SlideShare uma empresa Scribd logo
DESCOBRINDO AS OBRAS
DO CRIADOR
5º ano
Ensino religioso 5 ano
Rubens Bomtempo
Prefeito
Mônica Vieira Freitas
Secretária de Educação
Rosilene Ribeiro
Subsecretária de Educação
Rosalie G. de Oliveira Duarte
Subsecretária do FNDE e Captação de Recursos
Cristiane Noel Souza da Cruz
Coordenadora do Ensino Religioso
Ensino religioso 5 ano
Prefeitura de Petrópolis
Colaboradores
Professora Andréa Regina Barroso Alves Geraldi
Professora Roberta da Silva Pinheiro
Coordenação
Professora Bianca Della Nina
Ensino religioso 5 ano
Aulas de Ensino Religioso?
A educação da consciência religiosa é direito de todos. Para garantir esse
direito, a Lei de Diretrizes e Bases, artigo 33, apresenta o Ensino Religioso (ER) como
parte integrante da educação básica. Há quatro grandes temas que fundamentam
esse ensino. São eles: a compreensão da história, a interpretação da cultura, a busca
de sentido e a compreensão da experiência religiosa.
A compreensão da história
O fato religioso está presente em diferentes grupos, nações e períodos e quem não o
compreende também não compreenderá a história humana. A saga dos faraós do
Egito, dos imperadores romanos, dos índios americanos; as carrancas escandinavas e
asiáticas; a colonização do Brasil; a história da arte, da arquitetura; a relação entre
sagrado e profano e tantos outros aspectos culturais não seriam entendidos na sua
essência sem o reconhecimento do fato religioso. O ER oferece uma outra perspectiva
para a análise da história.
A interpretação da cultura
A antropologia fala do processo espontâneo que se dá no interior das culturas,
responsável pela manutenção e transmissão das tradições de geração em geração.
Quanto mais consciente e intencional for esse processo, tanto mais serão fortalecidas
a própria identidade cultural e a capacidade de conviver com o diferente e respeitá-lo.
O ER será responsável por desenvolver essa competência da questão religiosa.
A busca de sentido
As perguntas fundamentais da existência humana - De onde vim? Para onde vou? etc.
- não são apenas capricho de mentes desocupadas. Elas compõem a busca
necessária ao desenvolvimento humano. O papel fundamental da educação é abrir
possibilidades de respostas, para que o sentido da vida vá além da própria vida. O
objetivo do ER não é responder às questões, mas criar condições para que essa
reflexão se dê num ambiente educativo onde haja espaço para o diálogo, o debate, a
pesquisa e a síntese pessoal e coletiva.
Compreensão da experiência religiosa
O que caracteriza a experiência é a mudança gerada na relação sujeito e fato
(acontecimentos). Toda grande mudança nasce de um momento interior, íntimo, vivido
na relação com o eu e o não-eu. Por isso, podemos dizer que a experiência
corresponde sempre a um aspecto de envolvimento pessoal e um aspecto de
interpretação do que foi vivido. Paulo Freire, sobre isso, diz o seguinte: “O homem é
um ser que está no mundo e com o mundo. Se apenas estivesse no mundo não
haveria transcendência nem se objetivaria a si mesmo. Mas como pode objetivar-se,
pode também distinguir entre um eu e um não-eu. Isso o torna um ser capaz de
relacionar-se; de sair de si; de projetar-se nos outros; de transcender. Essas relações
não se dão apenas com os outros, mas se dão no mundo, com o mundo e pelo
mundo, nisso se apoiaria o problema da religião”. (FREIRE, 1981) A religiosidade é
inerente ao ser humano. Se não a educamos estamos empobrecendo a sua
humanidade. Dessa forma, o ER deve criar condições para que o educando possa
interpretar suas experiências religiosas, trazê-las ao nível consciente e, assim, gerar
mudanças significativas na própria vida e nas relações sociorreligiosas.
OLIVEIRA, Adalgisa A. Mundo Jovem. Ano XLI, nº 333, Fevereiro, 2003.
Ensino religioso 5 ano
Apresentação
Hoje em dia, a lei brasileira garante o respeito a todas as religiões e
culturas. Veja o que diz a Constituição brasileira, a lei máxima que rege nosso
país, assinada em 5 de outubro de 1988:
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza,
garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a
inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à
propriedade, nos termos seguintes:
VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado
o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção
aos locais de culto e as suas liturgias.
Por isso, colocamos à disposição dos alunos da Rede Pública de Ensino
de Petrópolis um livro de orientação moral e religiosa para o Ensino Religioso
do 1º ao 5º ano.
A forma prática que achamos oportuna foi partir do autoconhecimento,
relação com o outro, com a natureza e com Deus através de atividades
dinâmicas.
A este livro denominamos: Descobrindo as Obras do Criador.
É uma oportunidade para proporcionar momentos de reflexão, de busca de
experiência espiritual que despertem maior amor às pessoas.
Este tempo é de formação para isso. É preciso que conheçamos valores
morais, éticos e religiosos para poder vivenciá-los no dia a dia atual e no futuro.
Ensino religioso 5 ano
SUMÁRIO
1. A pessoa humana como ser religioso
1.1 A fé 13
1.2 A busca por Deus 16
1.3 Confiança 19
2. Bem comum
2.1 O papel da família na escolha religiosa 22
2.2 Consciência coletiva 25
2.3 Os direitos fundamentais da pessoa humana: igualdade e dignidade 28
2.4 A minha contribuição para a sociedade 31
3. O homem: criatura de Deus
3.1 O homem imagem e semelhança de Deus 34
3.2 O homem templo sagrado 37
3.3 A inteligência humana em prol da criação 40
4. Deus nos acolhe
4.1 Diversidade religiosa 44
4.2 Ritos e celebrações religiosas 47
4.3 Esperança de um mundo melhor 49
4.4 Respeito à vida religiosa 52
Referências 55
Ensino religioso 5 ano
- 13 -
1. A PESSOA HUMANA COMO SER RELIGIOSO
1.1 A FÉ
A ARANHA E A FÉ
Uma vez, um homem estava sendo perseguido por vários malfeitores
que queriam matá-lo.
O homem, correndo, virou em um atalho que saía da estrada e
entrava pelo meio do mato e, no desespero, elevou uma oração a Deus da
seguinte maneira:
- Deus Todo Poderoso, fazei com que dois anjos venham do céu
e tapem a entrada da trilha para que os bandidos não me matem!!!
Nesse momento, escutou que os homens se aproximavam da trilha onde
ele se escondia e viu que na entrada da trilha apareceu uma minúscula aranha.
A aranha começou a tecer uma teia na entrada da trilha.
- Senhor, eu vos pedi anjos, não uma aranha. Senhor, por favor, com tua
mão poderosa coloca um muro forte na entrada desta trilha para que os
homens não possam entrar e me matar...
Então ele abriu os olhos esperando ver um muro tapando a entrada e viu
apenas a aranha tecendo a teia.
Os malfeitores estavam entrando na trilha na qual ele se encontrava, e
ele estava esperando apenas a morte.
Quando passaram em frente da trilha, o homem escutou:
-Vamos, entremos nesta trilha.
- Não, não está vendo que tem até teia de aranha? Nada entrou
por aqui. Continuemos procurando nas próximas trilhas.
Fé é crer no que não se vê, é perseverar diante do impossível.
Às vezes, pedimos muros para estarmos seguros, mas Deus pede
que tenhamos confiança n'Ele para deixar que Sua Glória se manifeste e
faça algo como uma teia, que nos dá a mesma proteção de uma muralha.
Nunca desanime em meio às lutas, siga em frente, pois Deus disse:
“diga ao fraco que Eu sou forte”.
São nos momentos mais difíceis que encontramos em Deus a nossa
força.
http://www.sandovaljuliano.com.br/site/curiosidades/32-historias-de-pregador/283-a-aranha-e-a-fe
- 14 -
Agora está na hora de refletir...
Onde está Deus?
Registre seus pensamentos:________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Quando temos fé, buscamos Deus e seus ensinamentos, esteja onde
estiver. Segundo o Evangelho de João 3, 14-21, Jesus disse: “a luz veio ao
mundo, mas os homens preferem as trevas à luz, porque suas ações eram
más”.
Pinte de azul as palavras que pertencem à luz e de vermelho as palavras que
pertencem às trevas:
www.neusamariabento.blogspot.com
- 15 -
Toda pessoa em sua essência segue os ensinamentos de Deus, isto é, o
caminho do bem. Esse caminho nos leva à fé em Deus ou em algo que
transcende nosso conhecimento.
Busque no dicionário o que significa a palavra “fé”:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Agora registre:
1) Qual a sua religião?
_______________________________________________________________
2) Em que você acredita segundo a sua religião?
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
3) Você segue os ensinamentos da sua religião?
_______________________________________________________________
4) Como você professa sua fé?
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
5) Agora pense no que você ainda não fez, mas deseja melhorar para mudar
suas atitudes e seguir os ensinamentos de sua religião:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
- 16 -
1.2 A BUSCA POR DEUS
O transcendente
O termo Transcendência pode ter diferentes significados, como a
superação de limites, por exemplo: um atleta que bate um recorde olímpico,
superando uma marca jamais atingida por outro ser humano. O fato de o atleta
bater um recorde olímpico pode ser considerado transcendente, pois exige do
atleta concentração, disciplina, disposição e um sobre-esforço capaz de
superar as barreiras do limite humano. Por outro lado, a qualidade de "Ser
transcendente" é única e exclusivamente pertencente a Deus, que é o ser por
excelência, ou seja, Deus está acima de qualquer outro ser, e não possui
limites e nem barreira alguma. O ser humano pode até transcender (superar)
algumas das suas limitações, porém não é transcendente, apenas Deus o é.
Deus é onipotente, onisciente e onipresente.
Deus é Onipotente porque é todo poderoso, é energia criadora,
ordenadora e mantenedora das coisas criadas. Deus basta por si mesmo.
Deus é Onisciente porque é perfeito; Deus sabe de tudo inclusive o que
passa na consciência de qualquer ser racional.
Deus é Onipresente, ou seja, está presente em todos os lugares ao
mesmo tempo. Em outras palavras, Deus está em tudo, mas nem tudo é Deus.
http://ensinoreligioso1.blogspot.com.br
- 17 -
Deus encontra-se em todos os lugares e está presente em toda sua criação e
sabe o que cada um de seus filhos está pensando.
Leia o texto acima e reflita:
- O que significa afirmar que Deus é um Ser ilimitado?
- O que você entendeu por: "Deus está em tudo, mas nem tudo é Deus".
- Você conhece algum fato concreto em que uma pessoa tenha superado suas
próprias limitações?
Pense nessas questões e verifique se há algum caso que você tenha
conhecimento de alguém que já tenha superado limitações com sua fé:
Registre aqui seu relato:___________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Reflita sobre a frase abaixo:
www.catecriandorj.blogspot.com
- 18 -
Siga as setas e descubra a mensagem:
www.catecriandorj.blogspot.com
Agora escreva a frase que você descobriu:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Busco Deus em todos os lugares, sobretudo no amor ao próximo.
- 19 -
1.3 CONFIANÇA
"Uns confiam em carros; outros, em cavalos; nós, porém, confiamos no Senhor
e nos gloriaremos em nome do Senhor, nosso Deus." - Salmo 20:7
A fé apresenta várias facetas. No entanto, a faceta mais brilhante é a
confiança! Todos nós temos confiança e decidimos o que vamos fazer com
ela. Decidimos em quem e no que colocamos nossa confiança.
Temos que nos lembrar de quem nos livrou no passado e saber quem é que
vai nos livrar de problemas no presente. Depois, temos que colocar a nossa
confiança no lugar certo, que é somente Deus.
A confiança apresenta algumas qualidades que a identificam. A confiança não
é triste porque ela entrou no descanso de Deus. A confiança não é confusa
porque não necessita de se inclinar em seu próprio entendimento. A confiança
não se deixa levar por raciocínios sem propósito, ela permite que Deus seja
Deus. Em que você tem colocado a sua confiança? A sua confiança está em
seu trabalho, patrão, talentos naturais ou amigos?
Talvez você confie em você mesmo, em seus sucessos passados, educação
ou bens.
Todas estas coisas são temporais. Estão sujeitas a mudar. "Só o Senhor não
muda. Somente Ele é a rocha que não pode ser movida".
Escolha colocar sua confiança em Deus. Isso requer uma fé maior, mas os
benefícios serão maiores ainda. Fale assim: "Confio no Senhor de todo meu
coração e com toda a minha mente. Não me apoiarei em meu próprio
entendimento ou em minha introspecção."
Deixe Deus agir em sua vida; somente assim veremos com mais clareza tudo o
que está ao nosso redor e nem sequer olhamos com os olhos do coração!
Autor desconhecido
www.padrereginaldomanzotti.org.br
- 20 -
Pesquisa no dicionário o significado da palavra “confiança”:
________________________________
________________________________
________________________________
________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
Encontre no diagrama as palavras abaixo:
A B C D E F G C H I J K L M O P Q R
S T U V X A M O R Y Q W E R T Y U I
O P A S D F E N C O N T R O H J K L
Ç Z C V B N M F É M N B V C X Z A Ç
L K J H G A M I G O S F D S A P O I
I Y Q B U S C A E Q D M L J H H F A
Q W E D T R A N S C E N D E N C I A
E S P E R A N Ç A A U N M H D E O Q
Z V N N M P I A Q W S Q M K U I X A
AMOR - ENCONTRO – ESPERANÇA – BUSCA – FÉ –
CONFIANÇA – TRANSCENDENCIA – AMIGOS - DEUS
- 21 -
Escreva o nome das pessoas que são importantes na sua vida:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Desenhe sob este arco íris as pessoas em quem você mais confia:
www.telouvamossenhor.blogspot.com
Quem ama confia!
Deus deu uma grande prova de amor a seus filhos. Criou um
mundo inteiro cheio de riquezas para nós. Dentre essas riquezas
estão as amizades. Essas pessoas são seres enviados por Deus
para nos ajudar nos momentos mais difíceis.
Isso é prova de amor!
- 22 -
2. O BEM COMUM
2.1 O PAPEL DA FAMÍLIA NA ESCOLHA RELIGIOSA
A importância do ensino religioso na família
O núcleo familiar é o primeiro grupo social do qual participamos e
recebemos, não somente herança genética ou material, mas principalmente
moral. Nossa formação de caráter depende, fundamentalmente, do exemplo ou
modelo familiar que temos na formação de nossa personalidade. Precisamos
entender que existem desvios de comportamento causados por influências
sociais (meio social, meios de comunicações, grupos sociais etc.) e crises
existenciais que podem fazer o indivíduo, em determinada fase de sua vida ao
fazer opções pessoais que ignoram totalmente todo tipo de informação ou
exemplo familiar.
O ensino religioso na família tem um papel importantíssimo na formação
do indivíduo, ou melhor, na formação da pessoa como um todo. Uma educação
religiosa na família produz a possibilidade do indivíduo estruturar-se de tal
maneira que cria como objetivo básico o bem-estar pessoal e familiar através
de uma vida regrada, saudável e estruturada.
Existem muitos benefícios que esta educação religiosa, seja ela,
católica, protestante, judaica, islâmica, espírita etc., desde que haja seriedade
e coerência familiar.
A religiosidade familiar é importantíssima na formação de todo e
qualquer ser humano, pois é na célula familiar que a criança aprende pelo que
vivencia. http://www.mundodosfilosofos.com.br
- 23 -
Organize-se em grupo de até 4 pessoas e crie um acróstico sobre o tema
família:
Para ajudar reflita: O que é família?
Como é o convívio em família?
Por que a família é importante?
O dia a dia dos nossos pais é corrido. Geralmente eles não têm muito
tempo para estarmos juntos. Quando isso acontece temos que aproveitar até o
último momento, pois é nesse momento que nos são passados os
ensinamentos.
F________________________________________
A________________________________________
M________________________________________
Í________________________________________
L________________________________________
I_________________________________________
A________________________________________
- 24 -
Observe e marque os erros na imagem da criança passeando com sua mãe:
www.smartkids.com.br
- 25 -
2.2 CONSCIÊNCIA COLETIVA
O que está esperando para te comprometeres?
Se a nota dissesse:
- Não é uma nota que faz música.
... não haveria sinfonia.
Se a palavra dissesse:
- Não é uma palavra que pode fazer uma página.
...não haveria livro.
Se a gota de água dissesse:
- Não é uma gota de água que pode fazer um rio.
... não haveria oceano.
Se o grão de trigo dissesse:
- não é um grão de trigo que pode semear o campo.
... não haveria colheita.
Se o homem dissesse:
- Não é um gesto de amor que pode salvar a humanidade.
...mas haveria justiça e paz, dignidade e felicidade na terra dos homens.
Como a sinfonia de cada nota,
Como o livro precisa de cada palavra,
Como o oceano precisa de cada gota de água,
Como a colheita precisa de cada colheita de trigo, a humanidade inteira
precisa de ti.
- 26 -
Onde estiveres único e, portanto insubstituível.
O que está esperando para te comprometeres?
Michel Quoist
http://ensinoreligioso.blogspot.com.br
Cada um de nós precisa fazer a sua parte na sociedade. O que você tem
feito para fazer a diferença na vida do outro?
Faça um breve relato nas linhas abaixo:
Entreviste a pessoa mais idosa que você conhece e faça as seguintes
perguntas: Como você contribui para a vida do próximo? Essa contribuição faz
bem a você? O que você aprende com isso?
- 27 -
Leia e preencha as cruzadinhas com as palavras que completam as frases:
a) É preciso _____________ o que se pede emprestado.
b) A falta de sinceridade prejudica a boa ____________.
c) Os mandamentos também nos ensinam a não ________ mal dos outros.
d) Respeitar os lares é colaborar para que as famílias vivam ___________.
e) ___________ quer que a gente combata a inveja e a cobiça.
www.janetecleia.blogspot.com
Ligue o menino aos trechos que completam a frase corretamente:
# cuidam da saúde.
# todos tem o necessário para viver.
# socorremos uma pessoa necessitada.
# ficamos expostos ao perigo.
# combatemos a violência.
# as crianças ficam abandonadas nas ruas.
www.espacoeducar-liza.blogspot.com
- 28 -
2.3 OS DIREITOS FUNDAMENTAIS DA PESSOA HUMANA:
IGUALDADE E DIGNIDADE
Direitos fundamentais
A dignidade é um atributo essencial da pessoa humana: pelo simples
fato de “ser” humana, a pessoa merece todo respeito, independentemente de
sua origem, raça, sexo, idade, religião, estado civil ou condição social e
econômica. Nesse sentido, o conceito de dignidade da pessoa humana não
pode ser relativizado: a pessoa humana, enquanto tal, não perde sua dignidade
quer por suas deficiência físicas, quer meios por seus desvios morais.
www.images.slideplayer.com.br
Todo ser humano tem direitos e deveres que estão garantidos na
Constituição.
Pesquise na Constituição Brasileira: Quais os direitos da pessoa humana?
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
- 29 -
Encontre no caça palavras os direitos da pessoa humana:
A S D F G H J K L Ç Q W E R T Y U I O
Q W E R T E D U C A Ç Ã O Q W E R T Y
A S D F A L I M E N T A Ç Ã O A S D F
Z Z X C D I G N I D A D E F G H J K L
C O N V I V Ê N C I A F A M I L I A R
Q R E S P E I T O D F G H J K L Ç Q W
A S D C R E D O X C V B N M O I U Y D
C U L T U R A Y T R E W Q A S D F G H
Q W E S A Ú D E R T Y U I O P A S D F
A S D L A Z E R A S D F G H J K L Ç Z
Z X C V B N Q W E R R H T U I J H G F
Após ter descoberto as palavras, escreva uma frase com cada uma delas:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
- 30 -
A discriminação é uma doença que precisa ser curada com doses de
respeito. Quando tratamos o próximo com igualdade e dignidade significa que o
respeitamos. O que significa respeitar?
pt.slideshare.net
Para um bom convívio, devemos aceitar cada um com suas diferenças,
isso é respeito!
Como vivemos em uma sociedade com pessoas diferentes, o que deve ser
feito para que não haja discriminação?
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
- 31 -
2.4 A MINHA CONTRIBUIÇÃO PARA A SOCIEDADE
Responsabilidade mútua
Quando desejo a paz
Devo ser uma pessoa pacífica.
Quando desejo um mundo limpo
Devo cuidar da natureza.
Quando exijo que o outro cumpra seus deveres
Devo fazer a parte que me cabe.
Quando aprecio a integridade dos outros
Devo realizar as minhas atividades com habilidade.
Quando espero que o outro seja justo
Devo ser justo e oferecer minha quota.
Quando desejo obter algo
Devo ser responsável para conquistá-lo.
Quando falo de responsabilidade global
Devo respeitar todos os seres humanos.
www.colorindodesenhos.wordpress.com
- 32 -
Responda às perguntas. Depois some os pontos e avalie seu grau de
responsabilidade:
Perguntas Sim Às vezes Não
Exerço meus direitos
Cumpro meus deveres
Faço pelo outro o que gostaria que fizessem
por mim.
Busco tratar o outro com dignidade
Tenho responsabilidade com minhas
obrigações
Respeito meu próximo
Faço minha parte por uma sociedade melhor
Reconhece um erro, sem se aborrecer
Respeito a natureza
Total :
Avaliação: conte quantas vezes você marcou SIM:
de 1 a 3 : Fraco
de 4 a 5: Regular
de 6 a 7: Bom
de 8 a 9: Ótimo! Parabéns!
- 33 -
centrodeatividades.blogspot.com
Encontre as ações que fazem você contribuir para um mundo melhor:
F A Z E R P A R C E R I A S A B C D E R T Y
Q W E R T Y U I O P A Á C O N T R I B U I R
A S R E C O N S T R U I R Q W E R T Y U I O
Q A Z X C V P R A T I C A R O B E M A S D F
S A A S E X E R C E R A C I D A D A N I A A
W O F E R E C E R A J U D A M N B V C X Z S
E S S D F P E N S A R N O P R Ó X I M O A D
R D T R A B A L H A R G H J K L Ç Q W E A F
T S A S D C U M P R I O S D E V E R E S S G
Y E X E R C E R O S D I R E I T O S F G D H
U Z C O N S C I Ê N C I A C O L E T I V A J
Transcreva as palavras que você encontrou:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Agora escolha uma palavra e escreva um pequeno texto:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
- 34 -
3 O HOMEM: CRIATURA DE DEUS
3.1 O HOMEM IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS
SOMOS FILHOS DE DEUS
Deus é nosso Pai e nosso Criador. Ele nos ama como filhos.
Por isso, Deus criou o homem e a mulher à sua imagem e semelhança.
Não é que a gente seja parecido com Deus no corpo. Deus não tem corpo. Ele
é só Espírito.
Nós somos a parte mais importante da criação. E para nós Deus criou coisas
tão belas!
O ser humano é diferente das outras coisas criadas por Deus.
É diferente dos animais porque recebeu de Deus vários dons que os animais
não receberam.
Dom é a mesma coisa que presente.
Veja só os belos presentes que nós ganhamos de Deus:
1- Inteligência: o ser humano pensa e consegue falar o que pensa. Só o
homem e a mulher são capazes de conhecer e amar o seu Criador.
2- Consciência: sabe que Deus existe.
3- Vontade: o ser humano é capaz de tomar decisões.
4- Liberdade: pode escolher: fazer o bem ou o mal.
Em termos bem simples, ter a “imagem” e “semelhança” de Deus significa que
fomos feitos para nos parecermos com Ele.
A imagem de Deus se refere à parte imaterial do homem. Ela separa o homem
do mundo animal, e o encaixa na “dominação” que Deus pretendeu (Gênesis
1:28), e o capacita a ter comunhão com seu Criador. É uma semelhança
“Deus criou o homem e a mulher à sua imagem e
semelhança.”
Gn 1,27
- 35 -
A partir de hoje, vou olhar com mais carinho e respeito para todas as pessoas.
Todas as pessoas são filhas de Deus.
mental, moral e social. O homem é o único ser vivo dotado de inteligência e
com capacidade de criar novas coisas e de tomar decisões.
MEU COMPROMISSO
catequesecomcriancas.blogspot.com.br
Escreva as qualidades que você tem, que são dons, os presentes que você
recebeu de Deus:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Escreva qual é a diferença entre um ser humano e um ser animal:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Nasci gente
Posso ver as flores, o rosto da mamãe e do papai.
Posso ouvir o que as pessoas dizem.
Posso andar, abraçar, beijar, sentir o frio ou o calor, posso perceber o
carinho da família e dos amigos.
Porque sou gente, sou inteligente: posso aprender coisas novas a cada
momento, posso criar e descobrir o mundo.
Porque sou gente, devo respeitar os outros, assim amar e ser amado.
Posso fazer o bem. Estou crescendo para ser mais gente!
- 36 -
O mundo existe e eu existo no mundo.
Sinto a presença de Deus no mundo. Ele fez tudo para nossa alegria.
Deus criou a vida perfeita. Sei que estão estragando o mundo e
destruindo a vida.
Sei que o amor está fazendo falta entre as pessoas. Há muito egoísmo e
injustiça nessa nossa terra boa.
Mas eu tenho certeza de que desejo colaborar com Deus para tornar
melhor este mundo.
Com a minha presença, o mundo ficará melhor.
Deus me ama. Ele ama a todos de um modo muito especial.
Ele me faz mais gente e me dá coragem para poder cumprir bem minha
tarefa aqui no mundo.
Que bom ser gente!
http://aturmada51.blogspot.com.br/p/ensino-religioso.html
Qual é a mensagem do texto?
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Você é gente e gente feliz. Agradeça a Deus por tudo o que você é e por tudo o
que tem:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Pinte com lápis de cor os valores que precisamos cultivar para sermos gente
de verdade:
Persistência Afeição entre as pessoas Coragem
Bondade Insensibilidade Amor ao próximo
Perdão Egoísmo Dignidade
Injustiça Paz Desunião entre as pessoas
Maldade Confiança Crença
- 37 -
3.2 O HOMEM TEMPLO SAGRADO
Nós, seres humanos, somos templos sagrados, pois somos filhos de Deus e
Ele mora dentro de cada um de nós de diferentes maneiras. Quando
semeamos o bem e o amor, valorizando cada pessoa e respeitando suas
opiniões, estamos agindo como “Filhos de Deus”.
A Ecologia da Orelha
Emerli Schlógl
Puxa, ecologia da orelha?
O que é isto? Seria tudo aquilo que nasce, cresce e morre em nossas
orelhas? De certa forma sim, desde que não pensemos em coisas materiais e
palpáveis.
Nossas orelhas recebem muitas vozes, acolhem muitos pensamentos,
ouvem muitas confissões, segredos...
As palavras vêm voando pelo ar como anjos e penetram em nossas
orelhas rumo ao nosso cérebro e coração.
Se as palavras são vistas pelos poetas como se fossem anjos, elas
deveriam ser bastante construtivas, animadoras, cheias de vida, como os anjos
bons que muitos acreditam que cuidam da vida das pessoas, e até mesmo de
animais, da relva...
Existe um poema judaico que diz que toda relva tem um anjo bom que
sussurra para ela: “Cresce, cresce!”
Quando dizemos palavras que entusiasmam, que valorizam o outro,
estamos fazendo a ecologia da orelha, dizendo coisas que trarão paz,
harmonia e felicidade para as pessoas em nossa volta.
Quando fazemos o repasse da fofoca: “Sabe o que o fulano falou de
você?”
Ele disse que... E aí vem um monte de coisa ruim, que deprecia e
desanima, fazendo a poluição da orelha, cabeça e coração de nosso amigo.
Ecologia da orelha é passar para frente só o que for bom, o que trouxer
exuberância e alegrias para os outros, aquilo que lhes estimule o amor, a
autoconfiança e deixar de lado tudo aquilo que trará tristeza, sentimentos de
inferioridade e raiva.
Como esta ecologia revolucionária poderá acontecer entre pessoas de
diferentes religiões?
Quem sabe se as nossas palavras para as diferentes pessoas forem de
valorização e aceitação de suas crenças, buscando saber das ações boas que
sua tradição religiosa pratica e acolhendo morosamente cada um em sua
própria religião e se nosso colega não tem religião possa também ser
valorizado em sua convicção, estaremos fazendo a ecologia da orelha.
- 38 -
Faça uma lista de palavras ou expressões que podem entusiasmar as pessoas
fazendo-as se sentirem mais valorizadas, respeitadas e com mais vontade de
fazer o bem a todos:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
http://www.portalescolar.net/2013/09/ensino-religioso-3-4-5-ano-52.html
A VALORIZAÇÃO DE SI MESMO E DO OUTRO
Diná Raquel D. da Costa
Manhê! Já cheguei. Entre comigo, Bruno!
- Oi, filho, quem está com você?
André é um bonito menino de dez anos, de pele negra, olhos grandes e
redondos como jabuticabas maduras, ele está na terceira série.
Seus pais sempre o ensinaram a respeitar todas as pessoas e amá-las
como elas são.
Bruno é seu colega de classe. Sua família está passando por momentos
difíceis com os pais desempregados e sem meios de colocar o pão na mesa
diariamente. Vieram da Argentina para o Brasil, em busca de uma vida melhor
e como acabaram de chegar ainda não conseguiram trabalho.
André logo que o viu, simpatizou com este menino tão diferente dele, de
pele clara, rosto sorridente e olhos castanhos profundos e tristes. Sabendo da
- 39 -
situação do colega, levou-o para a sua casa a fim de ser um amigo que
partilha, que é solidário, que está disposto a ajudar.
Dona Célia vendo a intenção do filho, ficou feliz, pois percebeu que
aqueles ensinamentos passados em casa e na religião da família, estavam
sendo colocados em prática. Desta forma ela percebeu que seu filho realmente
entendeu o que é o amor, amor por si mesmo que se desenvolve sob a forma
de amor ao próximo, independente da cultura, da etnia, do modo de ser ou de
acreditar, que esse outro tenha.
E você, que está ouvindo ou lendo está história, como você ama a si
mesmo e ao seu próximo?
A valorização de si mesmo e do outro passa pelo sentimento de amor e
amizade ao próximo, ensinado em muitas religiões.
Devemos valorizar a nossa cultura, nossa tradição e religião, mas
também devemos conhecer e respeitar a cultura e a religião dos outros.
A convivência harmoniosa com os outros se constrói a partir de atitudes
de respeito às diferenças e aceitação do outro.
http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao-5%C2%BA-ano-
Assintec_2011.pdf
Descreva uma ação que você realizou para tornar as pessoas mais felizes:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
- 40 -
3.3 A INTELIGÊNCIA HUMANA EM PROL DA CRIAÇÃO
Leia o texto abaixo com bastante atenção:
Trecho de O Último Discurso, do filme, o Grande Ditador, de
Charles Chaplin.
Alguns de nós desejamos ajudar uns aos outros. Poucos. Os seres
humanos são assim. Desejando viver para a felicidade do próximo. Por que
havemos de odiar ou desprezar uns aos outros? Neste mundo há espaço para
todos. A terra, que é boa e rica, pode prover todas as nossas necessidades.
O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos
extraviamos. A cobiça envenenou a alma do homem, levantou no mundo as
muralhas do ódio e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e a
morte.
Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados
dentro dela. Nesses tempos modernos, a máquina, que produz abundância,
tem-nos deixado em penúria. Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos,
nossa inteligência, insensíveis e cruéis.
Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.
Mais do que máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que
inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas duas virtudes, a vida
será de violência e tudo será perdido.
- 41 -
Copie os doze valores, sentimentos e virtudes apresentados no texto:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
O que o autor diz que é mais importante que as máquinas e a inteligência?
Como ele diz que será a vida sem essas virtudes?
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
De acordo com o autor, o que faz com que aconteçam ódio e miséria no
mundo?
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
De acordo com o texto que consequências a modernidade pode ter, se não
houver uma valorização dos bons sentimentos?
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
http://eraumavezumplaneta.blogspot.com.br/2014/01/projeto-valores-tema-solidariedade.html
- 42 -
O homem
O homem é um dos mais recentes seres vivos na face da Terra. Ele
ocupa um espaço de poucos milímetros, enquanto o tempo da vida é
representado por um espaço de 8 cm. Se a vida começasse em zero-hora de
um dia, quando o homem surgiria? No último segundo da vigésima quarta hora.
É isso mesmo. Somos hóspedes recém-chegados à Terra. Mas, embora seja
novo no planeta, o homem domina pela inteligência e criatividade. Domina no
bom e no mau sentido. Ele aprendeu a tirar proveito do ar, das plantas, da
água, da energia: inventou máquinas maravilhosas: fabricou remédios contra
doenças e fez tantos outros benefícios para a humanidade. Em compensação,
está destruindo o próprio planeta e seus habitantes. O homem agora precisa
aprender a respeitar e amar a Deus, o próximo e a Terra. O amor é a única
energia capaz de dominar com sabedoria o nosso planeta para que a felicidade
seja para todos e em todos os tempos.
http://pt.slideshare.net/claudiarocosta/as-novas-descobertas-sobre-o-crebro-humano
De acordo com o texto, por que o homem domina o mundo?
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Que coisas boas e más o homem fez ao mundo com a sua inteligência?
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
- 43 -
De acordo com o texto, o que o homem ainda precisa aprender?
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Cite algumas invenções criadas pelo homem que trouxeram benefícios para as
pessoas:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Marque (V) para verdadeiro e (F) para falso:
- O homem está usando sua inteligência em favor da humanidade quando:
( ) Constrói bombas e armas nucleares.
( ) Encontra a cura para uma doença.
( ) Inventa objetos para facilitar a vida humana.
( ) Comanda guerras e invasões.
( ) Utiliza de maneira irresponsável os recursos naturais.
( ) Escreve lindas poesias.
( ) Organiza eventos em favor da preservação da vida.
( ) É a favor do aborto.
( ) Procura semear o bem e a justiça.
( ) Anuncia a Palavra de Deus às outras pessoas.
- 44 -
4. DEUS NOS ACOLHE
4.1 DIVERSIDADE RELIGIOSA
RELIGIÃO
Diná Raquel D. da Costa
Emerli Schloal
Religião depende de cada um
É a crença
É a fé
É o amor
Que as pessoas cultivam
Nas suas casas
Igrejas
Templos
E em contato com a natureza
Boa é toda religião
Que ensina o respeito e amor
Por todos os seres.
Represente com desenhos ou pesquise imagens de pessoas vivenciando a sua
religião na natureza, num templo, em sua casa ou numa igreja. Depois, escreva
uma frase sobre o desenho ou imagem:
______________________________________________________________
______________________________________________________________
http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao-5%C2%BA-ano-Assintec_2011.pdf
- 45 -
A RELIGIÃO NO COTIDIANO
Borres Guilouski
RELIGIÃO SIGNIFICA RELIGAR
RELIGAR A PESSOA
CONSIGO MESMA
COM A VIDA
COM A NATUREZA
COM O SAGRADO.
A RELIGIÃO ESTÁ NO CORAÇÃO DE
MUITA GENTE
ESTÁ NA MANEIRA DE VIVER
DE PRATICAR O BEM
DE ORAR, REZAR OU FAZER A PRECE
DE ESTENDER AS MÃOS PARA AJUDAR ALGUÉM.
EXISTEM MUITAS RELIGIÕES
RELIGIÕES DOS ÍNDIOS
RELIGIÕES DOS AFRO-DESCENDENTES
COMO CANDOMBLÉ E UMBANDA
RELIGIÕES DIFERENTES E ATÉ SEMELHANTES ENTRE SI
HINDUÍSMO E BUDISMO
JUDAÍSMO E CRISTIANISMO
ISLAMISMO E A FÉ DOS SEGUIDORES BAHÁ’ÍS
ESPIRITISMO E MUITAS OUTRAS MAIS.
BOA É TODA RELIGIÃO
QUE ENSINA AS PESSOAS
A VIVER O RESPEITO, A COMPAIXÃO
O AMOR E A PAZ.
Crie acrósticos com estas palavras, ilustre-os com desenhos e organize na sala
um mural:
RESPEITO COMPAIXÃO AMOR PAZ
Faça com os colegas uma lista das religiões ou igrejas presentes na
comunidade onde você mora. Depois organize uma pesquisa por meio de
entrevista com seguidores destas religiões para saber quais são suas principais
práticas e ensinamentos. Em equipes com os colegas, criem cartazes sobre
estas religiões ou igrejas, destacando algumas práticas e ensinamentos das
mesmas. Exponham os cartazes em um mural na escola:
http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao-5%C2%BA-ano-Assintec_2011.pdf
- 46 -
Você sabia...
UMA BOA NOTÍCIA
“A boa notícia é que, bem pertinho da capital do Brasil,
numa vila de pouco mais de mil moradores chamada Área
Alfa, católicos e evangélicos dividem o mesmo templo.
No princípio, a Capela Sagrado Coração de Jesus e
Maria era só dos católicos. Os evangélicos faziam seus
cultos numa pequena casa desocupada, mas tiveram que
abandoná-la. Ficaram sem templo. Mas por pouco tempo.
Logo, a fé dos evangélicos acabou sendo acolhida pela capela dos
católicos. Há três anos, todo domingo é assim: primeiro vem a missa, e os
católicos rezam; terminada a missa, é a hora do culto, e os evangélicos oram,
no mesmo lugar onde antes se celebrara a missa.
Mas e as imagens dos santos católicos, que tantas manifestações de
intolerância têm causado? Ah, os evangélicos recolhem cuidadosamente as
imagens do Sagrado Coração de Jesus, Imaculada Conceição de Maria, Nossa
Senhora de Fátima e Nossa Senhora do Rosário, guardam com todo
cuidado num quartinho, e começam o culto.
Os católicos dizem que compartilhar o mesmo teto com os evangélicos
deu um bom fruto do diálogo religioso, e que todos são cristãos, e que o templo
é de todos.
Os evangélicos agradecem – e contam: quando os católicos têm
problemas, pedem aos evangélicos que orem por eles; e os católicos
retribuem, rezando pelos evangélicos.”
Secretaria Especial dos Direitos Humanos. Cartilha: Diversidade religiosa e direitos humanos, 2004, ps. 35 e 36.
4.2 Ritos e celebrações religiosas
Ritos são celebrações das tradições e manifestações religiosas que
possibilitam um encontro interpessoal. Podem ser compreendidas como a
recapitulação de um acontecimento sagrado anterior. Servem à memória e à
preservação da identidade de diferentes tradições religiosas.
http://slideplayer.com.br/slide/1615394/
Escreva algumas manifestações religiosas existentes na sua religião ou que
você conhece:
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
- 47 -
O QUE SÃO RITOS E RITUAIS?
Diná Raquel D. da Costa
Os rituais religiosos são cerimônias
compostas por uma série de ritos. Os ritos
são gestos simbólicos.
As tradições religiosas ou religiões
possuem rituais para as diversas ocasiões e
momentos importantes na vida de seus
seguidores.
Existem rituais de passagem que
marcam a mudança de um estado de vida
para outro, como o batismo, o casamento, a
comemoração do nascimento de bebês nas
Tradições Indígenas, a cerimônia de dar o
nome ao bebê no Candomblé, etc.
Existem também os rituais litúrgicos e
celebrativos.
O culto nas Igrejas Evangélicas, a missa na Igreja Católica, as reuniões
de prece no Centro Espírita, o culto pelos antepassados na Seicho-No-Ie, são
alguns exemplos de rituais.
Faça uma pesquisa sobre as práticas indicadas em cada quadro. Depois
desenhe ou cole gravuras e descreva cada prática:
Culto na Igreja Evangélica
Dança sagrada indígena
- 48 -
Missa na Igreja Católica
Meditação num Templo Budista
Oração numa Mesquita
Prática do passe num Centro Espírita
http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao-5%C2%BA-ano-Assintec_2011.pdf
- 49 -
4.3 ESPERANÇA DE UM MUNDO MELHOR
DIAS MELHORES
Jota Quest
Vivemos esperando
Dias melhores
Dias de paz, dias a mais
Dias que não deixaremos
Para trás
Oh! Oh! Oh! Oh!
Vivemos esperando
O dia em que
Seremos melhores
(Melhores! Melhores!)
Melhores no amor
Melhores na dor
Melhores em tudo
Oh! Oh! Oh!
Vivemos esperando
O dia em que seremos
Para sempre
Vivemos esperando
Oh! Oh! Oh!
Dias melhores pra sempre
Dias melhores pra sempre
(Pra sempre!)
Vivemos esperando
Dias melhores
(Melhores! Melhores!)
Dias de paz
Dias a mais
Dias que não deixaremos
Para trás
Oh! Oh! Oh!
Vivemos esperando
O dia em que
Seremos melhores
(Melhores! Melhores!)
Melhores no amor
Melhores na dor
Melhores em tudo
Oh! Oh! Oh!
Vivemos esperando
O dia em que seremos
Para sempre
Vivemos esperando
Oh! Oh! Oh!
Dias melhores
Pra sempre
Dias melhores
Pra sempre
Dias melhores
Pra sempre
Dias melhores
Pra sempre
Uh! Uh! Uh! Oh! Oh!
Pra sempre
Sempre! Sempre! Sempre!
http://letras.mus.br/jota-quest/46686/
50
Na sua opinião, que atitudes devem ser praticadas para que a humanidade
tenha “Dias Melhores”?
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Leia o texto abaixo com atenção:
A esperança e a simplicidade nunca morrem.
A caixa de Pandora
Muitas religiões têm sua maneira de contar como o mal entrou no
mundo, e algumas das histórias são bastante parecidas. Este mito era contado
na Grécia Antiga.
Zeus, o deus supremo, estava chateado com os titãs, gigantes que os
desafiavam. Para acabar com eles, pediu a seu filho Hefesto que modelasse
uma mulher fascinante, igual às deusas.
Hefesto modelou a figura em argila. Outros deuses ajudaram, cada um
oferecendo o melhor que tinha, para que a figura ficasse mais linda. Deram-lhe
o nome de Pandora.
Ela foi enviada a um dos titãs, Epimeteu, e levava para ele um presente
de Zeus, numa caixa que nunca deveria ser aberta.
Tudo ia bem até o momento em que Pandora, por curiosidade, abriu a
tampa da caixa e libertou todas as calamidades e desgraças que começaram a
atormentar os seres humanos.
Ainda bem que Pandora fechou a caixa a tempo de impedir que a
esperança e a simplicidade escapassem e se perdessem.
O Mundo que a gente quer- Valeriano M. Casillas. http://educativanet.blogspot.com.br/
51
Qual a mensagem do mito “A caixa de Pandora”?
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
http://educativanet.blogspot.com.br/
4.4 Respeito à vida religiosa
Para refletir:
Com simplicidade, podemos colocar um “ponto final”, em segundos, nos
pensamentos negativos.
Uma forma de viver melhor
Como os pensamentos podem chegar a um “ponto final” em um segundo.
Quando surge qualquer circunstância que causa devastação nas suas
emoções e você deseja parar de pensar sobre isso mas não consegue,
experimente o seguinte:
 Pense “não”. Não significa: “Eu não devo pensar sobre isso, não
devo falar sobre isso ou não devo fazer isso.” Apenas “não”, isso é
tudo.
 Então, aplique um “ponto”... um Ponto Final! Não um ponto de
interrogação, um ponto de exclamação ou uma vírgula, mas um
PONTO FINAL...! Isso automaticamente irá desarmar as emoções
carregadas e fazer a situação tornar-se “não”.
52
4.4 RESPEITO À VIDA RELIGIOSA
AS RELIGIÕES
NO MUNDO EXISTEM DIFERENTES RELIGIÕES:
HINDUÍSMO
BUDISMO
TAOÍSMO
XINTOÍSMO
JUDAÍSMO
CRISTIANISMO
ISLAMISMO
RELIGIÕES INDÍGENAS
RELIGIÕES AFRO-BRASILEIRAS...
É NA RELIGIÃO QUE MUITAS PESSOAS BUSCAM
ENSINAMENTOS PARA TER UMA VIDA MAIS FELIZ.
http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao-5%C2%BA-ano-Assintec_2011.pdf
Não existe manifestação religiosa superior ou inferior, mas cada uma
tem seu valor conforme a concepção da religião sobre a realidade, o tempo e a
cultura. A intolerância surge da falta de conhecimento da diversidade.
53
AS PRÁTICAS RELIGIOSAS NO COTIDIANO DAS PESSOAS
A reza, a oração ou prece, a meditação, a recitação ou entoação de
cânticos e mantras, a leitura de um texto sagrado, entre outras, são
espiritualidades que permitem às pessoas relacionar-se com o Sagrado.
Em cada tradição religiosa existem práticas por meio das quais os
adeptos ou fiéis podem estabelecer a comunhão com o Transcendente.
Que tal usar suas habilidades de pesquisa para conhecer melhor algumas
práticas religiosas – as espiritualidades – de algumas religiões?
Você pode utilizar-se de várias formas artísticas para apresentar este trabalho
para sua classe. Use a criatividade e bom trabalho!
http://ensinoreligiosonreloanda.pbworks.com/f/ApostilaEnsinoReligioso.pdf
http://educativanet.blogspot.com.br/
 Paz é a meta, tolerância é o método.
 Tolerância é estar aberto e receptivo à beleza das diferenças.
 As sementes da intolerância são medo e ignorância.
 Aqueles que sabem como apreciar o que há de bom nas pessoas e
valorizar as diferenças, sabe tolerar.
 A semente da tolerância, o amor, é regada por compaixão e cuidado.
 Ser tolerante é reconhecer as individualidades enquanto removemos
máscaras divisoras e desarmamos as tensões criadas pela
ignorância.
 Tolerância é a habilidade de enfrentar situações difíceis.
 Tolerar as inconveniências da vida é deixar ir, ser leve, tornar os
outros leves, seguir adiante e liberar perdão.
54
Escreva um texto que complete a frase:
Eu respeito os outros na diferença religiosa porque...
55
REFERÊNCIAS
OLIVEIRA, Adalgisa A. Aulas de Religião? Mundo Jovem. Ano XLI, nº 333,
Fevereiro, 2003.
SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS. Cartilha: Diversidade
religiosa e direitos humanos, 2004, ps. 35 e 36.
catequesecomcriancas.blogspot.com.br
centrodeatividades.blogspot.com
http://aturmada51.blogspot.com.br/p/ensino-religioso.html
http://educativanet.blogspot.com.br/
http://ensinoreligioso.blogspot.com.br
http://ensinoreligioso1.blogspot.com.br
http://ensinoreligiosonreloanda.pbworks.com/f/ApostilaEnsinoReligioso.pdf
http://eraumavezumplaneta.blogspot.com.br/2014/01/projeto-valores-tema-
solidariedade.html
http://letras.mus.br/jota-quest/46686/
http://pt.slideshare.net/claudiarocosta/as-novas-descobertas-sobre-o-crebro-
humano
http://slideplayer.com.br/slide/1615394/
http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao-
5%C2%BA-ano-Assintec_2011.pdf
http://www.mundodosfilosofos.com.br
http://www.portalescolar.net/2013/09/ensino-religioso-3-4-5-ano-52.html
http://www.sandovaljuliano.com.br/site/curiosidades/32-historias-de-
pregador/283-a-aranha-e-a-fe
http://educativanet.blogspot.com.br/
pt.slideshare.net
www.catecriandorj.blogspot.com
www.espacoeducar-liza.blogspot.com
www.images.slideplayer.com.br
www.janetecleia.blogspot.com
www.neusamariabento.blogspot.com
www.padrereginaldomanzotti.org.br
www.smartkids.com.br
www.telouvamossenhor.blogspot.com
56
57
HINO DE PETRÓPOLIS
Petrópolis,
Tens no passado gloriosas tradições;
Petrópolis,
Cultura e fibra de homens de outras nações,
Que lutaram e criaram as riquezas,
Guardaram as belezas que devemos defender
Petrópolis,
Tranquilidade, nossa fonte de saúde;
Petrópolis,
O teu futuro é a tua juventude
Que estuda e trabalha consciente
De que a luta no presente
Vitórias vai trazer
Para a frente, para o alto,
Construir
Com amor e com vontade,
Progredir
Vem viver aqui na serra,
Onde a sorte nos sorri
Quem pensa que é feliz em outra terra
É porque BIS
Ainda não viveu aqui
Letra e música de Geraldo Ventura Dias.
Hino escolhido em concurso realizado pela
Prefeitura de Petrópolis no ano de 1972.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTALINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Word: Atividade de matemática: Números ordinais – 4º ano – Modelo editável
Word: Atividade de matemática: Números ordinais – 4º ano – Modelo editávelWord: Atividade de matemática: Números ordinais – 4º ano – Modelo editável
Word: Atividade de matemática: Números ordinais – 4º ano – Modelo editável
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Ensino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 anoEnsino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 ano
Patricia Fernandes
 
Produção textual
Produção textualProdução textual
Produção textual
Mary Alvarenga
 
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Arte - Lei Maria da Penha.pdf
Arte - Lei Maria da Penha.pdfArte - Lei Maria da Penha.pdf
Arte - Lei Maria da Penha.pdf
Mary Alvarenga
 
Atividade matemática - Adição e Subtração (Simples)
Atividade matemática - Adição e Subtração (Simples)Atividade matemática - Adição e Subtração (Simples)
Atividade matemática - Adição e Subtração (Simples)
Paulo Alves de Araujo
 
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
Avaliando português  4º ano textos e interpretaçõesAvaliando português  4º ano textos e interpretações
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
Nisio Jose pereira
 
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdfApostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
Andrea Rodrigues
 
Apostila ensinoreligioso
Apostila ensinoreligiosoApostila ensinoreligioso
Apostila ensinoreligioso
Ronaldo Russou
 
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da músicaO Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
Avaliação do 4º ano de Ens Religioso
Avaliação do 4º ano de Ens ReligiosoAvaliação do 4º ano de Ens Religioso
Avaliação do 4º ano de Ens Religioso
Lúcia Maia
 
A paz - Análise e entendimento da música
A paz   - Análise e entendimento da músicaA paz   - Análise e entendimento da música
A paz - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
Avaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º anoAvaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º ano
Raimunda Mascarenhas B. Melo
 
6º-ano-avaliação ensino religioso
 6º-ano-avaliação ensino religioso 6º-ano-avaliação ensino religioso
6º-ano-avaliação ensino religioso
Dora Módolo
 
Atividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de históriaAtividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de história
Paulo Alves de Araujo
 
Aquarela de Toquinho - Análise e entendimento da música
Aquarela  de Toquinho - Análise e entendimento da música Aquarela  de Toquinho - Análise e entendimento da música
Aquarela de Toquinho - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
Atividade susbstantivos próprios e comuns
Atividade susbstantivos próprios e comunsAtividade susbstantivos próprios e comuns
Atividade susbstantivos próprios e comuns
Paulo Alves de Araujo
 
Caça-palavras Dia internacional da mulher
Caça-palavras   Dia internacional da mulherCaça-palavras   Dia internacional da mulher
Caça-palavras Dia internacional da mulher
Mary Alvarenga
 

Mais procurados (20)

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTALINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
 
Word: Atividade de matemática: Números ordinais – 4º ano – Modelo editável
Word: Atividade de matemática: Números ordinais – 4º ano – Modelo editávelWord: Atividade de matemática: Números ordinais – 4º ano – Modelo editável
Word: Atividade de matemática: Números ordinais – 4º ano – Modelo editável
 
Ensino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 anoEnsino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 ano
 
Produção textual
Produção textualProdução textual
Produção textual
 
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
Interpretação texto arnaldojabor democracia, cidadania, direitos (1)
 
Arte - Lei Maria da Penha.pdf
Arte - Lei Maria da Penha.pdfArte - Lei Maria da Penha.pdf
Arte - Lei Maria da Penha.pdf
 
Atividade matemática - Adição e Subtração (Simples)
Atividade matemática - Adição e Subtração (Simples)Atividade matemática - Adição e Subtração (Simples)
Atividade matemática - Adição e Subtração (Simples)
 
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
Avaliando português  4º ano textos e interpretaçõesAvaliando português  4º ano textos e interpretações
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
 
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdfApostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
 
Apostila ensinoreligioso
Apostila ensinoreligiosoApostila ensinoreligioso
Apostila ensinoreligioso
 
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da músicaO Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
 
Avaliação do 4º ano de Ens Religioso
Avaliação do 4º ano de Ens ReligiosoAvaliação do 4º ano de Ens Religioso
Avaliação do 4º ano de Ens Religioso
 
A paz - Análise e entendimento da música
A paz   - Análise e entendimento da músicaA paz   - Análise e entendimento da música
A paz - Análise e entendimento da música
 
Avaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º anoAvaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º ano
 
6º-ano-avaliação ensino religioso
 6º-ano-avaliação ensino religioso 6º-ano-avaliação ensino religioso
6º-ano-avaliação ensino religioso
 
Atividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de históriaAtividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de história
 
Aquarela de Toquinho - Análise e entendimento da música
Aquarela  de Toquinho - Análise e entendimento da música Aquarela  de Toquinho - Análise e entendimento da música
Aquarela de Toquinho - Análise e entendimento da música
 
Atividade susbstantivos próprios e comuns
Atividade susbstantivos próprios e comunsAtividade susbstantivos próprios e comuns
Atividade susbstantivos próprios e comuns
 
Caça-palavras Dia internacional da mulher
Caça-palavras   Dia internacional da mulherCaça-palavras   Dia internacional da mulher
Caça-palavras Dia internacional da mulher
 
Cultura negra3
Cultura negra3Cultura negra3
Cultura negra3
 

Semelhante a Ensino religioso 5 ano

Ensino religioso 1 ano
Ensino religioso 1 anoEnsino religioso 1 ano
Ensino religioso 1 ano
Glacielle Antunes
 
Ensino religioso 1 ano
Ensino religioso 1 anoEnsino religioso 1 ano
Ensino religioso 1 ano
Fco Barros
 
Ensino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 anoEnsino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 ano
Antonio de Jesus Freitas Fernandes
 
Ensino religioso 2 ano
Ensino religioso 2 anoEnsino religioso 2 ano
Ensino religioso 2 ano
Antonio de Jesus Freitas Fernandes
 
Ensino religioso 7ano
Ensino religioso 7anoEnsino religioso 7ano
Ensino religioso 7ano
Andrea Rodrigues
 
Ensino religioso 7ano
Ensino religioso 7anoEnsino religioso 7ano
Ensino religioso 7ano
Ana Alves de Souza
 
ensino religioso 9 ano.pdf
ensino religioso 9 ano.pdfensino religioso 9 ano.pdf
ensino religioso 9 ano.pdf
LaraLara114511
 
ensino religioso 9 ano.pdf
ensino religioso 9 ano.pdfensino religioso 9 ano.pdf
ensino religioso 9 ano.pdf
LaraLara114511
 
ensino religioso 8ano.pdf
ensino religioso 8ano.pdfensino religioso 8ano.pdf
ensino religioso 8ano.pdf
carinabresolin
 
Quais destas Questões Fazem parte do seu Dia a Dia?
Quais destas Questões Fazem parte do seu Dia a Dia?Quais destas Questões Fazem parte do seu Dia a Dia?
Quais destas Questões Fazem parte do seu Dia a Dia?
ManuelDantas1976
 
Diálogo inter religioso
Diálogo inter religiosoDiálogo inter religioso
Diálogo inter religioso
luciano
 
A caminho da campanha da fraternidade 2013
A caminho da campanha da fraternidade 2013A caminho da campanha da fraternidade 2013
A caminho da campanha da fraternidade 2013
marquione ban
 
A caminho-da-campanha-da-fraternidade 2013
A caminho-da-campanha-da-fraternidade 2013A caminho-da-campanha-da-fraternidade 2013
A caminho-da-campanha-da-fraternidade 2013
Bernadetecebs .
 
Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10
Candice Gunther
 
Nosso templo (2ª edição)
Nosso templo (2ª edição)Nosso templo (2ª edição)
Nosso templo (2ª edição)
temploolhosdelince
 
Quem é Esse Jesus
Quem é Esse JesusQuem é Esse Jesus
Quem é Esse Jesus
Sergio Cabral
 
Para que serve a religião
Para que serve a religiãoPara que serve a religião
Para que serve a religião
Antonio Filho
 
052 ensino religioso
052   ensino religioso052   ensino religioso
052 ensino religioso
pibiduergsmontenegro
 
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 

Semelhante a Ensino religioso 5 ano (20)

Ensino religioso 1 ano
Ensino religioso 1 anoEnsino religioso 1 ano
Ensino religioso 1 ano
 
Ensino religioso 1 ano
Ensino religioso 1 anoEnsino religioso 1 ano
Ensino religioso 1 ano
 
Ensino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 anoEnsino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 ano
 
Ensino religioso 2 ano
Ensino religioso 2 anoEnsino religioso 2 ano
Ensino religioso 2 ano
 
Ensino religioso 7ano
Ensino religioso 7anoEnsino religioso 7ano
Ensino religioso 7ano
 
Ensino religioso 7ano
Ensino religioso 7anoEnsino religioso 7ano
Ensino religioso 7ano
 
ensino religioso 9 ano.pdf
ensino religioso 9 ano.pdfensino religioso 9 ano.pdf
ensino religioso 9 ano.pdf
 
ensino religioso 9 ano.pdf
ensino religioso 9 ano.pdfensino religioso 9 ano.pdf
ensino religioso 9 ano.pdf
 
ensino religioso 8ano.pdf
ensino religioso 8ano.pdfensino religioso 8ano.pdf
ensino religioso 8ano.pdf
 
Quais destas Questões Fazem parte do seu Dia a Dia?
Quais destas Questões Fazem parte do seu Dia a Dia?Quais destas Questões Fazem parte do seu Dia a Dia?
Quais destas Questões Fazem parte do seu Dia a Dia?
 
Diálogo inter religioso
Diálogo inter religiosoDiálogo inter religioso
Diálogo inter religioso
 
A caminho da campanha da fraternidade 2013
A caminho da campanha da fraternidade 2013A caminho da campanha da fraternidade 2013
A caminho da campanha da fraternidade 2013
 
A caminho-da-campanha-da-fraternidade 2013
A caminho-da-campanha-da-fraternidade 2013A caminho-da-campanha-da-fraternidade 2013
A caminho-da-campanha-da-fraternidade 2013
 
Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10
 
Nosso templo (2ª edição)
Nosso templo (2ª edição)Nosso templo (2ª edição)
Nosso templo (2ª edição)
 
Quem é Esse Jesus
Quem é Esse JesusQuem é Esse Jesus
Quem é Esse Jesus
 
Para que serve a religião
Para que serve a religiãoPara que serve a religião
Para que serve a religião
 
052 ensino religioso
052   ensino religioso052   ensino religioso
052 ensino religioso
 
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
 
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - as consequencias do espiritismo para a...
 

Último

FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 

Último (20)

FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 

Ensino religioso 5 ano

  • 1. DESCOBRINDO AS OBRAS DO CRIADOR 5º ano
  • 3. Rubens Bomtempo Prefeito Mônica Vieira Freitas Secretária de Educação Rosilene Ribeiro Subsecretária de Educação Rosalie G. de Oliveira Duarte Subsecretária do FNDE e Captação de Recursos Cristiane Noel Souza da Cruz Coordenadora do Ensino Religioso
  • 5. Prefeitura de Petrópolis Colaboradores Professora Andréa Regina Barroso Alves Geraldi Professora Roberta da Silva Pinheiro Coordenação Professora Bianca Della Nina
  • 7. Aulas de Ensino Religioso? A educação da consciência religiosa é direito de todos. Para garantir esse direito, a Lei de Diretrizes e Bases, artigo 33, apresenta o Ensino Religioso (ER) como parte integrante da educação básica. Há quatro grandes temas que fundamentam esse ensino. São eles: a compreensão da história, a interpretação da cultura, a busca de sentido e a compreensão da experiência religiosa. A compreensão da história O fato religioso está presente em diferentes grupos, nações e períodos e quem não o compreende também não compreenderá a história humana. A saga dos faraós do Egito, dos imperadores romanos, dos índios americanos; as carrancas escandinavas e asiáticas; a colonização do Brasil; a história da arte, da arquitetura; a relação entre sagrado e profano e tantos outros aspectos culturais não seriam entendidos na sua essência sem o reconhecimento do fato religioso. O ER oferece uma outra perspectiva para a análise da história. A interpretação da cultura A antropologia fala do processo espontâneo que se dá no interior das culturas, responsável pela manutenção e transmissão das tradições de geração em geração. Quanto mais consciente e intencional for esse processo, tanto mais serão fortalecidas a própria identidade cultural e a capacidade de conviver com o diferente e respeitá-lo. O ER será responsável por desenvolver essa competência da questão religiosa. A busca de sentido As perguntas fundamentais da existência humana - De onde vim? Para onde vou? etc. - não são apenas capricho de mentes desocupadas. Elas compõem a busca necessária ao desenvolvimento humano. O papel fundamental da educação é abrir possibilidades de respostas, para que o sentido da vida vá além da própria vida. O objetivo do ER não é responder às questões, mas criar condições para que essa reflexão se dê num ambiente educativo onde haja espaço para o diálogo, o debate, a pesquisa e a síntese pessoal e coletiva. Compreensão da experiência religiosa O que caracteriza a experiência é a mudança gerada na relação sujeito e fato (acontecimentos). Toda grande mudança nasce de um momento interior, íntimo, vivido na relação com o eu e o não-eu. Por isso, podemos dizer que a experiência corresponde sempre a um aspecto de envolvimento pessoal e um aspecto de interpretação do que foi vivido. Paulo Freire, sobre isso, diz o seguinte: “O homem é um ser que está no mundo e com o mundo. Se apenas estivesse no mundo não haveria transcendência nem se objetivaria a si mesmo. Mas como pode objetivar-se, pode também distinguir entre um eu e um não-eu. Isso o torna um ser capaz de relacionar-se; de sair de si; de projetar-se nos outros; de transcender. Essas relações não se dão apenas com os outros, mas se dão no mundo, com o mundo e pelo mundo, nisso se apoiaria o problema da religião”. (FREIRE, 1981) A religiosidade é inerente ao ser humano. Se não a educamos estamos empobrecendo a sua humanidade. Dessa forma, o ER deve criar condições para que o educando possa interpretar suas experiências religiosas, trazê-las ao nível consciente e, assim, gerar mudanças significativas na própria vida e nas relações sociorreligiosas. OLIVEIRA, Adalgisa A. Mundo Jovem. Ano XLI, nº 333, Fevereiro, 2003.
  • 9. Apresentação Hoje em dia, a lei brasileira garante o respeito a todas as religiões e culturas. Veja o que diz a Constituição brasileira, a lei máxima que rege nosso país, assinada em 5 de outubro de 1988: Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias. Por isso, colocamos à disposição dos alunos da Rede Pública de Ensino de Petrópolis um livro de orientação moral e religiosa para o Ensino Religioso do 1º ao 5º ano. A forma prática que achamos oportuna foi partir do autoconhecimento, relação com o outro, com a natureza e com Deus através de atividades dinâmicas. A este livro denominamos: Descobrindo as Obras do Criador. É uma oportunidade para proporcionar momentos de reflexão, de busca de experiência espiritual que despertem maior amor às pessoas. Este tempo é de formação para isso. É preciso que conheçamos valores morais, éticos e religiosos para poder vivenciá-los no dia a dia atual e no futuro.
  • 11. SUMÁRIO 1. A pessoa humana como ser religioso 1.1 A fé 13 1.2 A busca por Deus 16 1.3 Confiança 19 2. Bem comum 2.1 O papel da família na escolha religiosa 22 2.2 Consciência coletiva 25 2.3 Os direitos fundamentais da pessoa humana: igualdade e dignidade 28 2.4 A minha contribuição para a sociedade 31 3. O homem: criatura de Deus 3.1 O homem imagem e semelhança de Deus 34 3.2 O homem templo sagrado 37 3.3 A inteligência humana em prol da criação 40 4. Deus nos acolhe 4.1 Diversidade religiosa 44 4.2 Ritos e celebrações religiosas 47 4.3 Esperança de um mundo melhor 49 4.4 Respeito à vida religiosa 52 Referências 55
  • 13. - 13 - 1. A PESSOA HUMANA COMO SER RELIGIOSO 1.1 A FÉ A ARANHA E A FÉ Uma vez, um homem estava sendo perseguido por vários malfeitores que queriam matá-lo. O homem, correndo, virou em um atalho que saía da estrada e entrava pelo meio do mato e, no desespero, elevou uma oração a Deus da seguinte maneira: - Deus Todo Poderoso, fazei com que dois anjos venham do céu e tapem a entrada da trilha para que os bandidos não me matem!!! Nesse momento, escutou que os homens se aproximavam da trilha onde ele se escondia e viu que na entrada da trilha apareceu uma minúscula aranha. A aranha começou a tecer uma teia na entrada da trilha. - Senhor, eu vos pedi anjos, não uma aranha. Senhor, por favor, com tua mão poderosa coloca um muro forte na entrada desta trilha para que os homens não possam entrar e me matar... Então ele abriu os olhos esperando ver um muro tapando a entrada e viu apenas a aranha tecendo a teia. Os malfeitores estavam entrando na trilha na qual ele se encontrava, e ele estava esperando apenas a morte. Quando passaram em frente da trilha, o homem escutou: -Vamos, entremos nesta trilha. - Não, não está vendo que tem até teia de aranha? Nada entrou por aqui. Continuemos procurando nas próximas trilhas. Fé é crer no que não se vê, é perseverar diante do impossível. Às vezes, pedimos muros para estarmos seguros, mas Deus pede que tenhamos confiança n'Ele para deixar que Sua Glória se manifeste e faça algo como uma teia, que nos dá a mesma proteção de uma muralha. Nunca desanime em meio às lutas, siga em frente, pois Deus disse: “diga ao fraco que Eu sou forte”. São nos momentos mais difíceis que encontramos em Deus a nossa força. http://www.sandovaljuliano.com.br/site/curiosidades/32-historias-de-pregador/283-a-aranha-e-a-fe
  • 14. - 14 - Agora está na hora de refletir... Onde está Deus? Registre seus pensamentos:________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Quando temos fé, buscamos Deus e seus ensinamentos, esteja onde estiver. Segundo o Evangelho de João 3, 14-21, Jesus disse: “a luz veio ao mundo, mas os homens preferem as trevas à luz, porque suas ações eram más”. Pinte de azul as palavras que pertencem à luz e de vermelho as palavras que pertencem às trevas: www.neusamariabento.blogspot.com
  • 15. - 15 - Toda pessoa em sua essência segue os ensinamentos de Deus, isto é, o caminho do bem. Esse caminho nos leva à fé em Deus ou em algo que transcende nosso conhecimento. Busque no dicionário o que significa a palavra “fé”: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Agora registre: 1) Qual a sua religião? _______________________________________________________________ 2) Em que você acredita segundo a sua religião? _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ 3) Você segue os ensinamentos da sua religião? _______________________________________________________________ 4) Como você professa sua fé? _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ 5) Agora pense no que você ainda não fez, mas deseja melhorar para mudar suas atitudes e seguir os ensinamentos de sua religião: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________
  • 16. - 16 - 1.2 A BUSCA POR DEUS O transcendente O termo Transcendência pode ter diferentes significados, como a superação de limites, por exemplo: um atleta que bate um recorde olímpico, superando uma marca jamais atingida por outro ser humano. O fato de o atleta bater um recorde olímpico pode ser considerado transcendente, pois exige do atleta concentração, disciplina, disposição e um sobre-esforço capaz de superar as barreiras do limite humano. Por outro lado, a qualidade de "Ser transcendente" é única e exclusivamente pertencente a Deus, que é o ser por excelência, ou seja, Deus está acima de qualquer outro ser, e não possui limites e nem barreira alguma. O ser humano pode até transcender (superar) algumas das suas limitações, porém não é transcendente, apenas Deus o é. Deus é onipotente, onisciente e onipresente. Deus é Onipotente porque é todo poderoso, é energia criadora, ordenadora e mantenedora das coisas criadas. Deus basta por si mesmo. Deus é Onisciente porque é perfeito; Deus sabe de tudo inclusive o que passa na consciência de qualquer ser racional. Deus é Onipresente, ou seja, está presente em todos os lugares ao mesmo tempo. Em outras palavras, Deus está em tudo, mas nem tudo é Deus. http://ensinoreligioso1.blogspot.com.br
  • 17. - 17 - Deus encontra-se em todos os lugares e está presente em toda sua criação e sabe o que cada um de seus filhos está pensando. Leia o texto acima e reflita: - O que significa afirmar que Deus é um Ser ilimitado? - O que você entendeu por: "Deus está em tudo, mas nem tudo é Deus". - Você conhece algum fato concreto em que uma pessoa tenha superado suas próprias limitações? Pense nessas questões e verifique se há algum caso que você tenha conhecimento de alguém que já tenha superado limitações com sua fé: Registre aqui seu relato:___________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Reflita sobre a frase abaixo: www.catecriandorj.blogspot.com
  • 18. - 18 - Siga as setas e descubra a mensagem: www.catecriandorj.blogspot.com Agora escreva a frase que você descobriu: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Busco Deus em todos os lugares, sobretudo no amor ao próximo.
  • 19. - 19 - 1.3 CONFIANÇA "Uns confiam em carros; outros, em cavalos; nós, porém, confiamos no Senhor e nos gloriaremos em nome do Senhor, nosso Deus." - Salmo 20:7 A fé apresenta várias facetas. No entanto, a faceta mais brilhante é a confiança! Todos nós temos confiança e decidimos o que vamos fazer com ela. Decidimos em quem e no que colocamos nossa confiança. Temos que nos lembrar de quem nos livrou no passado e saber quem é que vai nos livrar de problemas no presente. Depois, temos que colocar a nossa confiança no lugar certo, que é somente Deus. A confiança apresenta algumas qualidades que a identificam. A confiança não é triste porque ela entrou no descanso de Deus. A confiança não é confusa porque não necessita de se inclinar em seu próprio entendimento. A confiança não se deixa levar por raciocínios sem propósito, ela permite que Deus seja Deus. Em que você tem colocado a sua confiança? A sua confiança está em seu trabalho, patrão, talentos naturais ou amigos? Talvez você confie em você mesmo, em seus sucessos passados, educação ou bens. Todas estas coisas são temporais. Estão sujeitas a mudar. "Só o Senhor não muda. Somente Ele é a rocha que não pode ser movida". Escolha colocar sua confiança em Deus. Isso requer uma fé maior, mas os benefícios serão maiores ainda. Fale assim: "Confio no Senhor de todo meu coração e com toda a minha mente. Não me apoiarei em meu próprio entendimento ou em minha introspecção." Deixe Deus agir em sua vida; somente assim veremos com mais clareza tudo o que está ao nosso redor e nem sequer olhamos com os olhos do coração! Autor desconhecido www.padrereginaldomanzotti.org.br
  • 20. - 20 - Pesquisa no dicionário o significado da palavra “confiança”: ________________________________ ________________________________ ________________________________ ________________________________ _________________________________________________________ _________________________________________________________ Encontre no diagrama as palavras abaixo: A B C D E F G C H I J K L M O P Q R S T U V X A M O R Y Q W E R T Y U I O P A S D F E N C O N T R O H J K L Ç Z C V B N M F É M N B V C X Z A Ç L K J H G A M I G O S F D S A P O I I Y Q B U S C A E Q D M L J H H F A Q W E D T R A N S C E N D E N C I A E S P E R A N Ç A A U N M H D E O Q Z V N N M P I A Q W S Q M K U I X A AMOR - ENCONTRO – ESPERANÇA – BUSCA – FÉ – CONFIANÇA – TRANSCENDENCIA – AMIGOS - DEUS
  • 21. - 21 - Escreva o nome das pessoas que são importantes na sua vida: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Desenhe sob este arco íris as pessoas em quem você mais confia: www.telouvamossenhor.blogspot.com Quem ama confia! Deus deu uma grande prova de amor a seus filhos. Criou um mundo inteiro cheio de riquezas para nós. Dentre essas riquezas estão as amizades. Essas pessoas são seres enviados por Deus para nos ajudar nos momentos mais difíceis. Isso é prova de amor!
  • 22. - 22 - 2. O BEM COMUM 2.1 O PAPEL DA FAMÍLIA NA ESCOLHA RELIGIOSA A importância do ensino religioso na família O núcleo familiar é o primeiro grupo social do qual participamos e recebemos, não somente herança genética ou material, mas principalmente moral. Nossa formação de caráter depende, fundamentalmente, do exemplo ou modelo familiar que temos na formação de nossa personalidade. Precisamos entender que existem desvios de comportamento causados por influências sociais (meio social, meios de comunicações, grupos sociais etc.) e crises existenciais que podem fazer o indivíduo, em determinada fase de sua vida ao fazer opções pessoais que ignoram totalmente todo tipo de informação ou exemplo familiar. O ensino religioso na família tem um papel importantíssimo na formação do indivíduo, ou melhor, na formação da pessoa como um todo. Uma educação religiosa na família produz a possibilidade do indivíduo estruturar-se de tal maneira que cria como objetivo básico o bem-estar pessoal e familiar através de uma vida regrada, saudável e estruturada. Existem muitos benefícios que esta educação religiosa, seja ela, católica, protestante, judaica, islâmica, espírita etc., desde que haja seriedade e coerência familiar. A religiosidade familiar é importantíssima na formação de todo e qualquer ser humano, pois é na célula familiar que a criança aprende pelo que vivencia. http://www.mundodosfilosofos.com.br
  • 23. - 23 - Organize-se em grupo de até 4 pessoas e crie um acróstico sobre o tema família: Para ajudar reflita: O que é família? Como é o convívio em família? Por que a família é importante? O dia a dia dos nossos pais é corrido. Geralmente eles não têm muito tempo para estarmos juntos. Quando isso acontece temos que aproveitar até o último momento, pois é nesse momento que nos são passados os ensinamentos. F________________________________________ A________________________________________ M________________________________________ Í________________________________________ L________________________________________ I_________________________________________ A________________________________________
  • 24. - 24 - Observe e marque os erros na imagem da criança passeando com sua mãe: www.smartkids.com.br
  • 25. - 25 - 2.2 CONSCIÊNCIA COLETIVA O que está esperando para te comprometeres? Se a nota dissesse: - Não é uma nota que faz música. ... não haveria sinfonia. Se a palavra dissesse: - Não é uma palavra que pode fazer uma página. ...não haveria livro. Se a gota de água dissesse: - Não é uma gota de água que pode fazer um rio. ... não haveria oceano. Se o grão de trigo dissesse: - não é um grão de trigo que pode semear o campo. ... não haveria colheita. Se o homem dissesse: - Não é um gesto de amor que pode salvar a humanidade. ...mas haveria justiça e paz, dignidade e felicidade na terra dos homens. Como a sinfonia de cada nota, Como o livro precisa de cada palavra, Como o oceano precisa de cada gota de água, Como a colheita precisa de cada colheita de trigo, a humanidade inteira precisa de ti.
  • 26. - 26 - Onde estiveres único e, portanto insubstituível. O que está esperando para te comprometeres? Michel Quoist http://ensinoreligioso.blogspot.com.br Cada um de nós precisa fazer a sua parte na sociedade. O que você tem feito para fazer a diferença na vida do outro? Faça um breve relato nas linhas abaixo: Entreviste a pessoa mais idosa que você conhece e faça as seguintes perguntas: Como você contribui para a vida do próximo? Essa contribuição faz bem a você? O que você aprende com isso?
  • 27. - 27 - Leia e preencha as cruzadinhas com as palavras que completam as frases: a) É preciso _____________ o que se pede emprestado. b) A falta de sinceridade prejudica a boa ____________. c) Os mandamentos também nos ensinam a não ________ mal dos outros. d) Respeitar os lares é colaborar para que as famílias vivam ___________. e) ___________ quer que a gente combata a inveja e a cobiça. www.janetecleia.blogspot.com Ligue o menino aos trechos que completam a frase corretamente: # cuidam da saúde. # todos tem o necessário para viver. # socorremos uma pessoa necessitada. # ficamos expostos ao perigo. # combatemos a violência. # as crianças ficam abandonadas nas ruas. www.espacoeducar-liza.blogspot.com
  • 28. - 28 - 2.3 OS DIREITOS FUNDAMENTAIS DA PESSOA HUMANA: IGUALDADE E DIGNIDADE Direitos fundamentais A dignidade é um atributo essencial da pessoa humana: pelo simples fato de “ser” humana, a pessoa merece todo respeito, independentemente de sua origem, raça, sexo, idade, religião, estado civil ou condição social e econômica. Nesse sentido, o conceito de dignidade da pessoa humana não pode ser relativizado: a pessoa humana, enquanto tal, não perde sua dignidade quer por suas deficiência físicas, quer meios por seus desvios morais. www.images.slideplayer.com.br Todo ser humano tem direitos e deveres que estão garantidos na Constituição. Pesquise na Constituição Brasileira: Quais os direitos da pessoa humana? ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 29. - 29 - Encontre no caça palavras os direitos da pessoa humana: A S D F G H J K L Ç Q W E R T Y U I O Q W E R T E D U C A Ç Ã O Q W E R T Y A S D F A L I M E N T A Ç Ã O A S D F Z Z X C D I G N I D A D E F G H J K L C O N V I V Ê N C I A F A M I L I A R Q R E S P E I T O D F G H J K L Ç Q W A S D C R E D O X C V B N M O I U Y D C U L T U R A Y T R E W Q A S D F G H Q W E S A Ú D E R T Y U I O P A S D F A S D L A Z E R A S D F G H J K L Ç Z Z X C V B N Q W E R R H T U I J H G F Após ter descoberto as palavras, escreva uma frase com cada uma delas: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________
  • 30. - 30 - A discriminação é uma doença que precisa ser curada com doses de respeito. Quando tratamos o próximo com igualdade e dignidade significa que o respeitamos. O que significa respeitar? pt.slideshare.net Para um bom convívio, devemos aceitar cada um com suas diferenças, isso é respeito! Como vivemos em uma sociedade com pessoas diferentes, o que deve ser feito para que não haja discriminação? ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________
  • 31. - 31 - 2.4 A MINHA CONTRIBUIÇÃO PARA A SOCIEDADE Responsabilidade mútua Quando desejo a paz Devo ser uma pessoa pacífica. Quando desejo um mundo limpo Devo cuidar da natureza. Quando exijo que o outro cumpra seus deveres Devo fazer a parte que me cabe. Quando aprecio a integridade dos outros Devo realizar as minhas atividades com habilidade. Quando espero que o outro seja justo Devo ser justo e oferecer minha quota. Quando desejo obter algo Devo ser responsável para conquistá-lo. Quando falo de responsabilidade global Devo respeitar todos os seres humanos. www.colorindodesenhos.wordpress.com
  • 32. - 32 - Responda às perguntas. Depois some os pontos e avalie seu grau de responsabilidade: Perguntas Sim Às vezes Não Exerço meus direitos Cumpro meus deveres Faço pelo outro o que gostaria que fizessem por mim. Busco tratar o outro com dignidade Tenho responsabilidade com minhas obrigações Respeito meu próximo Faço minha parte por uma sociedade melhor Reconhece um erro, sem se aborrecer Respeito a natureza Total : Avaliação: conte quantas vezes você marcou SIM: de 1 a 3 : Fraco de 4 a 5: Regular de 6 a 7: Bom de 8 a 9: Ótimo! Parabéns!
  • 33. - 33 - centrodeatividades.blogspot.com Encontre as ações que fazem você contribuir para um mundo melhor: F A Z E R P A R C E R I A S A B C D E R T Y Q W E R T Y U I O P A Á C O N T R I B U I R A S R E C O N S T R U I R Q W E R T Y U I O Q A Z X C V P R A T I C A R O B E M A S D F S A A S E X E R C E R A C I D A D A N I A A W O F E R E C E R A J U D A M N B V C X Z S E S S D F P E N S A R N O P R Ó X I M O A D R D T R A B A L H A R G H J K L Ç Q W E A F T S A S D C U M P R I O S D E V E R E S S G Y E X E R C E R O S D I R E I T O S F G D H U Z C O N S C I Ê N C I A C O L E T I V A J Transcreva as palavras que você encontrou: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Agora escolha uma palavra e escreva um pequeno texto: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________
  • 34. - 34 - 3 O HOMEM: CRIATURA DE DEUS 3.1 O HOMEM IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS SOMOS FILHOS DE DEUS Deus é nosso Pai e nosso Criador. Ele nos ama como filhos. Por isso, Deus criou o homem e a mulher à sua imagem e semelhança. Não é que a gente seja parecido com Deus no corpo. Deus não tem corpo. Ele é só Espírito. Nós somos a parte mais importante da criação. E para nós Deus criou coisas tão belas! O ser humano é diferente das outras coisas criadas por Deus. É diferente dos animais porque recebeu de Deus vários dons que os animais não receberam. Dom é a mesma coisa que presente. Veja só os belos presentes que nós ganhamos de Deus: 1- Inteligência: o ser humano pensa e consegue falar o que pensa. Só o homem e a mulher são capazes de conhecer e amar o seu Criador. 2- Consciência: sabe que Deus existe. 3- Vontade: o ser humano é capaz de tomar decisões. 4- Liberdade: pode escolher: fazer o bem ou o mal. Em termos bem simples, ter a “imagem” e “semelhança” de Deus significa que fomos feitos para nos parecermos com Ele. A imagem de Deus se refere à parte imaterial do homem. Ela separa o homem do mundo animal, e o encaixa na “dominação” que Deus pretendeu (Gênesis 1:28), e o capacita a ter comunhão com seu Criador. É uma semelhança “Deus criou o homem e a mulher à sua imagem e semelhança.” Gn 1,27
  • 35. - 35 - A partir de hoje, vou olhar com mais carinho e respeito para todas as pessoas. Todas as pessoas são filhas de Deus. mental, moral e social. O homem é o único ser vivo dotado de inteligência e com capacidade de criar novas coisas e de tomar decisões. MEU COMPROMISSO catequesecomcriancas.blogspot.com.br Escreva as qualidades que você tem, que são dons, os presentes que você recebeu de Deus: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Escreva qual é a diferença entre um ser humano e um ser animal: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Nasci gente Posso ver as flores, o rosto da mamãe e do papai. Posso ouvir o que as pessoas dizem. Posso andar, abraçar, beijar, sentir o frio ou o calor, posso perceber o carinho da família e dos amigos. Porque sou gente, sou inteligente: posso aprender coisas novas a cada momento, posso criar e descobrir o mundo. Porque sou gente, devo respeitar os outros, assim amar e ser amado. Posso fazer o bem. Estou crescendo para ser mais gente!
  • 36. - 36 - O mundo existe e eu existo no mundo. Sinto a presença de Deus no mundo. Ele fez tudo para nossa alegria. Deus criou a vida perfeita. Sei que estão estragando o mundo e destruindo a vida. Sei que o amor está fazendo falta entre as pessoas. Há muito egoísmo e injustiça nessa nossa terra boa. Mas eu tenho certeza de que desejo colaborar com Deus para tornar melhor este mundo. Com a minha presença, o mundo ficará melhor. Deus me ama. Ele ama a todos de um modo muito especial. Ele me faz mais gente e me dá coragem para poder cumprir bem minha tarefa aqui no mundo. Que bom ser gente! http://aturmada51.blogspot.com.br/p/ensino-religioso.html Qual é a mensagem do texto? _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Você é gente e gente feliz. Agradeça a Deus por tudo o que você é e por tudo o que tem: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Pinte com lápis de cor os valores que precisamos cultivar para sermos gente de verdade: Persistência Afeição entre as pessoas Coragem Bondade Insensibilidade Amor ao próximo Perdão Egoísmo Dignidade Injustiça Paz Desunião entre as pessoas Maldade Confiança Crença
  • 37. - 37 - 3.2 O HOMEM TEMPLO SAGRADO Nós, seres humanos, somos templos sagrados, pois somos filhos de Deus e Ele mora dentro de cada um de nós de diferentes maneiras. Quando semeamos o bem e o amor, valorizando cada pessoa e respeitando suas opiniões, estamos agindo como “Filhos de Deus”. A Ecologia da Orelha Emerli Schlógl Puxa, ecologia da orelha? O que é isto? Seria tudo aquilo que nasce, cresce e morre em nossas orelhas? De certa forma sim, desde que não pensemos em coisas materiais e palpáveis. Nossas orelhas recebem muitas vozes, acolhem muitos pensamentos, ouvem muitas confissões, segredos... As palavras vêm voando pelo ar como anjos e penetram em nossas orelhas rumo ao nosso cérebro e coração. Se as palavras são vistas pelos poetas como se fossem anjos, elas deveriam ser bastante construtivas, animadoras, cheias de vida, como os anjos bons que muitos acreditam que cuidam da vida das pessoas, e até mesmo de animais, da relva... Existe um poema judaico que diz que toda relva tem um anjo bom que sussurra para ela: “Cresce, cresce!” Quando dizemos palavras que entusiasmam, que valorizam o outro, estamos fazendo a ecologia da orelha, dizendo coisas que trarão paz, harmonia e felicidade para as pessoas em nossa volta. Quando fazemos o repasse da fofoca: “Sabe o que o fulano falou de você?” Ele disse que... E aí vem um monte de coisa ruim, que deprecia e desanima, fazendo a poluição da orelha, cabeça e coração de nosso amigo. Ecologia da orelha é passar para frente só o que for bom, o que trouxer exuberância e alegrias para os outros, aquilo que lhes estimule o amor, a autoconfiança e deixar de lado tudo aquilo que trará tristeza, sentimentos de inferioridade e raiva. Como esta ecologia revolucionária poderá acontecer entre pessoas de diferentes religiões? Quem sabe se as nossas palavras para as diferentes pessoas forem de valorização e aceitação de suas crenças, buscando saber das ações boas que sua tradição religiosa pratica e acolhendo morosamente cada um em sua própria religião e se nosso colega não tem religião possa também ser valorizado em sua convicção, estaremos fazendo a ecologia da orelha.
  • 38. - 38 - Faça uma lista de palavras ou expressões que podem entusiasmar as pessoas fazendo-as se sentirem mais valorizadas, respeitadas e com mais vontade de fazer o bem a todos: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ http://www.portalescolar.net/2013/09/ensino-religioso-3-4-5-ano-52.html A VALORIZAÇÃO DE SI MESMO E DO OUTRO Diná Raquel D. da Costa Manhê! Já cheguei. Entre comigo, Bruno! - Oi, filho, quem está com você? André é um bonito menino de dez anos, de pele negra, olhos grandes e redondos como jabuticabas maduras, ele está na terceira série. Seus pais sempre o ensinaram a respeitar todas as pessoas e amá-las como elas são. Bruno é seu colega de classe. Sua família está passando por momentos difíceis com os pais desempregados e sem meios de colocar o pão na mesa diariamente. Vieram da Argentina para o Brasil, em busca de uma vida melhor e como acabaram de chegar ainda não conseguiram trabalho. André logo que o viu, simpatizou com este menino tão diferente dele, de pele clara, rosto sorridente e olhos castanhos profundos e tristes. Sabendo da
  • 39. - 39 - situação do colega, levou-o para a sua casa a fim de ser um amigo que partilha, que é solidário, que está disposto a ajudar. Dona Célia vendo a intenção do filho, ficou feliz, pois percebeu que aqueles ensinamentos passados em casa e na religião da família, estavam sendo colocados em prática. Desta forma ela percebeu que seu filho realmente entendeu o que é o amor, amor por si mesmo que se desenvolve sob a forma de amor ao próximo, independente da cultura, da etnia, do modo de ser ou de acreditar, que esse outro tenha. E você, que está ouvindo ou lendo está história, como você ama a si mesmo e ao seu próximo? A valorização de si mesmo e do outro passa pelo sentimento de amor e amizade ao próximo, ensinado em muitas religiões. Devemos valorizar a nossa cultura, nossa tradição e religião, mas também devemos conhecer e respeitar a cultura e a religião dos outros. A convivência harmoniosa com os outros se constrói a partir de atitudes de respeito às diferenças e aceitação do outro. http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao-5%C2%BA-ano- Assintec_2011.pdf Descreva uma ação que você realizou para tornar as pessoas mais felizes: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________
  • 40. - 40 - 3.3 A INTELIGÊNCIA HUMANA EM PROL DA CRIAÇÃO Leia o texto abaixo com bastante atenção: Trecho de O Último Discurso, do filme, o Grande Ditador, de Charles Chaplin. Alguns de nós desejamos ajudar uns aos outros. Poucos. Os seres humanos são assim. Desejando viver para a felicidade do próximo. Por que havemos de odiar ou desprezar uns aos outros? Neste mundo há espaço para todos. A terra, que é boa e rica, pode prover todas as nossas necessidades. O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos. A cobiça envenenou a alma do homem, levantou no mundo as muralhas do ódio e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e a morte. Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. Nesses tempos modernos, a máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria. Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos, nossa inteligência, insensíveis e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas duas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.
  • 41. - 41 - Copie os doze valores, sentimentos e virtudes apresentados no texto: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ O que o autor diz que é mais importante que as máquinas e a inteligência? Como ele diz que será a vida sem essas virtudes? _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ De acordo com o autor, o que faz com que aconteçam ódio e miséria no mundo? _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ De acordo com o texto que consequências a modernidade pode ter, se não houver uma valorização dos bons sentimentos? _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ http://eraumavezumplaneta.blogspot.com.br/2014/01/projeto-valores-tema-solidariedade.html
  • 42. - 42 - O homem O homem é um dos mais recentes seres vivos na face da Terra. Ele ocupa um espaço de poucos milímetros, enquanto o tempo da vida é representado por um espaço de 8 cm. Se a vida começasse em zero-hora de um dia, quando o homem surgiria? No último segundo da vigésima quarta hora. É isso mesmo. Somos hóspedes recém-chegados à Terra. Mas, embora seja novo no planeta, o homem domina pela inteligência e criatividade. Domina no bom e no mau sentido. Ele aprendeu a tirar proveito do ar, das plantas, da água, da energia: inventou máquinas maravilhosas: fabricou remédios contra doenças e fez tantos outros benefícios para a humanidade. Em compensação, está destruindo o próprio planeta e seus habitantes. O homem agora precisa aprender a respeitar e amar a Deus, o próximo e a Terra. O amor é a única energia capaz de dominar com sabedoria o nosso planeta para que a felicidade seja para todos e em todos os tempos. http://pt.slideshare.net/claudiarocosta/as-novas-descobertas-sobre-o-crebro-humano De acordo com o texto, por que o homem domina o mundo? _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Que coisas boas e más o homem fez ao mundo com a sua inteligência? _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________
  • 43. - 43 - De acordo com o texto, o que o homem ainda precisa aprender? _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Cite algumas invenções criadas pelo homem que trouxeram benefícios para as pessoas: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Marque (V) para verdadeiro e (F) para falso: - O homem está usando sua inteligência em favor da humanidade quando: ( ) Constrói bombas e armas nucleares. ( ) Encontra a cura para uma doença. ( ) Inventa objetos para facilitar a vida humana. ( ) Comanda guerras e invasões. ( ) Utiliza de maneira irresponsável os recursos naturais. ( ) Escreve lindas poesias. ( ) Organiza eventos em favor da preservação da vida. ( ) É a favor do aborto. ( ) Procura semear o bem e a justiça. ( ) Anuncia a Palavra de Deus às outras pessoas.
  • 44. - 44 - 4. DEUS NOS ACOLHE 4.1 DIVERSIDADE RELIGIOSA RELIGIÃO Diná Raquel D. da Costa Emerli Schloal Religião depende de cada um É a crença É a fé É o amor Que as pessoas cultivam Nas suas casas Igrejas Templos E em contato com a natureza Boa é toda religião Que ensina o respeito e amor Por todos os seres. Represente com desenhos ou pesquise imagens de pessoas vivenciando a sua religião na natureza, num templo, em sua casa ou numa igreja. Depois, escreva uma frase sobre o desenho ou imagem: ______________________________________________________________ ______________________________________________________________ http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao-5%C2%BA-ano-Assintec_2011.pdf
  • 45. - 45 - A RELIGIÃO NO COTIDIANO Borres Guilouski RELIGIÃO SIGNIFICA RELIGAR RELIGAR A PESSOA CONSIGO MESMA COM A VIDA COM A NATUREZA COM O SAGRADO. A RELIGIÃO ESTÁ NO CORAÇÃO DE MUITA GENTE ESTÁ NA MANEIRA DE VIVER DE PRATICAR O BEM DE ORAR, REZAR OU FAZER A PRECE DE ESTENDER AS MÃOS PARA AJUDAR ALGUÉM. EXISTEM MUITAS RELIGIÕES RELIGIÕES DOS ÍNDIOS RELIGIÕES DOS AFRO-DESCENDENTES COMO CANDOMBLÉ E UMBANDA RELIGIÕES DIFERENTES E ATÉ SEMELHANTES ENTRE SI HINDUÍSMO E BUDISMO JUDAÍSMO E CRISTIANISMO ISLAMISMO E A FÉ DOS SEGUIDORES BAHÁ’ÍS ESPIRITISMO E MUITAS OUTRAS MAIS. BOA É TODA RELIGIÃO QUE ENSINA AS PESSOAS A VIVER O RESPEITO, A COMPAIXÃO O AMOR E A PAZ. Crie acrósticos com estas palavras, ilustre-os com desenhos e organize na sala um mural: RESPEITO COMPAIXÃO AMOR PAZ Faça com os colegas uma lista das religiões ou igrejas presentes na comunidade onde você mora. Depois organize uma pesquisa por meio de entrevista com seguidores destas religiões para saber quais são suas principais práticas e ensinamentos. Em equipes com os colegas, criem cartazes sobre estas religiões ou igrejas, destacando algumas práticas e ensinamentos das mesmas. Exponham os cartazes em um mural na escola: http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao-5%C2%BA-ano-Assintec_2011.pdf
  • 46. - 46 - Você sabia... UMA BOA NOTÍCIA “A boa notícia é que, bem pertinho da capital do Brasil, numa vila de pouco mais de mil moradores chamada Área Alfa, católicos e evangélicos dividem o mesmo templo. No princípio, a Capela Sagrado Coração de Jesus e Maria era só dos católicos. Os evangélicos faziam seus cultos numa pequena casa desocupada, mas tiveram que abandoná-la. Ficaram sem templo. Mas por pouco tempo. Logo, a fé dos evangélicos acabou sendo acolhida pela capela dos católicos. Há três anos, todo domingo é assim: primeiro vem a missa, e os católicos rezam; terminada a missa, é a hora do culto, e os evangélicos oram, no mesmo lugar onde antes se celebrara a missa. Mas e as imagens dos santos católicos, que tantas manifestações de intolerância têm causado? Ah, os evangélicos recolhem cuidadosamente as imagens do Sagrado Coração de Jesus, Imaculada Conceição de Maria, Nossa Senhora de Fátima e Nossa Senhora do Rosário, guardam com todo cuidado num quartinho, e começam o culto. Os católicos dizem que compartilhar o mesmo teto com os evangélicos deu um bom fruto do diálogo religioso, e que todos são cristãos, e que o templo é de todos. Os evangélicos agradecem – e contam: quando os católicos têm problemas, pedem aos evangélicos que orem por eles; e os católicos retribuem, rezando pelos evangélicos.” Secretaria Especial dos Direitos Humanos. Cartilha: Diversidade religiosa e direitos humanos, 2004, ps. 35 e 36. 4.2 Ritos e celebrações religiosas Ritos são celebrações das tradições e manifestações religiosas que possibilitam um encontro interpessoal. Podem ser compreendidas como a recapitulação de um acontecimento sagrado anterior. Servem à memória e à preservação da identidade de diferentes tradições religiosas. http://slideplayer.com.br/slide/1615394/ Escreva algumas manifestações religiosas existentes na sua religião ou que você conhece: _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________
  • 47. - 47 - O QUE SÃO RITOS E RITUAIS? Diná Raquel D. da Costa Os rituais religiosos são cerimônias compostas por uma série de ritos. Os ritos são gestos simbólicos. As tradições religiosas ou religiões possuem rituais para as diversas ocasiões e momentos importantes na vida de seus seguidores. Existem rituais de passagem que marcam a mudança de um estado de vida para outro, como o batismo, o casamento, a comemoração do nascimento de bebês nas Tradições Indígenas, a cerimônia de dar o nome ao bebê no Candomblé, etc. Existem também os rituais litúrgicos e celebrativos. O culto nas Igrejas Evangélicas, a missa na Igreja Católica, as reuniões de prece no Centro Espírita, o culto pelos antepassados na Seicho-No-Ie, são alguns exemplos de rituais. Faça uma pesquisa sobre as práticas indicadas em cada quadro. Depois desenhe ou cole gravuras e descreva cada prática: Culto na Igreja Evangélica Dança sagrada indígena
  • 48. - 48 - Missa na Igreja Católica Meditação num Templo Budista Oração numa Mesquita Prática do passe num Centro Espírita http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao-5%C2%BA-ano-Assintec_2011.pdf
  • 49. - 49 - 4.3 ESPERANÇA DE UM MUNDO MELHOR DIAS MELHORES Jota Quest Vivemos esperando Dias melhores Dias de paz, dias a mais Dias que não deixaremos Para trás Oh! Oh! Oh! Oh! Vivemos esperando O dia em que Seremos melhores (Melhores! Melhores!) Melhores no amor Melhores na dor Melhores em tudo Oh! Oh! Oh! Vivemos esperando O dia em que seremos Para sempre Vivemos esperando Oh! Oh! Oh! Dias melhores pra sempre Dias melhores pra sempre (Pra sempre!) Vivemos esperando Dias melhores (Melhores! Melhores!) Dias de paz Dias a mais Dias que não deixaremos Para trás Oh! Oh! Oh! Vivemos esperando O dia em que Seremos melhores (Melhores! Melhores!) Melhores no amor Melhores na dor Melhores em tudo Oh! Oh! Oh! Vivemos esperando O dia em que seremos Para sempre Vivemos esperando Oh! Oh! Oh! Dias melhores Pra sempre Dias melhores Pra sempre Dias melhores Pra sempre Dias melhores Pra sempre Uh! Uh! Uh! Oh! Oh! Pra sempre Sempre! Sempre! Sempre! http://letras.mus.br/jota-quest/46686/
  • 50. 50 Na sua opinião, que atitudes devem ser praticadas para que a humanidade tenha “Dias Melhores”? _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ Leia o texto abaixo com atenção: A esperança e a simplicidade nunca morrem. A caixa de Pandora Muitas religiões têm sua maneira de contar como o mal entrou no mundo, e algumas das histórias são bastante parecidas. Este mito era contado na Grécia Antiga. Zeus, o deus supremo, estava chateado com os titãs, gigantes que os desafiavam. Para acabar com eles, pediu a seu filho Hefesto que modelasse uma mulher fascinante, igual às deusas. Hefesto modelou a figura em argila. Outros deuses ajudaram, cada um oferecendo o melhor que tinha, para que a figura ficasse mais linda. Deram-lhe o nome de Pandora. Ela foi enviada a um dos titãs, Epimeteu, e levava para ele um presente de Zeus, numa caixa que nunca deveria ser aberta. Tudo ia bem até o momento em que Pandora, por curiosidade, abriu a tampa da caixa e libertou todas as calamidades e desgraças que começaram a atormentar os seres humanos. Ainda bem que Pandora fechou a caixa a tempo de impedir que a esperança e a simplicidade escapassem e se perdessem. O Mundo que a gente quer- Valeriano M. Casillas. http://educativanet.blogspot.com.br/
  • 51. 51 Qual a mensagem do mito “A caixa de Pandora”? _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ ______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ http://educativanet.blogspot.com.br/ 4.4 Respeito à vida religiosa Para refletir: Com simplicidade, podemos colocar um “ponto final”, em segundos, nos pensamentos negativos. Uma forma de viver melhor Como os pensamentos podem chegar a um “ponto final” em um segundo. Quando surge qualquer circunstância que causa devastação nas suas emoções e você deseja parar de pensar sobre isso mas não consegue, experimente o seguinte:  Pense “não”. Não significa: “Eu não devo pensar sobre isso, não devo falar sobre isso ou não devo fazer isso.” Apenas “não”, isso é tudo.  Então, aplique um “ponto”... um Ponto Final! Não um ponto de interrogação, um ponto de exclamação ou uma vírgula, mas um PONTO FINAL...! Isso automaticamente irá desarmar as emoções carregadas e fazer a situação tornar-se “não”.
  • 52. 52 4.4 RESPEITO À VIDA RELIGIOSA AS RELIGIÕES NO MUNDO EXISTEM DIFERENTES RELIGIÕES: HINDUÍSMO BUDISMO TAOÍSMO XINTOÍSMO JUDAÍSMO CRISTIANISMO ISLAMISMO RELIGIÕES INDÍGENAS RELIGIÕES AFRO-BRASILEIRAS... É NA RELIGIÃO QUE MUITAS PESSOAS BUSCAM ENSINAMENTOS PARA TER UMA VIDA MAIS FELIZ. http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao-5%C2%BA-ano-Assintec_2011.pdf Não existe manifestação religiosa superior ou inferior, mas cada uma tem seu valor conforme a concepção da religião sobre a realidade, o tempo e a cultura. A intolerância surge da falta de conhecimento da diversidade.
  • 53. 53 AS PRÁTICAS RELIGIOSAS NO COTIDIANO DAS PESSOAS A reza, a oração ou prece, a meditação, a recitação ou entoação de cânticos e mantras, a leitura de um texto sagrado, entre outras, são espiritualidades que permitem às pessoas relacionar-se com o Sagrado. Em cada tradição religiosa existem práticas por meio das quais os adeptos ou fiéis podem estabelecer a comunhão com o Transcendente. Que tal usar suas habilidades de pesquisa para conhecer melhor algumas práticas religiosas – as espiritualidades – de algumas religiões? Você pode utilizar-se de várias formas artísticas para apresentar este trabalho para sua classe. Use a criatividade e bom trabalho! http://ensinoreligiosonreloanda.pbworks.com/f/ApostilaEnsinoReligioso.pdf http://educativanet.blogspot.com.br/  Paz é a meta, tolerância é o método.  Tolerância é estar aberto e receptivo à beleza das diferenças.  As sementes da intolerância são medo e ignorância.  Aqueles que sabem como apreciar o que há de bom nas pessoas e valorizar as diferenças, sabe tolerar.  A semente da tolerância, o amor, é regada por compaixão e cuidado.  Ser tolerante é reconhecer as individualidades enquanto removemos máscaras divisoras e desarmamos as tensões criadas pela ignorância.  Tolerância é a habilidade de enfrentar situações difíceis.  Tolerar as inconveniências da vida é deixar ir, ser leve, tornar os outros leves, seguir adiante e liberar perdão.
  • 54. 54 Escreva um texto que complete a frase: Eu respeito os outros na diferença religiosa porque...
  • 55. 55 REFERÊNCIAS OLIVEIRA, Adalgisa A. Aulas de Religião? Mundo Jovem. Ano XLI, nº 333, Fevereiro, 2003. SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS. Cartilha: Diversidade religiosa e direitos humanos, 2004, ps. 35 e 36. catequesecomcriancas.blogspot.com.br centrodeatividades.blogspot.com http://aturmada51.blogspot.com.br/p/ensino-religioso.html http://educativanet.blogspot.com.br/ http://ensinoreligioso.blogspot.com.br http://ensinoreligioso1.blogspot.com.br http://ensinoreligiosonreloanda.pbworks.com/f/ApostilaEnsinoReligioso.pdf http://eraumavezumplaneta.blogspot.com.br/2014/01/projeto-valores-tema- solidariedade.html http://letras.mus.br/jota-quest/46686/ http://pt.slideshare.net/claudiarocosta/as-novas-descobertas-sobre-o-crebro- humano http://slideplayer.com.br/slide/1615394/ http://www.assintec.net.br/wp-content/uploads/2014/06/Apostila-1%C2%BA-ao- 5%C2%BA-ano-Assintec_2011.pdf http://www.mundodosfilosofos.com.br http://www.portalescolar.net/2013/09/ensino-religioso-3-4-5-ano-52.html http://www.sandovaljuliano.com.br/site/curiosidades/32-historias-de- pregador/283-a-aranha-e-a-fe http://educativanet.blogspot.com.br/ pt.slideshare.net www.catecriandorj.blogspot.com www.espacoeducar-liza.blogspot.com www.images.slideplayer.com.br www.janetecleia.blogspot.com www.neusamariabento.blogspot.com www.padrereginaldomanzotti.org.br www.smartkids.com.br www.telouvamossenhor.blogspot.com
  • 56. 56
  • 57. 57 HINO DE PETRÓPOLIS Petrópolis, Tens no passado gloriosas tradições; Petrópolis, Cultura e fibra de homens de outras nações, Que lutaram e criaram as riquezas, Guardaram as belezas que devemos defender Petrópolis, Tranquilidade, nossa fonte de saúde; Petrópolis, O teu futuro é a tua juventude Que estuda e trabalha consciente De que a luta no presente Vitórias vai trazer Para a frente, para o alto, Construir Com amor e com vontade, Progredir Vem viver aqui na serra, Onde a sorte nos sorri Quem pensa que é feliz em outra terra É porque BIS Ainda não viveu aqui Letra e música de Geraldo Ventura Dias. Hino escolhido em concurso realizado pela Prefeitura de Petrópolis no ano de 1972.