Plano de Curso de Filosofia - 2014

11.229 visualizações

Publicada em

Plano de Ensino Anual
Disciplina: Filosofia
Serie: 2º ano do Ensino Médio

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Plano de Curso de Filosofia - 2014

  1. 1. ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO UNIDADE REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE IMPERATRIZ CENTRO DE ENSINO URBANO ROCHA RUA MARANHÃO S/N – FONE (99) 3525-3521 PLANO DE ENSINO ANUAL Série: 2º ano Turmas: A/B Turno: matutino Período: 2014 Disciplina: Filosofia Professora: Mary Alvarenga Coordenador pedagógico: Giselda Nº de aulas previstas: Anual 80 Bimestral 20 Semanal 02 Área ou disciplinas envolvidas (para atividades interdisciplinares): História, Português e Artes  OBJETIVOS GERAIS ( o que se espera ao final da etapa)  Promover reflexão, diálogo e articulação entre o pensar e o agir.  Articular conhecimentos da Filosofia com diferentes conteúdos e métodos presentes nas ciências naturais e humanas.  Possibilitar a autonomia do pensamento.  Desenvolver o pensamento e a linguagem lógica. O conhecimento 1ºBIMESTRE  Capítulo 9 – O que podemos conhecer? – O ato de conhecer – Os modos de conhecer – A verdade – Podemos alcançar a certeza? – Teorias sobre a verdade – A verdade como horizonte  Capítulo 10 - Ideologias – Conceito geral de Ideologia – Ideologia: sentido restrito – Conceito marxista de ideologia – A ideologia em ação – O discurso não ideológico – Outras concepções marxistas de ideologia – Questionamento e conscientização  Capítulo 11 – Lógica aristotélica – O que é lógica? – Termo e preposição – Princípios da lógica – Quadrado de preposição – Argumentação – Tipos de argumentação – Falácias – A lógica pós- aristotélica
  2. 2. O Conhecimento (continuação) 2ºBIMESTRE  Capítulo 12 – Lógica simbólica – Uma linguagem artificial – Lógica proposicional – Tabelas de verdade – Sinais de pontuação – Formas de enunciado – Consciência dos enunciados – A lógica de predicados – Lógicas complementares e alternativas – A importância da lógica simbólica  Capítulo 13 – A busca da verdade – O que veremos no capítulo – A filosofia pré-socrática – Os sofistas: a arte de argumentar – Sócrates e o conceito – Platão: o mundo das ideias – Aristóteles: a metafísica – A filosofia medieval: razão e fé  Capítulo 14 – A metafísica da modernidade – As mudanças na modernidade – A questão do método – O racionalismo cartesiano: a dúvida metódica – O empirismo britânico
  3. 3. Ética3ºBIMESTRE  Capítulo 17 – Entre o bem e o mal – Uma história real – Os valores – Moral e ética – Caráter histórico e social da moral – A liberdade do sujeito moral – Dever e liberdade – A bússola e a balança – Ética aplicada – Aprender a conviver  Capítulo 18 – Ninguém nasce moral – Aprender a autonomia – A teoria de Piaget – A teoria de Kohlberg – Pressupostos filosóficos – Pressupostos filosóficos – Pressupostos filosóficos – Outras tendências – A construção da personalidade moral  Capítulo 19 – Podemos ser livres? – Mito, tragédia e filosofia – Somos livres ou determinados – A liberdade incondicional e o livre-arbítrio – O que é determinismo? – A fenomenologia: a liberdade situada – Ética e liberdade  Capítulo 20 – Teorias éticas – As diversidades das teorias – A reflexão ética grega – As concepções éticas medievais – O pensamento moderno – A moral iluminista – O utilitarismo ético – As ilusões da consciência – A filosofia da existência – A ética contemporânea: o desafio da linguagem
  4. 4. Filosofia e política4ºBIMESTRE  Capítulo 21 – Política: para quê? – A filosofia política – Poder e força – Estado e legitimidade do poder – A institucionalização do poder – Uma reflexão sobre a democracia – O avesso da democracia: totalitarismo e autoritarismo – O equilíbrio instável de forças  Capítulo 22 – Direitos humanos – Para começar – Direito natural e direito positivo – A tradição grega – Os teóricos da modernidade – Os códigos modernos e os direitos sociais – Liberdade e igualdade – A comunidade internacional – Direitos humanos: “direitos de bandidos” – Para não concluir  Capítulo 23 - A política normativa – A política como teoria – A democracia grega – Os sofistas e a retórica – A teoria política de Platão – A teoria política de Aristóteles – O bom governo – Idade Média: política e religião – Agostinho, bispo de Hipona – A escolástica: Tomás de Aquino – Tempos de ruptura  Capítulo 24 - A autonomia da política – A formação do estado nacional – A Itália dividida: Maquiavel – Soberania e Estado moderno – Hobbes e o poder absoluto do estado – A teoria política de Look – O liberalismo clássico – O liberalismo do século XVII – A concepção política da modernidade  Temas transversais que posso incluir. Ética, Saúde, Meio Ambiente, Orientação Sexual e Pluralidade Cultural.
  5. 5.  OBJETIVOS ESPECÍFICOS (o que espero da turma) – Reconhecer a importância do uso de diferentes linguagens para elaborar o pensamento e a expressão em processos reflexivos. – Criticar a concepção de conhecimento cientifica como verdade absoluta. – Identificar e realizar procedimentos de pesquisa, tais como: observação, entrevistas, elaboração, de roteiros para entrevistas e observação, registros, classificação e interpretações. – Reconhecer a relevância da reflexão filosófica para a análise dos temas que emergem dos problemas das sociedades contemporâneas. – Identificar marcas dos discursos filosófico, mitológico e religioso. – Ampliar gradativamente o alcance da leitura filosófica. – Ler textos filosóficos de modo significativo. – Ler, de modo filosófico, textos de diferentes estruturas e registros. – Elaborar por escrito o que foi apropriado de modo reflexivo. – Debater, tomando uma posição, defendendo-a argumentados e mudando de posição em face de argumentos mais conscientes. – Compreender o conceito de filosofia e sua importância na história da humanidade. – Demonstrar que o papel da Filosofia é construir um campo de conhecimento, de elaboração de concepções, de análise do pensamento humano. – Refletir sobre o mundo de maneira autônoma a partir dos textos filosóficos. – Desenvolver experiências de pensamento que o torne competente para uma leitura critica e criativa da realidade que nos cerca ao longo do tempo. – Discutir os conceitos de Ideologia e Cidadania. – Compreender como a ideologia, segundo a concepção marxista se estabelece como um discurso sobre a realidade. – Refletir sobre o conceito de “ideologia”, bem como adquirir habilidades para reconhecer ideologias em determinados tipos de discursos; – Conceituar ideologia; – Interpretar os discursos orais e escritos identificando os indícios ideológicos. – Identificar os mecanismos sociais utilizados para a construção das ideologias. – Refletir sobre a crise moral atual. – Compreender e estimular a atitude filosófica – Discutir as relações entre conhecimento e ética – Perceber as questões que envolvem a Ética no seu cotidiano. – Conhecer a origem da filosofia, sobre os filósofos pré-socráticos e a filosofia clássica. – Distinguir o pensamento filosófico do senso comum, estabelecendo relações com o seu cotidiano. – Possibilitar aos alunos um contato direto com um texto filosófico. – Aproximar os alunos da Filosofia apresentando uma proposta de divisão histórica dos períodos filosóficos.  Desenvolver autonomia na busca de informação
  6. 6.  Incentivar as aulas através do uso do laboratório de informática  Pesquisar um tema utilizando fontes variadas  Ler, compreender um texto didático e extrair informações a respeito de questões especifica.  Organizar e comunicar ideias por meio de textos escritos. – Distinguir o pensamento filosófico do senso comum, estabelecendo relações com o seu cotidiano. – Compreender e estimular a atitude filosófica. – Analisar, refletir e interpretar textos filosóficos. – Aproximar os alunos da Filosofia apresentando uma proposta de divisão histórica dos períodos filosóficos.  Desenvolver autonomia na busca de informação.  Incentivar as aulas através do uso do laboratório de informática  Pesquisar um tema utilizando fontes variadas.  Ler, compreender um texto didático e extrair informações a respeito de questões especifica.  Organizar e comunicar ideias oralmente e por meio de textos escritos.  METODOLOGIA (como deve ser ensinado) – Aulas expositivas e dialogadas. – Leitura: indicação de algumas leituras para ampliação da abordagem dos temas. – Pesquisas: para reflexão e debates sobre fatos históricos e correntes de pensamento. – Vocabulário: significado de conceitos chaves. – Painéis em equipes: apresentação de painéis a partir das pesquisas vinculadas a avaliação. – Leitura, interpretação e produção de textos. – Estudo dirigido e exercícios em sala de aula.  Atividades de trabalhos em grupo. – Apresentação de trabalhos individuais e coletivos. – Seminários  AVALIAÇÃO (o que deverá ser avaliado) A avaliação será contínua e levará em consideração todas as atividades desenvolvidas pelo aluno, tais como: a compreensão, análise, senso crítico, atividades propostas, interesse, o desenvolvimento do aluno, assiduidade, organização das atividades, testes, presença e participação em aula.
  7. 7.  EXECUÇÃO DE PROJETOS (sala de aula, de informática, pátio da escola, etc...) – Projetos didático 1. Educação Para as Relações de Gênero 2. Orientação sexual 3. Educação Fiscal 4. Educação em Direitos Humanos.  RECURSOS (o que vou utilizar) – Livro didático – Data show  Quadro  Textos diversos  TV/DVD  Cartazes  Letras de música e poemas  Revistas  Computador  Internet  Tablet  Notebook  Pen drive – Câmera digital – Revista Mundo Jovem  Papel A4, cartolinas, papel 40 e papel madeira Tesoura, revistas, cola e gravuras  BIBLIOGRAFIA CONSULTADA ARANHA, Maria Lúcia de Arruda Filosofando: Introdução à Filosofia / Maria Lúcia de Arruda Aranha, Maria Helena Pires Martins.- 4.ed.- São Paulo : Moderna, 2009. CHAUI, Marilena – Novo Ensino Médio Filosofia. São Paulo: Ática, 2004 Revista Mundo Jovem: um jornal de ideias. Porto Alegre – UCBC Internet Observações:

×