Auto jornal ed.131

339 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
339
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Auto jornal ed.131

  1. 1. Importados Comparativo Importados Auto Show Peugeot 3008 Vs. Kia apresenta Volkswagen Tiguan Novo Picanto Pág.2 Pág.4 O DIA São Paulo, Sexta-feira 2 a 8 de Setembro de 2011 Ano III - Edição 131 Jornal SP autojornalodia.blogspot.com Auto Blog João Alberto Otazú Importados Xperience Crescer e aparecer Luxuoso e econômico A partir desta edição o Auto Jornal inicia uma nova fase, mais abrangente, com quanto em motocicletas, para levar a você, caro leitor, infor- mação de qualidade que o ajude mais conteúdo, para trazer ao a escolher qual o melhor veículo leitor a informação necessária se encaixa na sua necessidade di- sobre o fascinante universo dos ária, no seu bolso, no seu desejo. automóveis no Brasil. Dobramos nosso espaço Talvez muitos não fazem editorial e passamos a ter se- ideia da imensidão da nossa manalmente quatro páginas, o indústria automotiva, e con- que nos possibilita navegar por fessamos que até bem pouco novas ideias, trazer avaliações tempo atrás nem mesmo nós mais detalhadas e reportagens Com motores combinados (gasolina/eletricidade), o Ford Fusion Hybrid sabíamos, mas o Brasil é um comparativas, como as que dos países com o maior número você encontra na próxima pá- atinge impressionante marca de 16 km/l na cidade de montadoras instaladas. gina, entre Volkswagen Tiguan Apesar de não termos tantos e Peugeot 3008, dois modelos QUADRO DE NOTAS modelos quanto na Europa ou que dão show em tecnologia. Acabamento: .............................9 Estados Unidos, abrigamos as li- Nas reportagens de lança- Espaço interno: .........................8 nhas de produção de uma grande mento trazemos também uma Posição de dirigir: .....................8 diversidade de marcas. Se até a novidade: um tópico Xperien- Visibilidade:................................7 década de 1990 tínhamos apenas ce, com as primeiras impres- Equipamentos: ..........................9 Volkswagen, Fiat, Chevrolet e sões atrás do volante do novo Ruídos: ...................10 (elétrico); Ford, agora são mais três fran- veículo. Assim, mesmo antes 7 (gasolina) cesas (Renault, Peugeot e Ci- de ver o carro ou moto na rua, Motor: .......................7 (elétrico); troën), quatro japonesas (Toyota, você já pode contar com uma 7 (gasolina) Honda, Nissan e Mitsubishi), opinião sobre o comportamento – em movimento, o elétrico a coreana Hyundai e a indiana e dirigibilidade do modelo. poderia ser mais frequente Mahindra. E, com a chegada dos Transmissão: .............................7 chineses, a expectativa é de até o NO MUNDO Velocidade:.................................7 ano da Copa, a instalação de mais As novidades não se restrin- Aceleração: ................................8 pelo menos duas montadoras: gem à edição imprensa. A partir Retomada: .................................8 Chery e Jac Motors. da próxima segunda-feira, 4 de Direção: ......................................8 Fotos Marcelo Povreslo/Auto Jornal Assim, acompanhamos o agosto, estreamos um novo site na Freios: ........................................9 crescimento do mercado, que ra- internet, em formato de blog, com Comportamento:.......................7 pidamente evoluiu de pouco mais atualizações diárias das principais Suspensão: ................................7 de 700 mil veículos comercializa- notícias do setor automotivo. Conforto: ....................................9 do, em 1990, para 3,5 milhões em Uma página dinâmica e de Tecnologia:.................................9 2010. Isso sem falar na indústria fácil navegação que vai mantê- Consumo:.................................10 de motocicletas, que nos últimos lo informado em tempo integral Porta-malas: .............................8 anos têm experimentado um sobre os lançamentos de carros, crescimento vertiginoso, tendo motos e caminhões, além de Alexandre Akashi elétrico de 107 cv de potência e A fechado 2010 com 1,8 milhão de notícias de mercado, produtos torque máximo de 22,9 kgfm. unidades comercializadas. automotivos, promoções, en- primeira impressão ao sentar Na prática, o carro é 100% Por isso investimos na nossa fim, tudo o que diz respeito a ao volante do pioneiro entre elétrico quando está parado e em capacidade de produzir boas re- este universo que é a indústria os híbridos no Brasil com situações que não exige força, portagens, tanto em automóveis automotiva brasileira. ■ preço acessível (na faixa dos R$ como no anda-para dos conges- 130.000, muito mais em conta do tionamentos, e em velocidades de que Mercedes-Benz S400 e BMW até 70 km/h, porém com o pé bem Série 7) é de que existem botões e leve no pedal do acelerador. Basta informações demais no painel de uma pressão um pouco mais forteAuto Executivo instrumentos. Mas, algumas horas que o motor a gasolina entra em de condução foram suficientes para funcionamento. começar a entender o modelo e, O vilão do consumo é o anda- depois de alguns dias, todos os co- para do trânsito. Mas, nos testes que mandos e gráficos foram domados. realizamos, constatamos que em Honeywell tem novo gerente O mais importante de tudo é entender o conceito e a proposta do velocidade constante, a 90 km/h, o consumo é muito bom, em torno de vendas e projetos Fusion Hybrid: um sedan de luxo de 20 km/l, graças a tecnologia queO desenvolvido especialmente para o transformou o motor a combustão engenheiro Pepi assume a tráfego urbano, em que o anda-e- interna em ciclo Atkinson. Foto Honeywell/Divulgação Mario Ro- nova posição de- para parece não ter fim. Em outras berto Pepi é pois de 14 anos palavras, quanto mais trânsito, CONFORTOo novo gerente de de atividades na melhor; mais econômico fica, ao O conforto sempre foi pontoVendas e Projetos Honeywell, na contrário dos carros normais, com forte do Fusion. O modelo avaliadoOE (fabricantes de área de engenha- motor a combustão interna. era equipado com grande parte dasveículos) da Ho- ria de aplicações. O segredo é o motor elétrico tecnologias disponíveis nos carrosneywell Turbo Te- A nomeação faz de 107cv de potência que entra em porta-malas de 405 litros. dois tipos de motores, combustão de luxo, como bancos de couro,chnologies, empresa parte da estratégia ação sempre que o pedal do acelera- Nossa experiência com o mo- interna e elétrico, mas ainda exis- teto solar, volante e bancos comfabricante de siste- da empresa para dor deixa de ser pressionado. Nesta delo foi muito agradável, prin- tem poucos modelos disponíveis regulagem de altura e profundida-mas de turboalimen- enfrentar a fase situação, além de não consumir cipalmente pela combinação de no mercado brasileiro, e isso re- de, piloto automático, e uma sérietação de motores. Mario Pepi: de implementação gasolina, o Fusion Hybrid aproveita fatores economia de combustível sulta em uma grande curiosidade de itens de segurança, como freios No cargo, Pepi nomeação estratégica de tecnologias im- para recarregar as baterias que têm e conforto. Vale a pena pagar de como eles funcionam. ABS, air bags frontais e laterais,terá como missão postas pela nova garantia de 10 anos de fábrica. mais caro, principalmente para No caso do Fusion, a Ford op- controle de estabilidade, câmbiorepresentar na empresa as neces- legislação ambiental Euro V Assim, o sedan de luxo da quem dirige muito na cidade. Se tou por uma solução bem conser- automático (CVT), entre outros.sidades dos clientes e administrar para motores a diesel a partir Ford pode ser considerado o fosse mais acessível, com certeza vadora, com um motor a combus- Mas, se por um lado o motoras solicitações apresentadas de janeiro do próximo ano mais econômico em consumo na haveria uma legião de profissio- tão interna do tipo ciclo Atkinson, elétrico elimina o ruído do motorjunto à área de engenharia, em e as perspectivas de grande categoria, à venda no Brasil, com nais liberais interessados. de quatro cilindros, 2.5 litros, 16 no trânsito, tanto que ao girar abusca do melhor produto para crescimento da aplicação de impressionante marca de 16 km/l válvulas, DOHC, que rende 158 cv chave uma luz no painel indica queas diferentes aplicações das fá- turbocompressores em veículos na cidade. Nada mal para um HÍBRIDO de potência máxima a 6.000 rpm, o carro está em funcionamento, embricas de veículos instaladas na leves com motores a gasolina e sedan de cinco lugares, 1.687 kg, Muito se fala em tecnologia de e torque máximo de 18,8 kgfm a alta rotação o ciclo Atkinson é umAmérica do Sul. combustível flex. ■ mais de 4,8 m de comprimento e veículos híbridos, que combinam 2.250 rpm, em série com um motor tanto o quanto ruidoso. ■

×