SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
O Que estas imagens
representam?
CONVIVÊNCIA
FAMILIAR
Um dos mais graves problemas
humanos está na dificuldade de
convivência no lar. Pessoas que
enfrentam desajustes físicos e
psíquicos tem, não raro, uma história
de incompatibilidade familiar,
marcada por frequentes conflitos.
Espíritos que se prejudicaram uns aos outros
e que, não raro, foram inimigos ferozes,
reencontram-se no reduto doméstico.
Unidos não por afetividade, nem por
afinidade, e sim por imperativos de
reconciliação, no cumprimento das leis
divinas, enfrentam inegáveis dificuldades
para a harmonização, mesmo porque
conservam, inconscientemente, a mágoa do
passado. Daí as desavenças fáceis que
conturbam a vida familiar.
Importante considerar, todavia, que
esses desencontros são decorrentes
muito mais de nosso
comportamento no presente do que
dos compromissos do pretérito. Não
seria razoável Deus nos reunir no lar
para nos agredir e magoarmos uns
aos outros.
Se desejamos melhorar o ambiente doméstico,
em favor da harmonização, o primeiro passo é
inverter o processo de cobrança.
Normalmente os membros de uma casa
esperam demais dos outros, reclamando
atenção, respeito, compreensão, tolerância . . . A
moral cristã ensina que devemos cobrar tudo
isso sim, e muito mais, mas de nós mesmos,
porquanto nossa harmonia íntima depende não
do que recebemos, mas do que damos. E,
melhorando-nos, fatalmente estimularemos os
familiares a fazer o mesmo.
Diante de familiares difíceis, não
diga: "É minha cruz!" O único peso
que carregamos, capaz de esmagar a
alegria e o bom-ânimo, é o de nossa
milenar rebeldia ante os sábios
planos de Deus;
Elogie as virtudes do familiar, ainda
que incipientes, e jamais critique
seus defeitos. Como plantinhas
tenras, tanto uns como outros
crescem na proporção em que os
alimentamos;
Evite, no lar, hábitos e atitudes não
compatíveis com as normas de
respeito pelos companheiros de
jornada evolutiva, pois fica difícil
sustentar a harmonia doméstica;
Cultive o diálogo. Diz André Luiz que
quando os companheiros de um lar
perdem o gosto pela conversa, a
afetividade logo deixa a família.
“A família é um grupo de espíritos
normalmente necessitados,
desajustados, em compromisso
inadiável para a reparação, graças a
contingência reencarnatória.”
“A família é, antes de tudo, um
laboratório de experiências
reparadoras, na qual a felicidade e a
dor se alternam, programando a paz
futura.”
Porcos Espinhos
A família é a célula básica da
sociedade, onde a criança forma sua
identidade e amadurece
emocionalmente. A família
estabelece as funções entre seus
membros. É o espaço de confrontação
de gerações e onde homens e
mulheres manifestam suas diferenças
e relações de poder.
Nem sempre é fácil o entendimento
entre os membros da família. A
rápida evolução da sociedade
frequentemente gera conflitos dentro
da família e fora dela. É
compreensível e natural que os
jovens e os adultos tenham uma visão
de mundo diferente.
O conflito entre gerações sempre existiu.
Seria surpreendente se um adolescente
pensasse como uma pessoa madura. Os
jovens têm impulsos de rebeldia quando
começam a formar seus próprios valores.
Todavia, com o passar dos anos
compreendem que os pais tinham razão
em muitas coisas com as quais não
concordavam no passado.
A experiência de vida e o amor dos pais
pelos filhos são fatores importantes para
o bom relacionamento familiar. Compete
aos pais facilitar esse relacionamento com
flexibilidade e espírito jovial. Educar com
liberdade e ensinar a administrá-la com
responsabilidade é a melhor forma para
desenvolver a confiança e consolidar a
amizade entre pais e filhos.
Atualmente, um dos maiores conflitos
entre pais e filhos se dá no aspecto
material. O pai e a mãe que não dedicam
muito tempo e atenção aos filhos, acabam
tentando compensar sua ausência com
recompensas materiais. Esses pais
desconhecem que as crianças não
desenvolvem suas relações apenas em
termos de tempo, mas também pela
forma como se desenvolvem essas
relações.
Os pais que têm dificuldade de
demonstrar afeto reforçam ainda
mais os conflitos. A criança que
percebe o sentimento de culpa ou a
dificuldade dos pais em demonstrar
afeto poderá manipular e fazer
chantagem emotiva para obter mimos
ou regalias.
Pais sensatos são aqueles que observam a
educação e os conflitos familiares como
algo que requer sabedoria, dedicação e
amor para lidar com tão complicada
tarefa. É necessário respeito mútuo e
reconhecer que as pessoas são únicas e
diferentes. São essas diferenças que as
tornam especiais. Há necessidade de
reflexão e tranquilidade para manter o
equilíbrio de forças antagônicas que
existem nas relações familiares.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O que é ser família o divórcio e as novas famílias
O que é ser família   o divórcio e as novas famíliasO que é ser família   o divórcio e as novas famílias
O que é ser família o divórcio e as novas famíliasFatoze
 
Família, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).pptFamília, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).pptJeronimo Nunes
 
O que é ser família
O que é ser famíliaO que é ser família
O que é ser famíliaFatoze
 
Deixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhasDeixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhasLuciane Belchior
 
O maior mandamento
O maior mandamentoO maior mandamento
O maior mandamentoLorena Dias
 
Dinamicas de grupo mocidade (1)
Dinamicas de grupo mocidade (1)Dinamicas de grupo mocidade (1)
Dinamicas de grupo mocidade (1)Alice Lirio
 
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudaráAjuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudaráGraça Maciel
 
Palestra sobre Gratidão
Palestra sobre Gratidão Palestra sobre Gratidão
Palestra sobre Gratidão Marlon Reikdal
 
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Famíliaigmateus
 
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e EspiritualPais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e EspiritualMarcelo Suster
 
Palestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentosPalestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentosSandra Cecília Rocha
 
Conflitos nas familias-Denise Guimarães
Conflitos nas familias-Denise Guimarães Conflitos nas familias-Denise Guimarães
Conflitos nas familias-Denise Guimarães Cassandra Cristina
 
Conhecimento de si mesmo
Conhecimento de si mesmoConhecimento de si mesmo
Conhecimento de si mesmoHelio Cruz
 
Valorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CGValorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CGMima Badan
 

Mais procurados (20)

O que é ser família o divórcio e as novas famílias
O que é ser família   o divórcio e as novas famíliasO que é ser família   o divórcio e as novas famílias
O que é ser família o divórcio e as novas famílias
 
Família, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).pptFamília, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).ppt
 
O que é ser família
O que é ser famíliaO que é ser família
O que é ser família
 
Deixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhasDeixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhas
 
O maior mandamento
O maior mandamentoO maior mandamento
O maior mandamento
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
 
Dinamicas de grupo mocidade (1)
Dinamicas de grupo mocidade (1)Dinamicas de grupo mocidade (1)
Dinamicas de grupo mocidade (1)
 
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudaráAjuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
 
Palestra 19 mae uma homenagem
Palestra 19 mae uma homenagemPalestra 19 mae uma homenagem
Palestra 19 mae uma homenagem
 
Palestra sobre Gratidão
Palestra sobre Gratidão Palestra sobre Gratidão
Palestra sobre Gratidão
 
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
 
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e EspiritualPais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
 
UM DESAFIO CHAMADO FAMIÍLIA
UM DESAFIO CHAMADO FAMIÍLIAUM DESAFIO CHAMADO FAMIÍLIA
UM DESAFIO CHAMADO FAMIÍLIA
 
"Ainda que eu falasse as línguas dos homens..."
"Ainda que eu falasse as línguas dos homens...""Ainda que eu falasse as línguas dos homens..."
"Ainda que eu falasse as línguas dos homens..."
 
Palestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentosPalestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentos
 
Conflitos nas familias-Denise Guimarães
Conflitos nas familias-Denise Guimarães Conflitos nas familias-Denise Guimarães
Conflitos nas familias-Denise Guimarães
 
Saber Sofrer
Saber SofrerSaber Sofrer
Saber Sofrer
 
Conhecimento de si mesmo
Conhecimento de si mesmoConhecimento de si mesmo
Conhecimento de si mesmo
 
Valorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CGValorização da vida - Wilma Badan CG
Valorização da vida - Wilma Badan CG
 
Evangelho no lar ceak
Evangelho no lar ceakEvangelho no lar ceak
Evangelho no lar ceak
 

Destaque

Convivência familiar - aula 1
Convivência familiar - aula 1Convivência familiar - aula 1
Convivência familiar - aula 1RASC EAD
 
Relacionamento familiar apresentação
Relacionamento familiar   apresentaçãoRelacionamento familiar   apresentação
Relacionamento familiar apresentaçãoDaniel de Carvalho Luz
 
Convivência familiar e comunitária
Convivência familiar e comunitáriaConvivência familiar e comunitária
Convivência familiar e comunitáriaDarlla Sb
 
Relação familiar
Relação familiarRelação familiar
Relação familiarAngel Rosa
 
Palestra família
Palestra famíliaPalestra família
Palestra famíliapmgv5
 
Tipos de Família
Tipos de Família Tipos de Família
Tipos de Família Cordeiro_
 
A família na visão espírita
A família na visão espíritaA família na visão espírita
A família na visão espíritaJerri Almeida
 
conflitos familiares
conflitos familiaresconflitos familiares
conflitos familiaresderciomartins
 
A casa que Deus quer abençoar
A casa que Deus quer abençoarA casa que Deus quer abençoar
A casa que Deus quer abençoarAnita Oyaizu
 
Da família patriarcal às novas concepções de família no mundo contemporâneo
Da família patriarcal às novas concepções de família no mundo contemporâneoDa família patriarcal às novas concepções de família no mundo contemporâneo
Da família patriarcal às novas concepções de família no mundo contemporâneoPortal do Vestibulando
 
Plano Nacional de Convivência Familiar
Plano Nacional de Convivência FamiliarPlano Nacional de Convivência Familiar
Plano Nacional de Convivência FamiliarFabiana Adaice
 
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em família
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em famíliaLição 2 (jovens) - Relacionamento em família
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em famíliaNatalino das Neves Neves
 
Trabalho(RelaçãO Entre Pais E Filhos)
Trabalho(RelaçãO Entre Pais E Filhos)Trabalho(RelaçãO Entre Pais E Filhos)
Trabalho(RelaçãO Entre Pais E Filhos)Liliana
 
Convivência familiar - Aula 3
Convivência familiar - Aula 3Convivência familiar - Aula 3
Convivência familiar - Aula 3RASC EAD
 

Destaque (20)

Convivência familiar - aula 1
Convivência familiar - aula 1Convivência familiar - aula 1
Convivência familiar - aula 1
 
Relacionamento familiar apresentação
Relacionamento familiar   apresentaçãoRelacionamento familiar   apresentação
Relacionamento familiar apresentação
 
Convivência familiar e comunitária
Convivência familiar e comunitáriaConvivência familiar e comunitária
Convivência familiar e comunitária
 
Relação familiar
Relação familiarRelação familiar
Relação familiar
 
Palestra família
Palestra famíliaPalestra família
Palestra família
 
Tipos de Família
Tipos de Família Tipos de Família
Tipos de Família
 
A casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIA
A casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIAA casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIA
A casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIA
 
A família na visão espírita
A família na visão espíritaA família na visão espírita
A família na visão espírita
 
conflitos familiares
conflitos familiaresconflitos familiares
conflitos familiares
 
Conflitos na família
Conflitos na famíliaConflitos na família
Conflitos na família
 
ConvivêNcia Familiar. Jr Cordeiro.
ConvivêNcia Familiar. Jr Cordeiro.ConvivêNcia Familiar. Jr Cordeiro.
ConvivêNcia Familiar. Jr Cordeiro.
 
A casa que Deus quer abençoar
A casa que Deus quer abençoarA casa que Deus quer abençoar
A casa que Deus quer abençoar
 
Da família patriarcal às novas concepções de família no mundo contemporâneo
Da família patriarcal às novas concepções de família no mundo contemporâneoDa família patriarcal às novas concepções de família no mundo contemporâneo
Da família patriarcal às novas concepções de família no mundo contemporâneo
 
Plano Nacional de Convivência Familiar
Plano Nacional de Convivência FamiliarPlano Nacional de Convivência Familiar
Plano Nacional de Convivência Familiar
 
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em família
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em famíliaLição 2 (jovens) - Relacionamento em família
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em família
 
A família e as mudanças que afetam os
A família e as mudanças que afetam osA família e as mudanças que afetam os
A família e as mudanças que afetam os
 
Trabalho(RelaçãO Entre Pais E Filhos)
Trabalho(RelaçãO Entre Pais E Filhos)Trabalho(RelaçãO Entre Pais E Filhos)
Trabalho(RelaçãO Entre Pais E Filhos)
 
Convivência familiar - Aula 3
Convivência familiar - Aula 3Convivência familiar - Aula 3
Convivência familiar - Aula 3
 
Conviver é preciso
Conviver é precisoConviver é preciso
Conviver é preciso
 
Afetividade
AfetividadeAfetividade
Afetividade
 

Semelhante a Convivência Familiar!

Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiaresVictor Passos
 
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARES
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARESA MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARES
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARESAdriana Ferreira
 
Palestra AdolescêNcia E FamíLia
Palestra   AdolescêNcia E FamíLiaPalestra   AdolescêNcia E FamíLia
Palestra AdolescêNcia E FamíLiaccespirita
 
unb-assunto-familia.pptx
unb-assunto-familia.pptxunb-assunto-familia.pptx
unb-assunto-familia.pptxCarolMDomingues
 
Estudo biblico esperanca-para-a-familia
Estudo biblico esperanca-para-a-familiaEstudo biblico esperanca-para-a-familia
Estudo biblico esperanca-para-a-familiaDamy Nilson
 
A importancia-da-familia-na-educacao-dos-filhos
A importancia-da-familia-na-educacao-dos-filhosA importancia-da-familia-na-educacao-dos-filhos
A importancia-da-familia-na-educacao-dos-filhosMichelle Rios
 
Dia da família
Dia da famíliaDia da família
Dia da famíliaHelio Cruz
 
A familia curso entrevistadores
A familia   curso entrevistadoresA familia   curso entrevistadores
A familia curso entrevistadoresCeile Bernardo
 
Curso Entrevistadores - A Família
 Curso Entrevistadores - A Família Curso Entrevistadores - A Família
Curso Entrevistadores - A FamíliaCeile Maria Bernardo
 
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdf
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdfO Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdf
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdfmaviaeldesouza1
 
EBJ - Encontro 05/08/2012
EBJ - Encontro 05/08/2012EBJ - Encontro 05/08/2012
EBJ - Encontro 05/08/2012EBJ IPBCP
 
Objetivos da aula.pdf
Objetivos da aula.pdfObjetivos da aula.pdf
Objetivos da aula.pdfAlice Lirio
 
Dia da família
Dia da famíliaDia da família
Dia da famíliaHelio Cruz
 
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De RosaRosana De Rosa
 
Estudo familiar para encontro de casal
Estudo familiar para encontro de casalEstudo familiar para encontro de casal
Estudo familiar para encontro de casalValtemir Guimaraes
 
O Segredo da Felicidade Conjugal
O Segredo da Felicidade ConjugalO Segredo da Felicidade Conjugal
O Segredo da Felicidade ConjugalAntonieta Perpetua
 

Semelhante a Convivência Familiar! (20)

Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiares
 
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARES
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARESA MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARES
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RESGATANDO VALORES FAMILIARES
 
Palestra AdolescêNcia E FamíLia
Palestra   AdolescêNcia E FamíLiaPalestra   AdolescêNcia E FamíLia
Palestra AdolescêNcia E FamíLia
 
unb-assunto-familia.pptx
unb-assunto-familia.pptxunb-assunto-familia.pptx
unb-assunto-familia.pptx
 
Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2
 
98758819-Para-Que-Existe-a-Familia.pdf
98758819-Para-Que-Existe-a-Familia.pdf98758819-Para-Que-Existe-a-Familia.pdf
98758819-Para-Que-Existe-a-Familia.pdf
 
Construindo
ConstruindoConstruindo
Construindo
 
Estudo biblico esperanca-para-a-familia
Estudo biblico esperanca-para-a-familiaEstudo biblico esperanca-para-a-familia
Estudo biblico esperanca-para-a-familia
 
A importancia-da-familia-na-educacao-dos-filhos
A importancia-da-familia-na-educacao-dos-filhosA importancia-da-familia-na-educacao-dos-filhos
A importancia-da-familia-na-educacao-dos-filhos
 
Dia da família
Dia da famíliaDia da família
Dia da família
 
A familia curso entrevistadores
A familia   curso entrevistadoresA familia   curso entrevistadores
A familia curso entrevistadores
 
Curso Entrevistadores - A Família
 Curso Entrevistadores - A Família Curso Entrevistadores - A Família
Curso Entrevistadores - A Família
 
Filhos do divórcio
Filhos do divórcioFilhos do divórcio
Filhos do divórcio
 
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdf
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdfO Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdf
O Livro que você Gostaria que Seus Pais Tivessem Lido.pdf
 
EBJ - Encontro 05/08/2012
EBJ - Encontro 05/08/2012EBJ - Encontro 05/08/2012
EBJ - Encontro 05/08/2012
 
Objetivos da aula.pdf
Objetivos da aula.pdfObjetivos da aula.pdf
Objetivos da aula.pdf
 
Dia da família
Dia da famíliaDia da família
Dia da família
 
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa
 
Estudo familiar para encontro de casal
Estudo familiar para encontro de casalEstudo familiar para encontro de casal
Estudo familiar para encontro de casal
 
O Segredo da Felicidade Conjugal
O Segredo da Felicidade ConjugalO Segredo da Felicidade Conjugal
O Segredo da Felicidade Conjugal
 

Último

Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxViniciusPetersen1
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentaçãoantonio211075
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Priscilatrigodecamar
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...M.R.L
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfStelaWilbert
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoFabioLofrano
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024LeonardoQuintanilha4
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaNilson Almeida
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 

Último (14)

Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 

Convivência Familiar!

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16. O Que estas imagens representam?
  • 18. Um dos mais graves problemas humanos está na dificuldade de convivência no lar. Pessoas que enfrentam desajustes físicos e psíquicos tem, não raro, uma história de incompatibilidade familiar, marcada por frequentes conflitos.
  • 19. Espíritos que se prejudicaram uns aos outros e que, não raro, foram inimigos ferozes, reencontram-se no reduto doméstico. Unidos não por afetividade, nem por afinidade, e sim por imperativos de reconciliação, no cumprimento das leis divinas, enfrentam inegáveis dificuldades para a harmonização, mesmo porque conservam, inconscientemente, a mágoa do passado. Daí as desavenças fáceis que conturbam a vida familiar.
  • 20. Importante considerar, todavia, que esses desencontros são decorrentes muito mais de nosso comportamento no presente do que dos compromissos do pretérito. Não seria razoável Deus nos reunir no lar para nos agredir e magoarmos uns aos outros.
  • 21. Se desejamos melhorar o ambiente doméstico, em favor da harmonização, o primeiro passo é inverter o processo de cobrança. Normalmente os membros de uma casa esperam demais dos outros, reclamando atenção, respeito, compreensão, tolerância . . . A moral cristã ensina que devemos cobrar tudo isso sim, e muito mais, mas de nós mesmos, porquanto nossa harmonia íntima depende não do que recebemos, mas do que damos. E, melhorando-nos, fatalmente estimularemos os familiares a fazer o mesmo.
  • 22. Diante de familiares difíceis, não diga: "É minha cruz!" O único peso que carregamos, capaz de esmagar a alegria e o bom-ânimo, é o de nossa milenar rebeldia ante os sábios planos de Deus;
  • 23. Elogie as virtudes do familiar, ainda que incipientes, e jamais critique seus defeitos. Como plantinhas tenras, tanto uns como outros crescem na proporção em que os alimentamos;
  • 24. Evite, no lar, hábitos e atitudes não compatíveis com as normas de respeito pelos companheiros de jornada evolutiva, pois fica difícil sustentar a harmonia doméstica;
  • 25. Cultive o diálogo. Diz André Luiz que quando os companheiros de um lar perdem o gosto pela conversa, a afetividade logo deixa a família.
  • 26. “A família é um grupo de espíritos normalmente necessitados, desajustados, em compromisso inadiável para a reparação, graças a contingência reencarnatória.”
  • 27. “A família é, antes de tudo, um laboratório de experiências reparadoras, na qual a felicidade e a dor se alternam, programando a paz futura.”
  • 29. A família é a célula básica da sociedade, onde a criança forma sua identidade e amadurece emocionalmente. A família estabelece as funções entre seus membros. É o espaço de confrontação de gerações e onde homens e mulheres manifestam suas diferenças e relações de poder.
  • 30. Nem sempre é fácil o entendimento entre os membros da família. A rápida evolução da sociedade frequentemente gera conflitos dentro da família e fora dela. É compreensível e natural que os jovens e os adultos tenham uma visão de mundo diferente.
  • 31. O conflito entre gerações sempre existiu. Seria surpreendente se um adolescente pensasse como uma pessoa madura. Os jovens têm impulsos de rebeldia quando começam a formar seus próprios valores. Todavia, com o passar dos anos compreendem que os pais tinham razão em muitas coisas com as quais não concordavam no passado.
  • 32. A experiência de vida e o amor dos pais pelos filhos são fatores importantes para o bom relacionamento familiar. Compete aos pais facilitar esse relacionamento com flexibilidade e espírito jovial. Educar com liberdade e ensinar a administrá-la com responsabilidade é a melhor forma para desenvolver a confiança e consolidar a amizade entre pais e filhos.
  • 33. Atualmente, um dos maiores conflitos entre pais e filhos se dá no aspecto material. O pai e a mãe que não dedicam muito tempo e atenção aos filhos, acabam tentando compensar sua ausência com recompensas materiais. Esses pais desconhecem que as crianças não desenvolvem suas relações apenas em termos de tempo, mas também pela forma como se desenvolvem essas relações.
  • 34. Os pais que têm dificuldade de demonstrar afeto reforçam ainda mais os conflitos. A criança que percebe o sentimento de culpa ou a dificuldade dos pais em demonstrar afeto poderá manipular e fazer chantagem emotiva para obter mimos ou regalias.
  • 35. Pais sensatos são aqueles que observam a educação e os conflitos familiares como algo que requer sabedoria, dedicação e amor para lidar com tão complicada tarefa. É necessário respeito mútuo e reconhecer que as pessoas são únicas e diferentes. São essas diferenças que as tornam especiais. Há necessidade de reflexão e tranquilidade para manter o equilíbrio de forças antagônicas que existem nas relações familiares.