinitos números reais:

        1,01 ; 1,001 ; 1,0001 ; 1,1 ; 1,2 ; 1,5 ; 1,99 ; 1,999 ; 1,9999 ...

    •   Entre os números 5 e 6 existem infinitos números reais:

        5,01 ; 5,02 ; 5,05 ; 5,1 ; 5,2 ; 5,5 ; 5,99 ; 5,999 ; 5,9999 ...

Módulo 2 – Múltiplos e Divisores
Múltiplos de um número M(a):

        Chamamos de múltiplos de um número a e representamos por M(a) ao conjunto formado quando se efetua o
produto de a por todos os inteiros.
Assim: M(5) = {.., -5, 0, 5, 10, ...} são os múltiplos de 5.
Obs1: zero é múltiplo de qualquer número.
Obs2: um produto é zero quando ao menos um de seus fatores é zero (principio do anulamento do produto).

Divisores de um número D(a):

         Chamamos de divisores de um número a e representamos por D(a) ao conjunto formado por todos os inteiros
que dividem o a.
         Divisor de um número é todo aquele que o divide exatamente. Um número é divisível por outro se o resto da
divisão for igual a zero.
Assim: D(12) = {±1, ±2, ±3, ±4, ±6, ±12} são os divisores de 12.

Obs1: um é divisor de qualquer número
Obs2: zero não é divisor de ninguém: “Jamais dividiras por zero” (1º mandamento da matemática).
Obs3: todo número é divisível por si mesmo.

• Queremos saber quantos são os divisores positivos de um número α. Para isso decompomos α em um produto de
fatores primos: α = 2β1. 3β2, 5β3... . O número de divisores positivos de α é dado por:

        (β1 + 1) . (β2 + 1) . (β3 + 1). ....

Ex1: Calcule o número de divisores positivos de 24.
Solução: Temos que 24 = 23 . 31. O número de divisores de 24 é dado pelo produto (3+1).(1+1) = 4 x 2 = 8
matematicaconcursos.blogspot.com


Ex2: Calcule o número de divisores de 360
Solução: 360 = 23 . 32 . 51, logo o número de divisores positivos de 360 é dado pelo produto (3+1) . (2+1). (1+1)= 4 x 3
x 2 = 24 divisores positivos.
Como o número de divisores positivos é igual ao de divisores negativos temos um total de 48 números divisores 360.

Módulo 3 - Máximo Divisor Comum (MDC)
         Podemos determinar o m.d.c. de dois números, dividindo-se o maior pelo menor deles. Se a divisão não for
exata, dividi-se o menor pelo resto e assim sucessivamente. O último divisor será o m.d.c.
         O m.d.c é dado pelo produto dos fatores comuns com menores expoentes.
         Obs: quando dois ou mais números admitirem somente a unidade como divisor comum eles serão chamados de
primos entre si.
         Ex.: Determine o m.d.c entre 12, 18, 30
         12, 18, 30     2
           6, 9, 15     3
           2, 3, 5

                   2.3 = 6 = MDC (observe que usamos na coluna da direita apenas os fatores primos que dividem,
AO MESMO TEMPO, todos os números da coluna da esquerda)
      É bom lembrar que 6 é o maior número natural “que separa em partes” os valores 12, 18 e 30.


Módulo 4 - Mínimo Múltiplo Comum (MMC)
        O m.m.c é dado pelo produto dos fatores comuns e não-comuns com maiores expoentes.
        12, 18, 30   2
         6, 9, 15    2
         3, 9, 15    3
         1, 3, 5     3
         1, 1, 5     5
         1, 1, 1

                   22.32.5 = 180 = MMC (observe que usamos na coluna da direita os fatores primos que dividem,
PELO MENOS UM, dos números da coluna da esquerda)
      É bom lembrar que 180 é o menor número natural que ao ser dividido pelos valores 12, 18 e 30 deixam resto
zero.

        Importante: m.d.c. (a,b). m.m.c (a,b) = | ab |

Exercícios resolvidos:

1) Uma indústria de tecidos fabrica retalhos de mesmo comprimento. Após realizarem os cortes necessários,
verificou-se que duas peças restantes tinham as seguintes medidas: 156 centímetros e 234 centímetros. O gerente
de produção ao ser informado das medidas, deu a ordem para que o funcionário cortasse o pano em partes iguais
e de maior comprimento possível. Como ele poderá resolver essa situação?

        Devemos encontrar o MDC entre 156 e 254, esse valor corresponderá à medida do comprimento desejado.




Decomposição em fatores primos
234 = 2 * 3 * 3 * 13
156 = 2 * 2 * 3 * 13

MDC (156, 234) = 2 * 3 * 13 = 78
      Portanto, os retalhos podem ter 78 cm de comprimento.
matematicaconcursos.blogspot.com



2) Uma empresa de logística é composta de três áreas: administrativa, operacional e vendedores. A área
administrativa é composta de 30 funcionários, a operacional de 48 e a de vendedores com 36 pessoas. Ao final do
ano, a empresa realiza uma integração entre as três áreas, de modo que todos os funcionários participem
ativamente. As equipes devem conter o mesmo número de funcionários com o maior número possível. Determine
quantos funcionários devem participar de cada equipe e o número possível de equipes.

Encontrar o MDC entre os números 48, 36 e 30.




Decomposição em fatores primos:
48 = 2 * 2 * 2 * 2 * 3
36 = 2 * 2 * 3 * 3
30 = 2 * 3 * 5
MDC (30, 36, 48) = 2 * 3 = 6
Determinando o número total de equipes:
48 + 36 + 30 = 114 → 114 : 6 = 19 equipes

O número de equipes será igual a 19, com 6 participantes cada uma.

3) Numa linha de produção, certo tipo de manutenção é feita na máquina A a cada 3 dias, na máquina B, a cada
4 dias, e na máquina C, a cada 6 dias. Se no dia 2 de dezembro foi feita a manutenção nas três máquinas, após
quantos dias as máquinas receberão manutenção no mesmo dia.

Temos que determinar o MMC entre os números 3, 4 e 6.




MMC (3, 4, 6) = 2 * 2 * 3 = 12
Concluímos que após 12 dias, a manutenção será feita nas três máquinas. Portanto, dia 14 de dezembro.

4) Um médico, ao prescrever uma receita, determina que três medicamentos sejam ingeridos pelo paciente de
acordo com a seguinte escala de horários: remédio A, de 2 em 2 horas, remédio B, de 3 em 3 horas e remédio C,
de 6 em 6 horas. Caso o paciente utilize os três remédios às 8 horas da manhã, qual será o próximo horário de
ingestão dos mesmos?

Calcular o MMC dos números 2, 3 e 6.




MMC(2, 3, 6) = 2 * 3 = 6
O mínimo múltiplo comum dos números 2, 3, 6 é igual a 6.
De 6 em 6 horas os três remédios serão ingeridos juntos. Portanto, o próximo horário será às 14 horas.


Exercícios:
1) Na transmissão de um evento esportivo, comerciais dos produtos A, B e C, todos de uma mesma empresa,
foram veiculados durante um tempo total de 140 s, 80 s e 100 s, respectivamente, com diferentes números de
inserções para cada produto. Sabe-se que a duração de cada inserção, para todos os produtos, foi sempre a
mesma, e a maior possível. Assim, o número total de comerciais dessa empresa veiculados durante a transmissão
foi igual a
a) 32           b) 30           c) 24           d) 18            e) 16
matematicaconcursos.blogspot.com



2) No almoxarifado de uma Unidade do Tribunal Regional Eleitoral há disponível: 11 caixas de lápis, cada qual
com 12 unidades; 9 caixas de borrachas, cada qual com 8 unidades; 8 caixas de réguas, cada qual com 15
unidades.                                              Sabe-se                                           que:
a) todos os objetos contidos nas caixas acima relacionadas deverão ser divididos em pacotes e encaminhados a
diferentes setores dessa Unidade;
b) todos os pacotes deverão conter a mesma quantidade de objetos;
c) cada pacote deverá conter um único tipo de objeto.
Nessas condições, a menor quantidade de pacotes a serem distribuídos é um número compreendido entre:
a) 10 e 20       b) 20 e 30       c) 30 e 40     d) 40 e 50      e) 50 e 60

3) Considere dois grupos de agentes censitários, um deles com 66 agentes e o outro, com 72. Os dois grupos serão
divididos em equipes de trabalho. Essas equipes deverão ter o mesmo número de agentes, sendo que todos os
agentes de cada equipe devem ser originários do mesmo grupo. Desse modo, o número máximo de agentes por
equipe será
a) 3            b) 4            c) 5              d) 6

4) A tabela abaixo apresenta as dimensões do papel enrolado em duas bobinas B1 e B2.




Todo o papel das bobinas será cortado de modo que, tanto o corte feito em B1 como em B2, resulte em folhas
retangulares, todas com a mesma largura do papel. Nessas condições, o menor número de folhas que se poderá
obter é
a) 135           b) 137        c) 140         d) 142           e) 147

5) Sistematicamente, dois funcionários de uma empresa cumprem horas-extras: um, a cada 15 dias, e o outro, a
cada 12 dias, inclusive aos sábados, domingos ou feriados. Se em 15 de outubro de 2010 ambos cumpriram
horas-extras, uma outra provável coincidência de horários das suas horas-extras ocorrerá em
a) 9 de dezembro de 2010.        b) 15 de dezembro de 2010.              c) 14 de janeiro de 2011.
d) 12 de fevereiro de 2011.      e) 12 de março 2011.

6) Duas polias conectadas por uma correia têm comprimentos de 12 cm e 22 cm.




O menor número de voltas completas que a polia menor deve dar para que a polia maior dê um número inteiro
de voltas é
a) 7         b) 8            c) 9             d) 10          e) 11

7) Um agente administrativo foi incumbido de tirar cópias das 255 páginas de um texto. Para tal ele só dispõe de
uma impressora que apresenta o seguinte defeito: apenas nas páginas de números 8, 16, 24, 32, ... (múltiplos de 8)
o cartucho de tinta vermelha falha. Considerando que em todas as páginas do texto aparecem destaques na cor
vermelha, então, ao tirar uma única cópia do texto, o número de páginas que serão impressas sem essa falha é
a) 226          b) 225           c) 224          d) 223          e) 222

8) Três funcionários fazem plantões nas seções em que trabalham: um a cada 10 dias, outro a cada 15 dias, e o
terceiro a cada 20 dias, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Se no dia 18/05/02 os três estiveram de
plantão, a próxima data em que houve coincidência no dia de seus plantões foi
a) 18/11/02              b) 17/09/02            c) 18/08/02              d) 17/07/02            e) 18/06/02

9) Analise as afirmativas a seguir:
matematicaconcursos.blogspot.com




Assinale:
a) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
d) se somente a afirmativa I estiver correta.
e) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.


10) Se a fração irredutível      é a geratriz da dízima 3,012012..., então o valor de a - b :
a) 670            b) 1809            c) 2010          d) 590           e) 540

11) O texto seguinte é um extrato do testamento do senhor Astolfo:

Deixo    da quantia que tenho no Banco à minha única filha, Minerva, e o restante à criança que ela está
esperando, caso seja do sexo feminino; entretanto, se a criança que ela espera for do sexo masculino, tal quantia
deverá ser igualmente dividida entre os dois." Considerando que, 1 mês após o falecimento de Astolfo, Minerva
teve um casal de gêmeos, então, para que o testamento de Astolfo fosse atendido, as frações da quantia existente
no Banco, recebidas por Minerva, seu filho e sua filha foram, respectivamente:


a)                        b)                       c)                        d)                            e)

12) Seja P o produto de um número inteiro e positivo N por 9. Se N tem apenas três dígitos e P tem os algarismos
das unidades, das dezenas e das centenas iguais a 4, 6 e 3, respectivamente, então P + N é igual a
a) 6480                b) 6686           c) 6840            d) 5584         e) 596016

13) Seja N um número inteiro positivo, no qual x é o algarismo das centenas, y o das dezenas e z o das unidades.
Se y > 5, z < 6 e 36x + 9y + z = 347, então
a) N < 500         b) 500 < N < 600         c) 500 < N < 700     d) 700 < N < 800         e) N > 800

14) Uma loja vende certo artigo por 15 reais. Em uma promoção, o preço de venda desse artigo foi baixado para
x reais e isso fez que todas as n unidades em estoque, que não eram mais do que 30, fossem vendidas. Se com a
venda das n unidades foi arrecadado o total de 253 reais e sendo x um número inteiro, então n - x é igual a
a) 6              b) 8             c) 9           d) 12            e) 14

15) Sejam x e y números reais dados por suas representações decimais




Pode-se afirmar que:
a) x + y = 1               b) x - y = 8 / 9             c) xy = 0,9               d) 1 / ( x + y ) = 0,9        e) xy = 1

Gabarito:

1) E     2) B     3) D     4) B     5) D      6) E      7) C    8) D   9)E
10) A    11) D    12) E    13) E    14) D     15) C

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lista geometria espacial
Lista geometria espacialLista geometria espacial
Lista geometria espacial
iran rodrigues
 
Mensagem primeiro dia de aula - a idade de ser feliz
Mensagem   primeiro dia de aula - a idade de ser felizMensagem   primeiro dia de aula - a idade de ser feliz
Mensagem primeiro dia de aula - a idade de ser feliz
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividades dia dos animais 14 de março
Atividades dia dos animais   14 de marçoAtividades dia dos animais   14 de março
Atividades dia dos animais 14 de março
Atividades Diversas Cláudia
 
Exercicios resolvidos equacao_2_grau
Exercicios resolvidos equacao_2_grauExercicios resolvidos equacao_2_grau
Exercicios resolvidos equacao_2_grau
Celia Lana
 
Descritor 1 50 questões de matemática 5º ano
Descritor 1   50 questões de matemática 5º anoDescritor 1   50 questões de matemática 5º ano
Descritor 1 50 questões de matemática 5º ano
Luiz Carlos
 
Inclusão
InclusãoInclusão
D13 (5º ano mat.)
D13  (5º ano   mat.)D13  (5º ano   mat.)
D13 (5º ano mat.)
Cidinha Paulo
 
Copa do Mundo da Matemática - Geometria Plana
Copa do Mundo da Matemática - Geometria PlanaCopa do Mundo da Matemática - Geometria Plana
Copa do Mundo da Matemática - Geometria Plana
Holcim (Brasil) S.A.
 
AVALIAÇÃO DE ARTES: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - 1º CICLO - 4º BIMESTRE -...
AVALIAÇÃO DE ARTES: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - 1º CICLO - 4º BIMESTRE -...AVALIAÇÃO DE ARTES: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - 1º CICLO - 4º BIMESTRE -...
AVALIAÇÃO DE ARTES: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - 1º CICLO - 4º BIMESTRE -...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Interpretaçao o namorado da filha portugues
Interpretaçao o namorado da filha portuguesInterpretaçao o namorado da filha portugues
Interpretaçao o namorado da filha portugues
Atividades Diversas Cláudia
 
Cruzadinha geometrica
Cruzadinha geometricaCruzadinha geometrica
Cruzadinha geometrica
Alessandra Dorini
 
Gabarito: Atividade de português: Questões sobre advérbios – 8º ano – Com res...
Gabarito: Atividade de português: Questões sobre advérbios – 8º ano – Com res...Gabarito: Atividade de português: Questões sobre advérbios – 8º ano – Com res...
Gabarito: Atividade de português: Questões sobre advérbios – 8º ano – Com res...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Mat130105 (1)
Mat130105 (1)Mat130105 (1)
Mat130105 (1)
Janete Guedes
 
Aulão preparatório para o spaece sli
Aulão preparatório para o spaece sliAulão preparatório para o spaece sli
Aulão preparatório para o spaece sli
Jota Sousa
 
Matemática caderno de questôes (5º ano) - prova brasil
Matemática   caderno de questôes (5º ano) - prova brasilMatemática   caderno de questôes (5º ano) - prova brasil
Matemática caderno de questôes (5º ano) - prova brasil
Ilton Bruno
 
4o-ano-16a-SEMANA.pdf
4o-ano-16a-SEMANA.pdf4o-ano-16a-SEMANA.pdf
4o-ano-16a-SEMANA.pdf
Nivea Neves
 
Exercicios Resolvidos Equacao 2 Grau 0
Exercicios Resolvidos Equacao 2 Grau 0Exercicios Resolvidos Equacao 2 Grau 0
Exercicios Resolvidos Equacao 2 Grau 0
Adriana Bonato
 
Atividade quimica 1
Atividade quimica 1Atividade quimica 1
Atividade quimica 1
InsertESSA
 
Modelo autorizacao adolescente_show
Modelo autorizacao adolescente_showModelo autorizacao adolescente_show
Modelo autorizacao adolescente_show
RevistaAmazônia Editora Círios
 
Provas 9º ano
Provas 9º anoProvas 9º ano
Provas 9º ano
alunosderoberto
 

Mais procurados (20)

Lista geometria espacial
Lista geometria espacialLista geometria espacial
Lista geometria espacial
 
Mensagem primeiro dia de aula - a idade de ser feliz
Mensagem   primeiro dia de aula - a idade de ser felizMensagem   primeiro dia de aula - a idade de ser feliz
Mensagem primeiro dia de aula - a idade de ser feliz
 
Atividades dia dos animais 14 de março
Atividades dia dos animais   14 de marçoAtividades dia dos animais   14 de março
Atividades dia dos animais 14 de março
 
Exercicios resolvidos equacao_2_grau
Exercicios resolvidos equacao_2_grauExercicios resolvidos equacao_2_grau
Exercicios resolvidos equacao_2_grau
 
Descritor 1 50 questões de matemática 5º ano
Descritor 1   50 questões de matemática 5º anoDescritor 1   50 questões de matemática 5º ano
Descritor 1 50 questões de matemática 5º ano
 
Inclusão
InclusãoInclusão
Inclusão
 
D13 (5º ano mat.)
D13  (5º ano   mat.)D13  (5º ano   mat.)
D13 (5º ano mat.)
 
Copa do Mundo da Matemática - Geometria Plana
Copa do Mundo da Matemática - Geometria PlanaCopa do Mundo da Matemática - Geometria Plana
Copa do Mundo da Matemática - Geometria Plana
 
AVALIAÇÃO DE ARTES: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - 1º CICLO - 4º BIMESTRE -...
AVALIAÇÃO DE ARTES: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - 1º CICLO - 4º BIMESTRE -...AVALIAÇÃO DE ARTES: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - 1º CICLO - 4º BIMESTRE -...
AVALIAÇÃO DE ARTES: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I - 1º CICLO - 4º BIMESTRE -...
 
Interpretaçao o namorado da filha portugues
Interpretaçao o namorado da filha portuguesInterpretaçao o namorado da filha portugues
Interpretaçao o namorado da filha portugues
 
Cruzadinha geometrica
Cruzadinha geometricaCruzadinha geometrica
Cruzadinha geometrica
 
Gabarito: Atividade de português: Questões sobre advérbios – 8º ano – Com res...
Gabarito: Atividade de português: Questões sobre advérbios – 8º ano – Com res...Gabarito: Atividade de português: Questões sobre advérbios – 8º ano – Com res...
Gabarito: Atividade de português: Questões sobre advérbios – 8º ano – Com res...
 
Mat130105 (1)
Mat130105 (1)Mat130105 (1)
Mat130105 (1)
 
Aulão preparatório para o spaece sli
Aulão preparatório para o spaece sliAulão preparatório para o spaece sli
Aulão preparatório para o spaece sli
 
Matemática caderno de questôes (5º ano) - prova brasil
Matemática   caderno de questôes (5º ano) - prova brasilMatemática   caderno de questôes (5º ano) - prova brasil
Matemática caderno de questôes (5º ano) - prova brasil
 
4o-ano-16a-SEMANA.pdf
4o-ano-16a-SEMANA.pdf4o-ano-16a-SEMANA.pdf
4o-ano-16a-SEMANA.pdf
 
Exercicios Resolvidos Equacao 2 Grau 0
Exercicios Resolvidos Equacao 2 Grau 0Exercicios Resolvidos Equacao 2 Grau 0
Exercicios Resolvidos Equacao 2 Grau 0
 
Atividade quimica 1
Atividade quimica 1Atividade quimica 1
Atividade quimica 1
 
Modelo autorizacao adolescente_show
Modelo autorizacao adolescente_showModelo autorizacao adolescente_show
Modelo autorizacao adolescente_show
 
Provas 9º ano
Provas 9º anoProvas 9º ano
Provas 9º ano
 

Semelhante a Conjuntos numéricos, mdc e mmc

Conjuntos numéricos
Conjuntos numéricosConjuntos numéricos
Conjuntos numéricos
andreilson18
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
chavalnoticias
 
Apostila matemática
Apostila matemáticaApostila matemática
Apostila matemática
Thulio Cesar
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Apostila Matemática Básica Parte 1
Apostila Matemática Básica Parte 1Apostila Matemática Básica Parte 1
Apostila Matemática Básica Parte 1
gustavoniedermayerwagner
 
Apostila de matematica para concursos
Apostila de matematica para concursosApostila de matematica para concursos
Apostila de matematica para concursos
Salomao Severo da Silva
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
José Trigo
 
Apostilamatconcursos 111209123909-phpapp01
Apostilamatconcursos 111209123909-phpapp01Apostilamatconcursos 111209123909-phpapp01
Apostilamatconcursos 111209123909-phpapp01
marcel-sampaio
 
Mat numeros racionais
Mat numeros racionaisMat numeros racionais
Mat numeros racionais
trigono_metria
 
Revisão para a prova
Revisão para a provaRevisão para a prova
Revisão para a prova
CristhianeGuimaraes
 
Matematica aplicada
Matematica aplicadaMatematica aplicada
Matematica aplicada
Waleska Alencar
 
Matemática - Módulo 01
Matemática -  Módulo 01Matemática -  Módulo 01
Matemática - Módulo 01
Everton Moraes
 
Revisão para a prova
Revisão para a provaRevisão para a prova
Revisão para a prova
CristhianeGuimaraes
 
NÚMEROS REAIS - Circunfêrencia - Teorema de Pitagoras.pptx
NÚMEROS REAIS - Circunfêrencia - Teorema de Pitagoras.pptxNÚMEROS REAIS - Circunfêrencia - Teorema de Pitagoras.pptx
NÚMEROS REAIS - Circunfêrencia - Teorema de Pitagoras.pptx
JonatasSilva757465
 
fund-cálculo-aplicado-aula_01_24_08_.pdf
fund-cálculo-aplicado-aula_01_24_08_.pdffund-cálculo-aplicado-aula_01_24_08_.pdf
fund-cálculo-aplicado-aula_01_24_08_.pdf
BrunaAminGoncalves
 
aulas_9º-Ano.ppt
aulas_9º-Ano.pptaulas_9º-Ano.ppt
aulas_9º-Ano.ppt
MoreiraMonteiro
 
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo AindaConjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
Antonio Carneiro
 
Conjunto E EquaçãO Do 2º Grau
Conjunto E EquaçãO Do 2º GrauConjunto E EquaçãO Do 2º Grau
Conjunto E EquaçãO Do 2º Grau
guest47023a
 
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo AindaConjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
Antonio Carneiro
 
Apostilamatematicanotacaoformulassimbolos 111208104224-phpapp01
Apostilamatematicanotacaoformulassimbolos 111208104224-phpapp01Apostilamatematicanotacaoformulassimbolos 111208104224-phpapp01
Apostilamatematicanotacaoformulassimbolos 111208104224-phpapp01
Carlos Andrade
 

Semelhante a Conjuntos numéricos, mdc e mmc (20)

Conjuntos numéricos
Conjuntos numéricosConjuntos numéricos
Conjuntos numéricos
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
 
Apostila matemática
Apostila matemáticaApostila matemática
Apostila matemática
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
 
Apostila Matemática Básica Parte 1
Apostila Matemática Básica Parte 1Apostila Matemática Básica Parte 1
Apostila Matemática Básica Parte 1
 
Apostila de matematica para concursos
Apostila de matematica para concursosApostila de matematica para concursos
Apostila de matematica para concursos
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
 
Apostilamatconcursos 111209123909-phpapp01
Apostilamatconcursos 111209123909-phpapp01Apostilamatconcursos 111209123909-phpapp01
Apostilamatconcursos 111209123909-phpapp01
 
Mat numeros racionais
Mat numeros racionaisMat numeros racionais
Mat numeros racionais
 
Revisão para a prova
Revisão para a provaRevisão para a prova
Revisão para a prova
 
Matematica aplicada
Matematica aplicadaMatematica aplicada
Matematica aplicada
 
Matemática - Módulo 01
Matemática -  Módulo 01Matemática -  Módulo 01
Matemática - Módulo 01
 
Revisão para a prova
Revisão para a provaRevisão para a prova
Revisão para a prova
 
NÚMEROS REAIS - Circunfêrencia - Teorema de Pitagoras.pptx
NÚMEROS REAIS - Circunfêrencia - Teorema de Pitagoras.pptxNÚMEROS REAIS - Circunfêrencia - Teorema de Pitagoras.pptx
NÚMEROS REAIS - Circunfêrencia - Teorema de Pitagoras.pptx
 
fund-cálculo-aplicado-aula_01_24_08_.pdf
fund-cálculo-aplicado-aula_01_24_08_.pdffund-cálculo-aplicado-aula_01_24_08_.pdf
fund-cálculo-aplicado-aula_01_24_08_.pdf
 
aulas_9º-Ano.ppt
aulas_9º-Ano.pptaulas_9º-Ano.ppt
aulas_9º-Ano.ppt
 
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo AindaConjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
 
Conjunto E EquaçãO Do 2º Grau
Conjunto E EquaçãO Do 2º GrauConjunto E EquaçãO Do 2º Grau
Conjunto E EquaçãO Do 2º Grau
 
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo AindaConjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
Conjunto,Potencias E Eq.2º Gr. Para 7ª E 8ª Estou Fazendo Ainda
 
Apostilamatematicanotacaoformulassimbolos 111208104224-phpapp01
Apostilamatematicanotacaoformulassimbolos 111208104224-phpapp01Apostilamatematicanotacaoformulassimbolos 111208104224-phpapp01
Apostilamatematicanotacaoformulassimbolos 111208104224-phpapp01
 

Mais de Romulo Garcia

Problemas envolvendo torneiras e misturas
Problemas envolvendo torneiras e misturasProblemas envolvendo torneiras e misturas
Problemas envolvendo torneiras e misturas
Romulo Garcia
 
Razões e proporções, divisão proporcional, regras de três simples e compostas...
Razões e proporções, divisão proporcional, regras de três simples e compostas...Razões e proporções, divisão proporcional, regras de três simples e compostas...
Razões e proporções, divisão proporcional, regras de três simples e compostas...
Romulo Garcia
 
Lógica (para concursos públicos)
Lógica (para concursos públicos)Lógica (para concursos públicos)
Lógica (para concursos públicos)
Romulo Garcia
 
Raciocínio lógico (para enem e concursos públicos em geral)
Raciocínio lógico (para enem e concursos públicos em geral)Raciocínio lógico (para enem e concursos públicos em geral)
Raciocínio lógico (para enem e concursos públicos em geral)
Romulo Garcia
 
Progressões
ProgressõesProgressões
Progressões
Romulo Garcia
 
Teoria do números - Classificações especiais
Teoria do números - Classificações especiaisTeoria do números - Classificações especiais
Teoria do números - Classificações especiais
Romulo Garcia
 
Probabilidade
ProbabilidadeProbabilidade
Probabilidade
Romulo Garcia
 

Mais de Romulo Garcia (7)

Problemas envolvendo torneiras e misturas
Problemas envolvendo torneiras e misturasProblemas envolvendo torneiras e misturas
Problemas envolvendo torneiras e misturas
 
Razões e proporções, divisão proporcional, regras de três simples e compostas...
Razões e proporções, divisão proporcional, regras de três simples e compostas...Razões e proporções, divisão proporcional, regras de três simples e compostas...
Razões e proporções, divisão proporcional, regras de três simples e compostas...
 
Lógica (para concursos públicos)
Lógica (para concursos públicos)Lógica (para concursos públicos)
Lógica (para concursos públicos)
 
Raciocínio lógico (para enem e concursos públicos em geral)
Raciocínio lógico (para enem e concursos públicos em geral)Raciocínio lógico (para enem e concursos públicos em geral)
Raciocínio lógico (para enem e concursos públicos em geral)
 
Progressões
ProgressõesProgressões
Progressões
 
Teoria do números - Classificações especiais
Teoria do números - Classificações especiaisTeoria do números - Classificações especiais
Teoria do números - Classificações especiais
 
Probabilidade
ProbabilidadeProbabilidade
Probabilidade
 

Último

APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 

Conjuntos numéricos, mdc e mmc

  • 1. matematicaconcursos.blogspot.com Professor: Rômulo Garcia Email: machadogarcia@gmail.com Conteúdo Programático: Conjuntos Numéricos, mdc e mmc "Se as condições forem favoráveis, venceremos. Se as condições forem desfavoráveis, ainda assim venceremos. E se, de tudo, as condições forem totalmente desfavoráveis mesmo assim estaremos no páreo." Ayrton Senna Módulo 1 - Conjuntos Numéricos a) Os Naturais (N): N = {0, 1, 2, 3, ...} N* = {1, 2, 3, ...} b) Os Inteiros (Z): O conjunto dos inteiros é dado por números que expressam quantidades positivas (+) e negativas (-). No caso das quantidades negativas, podemos entendê-las como uma falta de algum objeto. Z = {...–1,0,1,...}. Z+ = {0, 1, 2, 3, ...} (inteiros não negativos) Z+* = {1, 2, 3, ...} (inteiros positivos) Z- = {..., -3, -2, -1, 0} (inteiros não positivos) Z-* = {..., -3, -2, -1, 0} (inteiros negativos) Para melhor entender a parte negativa dos inteiros veja a seguinte situação: Pedro tinha 3 reais mas devia a Aline 5 reais, pagou os 3 que possuía e ainda ficou devendo 2. Logo ficou com – 2 reais. • Números Primos e Compostos: Um número inteiro positivo (diferente de 1) é dito primo quando admiti somente dois divisores positivos: a unidade e ele mesmo. Obs: Se um número possuir mais de dois divisores então ele é chamado de composto. c) Os Racionais (Q): É todo número que pode ser escrito na forma de uma fração com o numerador sendo um nº inteiro e o denominador um número inteiro não nulo. Ou seja, o conjunto dos números racionais é a união do conjunto dos números inteiros com as frações positivas e negativas. Q = {a/b; a∈ Z e b ∈ Z*} Exemplos: ହ ଵ଴ a) 5 = = ଵ ଵଶ ସ ି଼ b) – 2 = = ିଶ ସ ସଶଷ c) 4,23 = ଵ଴଴ ଻ d) 1,1666... = ଺ Observe que os números naturais, inteiros, decimais exatos e as dízimas periódicas são exemplos de números racionais. Fração geratriz de uma dízima periódica: Exemplos: ଻ଶ a) 0,72727272... = ଽଽ 72: período ଶ૛૜૞ ିଶ ଶଶଷଷ b) 2,235235235... = ᇩ, ᇪ ᇫ235235... = ณᇭ૛૜૞ 2 ᇭ = ଽଽଽ ଽଽଽ 235: período ଶଵૢ૛૟૝ି ଶଵૢ૛ ଶଵ଻଴଻ଶ c) 21,92646464... = 21, ૢ૛ᇭᇫ6464... = ᇩᇭ ૟૝ ᇭᇪᇭ ᇣᇤᇥ = ଽ଴଴଴ ଽଽ଴଴ 64: período
  • 2. matematicaconcursos.blogspot.com 92: anti-período ଽ଴ଶ૙૜૝૛ି ଽ଴ଶ૙૜૝ d) 902,034222222... = ᇩᇭ ૙૜૝ ૛22222... = 902, ᇭᇫ ᇭᇪᇭ ଼ଵଵ଼ଷ଴଼ ᇣᇧ ᇧᇥ ᇧᇤᇧ = ଽ଴଴଴ ଽ଴଴଴ 2: período 034: anti-período Regra prática para determinar a fração que gerou uma determinada dízima periódica. Numerador: escreva o número até o fim do período e subtraia pelo número que aparece antes desse período. : Denominador: para cada algarismo do período, um algarismo 9, e para cada algarismo do anti : anti-período, um algarismo 0. d) Os Irracionais (I ou R – Q) e os Reais (R): √2 = 1,4142135... √3 = 1,7320508... Os números irracionais são decimais infinitas não periódicas, ou seja, os números que não podem ser escrito na forma de fração (divisão de dois inteiros). Como exemplo de números irracionais, temos a raiz quadr quadrada de 2 e a raiz quadrada de 3. Um número irracional bastante conhecido é o número π =3,1415926535... onal Se temos um triângulo com catetos medindo 1 unidade de comprimento. Pelo teorema de Pitágoras, calculamos que o terceiro lado (a hipotenusa), vale . E quanto é ? Pois isto não podemos dizer exatamente. O que se sabe é que não dá para representar como uma fração de números inteiros, pois tem infinitas casas depois da vírgula (e não é uma dízima periódica). Então não podemos chamá de chamá-lo número racional. Por este motivo houve a necessidade de c criar-se mais um conjunto. Que, por oposição aos números se racionais, chama-se "CONJUNTO DOS NÚMEROS IRRACIONAIS". Formado por todos os números que, ao se contrário dos racionais, NÃO podem ser representados por uma fração de números inteiros. Este conjunto é representado por . As raízes quadradas não exatas são os principais representantes deste conjunto. Por exemplo: Todos estes valores não podem ser representados por uma fração de números inteiros, portanto, são chamados de números irracionais. Este número também não tem uma representação em forma de fração, por isso também é um número ero irracional. Ou seja, se somarmos um racional com um irracional teremos como resultado um irracional. Este também é irracional, pelo mesmo motivo do número acima. Todas raízes não exatas fazem parte do conjunto dos números irracionais. Mas não são só elas, também estão neste conjunto o número pi (π=3,141592...), o número de Euler (e = 2,71828...), e alguns outros. =3,141592...), número Dados os conjuntos dos números racionais (Q) e dos irracionais, definimos o conjunto dos números reais ados irracionais, como:
  • 3. matematicaconcursos.blogspot.com (Obs.: Essa representação é equivocada, pois dá a entender que além dos números naturais estarem contidos nos inteiros, o conjunto dos números inteiros possui mais elementos que os naturais. E isso não é verdade!. Os dois têm a mesma cardinalidade – “tamanho” – e essa representação usada por muitos autores é incorreta e, para nós aqui, é meramente ilustrativa) Portanto, os números naturais, inteiros, racionais e irracionais são todos números reais. Como subconjuntos importantes de IR temos: IR* = IR-{0} IR+ = conjunto dos números reais não negativos IR_ = conjunto dos números reais não positivos Obs: entre dois números inteiros existem infinitos números reais. Por exemplo: • Entre os números 1 e 2 existem infinitos números reais: 1,01 ; 1,001 ; 1,0001 ; 1,1 ; 1,2 ; 1,5 ; 1,99 ; 1,999 ; 1,9999 ... • Entre os números 5 e 6 existem infinitos números reais: 5,01 ; 5,02 ; 5,05 ; 5,1 ; 5,2 ; 5,5 ; 5,99 ; 5,999 ; 5,9999 ... Módulo 2 – Múltiplos e Divisores Múltiplos de um número M(a): Chamamos de múltiplos de um número a e representamos por M(a) ao conjunto formado quando se efetua o produto de a por todos os inteiros. Assim: M(5) = {.., -5, 0, 5, 10, ...} são os múltiplos de 5. Obs1: zero é múltiplo de qualquer número. Obs2: um produto é zero quando ao menos um de seus fatores é zero (principio do anulamento do produto). Divisores de um número D(a): Chamamos de divisores de um número a e representamos por D(a) ao conjunto formado por todos os inteiros que dividem o a. Divisor de um número é todo aquele que o divide exatamente. Um número é divisível por outro se o resto da divisão for igual a zero. Assim: D(12) = {±1, ±2, ±3, ±4, ±6, ±12} são os divisores de 12. Obs1: um é divisor de qualquer número Obs2: zero não é divisor de ninguém: “Jamais dividiras por zero” (1º mandamento da matemática). Obs3: todo número é divisível por si mesmo. • Queremos saber quantos são os divisores positivos de um número α. Para isso decompomos α em um produto de fatores primos: α = 2β1. 3β2, 5β3... . O número de divisores positivos de α é dado por: (β1 + 1) . (β2 + 1) . (β3 + 1). .... Ex1: Calcule o número de divisores positivos de 24. Solução: Temos que 24 = 23 . 31. O número de divisores de 24 é dado pelo produto (3+1).(1+1) = 4 x 2 = 8
  • 4. matematicaconcursos.blogspot.com Ex2: Calcule o número de divisores de 360 Solução: 360 = 23 . 32 . 51, logo o número de divisores positivos de 360 é dado pelo produto (3+1) . (2+1). (1+1)= 4 x 3 x 2 = 24 divisores positivos. Como o número de divisores positivos é igual ao de divisores negativos temos um total de 48 números divisores 360. Módulo 3 - Máximo Divisor Comum (MDC) Podemos determinar o m.d.c. de dois números, dividindo-se o maior pelo menor deles. Se a divisão não for exata, dividi-se o menor pelo resto e assim sucessivamente. O último divisor será o m.d.c. O m.d.c é dado pelo produto dos fatores comuns com menores expoentes. Obs: quando dois ou mais números admitirem somente a unidade como divisor comum eles serão chamados de primos entre si. Ex.: Determine o m.d.c entre 12, 18, 30 12, 18, 30 2 6, 9, 15 3 2, 3, 5 2.3 = 6 = MDC (observe que usamos na coluna da direita apenas os fatores primos que dividem, AO MESMO TEMPO, todos os números da coluna da esquerda) É bom lembrar que 6 é o maior número natural “que separa em partes” os valores 12, 18 e 30. Módulo 4 - Mínimo Múltiplo Comum (MMC) O m.m.c é dado pelo produto dos fatores comuns e não-comuns com maiores expoentes. 12, 18, 30 2 6, 9, 15 2 3, 9, 15 3 1, 3, 5 3 1, 1, 5 5 1, 1, 1 22.32.5 = 180 = MMC (observe que usamos na coluna da direita os fatores primos que dividem, PELO MENOS UM, dos números da coluna da esquerda) É bom lembrar que 180 é o menor número natural que ao ser dividido pelos valores 12, 18 e 30 deixam resto zero. Importante: m.d.c. (a,b). m.m.c (a,b) = | ab | Exercícios resolvidos: 1) Uma indústria de tecidos fabrica retalhos de mesmo comprimento. Após realizarem os cortes necessários, verificou-se que duas peças restantes tinham as seguintes medidas: 156 centímetros e 234 centímetros. O gerente de produção ao ser informado das medidas, deu a ordem para que o funcionário cortasse o pano em partes iguais e de maior comprimento possível. Como ele poderá resolver essa situação? Devemos encontrar o MDC entre 156 e 254, esse valor corresponderá à medida do comprimento desejado. Decomposição em fatores primos 234 = 2 * 3 * 3 * 13 156 = 2 * 2 * 3 * 13 MDC (156, 234) = 2 * 3 * 13 = 78 Portanto, os retalhos podem ter 78 cm de comprimento.
  • 5. matematicaconcursos.blogspot.com 2) Uma empresa de logística é composta de três áreas: administrativa, operacional e vendedores. A área administrativa é composta de 30 funcionários, a operacional de 48 e a de vendedores com 36 pessoas. Ao final do ano, a empresa realiza uma integração entre as três áreas, de modo que todos os funcionários participem ativamente. As equipes devem conter o mesmo número de funcionários com o maior número possível. Determine quantos funcionários devem participar de cada equipe e o número possível de equipes. Encontrar o MDC entre os números 48, 36 e 30. Decomposição em fatores primos: 48 = 2 * 2 * 2 * 2 * 3 36 = 2 * 2 * 3 * 3 30 = 2 * 3 * 5 MDC (30, 36, 48) = 2 * 3 = 6 Determinando o número total de equipes: 48 + 36 + 30 = 114 → 114 : 6 = 19 equipes O número de equipes será igual a 19, com 6 participantes cada uma. 3) Numa linha de produção, certo tipo de manutenção é feita na máquina A a cada 3 dias, na máquina B, a cada 4 dias, e na máquina C, a cada 6 dias. Se no dia 2 de dezembro foi feita a manutenção nas três máquinas, após quantos dias as máquinas receberão manutenção no mesmo dia. Temos que determinar o MMC entre os números 3, 4 e 6. MMC (3, 4, 6) = 2 * 2 * 3 = 12 Concluímos que após 12 dias, a manutenção será feita nas três máquinas. Portanto, dia 14 de dezembro. 4) Um médico, ao prescrever uma receita, determina que três medicamentos sejam ingeridos pelo paciente de acordo com a seguinte escala de horários: remédio A, de 2 em 2 horas, remédio B, de 3 em 3 horas e remédio C, de 6 em 6 horas. Caso o paciente utilize os três remédios às 8 horas da manhã, qual será o próximo horário de ingestão dos mesmos? Calcular o MMC dos números 2, 3 e 6. MMC(2, 3, 6) = 2 * 3 = 6 O mínimo múltiplo comum dos números 2, 3, 6 é igual a 6. De 6 em 6 horas os três remédios serão ingeridos juntos. Portanto, o próximo horário será às 14 horas. Exercícios: 1) Na transmissão de um evento esportivo, comerciais dos produtos A, B e C, todos de uma mesma empresa, foram veiculados durante um tempo total de 140 s, 80 s e 100 s, respectivamente, com diferentes números de inserções para cada produto. Sabe-se que a duração de cada inserção, para todos os produtos, foi sempre a mesma, e a maior possível. Assim, o número total de comerciais dessa empresa veiculados durante a transmissão foi igual a a) 32 b) 30 c) 24 d) 18 e) 16
  • 6. matematicaconcursos.blogspot.com 2) No almoxarifado de uma Unidade do Tribunal Regional Eleitoral há disponível: 11 caixas de lápis, cada qual com 12 unidades; 9 caixas de borrachas, cada qual com 8 unidades; 8 caixas de réguas, cada qual com 15 unidades. Sabe-se que: a) todos os objetos contidos nas caixas acima relacionadas deverão ser divididos em pacotes e encaminhados a diferentes setores dessa Unidade; b) todos os pacotes deverão conter a mesma quantidade de objetos; c) cada pacote deverá conter um único tipo de objeto. Nessas condições, a menor quantidade de pacotes a serem distribuídos é um número compreendido entre: a) 10 e 20 b) 20 e 30 c) 30 e 40 d) 40 e 50 e) 50 e 60 3) Considere dois grupos de agentes censitários, um deles com 66 agentes e o outro, com 72. Os dois grupos serão divididos em equipes de trabalho. Essas equipes deverão ter o mesmo número de agentes, sendo que todos os agentes de cada equipe devem ser originários do mesmo grupo. Desse modo, o número máximo de agentes por equipe será a) 3 b) 4 c) 5 d) 6 4) A tabela abaixo apresenta as dimensões do papel enrolado em duas bobinas B1 e B2. Todo o papel das bobinas será cortado de modo que, tanto o corte feito em B1 como em B2, resulte em folhas retangulares, todas com a mesma largura do papel. Nessas condições, o menor número de folhas que se poderá obter é a) 135 b) 137 c) 140 d) 142 e) 147 5) Sistematicamente, dois funcionários de uma empresa cumprem horas-extras: um, a cada 15 dias, e o outro, a cada 12 dias, inclusive aos sábados, domingos ou feriados. Se em 15 de outubro de 2010 ambos cumpriram horas-extras, uma outra provável coincidência de horários das suas horas-extras ocorrerá em a) 9 de dezembro de 2010. b) 15 de dezembro de 2010. c) 14 de janeiro de 2011. d) 12 de fevereiro de 2011. e) 12 de março 2011. 6) Duas polias conectadas por uma correia têm comprimentos de 12 cm e 22 cm. O menor número de voltas completas que a polia menor deve dar para que a polia maior dê um número inteiro de voltas é a) 7 b) 8 c) 9 d) 10 e) 11 7) Um agente administrativo foi incumbido de tirar cópias das 255 páginas de um texto. Para tal ele só dispõe de uma impressora que apresenta o seguinte defeito: apenas nas páginas de números 8, 16, 24, 32, ... (múltiplos de 8) o cartucho de tinta vermelha falha. Considerando que em todas as páginas do texto aparecem destaques na cor vermelha, então, ao tirar uma única cópia do texto, o número de páginas que serão impressas sem essa falha é a) 226 b) 225 c) 224 d) 223 e) 222 8) Três funcionários fazem plantões nas seções em que trabalham: um a cada 10 dias, outro a cada 15 dias, e o terceiro a cada 20 dias, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Se no dia 18/05/02 os três estiveram de plantão, a próxima data em que houve coincidência no dia de seus plantões foi a) 18/11/02 b) 17/09/02 c) 18/08/02 d) 17/07/02 e) 18/06/02 9) Analise as afirmativas a seguir:
  • 7. matematicaconcursos.blogspot.com Assinale: a) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. b) se somente a afirmativa II estiver correta. c) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. d) se somente a afirmativa I estiver correta. e) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. 10) Se a fração irredutível é a geratriz da dízima 3,012012..., então o valor de a - b : a) 670 b) 1809 c) 2010 d) 590 e) 540 11) O texto seguinte é um extrato do testamento do senhor Astolfo: Deixo da quantia que tenho no Banco à minha única filha, Minerva, e o restante à criança que ela está esperando, caso seja do sexo feminino; entretanto, se a criança que ela espera for do sexo masculino, tal quantia deverá ser igualmente dividida entre os dois." Considerando que, 1 mês após o falecimento de Astolfo, Minerva teve um casal de gêmeos, então, para que o testamento de Astolfo fosse atendido, as frações da quantia existente no Banco, recebidas por Minerva, seu filho e sua filha foram, respectivamente: a) b) c) d) e) 12) Seja P o produto de um número inteiro e positivo N por 9. Se N tem apenas três dígitos e P tem os algarismos das unidades, das dezenas e das centenas iguais a 4, 6 e 3, respectivamente, então P + N é igual a a) 6480 b) 6686 c) 6840 d) 5584 e) 596016 13) Seja N um número inteiro positivo, no qual x é o algarismo das centenas, y o das dezenas e z o das unidades. Se y > 5, z < 6 e 36x + 9y + z = 347, então a) N < 500 b) 500 < N < 600 c) 500 < N < 700 d) 700 < N < 800 e) N > 800 14) Uma loja vende certo artigo por 15 reais. Em uma promoção, o preço de venda desse artigo foi baixado para x reais e isso fez que todas as n unidades em estoque, que não eram mais do que 30, fossem vendidas. Se com a venda das n unidades foi arrecadado o total de 253 reais e sendo x um número inteiro, então n - x é igual a a) 6 b) 8 c) 9 d) 12 e) 14 15) Sejam x e y números reais dados por suas representações decimais Pode-se afirmar que: a) x + y = 1 b) x - y = 8 / 9 c) xy = 0,9 d) 1 / ( x + y ) = 0,9 e) xy = 1 Gabarito: 1) E 2) B 3) D 4) B 5) D 6) E 7) C 8) D 9)E 10) A 11) D 12) E 13) E 14) D 15) C