SlideShare uma empresa Scribd logo

A discriminação dos deficientes

A discriminação dos deficientes

1 de 11
Baixar para ler offline
Discriminação sobre deficientes motores e
mentais.
 Fazer uma distinção.
 Oferecer direitos diferentes a pessoas
  com características diferentes.
    ◦ Felicidade
    ◦ Ajuda
    ◦ Trabalho
    ◦ …
   Discriminação sociológica: em
    relação á sociedade.
   Social,
   Raça,
   Sexo,
   Crenças religiosas,
   Estado civil,
   Idade,
   Aparência,
   Portador de deficiências ou
    doenças.

   Podem levar à exclusão social.
   Tipos de deficiências:
    ◦ Motora
    ◦ Mental
    ◦ Entre outros
   Estado: dever de promover a
    ajuda com os transportes e
    construções públicas
   O que cada um de nós pode fazer:
    ◦ Contribuir sempre que puder em
      campanhas de ajuda ao deficiente;
    ◦ Não discriminar, gozando, o deficiente;
    ◦ Respeitar que os deficientes motores têm os
      mesmos direitos em tudo, como pessoas que
      não são deficientes.

Recomendados

Direitos dos Deficientes
Direitos dos DeficientesDireitos dos Deficientes
Direitos dos Deficienteskikatitic
 
Género e igualdade
Género e igualdade Género e igualdade
Género e igualdade sr adil
 
Os Nossos Direitos E Deveres Como CidadãOs
Os Nossos Direitos E Deveres Como CidadãOsOs Nossos Direitos E Deveres Como CidadãOs
Os Nossos Direitos E Deveres Como CidadãOspaulanapalma
 
Igualdade de género
Igualdade de géneroIgualdade de género
Igualdade de género200166754
 
Direitos da Pessoa com Deficiência
Direitos da Pessoa com DeficiênciaDireitos da Pessoa com Deficiência
Direitos da Pessoa com DeficiênciaMadalena Charruadas
 
CP 1 Fich. Trab. n.º 1 - Liberdade e Responsabilidade Pessoal (1).pdf
CP 1 Fich. Trab. n.º 1 - Liberdade e Responsabilidade Pessoal (1).pdfCP 1 Fich. Trab. n.º 1 - Liberdade e Responsabilidade Pessoal (1).pdf
CP 1 Fich. Trab. n.º 1 - Liberdade e Responsabilidade Pessoal (1).pdfarodatos81
 
Deficiencia mental preconceito
Deficiencia mental preconceitoDeficiencia mental preconceito
Deficiencia mental preconceitoGraca Miguel
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos HumanosMINV
 
Direitos da mulher
Direitos da mulherDireitos da mulher
Direitos da mulherbejr
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos HumanosMINV
 
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionais
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionaisCidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionais
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionaisClamar6480
 
Violência Doméstica.
Violência Doméstica.Violência Doméstica.
Violência Doméstica.Dandreia
 
Trabalho infantil
Trabalho infantilTrabalho infantil
Trabalho infantilbryner97
 
Pobreza e exclusão social (2)
Pobreza e exclusão social (2)Pobreza e exclusão social (2)
Pobreza e exclusão social (2)Alcina Barbosa
 
Estereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminaçãoEstereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminaçãoLuis De Sousa Rodrigues
 
Igualdade de Género | Linguagem Inclusiva
Igualdade de Género |  Linguagem InclusivaIgualdade de Género |  Linguagem Inclusiva
Igualdade de Género | Linguagem InclusivaJosé Cruz
 
Os direitos das mulher como direitos humanos
Os direitos das mulher como direitos humanosOs direitos das mulher como direitos humanos
Os direitos das mulher como direitos humanosVanessa Ribeiro
 
Trabalho infantil em portugal e no mundo
Trabalho infantil em portugal e no mundoTrabalho infantil em portugal e no mundo
Trabalho infantil em portugal e no mundomluisavalente
 
Eça de Queirós vida e obra
Eça de Queirós vida e obraEça de Queirós vida e obra
Eça de Queirós vida e obraElisabete Silva
 
Desigualdade de gênero
Desigualdade de gêneroDesigualdade de gênero
Desigualdade de gêneroWednei Gama
 
Violência no namoro
Violência no namoroViolência no namoro
Violência no namoropief2
 
Exploração do trabalho infantil
Exploração do trabalho infantilExploração do trabalho infantil
Exploração do trabalho infantilEliana Graça
 

Mais procurados (20)

Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
 
Direitos da mulher
Direitos da mulherDireitos da mulher
Direitos da mulher
 
Violência doméstica
Violência doméstica   Violência doméstica
Violência doméstica
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
 
Igualdade de gênero
Igualdade de gêneroIgualdade de gênero
Igualdade de gênero
 
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionais
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionaisCidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionais
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionais
 
Violência Doméstica.
Violência Doméstica.Violência Doméstica.
Violência Doméstica.
 
Desigualdade De Género
Desigualdade De GéneroDesigualdade De Género
Desigualdade De Género
 
Trabalho infantil
Trabalho infantilTrabalho infantil
Trabalho infantil
 
Dependências
DependênciasDependências
Dependências
 
Pobreza e exclusão social (2)
Pobreza e exclusão social (2)Pobreza e exclusão social (2)
Pobreza e exclusão social (2)
 
Estereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminaçãoEstereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminação
 
Igualdade de Género | Linguagem Inclusiva
Igualdade de Género |  Linguagem InclusivaIgualdade de Género |  Linguagem Inclusiva
Igualdade de Género | Linguagem Inclusiva
 
Os direitos das mulher como direitos humanos
Os direitos das mulher como direitos humanosOs direitos das mulher como direitos humanos
Os direitos das mulher como direitos humanos
 
Trabalho infantil em portugal e no mundo
Trabalho infantil em portugal e no mundoTrabalho infantil em portugal e no mundo
Trabalho infantil em portugal e no mundo
 
Eça de Queirós vida e obra
Eça de Queirós vida e obraEça de Queirós vida e obra
Eça de Queirós vida e obra
 
Desigualdade de gênero
Desigualdade de gêneroDesigualdade de gênero
Desigualdade de gênero
 
Violência no namoro
Violência no namoroViolência no namoro
Violência no namoro
 
Exploração do trabalho infantil
Exploração do trabalho infantilExploração do trabalho infantil
Exploração do trabalho infantil
 

Semelhante a A discriminação dos deficientes

Curso Gestores - Cidades Socialistas - Aula 8 Módulo 2
Curso Gestores - Cidades Socialistas - Aula 8 Módulo 2Curso Gestores - Cidades Socialistas - Aula 8 Módulo 2
Curso Gestores - Cidades Socialistas - Aula 8 Módulo 2CETUR
 
1- INCLUSÃO EXCLUSÃO IGUALDADE OPORTUNIDADES.pptx
1- INCLUSÃO EXCLUSÃO IGUALDADE OPORTUNIDADES.pptx1- INCLUSÃO EXCLUSÃO IGUALDADE OPORTUNIDADES.pptx
1- INCLUSÃO EXCLUSÃO IGUALDADE OPORTUNIDADES.pptxTeresa Pedras
 
Politicas publicas e educadores sociais (afonso murad)
Politicas publicas e educadores sociais (afonso murad)Politicas publicas e educadores sociais (afonso murad)
Politicas publicas e educadores sociais (afonso murad)Afonso Murad (FAJE)
 
Envelhecimento e polticas de estado
Envelhecimento e polticas de estadoEnvelhecimento e polticas de estado
Envelhecimento e polticas de estadoLucaomarques
 
Voluntariado e Políticas Públicas - Sandra Carvalho
Voluntariado e Políticas Públicas - Sandra CarvalhoVoluntariado e Políticas Públicas - Sandra Carvalho
Voluntariado e Políticas Públicas - Sandra CarvalhoRede Brasil Voluntario
 
Inclusão Social das Pessoas com Deficiência no Brasil
Inclusão Social das Pessoas com Deficiência no BrasilInclusão Social das Pessoas com Deficiência no Brasil
Inclusão Social das Pessoas com Deficiência no Brasilsaulonilson
 
Integração dos portadores de deficiência - a Sexualidade
Integração dos portadores de deficiência - a SexualidadeIntegração dos portadores de deficiência - a Sexualidade
Integração dos portadores de deficiência - a SexualidadeMichele Pó
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxIlda Bicacro
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxIlda Bicacro
 
2019_guia_versao17-04_final_APROVADA.pdf
2019_guia_versao17-04_final_APROVADA.pdf2019_guia_versao17-04_final_APROVADA.pdf
2019_guia_versao17-04_final_APROVADA.pdfEros89
 
Guia_de_comunicacao_inclusiva.pdf
Guia_de_comunicacao_inclusiva.pdfGuia_de_comunicacao_inclusiva.pdf
Guia_de_comunicacao_inclusiva.pdfdoismilevinteetres
 
Agentes de cidadania
Agentes de cidadaniaAgentes de cidadania
Agentes de cidadaniaAlziany Mello
 
Decreto De Madri - 2002
Decreto De Madri - 2002Decreto De Madri - 2002
Decreto De Madri - 2002asustecnologia
 
Tratado de sintonia
Tratado de sintoniaTratado de sintonia
Tratado de sintoniaAriel Pascke
 

Semelhante a A discriminação dos deficientes (20)

Curso Gestores - Cidades Socialistas - Aula 8 Módulo 2
Curso Gestores - Cidades Socialistas - Aula 8 Módulo 2Curso Gestores - Cidades Socialistas - Aula 8 Módulo 2
Curso Gestores - Cidades Socialistas - Aula 8 Módulo 2
 
1- INCLUSÃO EXCLUSÃO IGUALDADE OPORTUNIDADES.pptx
1- INCLUSÃO EXCLUSÃO IGUALDADE OPORTUNIDADES.pptx1- INCLUSÃO EXCLUSÃO IGUALDADE OPORTUNIDADES.pptx
1- INCLUSÃO EXCLUSÃO IGUALDADE OPORTUNIDADES.pptx
 
Direitos e deveres
Direitos e deveresDireitos e deveres
Direitos e deveres
 
Guia do Ativador
Guia do AtivadorGuia do Ativador
Guia do Ativador
 
Politicas publicas e educadores sociais (afonso murad)
Politicas publicas e educadores sociais (afonso murad)Politicas publicas e educadores sociais (afonso murad)
Politicas publicas e educadores sociais (afonso murad)
 
Envelhecimento e polticas de estado
Envelhecimento e polticas de estadoEnvelhecimento e polticas de estado
Envelhecimento e polticas de estado
 
Voluntariado e Políticas Públicas - Sandra Carvalho
Voluntariado e Políticas Públicas - Sandra CarvalhoVoluntariado e Políticas Públicas - Sandra Carvalho
Voluntariado e Políticas Públicas - Sandra Carvalho
 
Inclusão Social das Pessoas com Deficiência no Brasil
Inclusão Social das Pessoas com Deficiência no BrasilInclusão Social das Pessoas com Deficiência no Brasil
Inclusão Social das Pessoas com Deficiência no Brasil
 
Integração dos portadores de deficiência - a Sexualidade
Integração dos portadores de deficiência - a SexualidadeIntegração dos portadores de deficiência - a Sexualidade
Integração dos portadores de deficiência - a Sexualidade
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptx
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptx
 
Apresentação do projeto
Apresentação do projetoApresentação do projeto
Apresentação do projeto
 
2019_guia_versao17-04_final_APROVADA.pdf
2019_guia_versao17-04_final_APROVADA.pdf2019_guia_versao17-04_final_APROVADA.pdf
2019_guia_versao17-04_final_APROVADA.pdf
 
Guia_de_comunicacao_inclusiva.pdf
Guia_de_comunicacao_inclusiva.pdfGuia_de_comunicacao_inclusiva.pdf
Guia_de_comunicacao_inclusiva.pdf
 
Ser diferente é normal
Ser diferente é normalSer diferente é normal
Ser diferente é normal
 
Agentes de cidadania
Agentes de cidadaniaAgentes de cidadania
Agentes de cidadania
 
Historia cidadania
Historia   cidadaniaHistoria   cidadania
Historia cidadania
 
Cartilha
CartilhaCartilha
Cartilha
 
Decreto De Madri - 2002
Decreto De Madri - 2002Decreto De Madri - 2002
Decreto De Madri - 2002
 
Tratado de sintonia
Tratado de sintoniaTratado de sintonia
Tratado de sintonia
 

A discriminação dos deficientes

  • 2.  Fazer uma distinção.  Oferecer direitos diferentes a pessoas com características diferentes. ◦ Felicidade ◦ Ajuda ◦ Trabalho ◦ …  Discriminação sociológica: em relação á sociedade.
  • 3. Social,  Raça,  Sexo,  Crenças religiosas,  Estado civil,  Idade,  Aparência,  Portador de deficiências ou doenças.  Podem levar à exclusão social.
  • 4. Tipos de deficiências: ◦ Motora ◦ Mental ◦ Entre outros
  • 5. Estado: dever de promover a ajuda com os transportes e construções públicas
  • 6. O que cada um de nós pode fazer: ◦ Contribuir sempre que puder em campanhas de ajuda ao deficiente; ◦ Não discriminar, gozando, o deficiente; ◦ Respeitar que os deficientes motores têm os mesmos direitos em tudo, como pessoas que não são deficientes.
  • 7. Estado: dever de desenvolver uma pedagogia que sensibilize a sociedade quanto aos deveres de respeito e solidariedade para com eles.
  • 8. O que cada um de nós pode fazer: ◦ Respeitar e entender que os deficientes mentais têm os mesmos direitos do que nós; ◦ Ajudar, sempre que se puder, alguém que tem deficiências mentais;
  • 9. Normalmente os deficientes mentais na adolescência não têm muitos amigos, pois não têm uma aparência muito normal.
  • 10. O Estado: dever de realizar uma política nacional de ◦ Tratamento, ◦ Reabilitação, ◦ Integração, ◦ Apoio às suas famílias  Monetariamente (por exemplo)