Projeto san clar base 480ton_dia

590 visualizações

Publicada em

Projeto para Sanificar e Classificar residuos solido urbano, e com os produtos gerar energia elétrica

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
590
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto san clar base 480ton_dia

  1. 1. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00 SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RE RESÍDUOS SÃO PAULO 2012RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  2. 2. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00 SANCLAR SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESÍDUOS Consultora Ambiental Sonia Maria Paiva Projeto Executivo e Direção Edgard Bottini Engenheiro Gerenciamento da Imp Implementação Edgard Bottini Engenheiro Antonio Carlos Marques Tecnólogo Mecânico Consultoria Pedagógica e Projetos Sociais, Pesquisa e Redação. Roberto CastelhanoRUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  3. 3. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00 SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESÍDUOS “Um dia a Terra vai adoecer. Os mares vão escurecer e os peixes aparecerão mortos na correnteza dos rios. Quando esse dia chegar, os índios perderão seu espírito. Mas vão recuperá-lo lo para ensinar o homem branco a reverência pela sagrada Terra. Aí, então, todas as raças vão se unir sob o símbolo do arco-íris para terminar com a destruição. íris Será o tempo dos Guerreiros do Arco Arco-Íris “ PROFECIA REALIZADA HÁ MAIS DE 200 ANOS POR “OLHOS DE FOGO”, UMA VELHA ÍNDIA CREE (Nação Indígena dos Estados Unidos da América). dígenaRUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  4. 4. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00SUMÁRIOQUEM SOMOS ................................ .......................................................................................................................4 .......................OBJETIVO................................................................ ...............................................................................................4 ............................... Missão ................................................................ ................................................................................................ 4 .................................. Estratégia ................................................................ ..............................................................................................4 .............................. Valores ................................................................ ................................................................................................ 4 ................................. Nossa abordagem para o desenvolvimento humano ............................................................4 ............................INTRODUÇÃO ................................ .......................................................................................................................4 .......................PROJETO SanClaR ................................ ................................................................................................ .................................................4 CONSIDERAÇÕES SOBRE O MOMENTO ................................................................ 4 ..................................... CONSIDERAÇÕES SOBRE OS VÁRIOS MÉTODOS APLICADOS ATUALMENTE 4 CONSIDERAÇÕES SOBRE AS VÁRIAS POSSIBILIDADES COGITADAS. ..............4 CONSIDERAÇÕES SOBRE OS PLANOS SANCLAR. ................................ IDERAÇÕES ...................................................4DADOS TÉCNICOS E NUMÉRICOS PARA ANÁLISE SANCLAR ................................ 4 ..................................APÊNDICE A - DESCRIÇÃO TÉCNICA DO PROCESSO................................ ..................................................4APÊNDICE B - DESENHOS ................................ ................................................................................................ 4 ..................................APÊNDICE C - Descrição da Tecnologia ................................................................ ...............................................4APÊNDICE E – projetos sociais ................................ ..............................................................................................4 .............................. 1 - PROFISSIONALIZAÇÃO NO SETOR DE SERVIÇOS DOMÉSTICOS ...................4 2 - Laboratório Móvel de Informática................................................................ ..................................................4 RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  5. 5. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00RESUMO Atualmente, a realidade exige reflexões mais detidas, questionando valores e hábitos daspopulações. Apresentam-se ainda problemas ambientais que precisam ser vistos como diferentes sefaces de um mesmo prisma ecológico e que não exime nenhum ser humano, ligado diretamente nãoou indiretamente ao meio ambiente, impulsionando a uma mudança de postura relacionando relacionando-seaos valores e ideologias do desenvolvimento sustentável e a preservação do planeta. “Todas as atividades humanas têm con conseqüências para o ambiente”. ”. (RIFKLES, 2001). Os fundadores do Instituto, aceitando uma visão holística do mundo e os seres que ointegram, crendo que não há qualidade de vida, sequer existência tolerável sem que hajaequilíbrio entre o mundo e suas criaturas, procuraram um meio de auxiliar a proximidade deste criaturas,equilíbrio entre a espécie humana e o meio ambiente. Surge então, após anos de pesquisa do engenheiro e desenvolvedor da tecnologia, oprojeto SANCLAR – Sanificação e Classificação de Resíduos, que visa diminuir o impacto que visaestes causam ao meio ambiente, mesmo tendo sua destinação a aterros sanitários, cuja iente,capacidade de vida útil vencida mantém o local inapropriado por anos para a utilização humana,urbanização habitacional ou lazer. Através da tecnologia, o resíduo urbano é processado, reduzido de volume, classificado e ecnologia,destinado, com nenhum contato humano, não gerando subprodutos como odores, chorume, focospara vetores de risco à saúde e meio ambiente, pragas urbanas, minimizando ou eliminando adegradação humana na convivência, coleta e separação de lixo pela população carente ou abaixoda classificação de pobreza. Com uma capacidade mínima de processamento em torno de 120 a 200 toneladas deresíduos/dia, o Projeto Sanclar se apresenta como possibilidade de solução quanto à possibilidadeproblemática do resíduo urbano, adequação de local para destinação, neutralização do potencialpoluente, adequação às leis e normas federais e ambientais. Por ser implementado em módulosde processamento, sua ampliação é garantida para o aumento de demanda e facilitação de garantidamanutenção preventiva e corretiva. RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  6. 6. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00QUEM SOMOS “As organizações não governamentais desempenham um papel não-governamentais fundamental na modelagem e implementação da democracia participativa. A credibilidade delas repousa sobre o papel responsável e construtivo que sobre desempenha na sociedade. As organizações formais e informais, bem como os movimentos populares, devem ser reconhecidos como parceiros na implementação da Agenda 21. A natureza do papel independente desempenhado pelas pela organizações não-governamentais governamentais exige uma participação genuína; portanto, a independência é um atributo essencial dessas organizações e constitui condição prévia para a participação genuína”. Agenda 21, capítulo 27. O Instituto SANCLAR tem por finalidade apoiar e desenvolver ações para a defesa, finalidadeelevação e manutenção da qualidade de vida do ser humano e do meio ambiente, através dasanificação e classificação de resíduos; das atividades de educação profissional e ambiental,promovendo ações objetivando despertar o interesse do cidadão pela manutenção da qualidadede vida, tendo como ferramenta a conservação do meio ambiente e viabilizar meios para aconscientização da importância da sanificação, classificação e reaproveitamento de materiaisdescartados, comumente chamados de lixo. O Instituto é uma organização não governamental e sem fins lucrativos. SANCLAR significa Sanificação e Classificação de Resíduos. Sanificação, latim sanitas = saúde; Sanificação: substantivo feminino; ato ou efeito de sanifica sanificar; Sanificar: v. tr. Tornar são ou salubre; desinfetar. RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  7. 7. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00OBJETIVOMissão A missão do Instituto é promover, através do desenvolvimento de tecnologia, a sanificaçãode resíduos urbanos, a priori domésticos, com o intuito de eliminar o chorume e o mau cheir cheirocausados pelo acúmulo de resíduos na sua maioria orgânicos em aterros sanitários, aumentandoassim a vida útil destas áreas ou mesmo, se possível, eliminando as, permitindo seu uso para eliminando-as,ações de cunho social, projetos habitacionais, áreas de lazer, redução do risco de contaminação reduçãopor infecções a catadores de lixo, etc., ou implementações industriais, comerciais, etc. Desenvolver ações para a defesa, elevação e manutenção da qualidade de vida do serhumano e do meio ambiente através da sanificação e classificação de resíduos; das atividades de classificaçãoeducação profissional e ambiental, promovendo ações objetivando despertar o interesse docidadão pela manutenção da qualidade de vida, tendo como ferramenta a conservação do meioambiente e viabilizar meios para a conscientização da importância da sanificação, classificação e conscientizaçãoreaproveitamento de materiais descartados, comumente chamados de lixo.Estratégia As estratégias empregadas para atingirmos nossa missão e visão serão: • Desenvolver lver tecnologia nacional para sanificação de resíduos urbanos; classificação de materiais recicláveis; gerar seqüestro e/ou eliminação de CO2; captar créditos carbono; ser auto auto-gestionável; • Trabalhar em parceria com as entidades do setor público (no âmbito Municipal, Estadual e Federal), do terceiro setor (Fundações, Associações de Bairro, Entidades ), Filantrópicas, sem fins lucrativos, etc.) e setor privado (Indústrias, Empresas, Profissionais Liberais), além de membros da sociedade civil (dispostos a atuar em ações como voluntários) para contribuir com a melhoria da Qualidade de Vida, do ensino formal e a informal, na qualificação das competências e habilidades pessoais, profissionais ou não; • Fornecer conjuntos articulados de atividades — bem como orientar sua aplicação — capazes de promover, nas pessoas, o desenvolvimento de habilidades e competências er, e autoconfiança que as leve a se perceberem, perceberem o próximo, se reconhecerem no próximo, fazendo parte de um grupo de relacionamento saudável, estável e integro, e a fortalecerem seu comprometimento comprometimento e responsabilidade para RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  8. 8. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00 consigo mesmos e para com os outros; • Oferecer oportunidades, vivências e experiências de qualidade objetiva e subjetiva que preparem os que se encontram em risco de desemprego, os que estão procurando sua primeira colocação profissional, os que procuram melhorar suas qualificações natas (e cação inatas), para concorrerem a melhores oportunidades de trabalho e qualidade de vida; • Oferecer acesso à informação e à cultura através da: mídia falada, escrita e televisiva; da rede mundial – a Internet – por meio de seus veículos mais populares: sites, ndial chats, e-mails, rádios e TV virtual, etc. mails,Valores Nossos programas e atividades são baseados nos seguintes valores: • Preservação, conservação e qualificação do meio urbano através da conscientização e proteção ambiental; onscientização • Educação (formal, informal, moral e ética) e o desenvolvimento de pessoas é o foco central de nossa atuação. • A comunidade. Esta detém condições privilegiadas para promover o desenvolvimento efetivo do meio em que vive nos seus vários âmbitos (político, social e econômico). • Consolidação de quaisquer mudanças constitui se um processo intensivo, profundo constitui-se e de longa duração. • Aprendizagem efetiva se dá por meio de um processo alternado de ação – reflexão sobre a ação – ação renovada. Aprende se pela experimentação, pelo fazer. o Aprende-se As partes interessadas (nosso público alvo) são condutores de processos. Nosso papel é público-alvo)tornar disponíveis conhecimentos e experiências adicionais que facilitem seus processos de mentosapropriação de saberes e a consolidação do conhecimento. A autonomia é fruto da condução de eresprocessos e da apropriação de saberes. Quaisquer ações implementadas são guiadas por estratégias bem definidas deacompanhamento e monitoramento. Avaliações objetivas serão sempre utilizadas para acompanhar a evolução da pessoa,indicar aspectos que merecem intervenção imediata, comprovar resultados efetivos e direcionarnossas ações (e/ou ações futuras).Nossa abordagem para o desenvolvimento humano RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  9. 9. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00 Como parceiros das comunidades, empresas e organizações públicas e privadas comunidades,oferecemos aos integrantes de baixa renda a oportunidade de participar de ações sócio sócio-políticas,extracurriculares, assim, adolescentes, jovens e adultos recuperam (ou adquirem) o senso depertencimento a sociedade, entram em contato com modelos de atuação cidadã, desenvolvem dade,sua auto-estima, se descobrem capazes de realizar atividades e projetos relevantes. Preparam estima, Preparam-separa o trabalho e para a vida, por meio de atividades de projetos em equipe, planejamento,participação social, liderança, expressão e empreendedorismo. rticipação RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  10. 10. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00INTRODUÇÃO As questões ambientais no Brasil adquiriram maior dimensão nos anos 90 com aproximidade da Rio 92 – reunião de cúpula de todos os governos filiados às Nações Unidas, queaté então era um tema pouco desenvolvido, pouco se falava e entre a população era vista como“modismo”. Hoje, um pouco mais de dez anos após, notamos uma crescente atenção com as questõesambientais. Ainda assim falta muito para chegarmos ao nível plenamente releva relevante sobre taisquestões. Samyra Crespo, pesquisadora titular do Departamento de História da Ciência do Museude Astronomia e Ciências Afins, órgão do Ministério da Ciência e Tecnologia, tem entre seusprincipais trabalhos a única base de dados nesta temática, o survey nacional de título “O que o temática,brasileiro pensa do meio ambiente e do desenvolvimento sustentável”. Mesmo o IBGE (InstitutoBrasileiro de Geografia e Estatística), que possui uma longa tradição em levantamentos,pesquisas e diagnósticos ambientais, não possui ênfase na produção estatística proposta por este ambientais,trabalho, com o enfoque na ótica e conceitos ecológicos de sustentabilidade ambiental(TRIGUEIRO, 2004). A partir da Conferência Intergovernamental sobre Educação Ambien Ambiental realizada emTsibilisi (Geórgia), em 1977, iniciou se um amplo processo em padrão global, a fim de criar iniciou-secondições que formem uma nova consciência sobre o valor da natureza e para reorientar a aprodução de conhecimento baseada nos métodos da interdisciplinaridade e nos princípios da interdisciplinaridadecomplexidade (JACOB, 2003). Até a data e no geral, "o homem atuou no seu ambiente como um parasita, tomando o quedeseja com pouca atenção pela saúde do seu hospedeiro, isto é, do sistema de sustentação dasua vida” (ODUM, 2004). As secas, enchentes que assolam nossas cidades, o buraco na camada de ozônio, odegelo das calotas polares, entre outros tantos; são eventos que foram iniciados aos poucos,através da ação do homem e foram potencializados com o desenvolvimento de no novas tecnologias;gerando assim uma crise de percepção inadequada da realidade atual, e a não consciência deque, com simples atos nossos, podemos contribuir generosamente para o agravamento oucorreção dessas agressões (ABREU, 2001). Uma postura adequada em face desta realidade deve ser desenvolvida e aprendida desdeo nascimento; a educação ambiental, e quando isso não acontece, nunca é tarde para serdesenvolvida partindo de onde se está. É através desse desenvolvimentohumano, com a modificação de comportamento e adquirindo consciência de comportamentocomo determinadas ações passam a intervir e promover um RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  11. 11. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00desenvolvimento excelente para que propiciemos a nossa sobrevivência e a perpetuação dasgerações futuras. “O conhecer precede o agir” (PELICONI, 2004). RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  12. 12. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00PROJETO SanClaR “Como muitos dos problemas e soluções tratados na Agenda 21 têm suas raízes nas atividades locais, a participação e cooperação das autoridades locais será um fator determinante na realização de seus objetivos. As autoridades locais constroem, operam e mantêm uma infra operam infra- estrutura econômica, social e ambiental, supervisionam os processos de planejamento, estabelecem as políticas e regulamentações ambientais locais e contribuem para a implementação de políticas ambientais nacionais e subnacionais. Como nível de governo mais próximo do povo, Como desempenham um papel essencial na educação, mobilização e resposta ao público em favor de um desenvolvimento sustentável.” Agenda 21, capítulo 28CONSIDERAÇÕES SOBRE O MOMENTO Talvez seja redundante comentar, neste ano de 2009, os problemas que se apresentam e nesteas perspectivas que se tem quanto ao futuro próximo e futuro remoto com relação à produção edestino do lixo gerado diariamente. O pior é que a maior parte deste lixo não é biodegradável, sendo composto de resíduosindustriais duradouros, demandando da natureza um tempo muito grande, da ordem de dezenas e dustriaisàs vezes centenas de anos, para se decompor. Associando isto à produção diária, tem tem-se umanoção do que nos espera para os próximos anos se não tomarmos medidas rápidas e eficientes. Os países ditos industrializados, do chamado primeiro mundo, não estão dispostos arenunciar a seus privilégios e confortos. Com isto, tem se criado somente medidas e processos tem-sepaliativos procurando criar, não soluções, mas somente remunerações aos países emergentes e somenteao terceiro mundo para compensar seu comportamento altamente poluente. Além disso, há o problema do desperdício considerando se o potencial energético e o valor considerando-sedesprezado destes resíduos. Estas considerações, óbvias a todas as pessoas, foram as raízes da disposição de criação óbviasdo Processo Sanclar.CONSIDERAÇÕES SOBRE OS VÁRIOS MÉTODOS APLICADOSATUALMENTE RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  13. 13. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00 O mais elementar e freqüente é o chamado Lixão, que na verdade não passa de umespaço aberto onde o lixo é simplesmente descarregado. Esses locais, além de permitir a simplesmentepresença de pessoas extremamente miseráveis em busca de seu sustento, ainda poluemintensamente o ar, o solo e a água subterrânea pela liberação de chorume. A presença deste lixoem decomposição atrai ratos, insetos, etc., predispondo o ambiente a contaminações biológicas e isendo freqüentemente focos de doenças. Também é normal encontrar se Aterros Sanitários que também descarregam os resíduos encontrar-seem campo aberto, porém têm normas de formação reduzindo os perigos encontrados nos lixões. osNeste caso, o lixo é disposto em camadas e coberto com uma camada de terra. Se obedecidas asnormas, o que nem sempre é o caso, o solo é impermeabilizado reduzindo o problema decontaminação da água pelo chorume. Ainda assim, a fermentação forma bolsões de metano, altamente explosivo, e liberação im,deste poluente para a atmosfera. Nestes dois casos o que mais choca é a degradação humana, no lixão revolvendo o lixopara sobreviver e no segundo eventualmente separando e classificando material altamente classificandocontaminado e sujo. A terceira hipótese mais freqüente é a adoção de Incineradores. Estes, quando bemcalculados e eficientemente operados, resolvem boa parte dos problemas de materialcontaminado e poluente. Para ser considerado incinerador, o equipamento só pode liberar de suachaminé dióxido de carbono e água, nada mais, e da câmara de combustão somente cinza.Quando são mal calculados e operados, não passa de uma fornalha, o que é o mais freqüente,liberando gases tóxicos e particulados. rticulados. Há outros métodos em operação para lixo específico, como material hospitalar, materialbiológico, cremações para animais, etc., que são aplicados a uma parcela mínima do m mercado. A partir destes estudos desenvolveu se o processo Sanclar onde foram analisados, desenvolveu-setestados e eliminados todos os aspectos de poluição, e ainda, buscada a forma de obter obter-se omáximo de rendimento dos processos de reciclagem. Outras hipóteses têm sido tentadas, mas todas apresentando pontos frágeis. Todos estes métodos corrompem e compromete os arredores quanto às condições de orrompemhabitabilidade, conforto das pessoas e valorização da região.CONSIDERAÇÕES SOBRE AS VÁRIAS POSSIBILIDADES COGITADAS. Tanto nos casos acima expostos como nas outras tentativas que setentou por em prática, embora resolvessem parcialmente os problemas, RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  14. 14. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00deixaram muitos pontos do processo de eliminação/reaproveitamento de lixo a descoberto. No caso do Lixão todos os problemas permanecem e crescem com a fermentação do lixoe geração de gases combustíveis, tóxicos e poluentes e mais a geração de fontes de combustíveis,contaminação sanitária e biológica. E ainda a facilidade de permanência de pessoas e animaisconvivendo e manipulando a sujeira. Nos Aterros Sanitários também há promiscuidade do ser humano com a sujeir liberação sujeira,de gases tóxicos, poluentes e combustíveis, embora em alguns casos haja proteção quanto àcontaminação da água subterrânea. Os incineradores eliminam grande parte dos problemas, porém ainda produzem resíduosque vão depender de aterros. O mau cheiro e a vulnerabilidade às contaminações por ratos e insetos tambémdesvaloriza a região. Outros métodos que vêm sendo propostos e tentados também diminuem parcialmente osproblemas devido à dependência do aterro sanitário para deposição final. O Processo Sanclar compensou o longo tempo despendido para seu desenvolvimento com soa abordagem total do problema e empenho na busca da solução definitiva.CONSIDERAÇÕES SOBRE OS PLANOS SANCLAR. Os serviços regulamentados de processamento do lixo urbano em geral adotam a seguinterotina: Recolhem os resíduos em caminhões, especiais ou não, e em seguida este material éencaminhado para aterro sanitário ou incinerador. A situação dramática a que se chegou obrigou a criação de novos processos queaproveitem, com a maior otimização possível, os refugos, reduzam os volumes depositados, aiorsanifiquem este material e não sejam poluentes. E, o mais possível, que o processo seja lucrativo. Aplicando como elemento principal a operação de um digestor empregando açõesmecânicas, térmicas, químicas e biológicas, criaram se condições de alta tecnologia na s, criaram-seclassificação, separação e sanificação de resíduos. Permite, sobretudo, a neutralização de material contaminado ou hospitalar e, o maisimportante, não dá acesso a manipulação de material sujo e contaminado. Além disso, atende a detodas as exigências governamentais, gerando lucros para o empreendedor e para o país comrelação aos créditos de carbono. Os resíduos recolhidos são encaminhados por processos mecânicos, semmanipulação, diretamente para o digestor. Após processado teremos: materialcelulósico desfibrado e retorcido formando pequenos feixes de fibras RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  15. 15. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00resistentes e, se necessário, combustíveis; as embalagens de lata (folha de Flandres) saem semetiqueta ou pintura e amassadas; as embalagens de alumínio saem sem pintura ou verniz protetor as;e amassado; os materiais plásticos saem dissolvidos ou amolecidos. As bactérias e fungos, queproduzem mau cheiro, são eliminados por combustão ou radiação ultravioleta e os gasescombustíveis ou são queimados na saída ou são encaminhados para a caldeira como iscombustível. A única emanação para a atmosfera é água pura em forma de vapor.(que pode sercondensado e coletada) A redução final de volume do material tratado é da ordem de 80%. Reaproveitamentos: Latas, embalagens de alumínio = 100% eitamentos: Plásticos: de 60 a 90%, conforme os usos e reciclagens propostos; As fibras de celulose: 100% para aplicações como fibras para construção de placas, telhasou substitutos da madeira ou ainda como combustível a ser queimada em suspensão porqueimadores especiais, ou como polpa, para geração de gás por fermentação anaeróbica oufertilizante. No sistema SANCLAR o digestor pode operar no processo de descontaminação de solosafetados por poluentes derivados de petróleo e altamente cancerígenos associando o processo petróleomecânico ao biológico com a aplicação de enzimas e bactérias. Todo o processo é operado no mais alto índice de automação e segurança. Deve ser destacado: *Neste sistema a poluição do solo, da água e do ar é igual a zero; *O sistema é altamente lucrativo com relação às reciclagens e crédito e carbono; *Não permite o contato humano com contaminados; *O processo construtivo, no local da instalação, gera empregos, forma técnicos para a geraconstrução que depois são aproveitados para operação e manutenção dos equipamentos, e reduz isos custos de transportes e sub-empreitadas. empreitadas. RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  16. 16. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00DADOS TÉCNICOS E NUMÉRICOS PARA ANÁLISE SANCLAR Affaire Lixo e Geração: Padrões Produção unitária: 1,3 kg/pessoa/dia (para 10.000 habitantes = 13 T/dia) 10.000 Procedimentos habituais: Aterro sanitário, Incineração, Reciclagem.(Rio de Janeiro – 1994 ----7.900 T/dia - do 21º. Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e 7.900Ambiental - Liliana P. Navel e Sabrina Matias Gondim) RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  17. 17. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00 Material Orgânico Plástico Papel e Papelão Metal Tecido Vidros Borracha Couro Outros MateriaisMaterial Orgânico 61,54%Plástico 11,38%Papel e Papelão 10,67%Metal 5,90%Tecido 2,42%Vidros 2,38%Borracha 1,10%Couro 0,30%Outros 3,31% Materiais Combustíveis pci (kcal/kg)Material Orgânico 2.000Papel e Papelão 3.000Tecidos 2.500 RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  18. 18. 4000 3500 INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00 3000 2500 2000 1500 1000 500 0 pci (kcal/kg) Material Orgânico Papel e Papelão Tecidos Couro Materiais Combustíveis pci (kcal/kg)Couro 3.500LEVANTAMENTO PARA INSTALAÇÃO SANCLAR DA UNIDADE PARA APROVEITAMENTO LAÇÃODO LIXO.GERAÇÃO DE LIXO: 480 TONELADAS / DIA.(TOMANDO POR REFERÊNCIA DADOS OBTIDOS DO 21º. CONGRESSO BRASILEIRO DEENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL, APRESENTADO HARIAPOR LILIANA P. NAVEL E SABRINA MATIAS GONDIM EM 1994.)MATERIAL ORGÂNICO 61,54% 295,39 TON.PLÁSTICO 11,38% 54,62 TONPAPEL E PAPELÃO 10,67% 51,21 TONMETAIS 5,90% 28,32 TON RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  19. 19. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00TECIDOS 2,42% 11,52 TONVIDROS 2,38% 11,42 TONBORRACHA 1,10% 4,84 TONCOURO 0,30% 1,44 TONOUTROS 4,31% 14,88 TONCOMBUSTÍVEIS:MATERIAL ORGÂNICO 295,39 TON PCI 2.000kCal/kg = 590.780,00 McalPAPEL/PAPELÃO 51,21 “ “ 3.000 “ = 153.630 “TECIDOS 11,52 “ “ 2.500 “ = 17.280 “COURO 1,44 “ “ 3.500 “ = 5.040 “. 761.695 MCal.1 kW = 860 kCal, logo;761.695 MCal = 885.691 kW ou 885,7 MWConsiderando eficiência de 80% teremos : 885,7 X 0,80 = 708,56 MW Crédito de carbono. 808.450 RCEs – 1.600.000 T de metano no aterro Bandeirantes, em Perus – SP; R$ 34.000.000,00 Produção = 15.000 T/dia. Do lixão de Duque de Caxias – RJ Produção de 1.800 m³ / h de biogás. .800 Medição local 50 a 55% de CH4 35 a 38% de CO2 1 a 2% de O2 Inf. CETESB Geral: 0,40 a 0,60 Kg/ habitante, Grandes centros: 1,5 Kg/ habitante RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  20. 20. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00APÊNDICE A - DESCRIÇÃO TÉCNICA DO PROCESSO 1- Os resíduos chegam em caminhões, especiais ou não, de suas fontes de procedência esão despejados sem contato manual na Tremonha de Descarga (01). Esta, por ser de concretoáspero procede a ruptura de alguns sacos plásticos em seu encaminhamento para a esteira de sacosretirada (02). O chorume destes sacos é contido na câmara abaixo da esteira (02) e daíbombeado para o digestor. Esta tremonha é dotada de sprays para água limpa para lavagem datremonha no fim do expediente 2- A esteira metálica retira o material da tremonha (01), que é transferido para a bica dedescarga (03); 3- A correia transportadora (04) leva este material diretamente para o digestor (05); 4- O digestor (05) é dotado de movimentos de rotação pró ou anti anti-horária e inclinaçãofrontal ou traseira de 15º. Estando nesta inclinação para trás, o digestor (05) recebe a carga dacorreia (04) por aproximadamente 30 minutos. Após isso, é fechado hermeticamente e é iniciado oprocesso de aquecimento, de rotação e de oscilação frontal/traseira obrigando a carga a revolver rotação revolver-se e deslocar-se longitudinalmente. O aparelho cumpre suas funções empregando processos semecânicos, térmicos, químicos e, eventualmente, biológicos. Este procedimento dura de 3,00 a4,50 horas, dependendo da natureza dos resíduos. , Depois de cumprido o processo, o digestor (05) é inclinado para frente, tendo aberta suatampa, descarrega o material processado na correia (06). Este processo leva aproximadamente30 minutos devido aos procedimentos posteriores, relativamente lentos, quanto aos resíduos. procedimentos 5- A correia (06) descarrega os materiais já sanificados e limpos na captação da correia(07); 6- A correia (07) é plana e larga, permitindo pela sua baixa velocidade a catação manualde objetos volumosos. Estes são despejados manualmente na tremonha de descarga (08), daí umosos.seguindo para a caçamba (18) para remoção. Neste estágio de catação manual não hácontaminação devido os materiais estarem limpos e sanificados; 7- A correia (07) leva esta carga para o dispositivo (09), grelha vibratória eletromagnética paraconstruída de forma a separar e permitir a retirada mecânica de embalagens de lata, de alumínioe de vidro. Deste equipamento com três saídas teremos a separação de: a- Produtos leves (celulósicos e plásticos) que são encaminhados para a correia (11) e daí para o equipamento (15); b- Embalagens de lata e alumínio, encaminhadas para correia (13); c- Embalagens de vidro, encaminhadas para correia (12) e para caçamba (23) e daí para remoção. RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  21. 21. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00 8- O equipamento eletromagnético (14) tem a função de separar embalagens de lata e de mentoalumínio, encaminhado-as, respectivamente, para caçambas (21) e caçamba (22) para remoção; as, 9- O equipamento (15), dotado de peneira e alimentador eletromagnéticos, separa osresíduos celulósicos dos resíduos plásticos, encaminhando os, respectivamente ao silo (19) e à s encaminhando-os,caçamba (20); 10- O dispositivo (26) colocado junto ao escape de vapor sobre o digestor (5) é dotado dedivisões e chicanas internas para permitir a queima tendo como c comburente oxigênio puro, para tequeima de qualquer gás residual que poderia vir a contaminar a atmosfera. 11- A caldeira (25) alimenta o digestor (05) nas funções onde for necessário. RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  22. 22. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00APÊNDICE B - DESENHOS RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  23. 23. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00APÊNDICE C - DESCRIÇÃO DA TECNOLO TECNOLOGIA Resumo A presente invenção tem por objetivo um processo de tratamento de resíduos urbanos,hospitalares e industriais através de sanificação dos mesmos por processosmecânicos/térmicos/químicos e biológicos tornando os inócuos e reduzindo seu volume em 80% tornando-osdeixando-os prontos para reciclagem. Essa transformação e classificação são feitas com o osemprego de um equipamento composto de silos e caçambas de captação de descarga, umdigestor dotado de ação mecânica e térmica, eventualmente com acréscimo de produtos qu químicosou biológicos e três equipamentos especiais sendo: um para separação de embalagens metálicase vidro, outro para separação de metais ferrosos e não ferrosos e o terceiro para separação decelulose e plástico. O resultado são material celulósico fibroso e seco, embalagens de alumínio e fibrosode lata limpas e amassadas, plásticos amolecidos ou derretidos, embalagens de vidro, tudo plásticosdescontaminado, limpo e sem cheiro. Do material celulósico, podem se produzir fibras para podem-seconstrução de blocos, telhas, caixas; fermentá-lo anaerobicamente para produção de fertilizantes, lousá-lo como material de preenchimento em construções moldadas, ou ainda usá lo usá-lo comocombustível, já que tem propriedades caloríficas altas e pode ser queimado em combustorespecial para pó. A característica principal do invento prende se ao fato de eliminar todo e acterística prende-sequalquer tipo de contaminação com índice de poluição igual a zero. A partir de estudos em outros sistemas de tratamento, segurança e destinação de resíduosurbanos, desenvolveu-se o processo Sanclar onde foram analisados, testados e eliminados todos essoe aspectos de poluição, e ainda, buscada a forma de obter se o máximo de rendimento dos obter-seprocessos de reciclagem. RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  24. 24. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00 Descrição da tecnologia1 “PROCESSO SANCLAR - SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESÍDUOS”,compreendido por uma tremonha de descarga (01) ocupando espaço sob e sobre o nível do solo,para recepção dos resíduos por descarga direta dos caminhões; uma esteira metálica (02) saindodo subsolo, levando a carga até a bica da correia de alimentação; uma bica de descarga (03) e alimentação;uma correia (04) de acesso ao digestor, um digestor cilíndrico horizontal (05) para processamentode neutralização dos resíduos, com movimentos de oscilação longitudinal e rotativo, uma correiatransportadora de descarga (06) do digestor para a correia de catação, uma correia atransportadora plana (07) de baixa velocidade para catação de material sólido de grande volume;uma tremonha (08) para receber os sólidos volumosos, uma correia transportadora (18) para volumosos,remoção; um equipamento eletromagnético (09) dotado de alimentador eletromagnético com mcalha dupla para separação de latas, alumínio e vidro, correia transportadora (12) e caçamba (23)para remoção de vidros, correia transportadora (13), equipamento eletromagnético (14) paraseparação de metais ferrosos e não ferrosos, correia transportadora e caçamba (21) para não-ferrosos,remoção de latas e material ferroso,correia transportadora e caçamba (22) para remoção deembalagens de alumínio, correia transportadora (11), peneira eletromagnética múltipla (15) para eletromagnéticaseparação de plásticos e celulósicos, correia transportadora (16) e caçamba (20) para remoção demateriais ferrosos e correia transportadora (17) e silo(19) para deposição de material celulósico.1 Vide figura Apêndice B - desenhos RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  25. 25. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00APENDICE D - CUSTO GLOBAL EST ESTIMADO CONSIDERANDO OS PROB PROBLEMAS MUNDIAIS CRIADOS PELA GERAÇÃO DE L OS LIXO URBANO,SE TIVERMOS: 1- LIXO SEM CHORUME 2- ELIMINAÇÃO TOTAL DE LIXÕES E ATERROS SANITÁRIOS 3- PRODUÇÃO DE COMBUSTÍ COMBUSTÍVEL SECO E NÃO POLUENTE 4- GERAÇÃO DE ENERGIA E ELÉTRICA A RAZÃO DE 1,5 MW POR TONE ,5 TONELADA BRUTA DE LIXO CONSIDERANDO EFICIÊNCIA 85% 5- POLUIÇÃO ZERO DO SOL E DA ÁGUA E CONTAMINAÇÃO DO AR SOMENTE DO SOLO INAÇÃO CO2 PROVENIENTE DA C COMBUSTÃO 6- ALTO CRÉDITO DE CARB CARBONO 7- CRÉDITO DE 100% DE M METANO EVITADO 8- MATERIAIS RECICLÁVEI DESCONTAMINADOS, LIMPOS, SECOS E JÁ RECICLÁVEIS IMPOS, PREPARADOS PARA INDU INDUSTRIALIZAÇÃO 9- CRIAÇÃO IMEDIATA DE 60 EMPREGOS 10- INCLUSÃO SOCIAL E PR PROFISSIONALIZAÇÃO DOS ATUAIS CATADORES E SEPARADORES DE LIXO 11- VENDA DOS MATERIAIS PARA RECICLAGEM COM EMISSÃO DE NOTA FISC FISCAL 12- GERAÇÃO DE IMPOSTOS PARA O MUNICÍPIO 13- ESTÍMULO PARA CRIAÇÃO DE NOVAS EMPRESAS NOS MUNIC NOVAS MUNICÍPIOS 14- VALORIZAÇÃO IMOBILIÁ IMOBILIÁRIA DOS ENTORNOS DAS INSTALAÇÕES PELA AUSÊNCIA DE ODORES E DE PARASITAS INSTALAÇÃO DOS SISTE SISTEMAS DE PROCESSAMENTO E CLASSIFICAÇÃO DOSRESÍDUOS E DA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRIC , INICIO ATIVIDADES EM 8 MESES. O ELÉTRICA IDADES ANTEPROJETO MODELO DE O SISTEMA SANCLAR PARA PROCESSAR 480TONELADAS POR DE RSU COM SEPARAÇÃO DE RECICLAVEIS E GERAÇÃO DE ENERGIA, OS PROCESSAMENTOS SERÃO DE 6 HORAS CADA CICLO EFETUANDONESTE TEMPO A DESCONTAMINAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE 480 TONELADAS DE CLASSIFICAÇÃORESÍDUO SÓLIDO URBANO. RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  26. 26. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00 PROJETO E ACOMPANHAMENTO DE FABRICAÇÃO, MONTAGEM E ENTRADA EM OPERAÇÃO.CUSTO GLOBAL ESTIMADO DO CONJUNTO COM GERAÇÃO DE ENERGIA: ÁREA MÍNIMA NECESSÁRIA PARA DESCONTAMINAÇÃO E CLASIFICAÇÃO DOS RESÍDUOS: 20.000 M2;ÁREA MÍNIMA NECESSÁRIA PARA RECICLAGEM FORA DOS LIMITES DA RECICLAGEMINSTALAÇÃO: 30.000 M2.ÁREA TOTAL APROXIMADA CONSIDERANDOMAIS ÁREA ADMINISTRATIVA E GERAÇÃO ENERGIA: TOTAL DE 80.000 M2DADOS E VALORES ESTIMADOS, FOR FORNECIDOS EM DE 2012. RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  27. 27. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-00APÊNDICE E – PROJETOS SOCIAIS Considerando não apenas o papel ambientalista e entendendo que o indivíduo sendo partedo meio ambiente, promotor de sua manutenção e preservação; que a qualidade de vida é fatorpreponderante para assunção deste conceitos, o Instituto Sanclar, no intuito de promover o ser nçãohumano desenvolve ações sociais visando a qualificação sócio econômica através de projetos dequalificação profissional e inclusão digital, dentre muitos outros. Pretende o Instituto implementar os seguintes projetos: mplementar1 - PROFISSIONALIZAÇÃO NO SETOR DE SERVIÇOS DOMÉSTICOS Objetivos Objetivo Geral: Transformar a comunidade do no centro de referência de empregadas domésticas domunicípio. Objetivos Específicos: Selecionar mulheres, donas de casa que gostariam de trabalhar ou já trabalham como donasempregadas domésticas; capacitar as mulheres selecionadas; fornecer certificados de selecionadas;capacitação e análise dos perfis das mulheres capacitadas; implementar programas de qualidadede vida para acompanhamento psicosocial das mulheres capacitadas; e, fomentar a inserção anhamentodestas mulheres no mercado de trabalho. Diretrizes básicas para a construção do projeto Emprego, o trabalho, a renda e as ocupações remuneradas são os caminhos daverdadeira inclusão social. A estrutura de ensino, do Núcleo de Capacitação, deverá ser de cunho essencialmenteprático, orientado para capacitar pessoas para o trabalho doméstico profissional no campo dosserviços técnicos, nas áreas de alimentos e bebidas, ética e etiqueta doméstica, segurança e doméstica,higiene pessoal e administração doméstica de preferência que venham beneficiar a carência porprofissionais qualificados no município. RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000
  28. 28. INSTITUTO PARA SANIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RESIDUOS INSTITUTO SanClaR CNPJ 11.200.097/0001-002 - LABORATÓRIO MÓVEL DE INFORMÁTICA O Laboratório Móvel Informática é uma sala de aula circulante, estruturada em um ônibus circulante,adaptado e destinada a promover o acesso à Internet, programas aplicativos, leitura e adisseminação da informação através da inclusão digital. Objetivos Objetivo geral: Promover o acesso dos serviços on on-line, treinamento em informática, nível básico, às mcomunidades e às escolas em geral, incentivando e intensificando a inclusão digital, o hábito daleitura e o uso da informação. Objetivos específicos: Promover o desenvolvimento das habilidades no manuseio do microcomputador e dos microcomputasoftwares necessários para aplicações pessoais e profissionais; do hábito de leitura; incentivar acriação e /ou dinamização de tele centros já existentes; oferecer oportunidade de enriquecimento tele-centroscultural; participação no processo de desenvolvimento intelectual, inclusão educacional e cultural desenvolvimentoda comunidade engajada ao projeto. As estruturas, equipamentos e quaisquer outros recursos necessários para a efetivaçãodestes projetos serão apresentados em material próprio para o fim, acompanhado de pla planilha decusto, cronogramas, etc. RUA SANTO ADRIANO Nº 530 – JARDIM PERI – SÃO PAULO - CEP 02634-000 Nº. 000

×