Computador, não!

82 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
82
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Computador, não!

  1. 1. Mary Alves Lima A TECNÓFOBA
  2. 2. O Computador Pode Ser Péssimo  É uma máquina, não tem discernimento, não pode saber o que convém a cada pessoa e sociedade.
  3. 3. Computador e Escola  Tira a criança do foco da aprendizagem;  O que atrai são os efeitos “cosméticos”, vídeo –games e multimídia;  Leva ao pensamento abstrato numa faixa etária inadequada;  A abstração excessiva nas atividades levam as crianças a detestarem a escola.
  4. 4. Computador e a Interação Social  Pobre interação social;  Afasta as pessoas de um contato pessoal direto;  Dá as pessoas um controle enganoso das relações, tendo como base o controle do computador;  Relações rápidas e superficiais.
  5. 5. Computador e Família  Pervertem os valores familiares;  Roubam o tempo dos pais com o filhos;  Anulam o diálogo;  Banalizam papéis importantes.
  6. 6. Computador e a Visão de Mundo  Pensamento maquinal;  O mundo previsível como um computador;  Visão abstrata do mundo e das pessoas;  Criação de adultos insensíveis e amorais.
  7. 7. Computador e o Sistema Educacional  Os estudantes são individualidades completas, não somente como cérebros intelectuais;  Mudança humana no sistema de ensino não tecnológica.
  8. 8. O Que é o Computador? Máquina que age num espaço virtual.
  9. 9. Luz no Fim do Túnel  Estamos convencidos de que apenas preservando-se a sua infância e juventude deliciosa, simples, ingênua e semi-consciente podemos educar futuros adultos equilibrados, criativos, socialmente integrados e com atuação positiva.
  10. 10. Conclusão  Em particular, tememos que os computadores usados cedo demais contribuirão para criar adultos insensíveis e amorais, comportando-se e reagindo como máquinas, incapazes de sentir interesse e compaixão por outras pessoas e sem responsabilidade de agir socialmente. Isso significa a destruição de algumas de nossas mais essenciais características humanas, que nos distinguem dos animais e das máquinas.

×