Tecendo A Manhã<br />
 		2<br />Um galo sozinho não tece a manhã : ele precisará sempre de outros galos.<br />		De um que apanhe este grito que ...
		E se encorpado em tela, entre todos, se erguendo tenda, onde entrem todos , se      entretendo para   todos, no toldo (a...
		MELO NETO, João Cabral de. João Cabral de Melo Neto – obra completa.  Rio de Janeiro: Nova Aguilar , 1995.  <br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tecendo A Manha

5.122 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Estilo de vida
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.122
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.137
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecendo A Manha

  1. 1. Tecendo A Manhã<br />
  2. 2. 2<br />Um galo sozinho não tece a manhã : ele precisará sempre de outros galos.<br /> De um que apanhe este grito que ele e o lance de outro; de um outro galo que apanhe o grito que um galo antes o lance outro ; e de outro galos que com muitos outros galos se cruzem e os fios de sol de seus gritos de galo, para que a manhã, desde uma teia tênue, se vá tecendo, entre todos os galos. <br />
  3. 3. E se encorpado em tela, entre todos, se erguendo tenda, onde entrem todos , se entretendo para todos, no toldo (a manhã) que plana livre de armação . A manhã, toldo de um tecido tão aéreo que, tecido se eleva por si: luz balão. <br />
  4. 4. MELO NETO, João Cabral de. João Cabral de Melo Neto – obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar , 1995. <br />

×