Historia o coelhinho-que-nao-era-de-pascoia

5.452 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.452
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
219
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Historia o coelhinho-que-nao-era-de-pascoia

  1. 1. O Coelho que não era de Páscoa
  2. 2. Vivinho era uma coelhinho branco redondo e fofinho.Todos os dias ia à escola com os seus irmãos.
  3. 3. Vivinho aprendia a pular, a correr…aprendia qual seria a melhor couvepara comer
  4. 4. Os coelhinhos foram crescendo,até que chegou a hora deescolherem a sua profissão.
  5. 5. -Eu vou ser Coelho de Páscoa, como omeu Pai!- dizia um deles.-Eu vou ser Coelho de Páscoa como omeu avô – dizia outro.-Eu vou ser Coelho de Páscoa como omeu bisavô – dizia o terceiro.
  6. 6. Todos queriam ser coelhos dePáscoa como o trisavô, o tetravô,enfim como todos os avós.
  7. 7. Só o nosso coelhinhoVivinho é que não dizianada. Os pais e os irmãosestavam já preocupados eperguntavam:-E tu Vivinho, o que é quetu queres ser?-Bom! Eu não sei o quequero ser. Mas sei o quenão quero: Ser Coelho dePáscoa.
  8. 8. Vivinho tinha muitos amigos: o beija-flor Florindo, aborboleta Julieta e a abelhaMelinda.
  9. 9. Os irmãos diziam:-Onde é que já se viu um coelho brincarcom uma abelha? E os pais já zangados também diziam:-Um coelho tem que ter uma profissão.-Já basta de brincadeira.
  10. 10. Não se preocupem! Euestou a aprender umaótima profissão - dizia ocoelhinho Vivinho.Só se estás aprender avoar, ou a zumbir –diziam os irmãos.
  11. 11. Até que chegou a Páscoa e oPai e a Mãe Coelho foramcomprar ovos para distribuir.Mas as fábricas tinham muitasencomendas. Não tinham maisovos para vender.
  12. 12. Em todos os lugares aresposta era sempre amesma:-Não temos mais ovos.Já vendemos tudo.
  13. 13. O casal Coelho foi atodas as fábricasexistentes na floresta.Foram à fábrica dossenhores: Veloso João Simão António Matoso Petrónio Sinfrónio Cardoso A resposta era sempre a mesma: - Já vendemos tudo.
  14. 14. E o casal Coelho voltava para casa muito desanimado:-Ora esta! Isto nunca aconteceu! Dizia o Pai Coelho.-Não podemos desiludir os nossos filhos – dizia a Mãe Coelha.- Mas já fomos a todas as fábricas. Não há solução – concluía o Pai Coelho
  15. 15. Os irmãos do coelhinho estavam muito tristes e diziam:-Esta era a primeira vez que íamos distribuir ovos aos meninos!- Que tristeza!
  16. 16. De repente Vivinho chegou com a amigaMelinda, a abelha.-porque não fazemos nós os ovos? –perguntou ele?-Nós não sabemos. Os Coelhos sósabem distribuir os ovos na Páscoa!-Pois eu sei – disse o Vivinho.
  17. 17. Será que ele sabe mesmo? – disse o pai.-Ele disse que sabe – disseram os irmãos.-Ele sabe, ele sabe! – disse a mãe.E com quem é que aprendeste?perguntaram todos curiosos.
  18. 18. Com os meus amigos. Eu não disse queestava a aprender uma profissão? Com o Florindo e com a Julieta aprendi a tirar o pólen das flores e com a Melinda aprendi a fazer os melhores doces do mundo com sabor a mel.
  19. 19. Então a casa da família Coelho transformou-se numa Fábrica, onde todos ajudavam.
  20. 20. O beija-flor Florindo, a borboleta Julieta e Melinda a maior doceira doMundo…e era o nosso Coelhinho Vivinho o Chefe da fábrica dos Ovos.
  21. 21. E quando a Páscoa chegou já tudoestava preparado. As cestas dosOvos estavam prontas.
  22. 22. Assim os irmãos do Vivinho podiam ir distribuir os Ovos atodos os meninos. Como estavam felizes!
  23. 23. Os pais do nosso coelhinhoVivinho estavam muitocontentes. A Mãe coelha deu-lheum grande xi- coração!
  24. 24. Toda a família estava feliz pois agora não iriam faltar nunca os ovosde Páscoa, pois tinham um Pasteleiro, o Vivinho.
  25. 25. Vivinho saltava de contente. A mãe coelha dizia:-O nosso filho já tem uma profissão.O pai coelho dizia:-Cada um deve seguir a sua vocação, quer dizer trabalhar com gosto ededicação.
  26. 26. BOA PÁSCOA ! MUITOSOVINHOS PARA TODOS!

×