Frieiras
Como se manifestam?
As frieiras são também muito conhecidas como pé de atleta são
um tipo de dermofitose, que é uma doença...
Como ocorre?
Esta infeção ocorre maioritariamente em algumas zonas, como
entre os dedos das mãos e dos pés, pode surgir em...
Segunda fase
Com o decorrer da doença, numa segunda fase, podem surgir
outros sintomas, como:
• Líquidos nas zonas afetada...
Causas
Esta infeção contrai-se por contato direto com pessoas ou zonas
contaminadas.
Exemplos: casas de banho, balneários,...
Tratamento
Para o tratamento das frieiras é necessária uma análise médica,
pois é necessário detetar qual o tipo de fungo ...
Prevenir as frieiras
Alguns cuidados devem ter-se em conta para reduzir o risco de
ter frieiras:
1. Utilizar sandálias qua...
4. Evitar usar sapatos muito fechados.
5. Secar bem entre os dedos dos pés para reduzir a humidade
nessas zonas.
6. Não us...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Como prevenir as frieiras

1.600 visualizações

Publicada em

As frieiras são um grande mal, sobretudo nos mais idoso. Saibao como combatê-las e preveni-las!

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.600
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como prevenir as frieiras

  1. 1. Frieiras
  2. 2. Como se manifestam? As frieiras são também muito conhecidas como pé de atleta são um tipo de dermofitose, que é uma doença da pela provocada por fungos. Cada fungo pode ter origens diferentes e atingem partes diferentes do corpo.
  3. 3. Como ocorre? Esta infeção ocorre maioritariamente em algumas zonas, como entre os dedos das mãos e dos pés, pode surgir em algumas zonas com pelos ou nas unhas, levando à queda dos mesmos. Sintomas: • Fissuras na pele • Descamação da pele • Bolhas • Comichão
  4. 4. Segunda fase Com o decorrer da doença, numa segunda fase, podem surgir outros sintomas, como: • Líquidos nas zonas afetadas • Manchas esbranquiçadas Conhecer estes sinais serve como alerta para tratamento numa fase inicial, o que facilita no mesmo.
  5. 5. Causas Esta infeção contrai-se por contato direto com pessoas ou zonas contaminadas. Exemplos: casas de banho, balneários, sauna etc. Estes espaços são mais propícios a provocar infeções não só pelo grande número de pessoas que os frequenta, o que aumenta a probabilidade, mas também, porque estes fungos proliferam em zonas húmidas. Por isso, que poderá ser resultado de sapatos demasiado apertados ou do facto de não secar bem os pés depois do banho (humidade).
  6. 6. Tratamento Para o tratamento das frieiras é necessária uma análise médica, pois é necessário detetar qual o tipo de fungo que causou a infeção para determinar com que tratamento prosseguir.
  7. 7. Prevenir as frieiras Alguns cuidados devem ter-se em conta para reduzir o risco de ter frieiras: 1. Utilizar sandálias quando se frequentarem balneários públicos, pois reduz o risco de contato com estas superfícies. 2. Uso de meias de algodão que absorvem o suor, diminuindo a humidade nos pés. 3. Reduzir o uso de meias sintéticas, que além de não absorverem o suor, aumentam a transpiração.
  8. 8. 4. Evitar usar sapatos muito fechados. 5. Secar bem entre os dedos dos pés para reduzir a humidade nessas zonas. 6. Não usar roupas molhadas, pois estas aumentam a humidade nas zonas da pele com dobras. 7. É preciso ter cuidados especiais com a população idosa, que tem maior tendência a ter frieiras e estas aparecem em qualquer parte da pele, cabelos ou unhas.

×